História Irmãs Sakamaki-interativa - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Tags Irmãs Sakamaki
Exibições 30
Palavras 927
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Adultério, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Leiam as notas finais

Capítulo 20 - Eu te amo! (ShDya SIH)


Anteriormente em Irmãs Sakamaki

Cap 19

Vampiros vs Demônios

 

Pov Kalidya

Eu corrir para o meu quarto, as lágrimas caiam dos meus olhos sem sesar, eu não conseguiria as segurar mais, nem que eu quisesse.

Porque ele não respondeu? Porque não disse? Será que ele me ama? O que ele sente por mim?

Voz: ora, para de chorar sua idiota, você ainda não percebeu? Ele não te ama e NUNCA vai te amar!- soa uma voz no canto do meu quarto

Eu: q-quem está aí?

Voz: ora, não me reconhece- diz saindo das sombras- Kalidya?

Eu: Ui?

Ui: pelo visto não é tão burra quanto pensei- diz de certa forma brincalhona

Eu: mas... O que está fazendo aqui?

Ui: o que mais eu poderia ter vindo fazer aqui? Eu vim fazer meu trabalho- diz divertida se aproximando de Kalidya, até que seu sorriso some e ela corre em direção a Kalidya com suas garras para fora- EU VIM TE MATAR!!

Atualmente em Irmãs Sakamaki

Cap 20

Eu te amo! (ShDya AIH)

 

Pov Kalidya

Vamos resumir um pouco do que aconteceu na semana passada, um demônio cuja a qual é minha colega de classe, por um acaso me atacou, enquanto eu estava no meu quarto e se não fosse pelo meu poder de Hemocinese e o Shu aparecer, eu já estaria morta.

Sim isso mesmo, o Shu, ele apareceu escancarando a porta, ele parecia querer falar algo comigo, mas não pode, já que tinha um ser em cima de mim, tentando me matar com suas garras.

Bom, Shu e eu conseguimos a fazer, digamos, em pedaços, mas como nós dois estávamos com preguiça de carregar ela para fora da mansão, resolvemos só jogar ela, ou melhor, seu corpo da varanda (do TERCEIRO andar).

Eu sei, "que crueldade Kali!", mas quer saber de uma coisa, eu tô pouco me lixando, ela invade meu quarto, tenta me matar, para o que? Para ficar com o MEU Shu, ok, sei que até o momento sou a única encalhada nessa casa, mas fazer o que né? Não dá para ficar sentada esperando que o garoto perfeito apareça e entre pela varanda do meu quarto.

Xxx: no que está pensando Sakamaki- diz um garoto encostado na porta da minha varanda

Eu: só pode estar de brincadeira né?- penso

Xxx: prazer, Yuma Mukami

Eu: o que faz aqui?

Yuma: eu resolvi vir conhecer a namorada daquele infeliz do Shu- diz e eu coro

Eu: eu não sou a namorada do Shu

Yuma: mas pelo visto gostaria de ser, tsc- diz e me puxa pela cintura e aproximando seu rosto do meu

Eu: para! O que pensa que está fazendo? Eu nem te conheço!

Yuma: tsc, você pode não me conhecer, mas eu te conheço Kalidya- diz e... me beija

Dou vários socos em seu peito, mas ele apenas rir em troca, então eu mordo seu lábio inferior até sangrar e assim ele para de me beijar, mas somente para lamber o sangue do lábio e voltar a me beijar, mas isso não foi o pior, ele me mordeu também e enquanto me beijava, sugava meu sangue aos poucos.

Yuma: seu sangue é tão bom- diz sorrindo sádico e me joga na cama ficando em cima de mim e mordendo meu pescoço

Eu: aha- deixo um gemido escapar

Shu: Kali, eu preciso falar com... Que porra é essa?

Yuma: que foi Shu? Você não aproveitou enquanto podia. Agora ela é minha- diz se sentando na cama e puxa minha cintura me fazendo sentar em seu colo e ele me beija na frente do Shu.

Shu: desgraçado- diz e me puxa pelo braço e da um soco, seguido do outro em Yuma

Então os dois começam a brigar realmente, disparando chutes, socos e mordidas, aquilo não ia acabar bem de jeito nenhum, eu precisava os parar.

Eu: PAREM!!- digo após morder meu dedo fazendo o mesmo sangrar e com o sangue criando uma barreira entre os dois- JÁ CHEGA! ESSA BRIGA NÃO LEVARÁ A LUGAR NENHUM! Parem de agirem como crianças, eu não sou um brinquedo a qual vocês podem ficar brigando para ver quem brinca primeiro com ele!- digo e por incrível que pareça, os dois abaixam as cabeças (as de cima, ok?!)- agora! Os dois, saiam do meu quarto imediatamente, Yuma, saia por onde você veio e Shu- eu o encaro e ver em seus olhos a decepção, quase me fez querer o abraçar e beijar bem ali, mas como eu disse, QUASE- digo o mesmo para você, saiam agora!

Então rapidamente Yuma foi para a varanda e sumiu da minha vista logo em seguida, mas o Shu ficou parado na porta, com a mão na maçaneta e a cabeça baixa.

Eu: o que está esperando? Vá embora!- digo fria

Shu: quando eu entrei no seu quarto, a minha intenção foi de... Tirar minhas próprias conclusões do que sinto por você- nessa hoja meu coração bate mais rápido- e com o que aconteceu agora, bom eu pude perceber que o que eu sinto é...- ele para de falar e me encará

Eu: co-continue- digo esperançosa

Shu: eu te amo!- assim que ele termina de dizer isso eu corro até ele e desabo a chorar em seus braços- Kali, você está bem- eu não o respondo, apenas o beijo

Então ele me puxa para cima pelas minhas coxas e caminha até a cama sem parar o beijo e me deita na cama ficando em cima de mim e descendo os beijos para o meu pescoço e a mão para a minha bunda, a apalpando e...


Notas Finais


Bom, o que vocês querem, que eu continue o hentai, ou que eu pare?
O que acharam do Yuma?
Querem que eu continue?
Vamos não custa nada comentar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...