História Irresistivelmente Nosso (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtam Boys, Bts, Hot, Imagine, Jeon Jeongguk, Jeon Jungkook, Jhope, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Kpop, Min Yoongi, Park Jimin, Rap Monster, Sexo, Suga
Visualizações 512
Palavras 724
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem!!! Boa leitura!!!

Capítulo 19 - 19


Fanfic / Fanfiction Irresistivelmente Nosso (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 19 - 19

~(Tae)

 

     Eu estava com tanta vontade de abraçar aquele corpo outra vez! Como eu te amo (S/N), eu te amo por todos os defeitos, por todas as qualidades, por tudo!

 

    Dormimos lá abraçados.

 

(dia seguinte)

 

   Eu acordei primeiro, como sempre. Ela estava deitada em meu braço abraçando meu corpo sem blusa.

 

    Comecei a acariciar seus cabelos, sorria bobo. Como depois de tanto ver você eu continuo me apaixonado? Beijei seus lábios calmamente até ela acordar.

 

    - Bom dia! – falo dando outro beijo.

 

    - Eu ainda não acredito que você me fez ficar aqui! – ela fala rindo

 

    - Eu nunca mais vou deixar você! Nem mesmo nessa casa, tem monstros aqui. Eles tem abs e gostam de meninas bonitas como você! – falo brincando fazendo-a rir. – Vamos! – falo me levantando.

 

     - Para onde doido?! – ela fala rindo.

 

    - Sair! Agora que você é minha oficialmente é hora de ir passear! – falo ajudando-a levantar-se da cama.

 

     - Vou tomar banho! Onde é o banheiro? – aponto para a porta onde é o banheiro da suíte.

 

     - Posso tomar banho com você? – eu falo a observando de cima a baixo. Ela continua linda! 

 

     - Se você quiser. – ela fala entrando no banheiro fazendo-me acompanhar seus passos. Membro duro? Talvez.

 

     Ela entra e tira a blusa que eu lhe dei ontem a noite. Começa a tirar o short mostrando suas lindas pernas. Ela está somente de calcinha. Hora de fazer meu serviço!

 

   Eu a encosto na parede e dou inicio a um beijo intenso, pego em seus seios, tiro minha calça junto com a cueca box preta. Paro o beijo e vou beijando cada parte de seu corpo: pescoço, ombros, seios, barriga com nosso Feijãozinho dentro, rasgo sua calcinha. As vezes penso quantas calcinhas (S/N) já teve que comprar por minha causa? Beijei sua intimidade enquanto ela gemia. Fazia isso cuidadosamente. Aproveitar cada centímetro de seu corpo nu.

 

   Comecei a beijar novamente seus lábios. Eu a desencostei a parede, a levantei e a levei do banheiro para a cama ainda beijando-a. Eu a deitei. E comecei a beijar todo o seu corpo novamente incluindo sua intimidade. Subo e penetro todo meu membro no interior de (S/N). Esperei até que se acostumasse e comecei a fazer movimentos de vai e vem, movimentos circulares, todos os tipos que eu sabia daquela posição. Ela gemia, eu gemia, estava tudo perfeito. Nossos corpos se chocando era a melhor musica que já ouvi em toda a vida. Depois de satisfazer meus desejos e os desejos de minha Baby senti que ia gozar e gozei! Meu liquido quente penetrou em seu interior. Deitei em seu lado ofegante

 

   - Vamos... tomar... banho Baby? – falo ofegante.

 

   - Vamos! – ela fala ofegante assim como eu

 

      Levantamo-nos e voltamos para o banheiro. Tomamos um banho na ducha onde trocamos beijos e caricias. Ah (S/N) como eu te amo tanto?

 

     Vestimo-nos. Peguei umas roupas minhas que estavam no quarto.

 

      Descemos as escadas e fomos até a cozinha de mãos dadas. No cômodo estavam todos os membros sentados tomando café da manhã.

 

     Eles olhavam para nós com sorrisos maliciosos. Filhos da Puta.

 

       - Assim galera vou ser direto. – Suga hyung fala sorrindo – Baixem o volume dos gemidos. A sua voz é grossa e alta Tae, dá pra ouvir do meu quarto que é do outro lado do corredor. – ele fala rindo e brincando, fazendo todos rirem inclusive eu e (S/N). Ela na verdade estava corada. – Ah e eu queria, já que não tive tempo ontem eu queria parabenizar a (S/N), pelos tapas que ela deu na Irene! Porra! Parecia luta livre, a diferença é que uma estava perdendo feio. A Irene! Eu odeio a Irene. Se eu pudesse tacava um Bultaoreune nela! – todos riram de Suga. Que continuava comendo.

 

     - Temos que ir hyung. Vamos dar uma volta em Seul. – Falo levando a (S/N) até a saída da cozinha.

 

    - Não voltem tarde. – Suga fala brincado

 

    - Não garantimos nada. – (S/N) fala fazendo todos rirem.

 

      Saímos de casa e entramos no carro. Eu dirigia enquanto segurava em sua mão e ela olhava para mim.

 

  Passamos na Big Hit para falar com o meu chefe e... estava cheio de fãs do lado de fora com placas e cartazes dizendo ``Ao bebê eu digo sim! A amante eu digo não! Queremos a família certa. Tae, Irene e Bebê!´´. Isso é sério? Puta que Pariu!


Notas Finais


Obrigada por ler!!! Hoje o capitulo foi mais curto, mesmo assim espero que tenham gostado!!! Ainda vem muito mais por aí!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...