História Is Broken ? (Yaoi) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Fantasia, Ficção, Gay, Homossexualidade, Mistério, Originais, Romance, Suspense, Yaoi
Exibições 41
Palavras 804
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Górgona na imagem ~

Desculpem a demora para atualizar is broken, estive passando por problemas.

Boa leitura.

Adendo: a ponto de curiosidade...

Arenthya é o mesmo mundo onde se passa minhas outras duas histórias~

Capítulo 5 - Arenthya


Fanfic / Fanfiction Is Broken ? (Yaoi) - Capítulo 5 - Arenthya

__ Você disse que quando chegássemos nessa estalagem você me explicaria tudo! Onde eu estou?! __

Esse sou eu insistindo para Loryan parar de enrolação... Eu não sei como eu estava calmo a algumas horas atrás.

__ Certo certo... Só sente ai com o Mirt e relaxe, vou buscar comida e então conversamos. __

Esse é Loryan enrolando para chegar no ponto logo, estamos em um tipo de hotel de estrada...

Ontem à noite eu fui perseguido por monstros que descobri se denominarem Górgonas, Loryan é o gato preto que circulava minha casa que pegou fogo e agora estou aqui, e eu nem sei como vim parar aqui...na verdade nem sei onde é aqui!

Necessito de explicações!

Depois de eu ter um choque de realidade, percebi o quanto os últimos acontecimentos são ... Malucos! Eu realmente acho que fiquei louco, por que quem acreditaria se eu dissesse que conheço um cara que se transforma em um gato preto e um pássaro gigante? Ou que um bicho estranho que mais parece uma aranha humanóide gigante teria me perseguido?

E se não tiver como voltar para casa? Aliás...para o que sobrou dela.

__ Pronto, coma um pouco e se acalme que eu responderei todas as suas dúvidas.__ disse Loryan interrompendo meus pensamentos e  me entregando um copo com vinho juntamente com  um pote cheio de uma espécie de pãezinhos vermelhos.

Eu olhei para Loryan e respirei fundo.

__ Estou quase entrando em colapso! Você tem ideia do quão louco tudo parece ?! __  eu disse engolindo os pãezinhos um atras do outro, percebi Mirt rindo enquanto observava tudo.

__ Hum... Tenho que deixar algo claro__ o "gato preto" fez uma pausa e bebeu do vinho __ Não tenho culpa em relação a como você chegou aqui__ concluiu ele.

__ Fui perseguido por uma Górgona como você disse e então cai em uma fenda de luz, e depois eu estava em uma praia e....e.. você estava lá! __

__ Calma Samuel , na verdade você me ajudou a achar o caminho de volta para Arenthya e então pude ajudar Mirt. __

__ Arenthya?__ perguntei, por que sinceramente não sei o que esperar desse nome...

__ O nome do nosso mundo é Arenthya __ disse Mirt rindo como se estivesse se divertindo em me ver confuso.

__ Se eu cheguei aqui... Então deve ter um jeito de voltar... Loryan como você fez para acabar no lugar que me conheceu!?__

Mirt e Loryan trocaram olhares sérios e então ele disse algo que me deixou pra baixo.

__ Eu não lembro como fiz para parar lá, sei que eu estava preso na forma de gato enquanto fugia de uma Górgona.... Acabei encontrando sua casa e na noite em que o monstro estava atrás de você eu apenas te segui. Por que tentaria te ajudar __

__ E então nós acabamos aqui...__ eu disse com certa decepção na voz.

__ É... Eu e Loryan fomos traídos por outros companheiros, foram os traidores que atraíram as Górgonas até as ruínas que eram nossa base. Eu estava fraco e não podia lutar, então Loryan atraiu todos os monstros para longe de mim... Eu me escondi na cápsula e esperei a volta dele__ disse Mirt.

__ Eu consegui matar todos, menos uma Górgona que me parecia diferente...era muito forte, então eu fugi e acabei te conhecendo Samuel.__

Loryan disse sorrindo.

__ Esses traidores e vocês fazem parte de algum grupo?__ perguntei desviando meus olhos dos de Loryan.

__ Sim, fazíamos... Agora somos oficialmente só eu e Mirt. __ Loryan respondeu e então ficamos em silêncio durante um tempo.

__ Somos basicamente caçadores de monstros, ajudamos vilarejos a acabarem com criaturas especiais como as Górgonas. __ Mirt disse se levantando da mesa da estalagem e indo até o dono do lugar, provavelmente para pagar a comida.

__ Nossa.... Isso é muita doidera...__ falei em voz alta, senti Loryan me encarando.

__ Você não tem para onde ir, pode ficar comigo e Mirt até decidir o que vai fazer. __ A voz calma de Loryan chegou aos meus ouvidos em forma de sussurro.

Então ele se levantou da mesa e foi até Mirt, os dois começaram a conversar e de longe, mesmo que apenas observando...consigo sentir que estão falando de mim.

Mas o que me preocupa é o fato de que a proposta de Loryan me parece ser a melhor decisão a se tomar, e isso quer dizer que vou ter que me acostumar com coisas como... Caçar  monstros e ficar mais pirado a cada dia.

Mas por enquanto sinto que é o melhor a se fazer, o que tenho a perder?

Volto meus olhos  a Loryan que ainda se encontra no balcão do hotel conversando com o dono da estalagem e Mirt, quando me dou conta de que ele estava sorrindo enquanto me observava também...

Sua boca entreaberta deu um gole do vinho novamente, ele fez isso sem desviar seu olhar do meu.  Por que estou sem ação?


Notas Finais


Deixe seu comentário de apoio (eles ajudam muito) adoro saber opiniões.

Leia minhas outras histórias se tiver interesse:
Greenshade.
Galmeryl.

Obrigado :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...