História Irmãos Tuan. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Exibições 46
Palavras 3.807
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Ficção, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Queda.


Fanfic / Fanfiction Irmãos Tuan. - Capítulo 3 - Queda.

P.o.v.; Tuan Yugyeom.

- Bom Dia - a voz doce e calma da minha mãe diz ao entrar na cozinha, eu levanto o meu olhar e a encaro ela carregava um leve sorriso na face eu franzo o cenho.

- O que tem de bom sobre o dia - eu digo deixando o meu rosto cair dentre minhas mãos em direção a mesa - frio - eu digo suspirando.

- Oque deu nele ? - minha mãe pergunta.

- Shiah, nos acordou algumas vezes ontem a noite chorando o Yug e eu revesamos em tomar conta dela - Mark diz sentando na mesa com a sua tigela de arroz em mãos.

- Oh...Queridos eu sinto muito, eu estou tentando ajuda ela com o medo do escuro então eu tirei a luz de emergência do quarto dela por alguns dias - Mamãe diz e eu a olho feio.

- Você ao menos sabe pra que serve essas luzinhas Mãe, ela serve pra que quando meninas de 2 anos e meio acordarem no meio da noite não gritem assustando e acordando os irmãos mais velhos delas, deveríamos pensar em colocar Shiah pra cantar eu nunca conheci alguém com pulmões tão bons quanto os dela, afinal como vocês não acordaram ontem a noite - eu digo.

- Acho que o nosso quarto é longe demais parar termos escutado - Papai diz.

- É mesmo...Afinal de quem foi a brilhante ideia de colocar o quarto da Shiah ao lado nosso- eu pergunto frustrado.

- O arquiteto....Era o único quarto vago na casa Gyeom - Mark diz.

- Não estava vago quando eu dormia lá...Lembra que antes da pequena "Ailee" nascer aquele era o MEU quarto - eu digo e a baba eletrônica começa a chiar, eu respiro fundo e fecho os olhos, eu me preparo pra levantar

- Deixa que eu pego ela, toma seu café da manhã - Mark diz se levantando e eu respiro em aliviado, começando a comer a comida que nem eu sabia que estava a minha frente, Mark volta alguns minutos depois com Shiah nos braços e um brinquedo nas mãos tentando anima-la - Parece que alguém além do Yug acordou irritada hoje - Mark diz se sentando com ela no colo.

- Pra acordar irritado eu teria que ter dormido em primeiro lugar - eu digo.

- Eu vou colocar a luz de volta hoje a noite, assim você podem dormir mais tranquilamente, tudo assim meu amor - Mamãe diz trazendo dois sets de lanche pra mim e pra Mark - Agora me dê ela e vão terminar de se arrumar hoje é o ultimo dia de aula antes do recesso, como não terão aulas pelas próximas semanas não tem motivo algum pra chegarem atrasados hoje, certo ?! - Mãe diz, eu e Mark nos levantamos e começamos a andar em direção ao nosso quarto, eu entro e Mark fecha a porta atrás da gente, ando até o banheiro e começo a trocar de roupa lá, depois de vestir meu uniforme escovo os dentes e arrumo meu cabelo, a porta é aberta e Mark entra por ela parando ao meu lado em frente a pia e começa a escovar os dentes, eu observo o reflexo dele no espelho e ele termina oque estava fazendo e me olha.

- O que foi ? - ele diz e eu balanço a cabeça - É serio você fica me encarando, então tem que ter um motivo.

- Você é tão bonito - eu digo e por um segundo eu tenho quase certeza que vi o rosto dele avermelhar.

- E você é tão alto - Mark diz, voltando a olhar pro espelho e começa a arrumar o cabelo.

- Eu to falando serio, Hyung - eu digo rindo.

- Eu também, achei que era um jogo de apontar características  - ele diz e eu balanço a cabeça rindo.

- Mas tipo você é muito bonito Hyung, o tempo passa e você fica mais bonito, as vezes sinto que as pessoas ficam decepcionadas quando descobre que eu sou seu irmão mais novo - eu digo.

- Desde que você não esteja decepcionado em ser meu irmão eu não me importo com oque os outros acham, além do mais sabe quantas piadas eu já ouvi sobre você  ser mais alto do que eu ? A genética da sua família é assustadora, o meu irmãozinho de 15 anos tem 1, 80 ha ha ha isso tão hilário - Mark diz fazendo bico e arrumando seu cabelo em frente ao espelho, eu rio e o abraço por trás colocando meu queixo sobre sua cabeça - Você ta zuando comigo ? - ele diz com um tom de raiva.

- Não ! Você é fofo desse jeito Hyung, Eu te amo mesmo sendo 8 cm maior que você - eu digo e ele me dá um tapa na lateral da cabeça. 

- Eu odeio você sabia disso - ele diz e eu o aperto mais.

- Desde que você não esteja decepcionado em ser meu irmão mais velho eu não me importo com o que você ou os outros dizem - eu falo e ele ri.

- Okey vamos logo senão a gente vai se atrasar - ele diz saindo dos meus braços e deixando o banheiro, saio logo atrás dele pego minha mochila e vou até a entrada da casa, coloco meus sapatos e espero Mark vir - Tchau Mãe, Tchau Pai, Tchau Shiah - Mark grita correndo em minha direção, arrumando a gravata, Mamãe aparece ao nosso lado com Shiah em seu colo, Mark dá um beijo na testa de ambas e abre a porta, eu caminho até Mamãe e beijo sua testa e aperto a bochecha de Shiah que ri com isso.

- Tchau Pai ! - eu grito e saio pela porta a fechando, Mark e eu começamos a andar em direção a escola no caminho falamos sobre o recesso e oque iriamos fazer, ao chegarmos em frente a escola Mark caminha em direção a seus amigos e eu começo a andar em direção a minha sala de aula, assim que eu passo pela porta vejo Bambam sentado em cima do colo de Jimin enquanto beija seu rosto, caminho lentamente até eles sento em meu lugar olhando a cena, Jimin percebe a minha presença e acena pra mim com um sorriso entre os beijos de Bambam, BB aos poucos vai parando ao ver a cara envergonhada de Jimin - Entãaaaaaao.....Vocês tem algo pra me contar ? - eu digo sorrindo e Bambam se levanta.

- Os tios do Jiminie Hyung tem uma casa perto das montanhas e eles o deixaram levar amigos pra lá durante o recesso - Bambam diz animado.

- Oh...E o que isso tem a ver com você beijar o Chimchim - eu pergunto.

- O que foi ciumes ? - Bambam diz se sentando na cadeira a minha frente.

- Exato...Ninguém pode beijar o Jimin Hyung além de mim - eu digo puxando Jimin que estava cadeira ao lado e beijando a lateral de seu rosto e pescoço pela posição ele e Bambam começam a rir.

- Que pouca vergonha é essa logo de manhã cedo - a voz de Jungkook soa atrás de mim e Jimin e todos olhamos pra trás lentamente.

- Eu to demonstrando o meu amor completamente fraternal ao Jimin Hyung - eu digo, Jungkook não estava com uma cara nada boa.

- Da onde você sumonou criatura - Bambam diz.

- Do inferno - ele fala, agarrando a mão de Jimin e o arrancando de meus braços em um solavanco, ele caminha até mim e senta ao meu lado na cadeira se afundando ao meu lado.

- Jungkook você está bem ? - eu pergunto ele nega.

- O que houve - Jimin pergunta e Jungkook puxa um dos meus braços e passa em volta dele se afundando mais com uma cara feia.

- A Halla ela...

- Ahhh...Claro, oque aquela vadia fez dessa vez ? - Bambam diz e eu seguro uma risada.

- Não chama ela assim ! - Jungkook diz.

- Porque não ? Sinceramente quando se trata daquela garota "vadia" é o melhor elogio que você vai conseguir de mim - Bambam diz.

- Por que você odeia ela tanto assim ela não é tão ruim - Jungkook diz.

- As pessoas também achavam Lucifer um anjo muito legal - Bambam diz.

- Você ta comparando a minha namorada com Lucifer - Jungkook pergunta.

- Claro que não ! Tadinho do Lucifer ele não merece isso - Bambam diz e Jimin ri virando o rosto.

- Bam chega, agora Kookie oque houve ? - eu pergunto.

- É que...Eu vi ela com o...Eu vi ela com o Shownu Sunbae-nim...Ela parecia estar dando em cima dele e quando eu fui falar com ela, ela disse que eu estava maluco e que eles são só amigos....Mas eu tinha quase certeza que....Ela disse que seu eu não parasse de desconfiar dela ela iria terminar comigo...Eu não quero que ela faça isso mas...O que eu faço pra parar de sentir ciumes dela ? - Junkook disse e as orbitas de Bambam se reviraram de uma forma que eu acho que ele pode ver o próprio cérebro por um segundo.

- Desde quando você ficou tão patético Jungkook...Sinceramente a alguns anos você teria terminado com essa garota em dois tempos e agora você fica ai se arrastando e correndo atrás dessa filha da puta...É obvio que ela estava dando em cima do Shownu Hyung ele provavelmente não fez nada em respeito a sua galhada, essa garota da já deu em cima de todo mundo e já deu pra metade do mundo, quer uma dica pra não sentir ciume dela ? TERMINA com ela é bem mais simples do que parece - Bambam diz e eu o olho feio.

- Bambam - eu digo e ele me olha.

- O que ?! Eu não to mentindo, ou estou, fala serio eu to cansado de passar a mão na cabeça do Jungkook, ele sabia no que se meteu quando começou a sair com a Halla, ela não ganhou esse apelido atoa - Bambam diz.

- Como assim apelido ? - Jimin pergunta.

- O apelido da Halla...Halla em tudo, Halla em todos - Eu digo e Bambam sorri de lado - E ela já tinha esse apelido antes só ajustaram - eu digo.

- Bom tanto faz, um motivo teve no final - Bambam diz.

- Eu to cansado de você sempre falar assim dela e do meu relacionamento - Jungkook diz irritado.

- E eu to cansado de você vir reclamar do seu relacionamento, se ele é tão perfeito e maravilhoso que você quer continuar nele pra sempre, pare de reclamar, além do mais se você não quer a minha opinião honesta pare de pedir por ela inferno - Bambam diz.

- Jungkook, eu tenho uma ideia, os tios do Jimin deixaram a gente ficar na casa deles perto da montanha porque, eu, você, o Bambam e o Chimchim Hyung não vamos pra lá durante o recesso e relaxamos entre amigos, talvez quando você estiver lá você consiga pensar melhor no seu relacionamento com a Halla - eu digo.

- Boa sorte com essa - Bambam sussurra se virando pra frente.

- Okey eu posso tentar - ele diz e eu sorrio.

- Ótimo então está tudo certo...Tudo bem por você Jimin Hyung eu o convidei sem permissão - eu digo e Jimin afirma balançando a cabeça e eu sorrio mais ainda, Jungkook se levanta e caminha até sua mesa quando o professor entra na sala. Eu corro pelos corredores em direção ao patio, assim que chego nelo vou em direção as arquibancadas do campo, eu quando chego lá avisto Jimin de longe e corro até ele, assim que chego ao seu lado me sento ali - Buu - eu digo e ele finalmente nota minha presença rindo franco ao me encarar - Você está bem ? - eu pergunto e ele afirma e depois nega.

- Doí sabia...Ver ele assim - Jimin diz olhando as pessoas jogarem na quadra.

- Eu sinto muito Jiminie - eu digo, Jimin depois que eu fiquei mais alto odiava que eu o chamasse assim na frente dos outros mais quando estávamos só nos dois eu podia falar com ele sem muita formalidade.

- Dizem que o amor muda a gente...Mas o Jungkook é literalmente outra pessoa ao lado daquela garota - ele diz.

- Eu amo como você e Bambam se referem a ela como se ela fosse o Voldemort, "aquela garota", "o nome que não pode ser pronunciado" - digo o fazendo rir - Eu não acho que o Jungkook ame ela, o amor deveria nos mudar pra melhor, não pra pior...Eu acho que você deveria falar com ele afinal ele é seu melhor amigo - eu digo e Jimin nega.

- Eu não acho que tenho qualificações pra falar sobre isso com ele - Jimin diz e eu o encaro - Porque parte da minha raiva vem do ciúme que eu to sentindo - ele diz e eu o abraço de lado enquanto ele descansa a cabeça em meu ombro.

- Eu sinto muito...Mesmo - eu digo e ele nega, eu podia sentir que ele estava a ponto de chorar.

- Não é sua culpa Gyeomie...Na verdade você é o único que me entende - Jimin diz e eu beijo o topo da minha cabeça, fazia quase eu ano que eu avia descoberto sobre o precipício que Jimin Hyung sentia pelo Jungkook, foi um mês depois disso que Jungkook nos contou sobre sua relação com Halla.

Bato na porta e senhora Park a abre me deixando entrar, eu a comprimento e subo as escadas andando até o quarto de Jimin, bato na porta duas vezes e escuto um barulho estranho, abro a porta e vejo Jimin Hyung se masturbando eu queria dizer algo, me virar e sair, mais eu não conseguia parar de olhar, ele chega ao seu ápice e geme o nome de Jungkook arregalo os olhos e só quando ele começa a regularizar sua respiração e abre os olhos que ele me percebe parado ao lado da porta, ele rapidamente tenta se cobrir.

Depois disso eu tentei confortar Jimin Hyung de todas as formas possíveis, eu tenho certeza que Bambam sabe sobre os sentimentos de Jimin é por isso que ele é tão agressivo quanto o relacionamento de Jungkook mas como ele nunca disse nada e eu também não me acho no direito de contar a ele, isso ficou simplesmente algo não dito, eu abraço Jimin mais forte e deito sua cabeça em meu colo fazendo carinho em sua cabeça tentando acalma-lo, eu começo a observar o jogo que rolava na quadra, Jackson Hyung estava jogando nela depois que ele acusou meu irmão de roubar sua namorada e praticamente declarou guerra a família Tuan, ele e Mark se tornaram amigos, então faz uns dois anos que ele está sempre na minha casa mesmo quando Mark Hyung não está lá então nos tornamos próximos, ele fala muito porém é engraçado e gentil, eu gosto dele e um cara legal ele também era uma das maiores promessas olímpicas da escola capitão do time de esgrima foi classificado duas vezes e até mesmo participou das olimpíadas de Londres e do Brasil trazendo medalhas de Prata e Bronze pra casa, ele é incrível, estava distraído com o carinho que fazia na cabeça de Jimin e com o jogo que nem percebi a presença de alguém até que essa pessoa apoiou o queixo no meu obro e sussurrou em meu ouvido.

- Buu ! - ele diz e eu viro meu rosto encarando o rosto sorridente de Mark próximo ao meu.

- OQUE VOCÊ...

- Shhhhh....Não acorda o Chimchim ele é fofo assim - ele diz em um tipo de sussurro e eu olho pra baixo vendo Jimin dormindo em meu colo.

- O que está fazendo aqui ? - eu pergunto.

- Vendo o Gaga jogar e você ? - ele diz.

- Fazendo cosplay de travesseiro - eu digo o fazendo rir.

- Você está fazendo um ótimo cosplay - ele diz sentado ao meu lado.

- Pois é - eu digo sorrindo.

- Você pretende ir nesse acampamento na casa dos tios do Jimin ? - Mark pergunta e eu o encaro - Bambam está convidando/ ameaçando todo mundo pra ir dizendo que tem medo de que a burrice do Jungkook seja contagiosa - Mark diz e eu suspiro - Afinal qual é o lance com o Bambammie e com o Kookie dessa vez ? - ele pergunta.

- Halla - eu digo simples.

- Jungkook ainda tá com essa garota ? - Hyung pergunta e eu apernas afirmo - Então Bambam provavelmente está certo - ele diz e eu rio - Bom eu acho que vou, Jinyoung e Jaebum estão brigados e eu não acho que seja saudável deixa-los sozinhos no meio das montanhas,  Yoongi quer ir mais disse que quer que eu vá para que eu impeça os outros de impedir que ele durma - Mark diz e eu rio mais ainda.

- Quem mais já confirmou que vai ? - eu pergunto.

- Namjoon só vai se o Jin for, o Jin só vai se eu e o Jinyoung formos, Jinyoung só vai se o Jaebum não for, Jaebum disse que só vai se o Jinyoung for ficar irritado com isso, Youngjae vai porque o Yoongi está pensando em ir, Taehyung e Hoseok também, Jackson tem que ver com o clube se ele terá recesso durante o recesso, Jungkook, Bambam, Jimin obviamente e talvez eu e você - ele diz.

- Eu me lembro do Jimin ter convidado 4 pessoas não 14 - eu digo e Mark ri.

- Então ele não deveria ter convidado o Bambam - Mark diz e eu concordo, o sinal geral da escola bate e eu encaro Jimin em meu colo - Eu não quero acorda-lo - eu digo baixo.

- Nem eu, ele é realmente fofo - Mark hyung diz, com a ajuda de Mark eu coloco Jimin em minhas costas e o carrego até o portão, Mark vai até a nossa sala e pega e guarda o meu material e o do Jimin aparecendo alguns minutos depois na portaria com nossas mochilas, andamos até a casa de Jimin e com cuidado o colocamos no quarto dele, Mark Hyung faz um carinho na cabeça de Jimin antes de deixa o quarto e me entrega minha mochila, ao sairmos nos despedimos da senhora Park que agradece e sorri pra gente no caminho pra nossa casa falamos sobre irmos ou não e decidimos perguntar aos nossos pais primeiro se tudo bem. Troco meu uniforme e coloco roupas mais confortáveis voltando pro quarto me jogo na cama e pego meu celular e começo a checar minhas redes sociais, Mark Hyung fazia o dever de casa e eu começo a encara-lo - Tira uma foto que dura mais - ele diz e eu viro o rosto, pego meu celular e bato uma foto dele o barulho da camera faz ele me encarar.

- O que você que mandou - eu digo.

- O que você quer, eu to fazendo o dever de casa - ele diz voltando a escrever em seu caderno.

- Naaaaada....Nerd - eu digo e ele volta a me encarar.

- Você me chamou de que ? - Mark diz virando a cadeira em minha direção.

- De que oque ? - eu digo.

- Do que você me chamou na parte logo após o "NaAaAaAaAaAaAadaa" - ele diz forçando a voz ao me imitar.

- Ah...ta falando da parte que eu te chamo de NERD - eu digo.

- Você perdeu a noção do perigo garoto ? - Mark diz e eu nego com a cabeça.

- Não eu tenho noção do perigo mais você não é uma ameça tão grande assim....Nerd - eu falo e ele avança pra cima de mim, me empurrando na cama e sentado em cima de minha barriga, segurando meus braços, eu tento me soltar, mais Mark Hyung era mais forte do que eu e eu tinha noção disso mais eu avia crescido e não era tão fácil me imobilizar como antes, solto um de meus braços o puxando e ficando em cima dele após forçar uma troca em nossas posições ele se debate tentando sair de baixo de mim e eu começo a fazer cócegas nele, ele começa a gargalhar enquanto tenta me parar, ele me chuta pra fora da cama me fazendo cair no chão, pula em cima de mim e começa a me atacar com uma chuva de cóceguinhas que me faz rir cada vez mais, eu prendo suas pernas e troco nossa posição de novo dessa vezes segurando seus braços, ele começa a rir e eu também deixo minha cabeça ceder e a apoio em seu ombro, ele soltas seus braços abraçando meus ombros  e ficamos assim enquanto nossas respirações se estabilizavam, eu levanto minha cabeça e encaro o rosto dele, Mark Hyung realmente era muito bonito e gentil se eu não fosse seu irmão mais novo eu com certeza teria uma queda por ele, eu mudo a direção do meu olhar pra boca de Mark ela era cheia e rosada, parecia ser tão macia e delicada, eu me aproximo lentamente do rosto de Mark Hyung e por estar deitado sobre seu peito eu posso sentir os batimentos de Mark Hyung acelerarem como os meus, estávamos cara a cara até que escutamos uma risada rapidamente olhamos pra cima e vemos Shiah sentada na porta do nosso quarto Mark me empurra levemente e eu saio de cima dele, ele caminha até ela a pegando no colo e saindo do quarto sem dizer nada, eu fico deitado no chão do quarto tentando controlar meus batimento - Oque... - meu celular apita e eu me levanto andando até a minha cama e o pegando olho pra tela e vejo que tenho 5 novas mensagens.

Queen BB :

Todo mundo confirmou que vai pra casa na montanha ou seja será uma festa e você Tuan Yugyeom não tem o direito de recusar.

To falando serio você vai querendo ou não

17:46

Ah será que você poderia avisar isso pro Jiminie, Thank U 

17:58

ChimChim s2 :

Minha mãe me disse que você e o garoto bonito que é seu irmão me trouxeram pra casa em segurança...Obrigado por isso agradeça o Mark Hyung também.

18:00

Youngjae Hyung :

Você pode pedir pro seu irmão responder as mensagens dele, Obrigado :D

18:02

Eu respondo as mensagens e bloqueio meu celular me jogando na cama, me lembro do olhar do Mark Hyung antes de nos afastarmos e sorrio, Hyung é realmente fofo.


Notas Finais


Obrigada Por Lerem...Espero que tenham gostado...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...