História Is it hard to love? - Camren - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Austin Mahone, Fifth Harmony, Halsey, Justin Bieber, Little Mix, One Direction
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Austin Mahone, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Halsey, Harry Styles, Jade Thirlwall, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Perrie Edwards, Zayn Malik
Tags Ally, Camren, Norminah
Visualizações 472
Palavras 1.380
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 53 - Capítulo 53



A aula Acabou e fomos embora, fui até estacionamento pegar minha moto e vi Austin entrando no seu carro junto com Jake e um menino baixinho

Eles entraram e deram a partida, e logo eu fui atrás deles


"Não sei, vai que eles estão com a Camila"


Segui eles e parei na casa do Jake 


" Desisto..."


Sai de lá e fui até minha casa que não era muito longe dali

Entrei em casa e mandei mais mensagens para Camila


- Que porra... não é possível! Aonde ela está? - sentei na cama 

- Ela não está na casa dela - Dinah abriu a porta do meu quarto junto com Vero e Zayn

- Vocês foram lá? - olhei para eles

- Sim, falamos que era pra pegar meu caderno no quarto da Camila e disse que ela estava na casa da amiga....- Dinah pegou seu celular

- eu disse que tava na casa da Ariana - Zayn me olhou

- você não tem que dizer o nome! - bufei

- Mas a tia Sinu tava me perguntando dela, mano ela é mãe cara! E a gente tá mentindo para ela, a gente nem sabe aonde a Camila está! - ele foi até a varanda

- Verdade, pior que a gente não tem nenhuma pista ou informações dela - vero disse

- Se ela estiver mesmo na casa de uma amiga dela, eu mato ela por não ter avisado - Dinah jogou na minha cama


- Aqui o quarto dela Harry - Taylor sorriu mostrando meu quarto para Harry e Ally

- Valeu - ele sorriu e ela saiu de lá - gente , tem como rastrear o celular dela aqui oh - ele foi até minha mesa e colocou seu Notebook 


- Será que ela está mesmo com a sua amiga? Quem é ela não!? - Ally falou

- Ela não tem muitos amigos, ela tem só nós mesmo! - Dinah disse

- Vocês sabem como a Camila é, grossa, sensível, chata, fofa, mas ela tem só nós mesmo de amigos, se ela tivesse, a gente saberia com quem ela teria agora - Harry disse mexendo no Notebook 

- É.....



Pov's Camila:



Estava morrendo de fome, desde ontem eu não tinha comido, já faz horas que eu estava a acordada sozinha naquela casa suja, eu ficava andando um para outro, até que a porta foi aberta e vi Austin só


- Boa tarde - ele tava cheios de sacolinhas de compras

- Estou com fome - encarei

- É....eu sei - ele riu - aqui, comprei algumas coisas para você comer - ele colocou as sacolas na mesa e eu fui ver o que ele comprou



- Vai me deixar aqui por quanto tempo? - falei mordendo o pão e depois a bolacha

- Não sei.....

- Porquê eles já devem ter desconfiado - olhei para ele

- Hum....

- Porque você não me solta? - disse

- Porque não - ele riu e se levantou

- Pô....eu sei que você tem um coração bom! - falei e ele riu

- Engraçado né! Que uns dias atrás, você chamou minha família de lixo e talz, e agora eu tenho um coração bom? - ele riu forçado e foi ate a cozinha

- EU ESTAVA SÓ DESCONTANDO EM VOCÊ A MINHA RAIVA DO MEU DIA E TAL - gritei e ele veio até mim

- Mas eu sou um ser humano, tenho sentimentos.... igual a você, quando eu comecei a sair com você, eu só queria te levar para cama, só....mas eu me apaixonei por você e deu tudo isso, e cada palavra que você falava, era uma facada no meu peito

- E desse jeito que você demonstra o amor? - falei e ele bateu na mesa

- CHEGA! - ele me encarou bravo - deu pra mim, devia ter deixado o Jake Miller ter vindo aqui, aí ele ia te estrupar e varias coisas , sou burro.....- ele se levantou e foi até a porta

- Aonde você vai? - ele não respondeu e fechou a porta com tudo e trancou, pude ouvir o som do carro sendo ligado e dando a partida - OH DROGA, VOU FICAR SOZINHA DE NOVO?!



Depois de comer, eu dormi, escutei a porta da cozinha sendo aberta , levantei do chão e fui devagar pra ver quem era e era o Austin


- que susto - falei e ele nem olhou no meus olhos - Que horas são?

- 20:48 - ele sentou na cadeira e olhou  no chão



" Talvez se você conquistasse ele, você sai daqui rápidinho"



- olha Austin, mil desculpas por te tratado daquele jeito, nunca pensei que era apaixonado por mim...- sorri - quem sabe....vai que rola....quem sabe - disse e ele me olhou, sentei no seu colo e pude sentir sua respiração bem perto


" Calma Camila....calma!"


Nervosa eu, beijei ele, ele aproveitando, começou a me tocar, me senti desconfortável com os toques dele, não era mesma coisa que eu estava acostumada, por exemplo com a Lauren, mas não mostrei isso pra ele, continue beijando


Uma hora ou outra, ele apertava minha bunda e isso me deixava puta


Até que a porta da cozinha foi aberta e ouvi a voz do Jake


- AUSTIN FILHA DA PUTA - ele me jogou longe de perto do Austin 

- O quê? - ele levantou e encarou


Os dois começaram a discutir e colocava meu nome em meio dessas discussão


- Camila sua puta, você dá pra todo mundo né? - Jake segurou meu braço e levou até o quarto aonde eu dormo 

- Me solta, tá me machucando - comecei a chorar

- para de chorar - ele deu um tapa na minha cara e me jogou no colchão - Você vai da pra mim agora - ele foi tirando sua calça e entrei em Pânico, ele tirou sua cueca e veio sorindo até mim


- sai da aí cara - Austin puxou ele, e os dois começaram a brigar


Levantei do chão e fui correndo até a porta , abri e Jake puxou meu cabelo, virei de frente dele, e ele deu soco na minha boca

Cai no chão, Austin foi pra cima dele de novo


- Camila.....foge.....sai daqui , sai desses mostros - Austin me olhou com os olhos cheios de lágrimas e voltou a bater no Jake que estava quase desmaiando


Sai dali correndo, não sabia aonde eu estava , eu só corria, na minha mente só parecia ele me batendo e vindo pra cima de mim pelado


Correndo na estrada de terra chorando, estava totalmente perdida


"Aonde eu estou?"


Com certeza já é umas 10 horas.....


Até que vi uma estrada e passava alguns carros


- Hey...por favor! Pare! - dizia chorando e o carro parou, abaixou o vidro e pude ver um menino loiro 

- Você esta bem? - ele me encarou

- Não, por favor, você pode me dar uma carona! - disse e ele assentiu, entrei no carro e ele começou a dirigir


- Aonde você mora....- ele me olhou

- Aqui é Miami? - falei e ele deu uma risada fraca

- Sim.... é sim! - respirei aliviada

- Eu sei que é estranho ver uma menina chorando e pedindo carona, só que eu fui sequestrada e quase fui estrupada - passei a mão no meu rosto 

- meu deus, fique calma, bebe água aí..... mas comigo você está segura....a prazer, meu nome é Niall Horan - ele sorriu sem olhar pra mim, focado no volante

- Prazer, sou Camila - disse 

- Vou te levar no restaurante para você comer algo, e relaxa, você não está com estranho...bom.... tá....mais não vou fazer nada demais com você

- Muita Obrigada - Respirei fundo 


Cheguei no restaurante e ele comeu sua comida, eu não consegui comer, só queria minha casa


- Bom, até a sua casa vai demorar mais ou menos 1 hora e tanto, e como que agora é 23:08 é perigoso pegar a estrada essa hora, você não quer passar a noite na casa da minha irmã? - ele entrou no carro

- Ah eu não sei...eu sou uma estranha pra você....- disse abrindo a boca de sono

- Hey...por favor, ela não precisa saber, falo que você é minha amiga, você precisa dormir, amanhã de manhã vamos para sua casa e eu tenho que trabalhar no restaurante, se não já viu né - ele riu

- Ok....- falei 


No caminho ele tentava me animar, mas eu estava com sono demais, cheguei na casa da sua irmã e ela me recebeu com carinho, e fui até o quarto dele e deitei na cama e acabei dormindo com tudo








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...