História Irresistivelmente Nosso (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtam Boys, Bts, Hot, Imagine, Jeon Jeongguk, Jeon Jungkook, Jhope, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Kpop, Min Yoongi, Park Jimin, Rap Monster, Sexo, Suga
Visualizações 460
Palavras 735
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem!!! Boa leitura!!!

Capítulo 24 - 24


Fanfic / Fanfiction Irresistivelmente Nosso (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 24 - 24

~(Tae)

Saímos da Big Hit e fomos para o carro deixando aquele Filho da Puta no chão. Permanecemos em silêncio. Chegamos em casa e entramos. (S/N) estava sentada no sofá da sala assistindo drama.

Os meninos falaram oi e subiram e eu fiquei parado olhando para ela. Minha (S/N), o que você fez?

- (S/N) – ela olha para mim e sorri – precisamos conversar. – eu me sento ao seu lado. – Pode me explicar quem é aquele garoto que me disse que você já esteve grávida antes e abortou.

Ela olha para mim e seu rosto transmite tristeza e seus olhos se encheram de lágrimas. Ela se levanta do sofá e eu também.

- Eu sinto… que você quer… uma explicação. – ela fala com a voz trêmula. Faço que sim com a cabeça – só me diga uma coisa: o que (s/a) te contou?

- Que… você estava supostamente grávida, sobre a gravidez ele achou que não era dele e deu foda-se e mandou você abortar. – falo – e também alertou sobre o filho não ser realmente meu.

- Você acreditou nele Taehyung?! – ela pergunta.

- …não – por que eu fiz isso?

- Taehyung você duvidou? – NÃO!

- Não…. Eu…. Não! – Eu comecei a gaguejar e os olhos dela desejaram as lágrimas presas. – Não chore! Por favor. – eu a abraço. – Eu nunca duvidei de você! Agora por favor não chore, eu odeio ver você chorar!

- Tae… eu não queria abortar! – ela chora mais – Eu… sei que não tem desculpa para o que eu fiz, mas eu… não sabia o que fazer! Você deve estar me achando um lixo! Mas Tae eu nunca faria isso de novo! Lembra que eu não contei para você sobre a gravidez logo de cara, eu queria saber se você não ia fazer como aquele babaca! Agora por favor não duvide de mim! Por favor Taehyung não faça isso!

- Eu nunca duvidei de você! Nunca faria o que aquele babaca fez! Eu te amo! – eu a abraço e seco suas lágrimas.

- Eu me apaixonei por ele Tae, eu me entreguei a ele Tae, eu tinha uma parte dele dentro de mim, uma vida, mas ele falou que se eu não tirasse ele mesmo tiraria, isso acabou comigo, isso me fez desistir, eu não deveria ter desistido, é uma coisa o bebê era uma coisa para ele. – ela derrama mais lágrimas – Isso é um peso na minha consciência! Eu nunca vou poder voltar atrás! Isso foi culpa minha… - Eu a interrompo com um beijo. Um beijo calmo, nescesitado, amoroso.

- (S/N) você nunca vai poder mudar o que fez. Se ele fez isso com você e não se arrependeu ele é um imbecil! Eu também fui imbecil muitas vezes, começando com o dia em que te conheci, – ela ri lembrando – quando eu te deixei só para ir a um iate cheio de mulheres, aceitei um namoro mesmore sendo falso, ter desistido de você e terminado com você por causa de uma ameaça ao invés de ter enfrentado as dificuldades com você, e ter escutado aquele babaca! Mas eu me arrependi e me pergunto: O que aconteceria se eu não tivesse feito o que eu fiz e me arrependido do que eu fiz? O que teria acontecido se eu não tivesse te beijado no corredor do hotel? O que teria acontecido se eu não tivesse coragem para te pedir em namoro? Ou se eu não tivesse ido atrás de você no aeroporto e me declarado? O que eu teria feito sem você?

- Tae… eu te amo! – Eu seguro seu queixo e a beijo novamente.

- Eu também te amo! E disso, eu nunca me arrependi! – ela sorri me beija.

- O que você disse para o (s/a)? – ela pergunta me abraçando pelo pescoço e eu segurando em sua cintura.

- Eu só tive uma conversa civilizada e… só. – ela me olha com desconfiança.

- Sei... – fala sorrindo

- Ah e falando nele. Não chegue perto dele! Ele é um babaca! Se ele chegar perto de você ele morre! – ela começa a rir. Isso não foi piada.

- TaeTae ciumento! Onhw! Que fofinho! – ela pega na minha bochecha

- Aaaiiish! Não é para ser engraçado! – falo irritado

- Tão fofo e inocente! – ela fala me irritando mais

- Eu não sou inocente quando faço você gemer a noite toda né?! – falo sem esconder minha malícia.

          - Então me faça gemer agora! – ela ordena.


Notas Finais


Obrigada que gostem!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...