História Irritante - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 12
Palavras 1.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente mais um capitulo para vocês!não se preocupem hoje ainda posto mais um,espero que gostem
Boa leitura :)

Capítulo 2 - Vi o que não queria ver


Fanfic / Fanfiction Irritante - Capítulo 2 - Vi o que não queria ver

Acordei antes do despertador,e o sol estava batendo na minha janela estava muito brilhante ~ parece que o dia hoje vai ser bom ~ levantei coloquei minhas pantufas de coeliho no pé,arrumei minha cama e abri as cortinas e vi o sol brilhar como nunca antes,tirei minhas roupas e entrei no Box ,e tomei um banho bem relaxante.

۞Sai do banheiro enrolada na toalha,e escolhi um vestido azul escuro,com um sinto preto na cintura decote coração e de ausinha , arquinho preto e uma sapatilha também preta e caso esteja frio uma blusinha azul céu.

 ۞Me vesti e passei rimel e meu batom típico vermelho sangue peguei minha mochila e desci para tomar café.

۞Terminei de tomar o meu café peguei minha mochila tranquei a casa e fui em direção a escola.

۞Cheguei na escola e avistei a Ino e o namorado dela passei por eles e disse:

       -Olá casalsinho.-a Ino corou ri e segui em direção a sala de aula e fiquei mexendo nas minhas redes sociais já que eu tinha internet e a Ino estava com o namorado dela e as outras meninas tinham faltado.

۞Já tinha batido o sinal e todos já estavam em seus devidos lugares,e o professor já estava em sala de aula escrevendo no grande quadro negro.

        -Oii-disse uma voz rouca que me fez arrepiar

        -Oi-disse

        -Vejo que sua amiguinha ta namorando!

        -Sim.

       -E só falta você namorar! .

       -Eu não,não me interesso em namorar ninguém!

     -Nem eu?-sussurrou no meu ouvido me arrepiei

     -Não você seria a ultima pessoa que eu namoraria!

     -Ok-disse com um certo tom de raiva.

 

۞O resto das aulas ele não dirigiu a palavra para mim eu acho que ele ficou com raiva do que eu disse,mais não posso fazer nada não sinto nada por ele a não ser amizade.

۞Na hora do intervalo ele passou por mim e nem olhou na minha cara,fiquei triste com seu ato,Ino viu e veio falar comigo enquanto eu arrumava as minhas coisas.

     -Nossa o que foi aquilo?o senhor galante não veio falar com você e te dar um tchauzinho como sempre?ele parecia bravo.

     -È.-contei tudo para ela,e ela ficou com um perfeito “o” na boca e ficou falando um monte de coisa para mim.

۞Ino ficou com o namorado dela então eu decidi procurar o Matheus e falar com ele sobre  o que aconteu mais cedo,e fui no lugar  onde ele disse que sempre estaria.

۞Abri a porta e meu coração apertou o Matheus estava trasando com a Julia e ela estava praticamente gritando o nome dele,fechei a porta para que eles não me vissem,e corri como se minha dependesse disso,entrei no banheiro feminino entrei e fechei a porta e sentei no canto abracei minhas pernas e chorei,chorei e nem sei por que eu chorei  alem do mais não sinto nada por ele ou será que sinto?mais mesmo assim chorei,chorei por tudo.

۞Quando parei de chorar sequei minhas lagrimas me olhei no espelho,já tinha tocado o sinal eu decidi que iria para casa não queria que ninguém me visse assim,fui a diretoria e disse que estava passado eles me liberaram e fui para casa quando sai pela porta da escola e vi o céu esta preto e começou a trovejar e depois a chover fui andado na chuva para casa como se não estivesse chovendo e deixei as lagrimas rolarem junto com a chuva.

۞Entrei em casa joguei minha mochila no sofá subi para o meu quarto me despi e entrei no Box e deixei a água quente rolar pelos meu cabelos e todo meu corpo e fiquei vendo a água cair,tomei iniciativa e comecei a lavar meu cabelo e meu corpo e fiquei lá por um tempo até todas as lagrimas irem embora junto com a água do ralo.

۞Sai do banheiro enrolei meu cabelo com a toalha e vesti meu pijama e sequei um pouco meu cabelo e vi que no meu celular tinha varias chamadas da Ino  não liguei só queria ficar sozinha coloquei minha roupa para lavar deitei na minha cama e dormi.

۞Acordei já era a noite para ser mais específica 19:30 então decidi ligar para Ino que já deve estar louca de preocupação,liguei e na primeira chamada ela atendeu.

     -Onde você estava em?o professor disse que você tinha passado mal e ido para casa eu te liguei a tarde toda e nada de você,você sabe como fiquei preocupada em?você sabe?

۞Lembrei das coisas e comecei a soluçar e chorar.

      -Já to indo para ai.-disse Ino e desligou.

۞Meia hora depois Ino estava com uma mochila com roupas e uma sacola cheia de besteira e filmes românticos.

 ۞Ela largou tudo no chão e me abraçou,e eu retribui o abraço e chorei.

    -O que aconteceu.

۞Meia hora se passou eu tinha contado tudo para ela e a gente já estava no sofá da minha casa enroladas em cobertas comendo besteiras e assistido filmes melosos e chorando.

     -Ele é um idiota amiga,não liga mais para ele.-disse tentado me animar como todas as vezes naquela noite e me abraçou e disse que ia ficar tudo bem e eu apenas chorei.

۞Naquela mesma hora cansada de assistir aquele filme e ficar chorando fiz um jantar para mim e a Ino de jantar fiz uma lasanha com muito queijo e ficamos conversado coisas engraçadas do nosso passado arrumamos as coisas e subimos para o meu quarto tomamos banho de novo por que nos sujamos nossos pijamas de lasaha e refrigerante.

۞Voltamos e ficamos eu ela na minha cama no celular ai depois e fiz perguntas sobre o namorada dela e ela ficou corada em quase todas elas e eu só rindo da cara dela e brincamos de guerra de travesseiro arrumamos tudo para depois me pai não brigar comigo.

۞Depois disso eu tive uma ótima idéia de jogar um jogo chamado Ouija vou explicar como eu ganhei ele(a alguns anos atrás o meu Pai tinha me dado um jogo chamado de Ouija claro depois de eu pedir ajoelhada no chão e convencer ele que esse jogo não era do D******* claro que todas elas foram mentirinhas rsrsrs)

۞Convenci a Ino de jogar depois de muito implorar,perguntamos o monte de besteiras e depois eu guardei o jogo e eu e Ino dormimos mas não antes de rezarmos um pai nosso.


Notas Finais


Gente agora vcs devem odiar o Matheus mas próximo capitulo especial Matheus ele vai explicar como ele sentiu depois da ''suposta'' rejeição.Até o proximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...