História Irresistivelmente Nosso (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtam Boys, Bts, Hot, Imagine, Jeon Jeongguk, Jeon Jungkook, Jhope, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Kpop, Min Yoongi, Park Jimin, Rap Monster, Sexo, Suga
Visualizações 172
Palavras 1.250
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem!!! Boa Leitura!!!

Capítulo 18 - 18


Fanfic / Fanfiction Irresistivelmente Nosso (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 18 - 18

~(S/N)

 

  (Ainda no aeroporto)

 

 

    Todos olhavam para nós com celulares nas mãos, gravando tudo que acontecia.

 

   - Vamos sair daqui (S/N). – Tae fala vendo fãs se aproximarem cada vez mais da gente, fritando e esperneando.

 

   Ele me lava até o seu carro. Na estrada.

 

    - Por que não me contou nada sobre a gravidez (S/N)?  - ele fala de olho na estrada.

 

    - Eu queria saber se você ainda me queria, queria aproveitar os momentos com você sem nenhuma obrigação, queria saber se você realmente abriria mão da sua liberdade por mim. – falo olhando para mim.

 

   - E eu fui aprovado? – ele fala brincando

 

    - Não muito. – falo – Tae, por que você terminou comigo? – ele estaciona o carro.

 

   - Eu só conto se você me prometer que não vai fazer nada! – ele fala olhando diretamente nos meus olhos. Concordo com a cabeça. – Sabe a Irene? Como eu posso dizer? É que ela ameaçou arruinar a vida de toso nós se eu continuasse com você. Eu sei que eu não deveria terminar com você, - ele segurou minha mão e continuou olhando para mim. – eu devia ter segurado na sua mão e dito: Vamos superar isso juntos. Mesmo sem saber do bebê eu deveria ter feito isso por você, por mim, por nós. – ele deixa uma lágrima cair. Me desculpe (S/N). – sua voz está tremula. Ele ainda segura na minha mão.

 

    - Me perdoe também. – ele olha para mim confuso. – Eu nunca tive a coragem para enfrentar os momentos difíceis da nossa relação, eu sempre desistia fácil, eu sou uma covarde. – uma lágrima sai de mim. Eu baixo minha cabeça.

 

    Tae pega em meu queixo gentilmente levanta minha cabeça e olha no fundo dos meus olhos.

 

     - Você veio até a Coreia, você atravessou o mundo, gravida, incerta sobre os próprios sentimentos, por causa de nós dois. Coragem? O que é coragem comparado a você? – ele me faz sorrir. – Agora que estamos aqui, eu e você quero saber.

 

    - O que? – pergunto confusa

 

    - Você já escolheu o nome do bebê? – ele pergunta sorrindo

 

    - Escolhi um nome temporário enquanto não sei o sexo. – falo lembrando que todos riram do nome do meu bebê.

 

    - Qual é? – ele pergunta sorrindo.

 

    - Não ria... é Feijãozinho. – falo e ele abre um sorriso.

 

   - Esse nome é lindo! – ele fala ainda sorrindo – Deixa eu ver a ultrassom? - eu entrego o envelope com as fotos. Ele olha e sorri e fica olhando, depois olha pra mim.  - Um pouco de mim, um pouco de você! Como eu poderia estar mais feliz?! - Ele fala olhando nos meus olhos - Eu te amo! Agora vamos ou eu vou passar o dia falando essas coisas. Precisamos ir na BigHit. - O sorriso dele sumiu. FUDEU!

 

   Vamos até o prédio da BigHit e logo na recepção estavam todos os membros, – Suga me deu um sorriso discreto do tipo: ainda bem que deu certo! – A Filha da Puta da Irene e o chefe da empresa, todos olhando para a televisão da recepção. Na televisão um canal de fofofca no qual a manchete aparecia um vídeo amador da cena no aeroporto. Eu e o Tae paralisamos.

 

     - Kim Taehyung! – fala o chefe. – você sabe que eu não me importo de quem você vai namorar ou de quem você gosta, mas um filho? Uma divulgação de compromisso enquanto está com outra pessoa? No meio do aeroporto? – ele fala e Tae Baixa a cabeça. – Tae suas fãs vão continuar te amando e agora amarão seu filho mas, eu estou preocupado com ela. – ele fala apontando para mim. – Ela vai aguentar? – ele pergunta.

 

    - Eu não posso me opor a isso?! – a disgraçada da Irene ainda tem essa audácia?

 

    - Irene cala a boca! – Tae grita - PARA! Eu não quero você! Eu vou ter um filho com a mulher que eu amo, então seja esperta uma vez na vida e perceba que eu não te quero! – ele grita – Se quiser fale para os seus fãs que eu te traí, quem eu traí foi a (S/N)!  

 

    - Tae vocês resolvam isso, eu vou pra minha sala. – o chefe fala entrando no elevador.

 

    - Mas Tae... você vai me trocar? E por uma pessoa como ela? E outra, você nem sabe se o filho é seu! – Ah ela não falou isso!

 

 

 

 

 

~(Tae)

 

 

    - Mas Tae... você vai me trocar? E por uma pessoa como ela? E outra, você nem sabe se o filho é seu! – Coitada da Irene, não devia ter dito isso!

 

   - O que você disse? – (S/N) fala fervendo de raiva. Irene não fala nda e só vai se afastando aos poucos. – Repete oh Filha da Puta?! – eu não vou segurar a (S/N)

 

     Vejo (S/N) puxar os cabelos da Irene, que é incapaz de se defender.

 

    - Aaaaaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiii!! Solta!!! – Irene implora a (S/N)

 

    - Você vaiaprender a não mexer com o meu feijãozinho! – (S/N) fala. E até mesmo assim ela fica fofa.

 

 Ela dá um soco no rosto da Irene, tão forte que até doeu em mim. Caralho! (S/N) é boa de briga! Lá no meio da recepção. Todos os meninos assistiam e também não tentavam interferir. Todos queriam ver aquela cena.

 

    - Onde tá minha câmera gente! – Suga fala animado. Enquanto (S/N) derrubava Irene no chão. Irene tentava, tentava mas não conseguia dar um tapinha. – Vou pegar a pipoca!

 

     Lembrei de uma coisa! Isso pode fazer mal pro bebê? Resolvi parar a briga. Segurei (S/N).

 

    -Calma amor isso pode fazer mal para o Feijãozinho! – falo sorrindo.

 

    - Verdade né! Não adianta perder o meu tempo com pessoas como ela! – ela fala olhando diretamente para Irene que ainda estava tentando se levantar.

 

~(S/N)

 

  Todos saímos da BigHit. E fomos para a casa deles. Quando chegamos eu saí do carro onde vinham na viajem o Tae, o Jimin e o Jin. Tae tirava minhas malas do carro.

 

     - O que você está fazendo? – pergunto me encostando um pouco no carro.

 

     - Você acha que eu vou te deixar só? Você e o Feijãozinho vão morar aqui agora! – ele fala levando minhas malas para dentro da casa sem deixar eu me opor a ideia dele.

 

   Eu entrei na casa. E que casa linda.

 

    - Vem aqui (S/N)! – Tae fala de um cômodo no andar de cima. Sigo sua voz até o local. Era um quarto, bem grande e bonito. – Quero que durma! Você deve estar cansada.

 

   - Preciso de um pijama! – falo me aproximando da mala para pegar um pijama.

 

   - Não precisa mais! – ele fala tirando a camisa mostrando seu corpo extremamente definido! Senti tanta falta daquele corpo.

 

   Ele se aproxima tira minha blusa e meu sutiã sorrindo maliciosamente. Tae me veste com sua blusa. Eu coloco meu short de dormir que pego da mala.

    Eu me deito na cama e ele senta em uma poltrona me observando, vendo se eu iria dormir. Eu um cubro com o cobertor e também fico olhando para ele. Meu Tae sentando sem camisa. Que visão!  Um silencio permanece no quarto. Um silencio bom!

 

    - Não vai dormir? – ele pergunta rindo

 

   - Estou com frio.  – falo o fazendo sorrir. – Vem deitar aqui comigo, seu corpo é quentinho.

 

    Ele se deita na cama e me abraça. Seu corpo é mesmo quentinho, seu abraço é aconchegante. Ah Tae por que cada vez que você abraça, me beija, me toca, aparece eu me apaixono de novo e de novo por você?

 

     Ficamos lá deitados até dormirmos juntinhos. Eu amo esses momentos com você, eu te amo Kim Taehyung!


Notas Finais


Obrigada por ler!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...