História Is my boyfriend? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Jay Park, TWICE
Personagens Jay Park, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Jungyeon, Lisa, Momo, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Bts, Incesto, Jikook, Jikookie?
Visualizações 42
Palavras 1.881
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii, vim aposta mais um capítulo, espero que gostem!!!!

Capítulo 2 - Em Choque


Eu estava lá em choque com a cena que tinha acabado de presenciar, parecia que as coisas no momento tinham paralizado, ele me chamou de namorado?, o Jungkook me chamou de namorado?, MEU PRÓPRIO IRMÃO ME CHAMOU DE NAMORADO???

- JUNGKOOK DE ONDE VOCÊ TIROU ESSA IDÉIA DE NAMORADO, EU NÃO SOU SEU NAMORADO, EU SOU SEU IR... - parai com meu surto, quando a enfermeira pediu por um gesto para eu ficar em silêncio

- Jimin você está terminando comigo? - ele disse triste, e seus olhos começaram a se encher de lágrimas

Meu coração apertou quando Jungkook disse que eu iria terminar com ele daquele jeito tão triste, terminar o que?, se eu não namorei o Jungkook e nunca vou namorar com ele como é que eu vou terminar algo que nunca começou

- Sr. Park... - ouvir a voz do Dr. Hoo, que estava atrás de mim - preciso falar com você - ele diz, e eu vou com ele até fora do quarto

- pode falar - digo

- é sobre o paciente Jeon Jungkook, você já deve ter notado que ele está agindo... podemos dizer...diferente

- Dr. Hoo, ele me chamou de namorado... isso não é agir diferente, isso já é loucura, ele é meu irmão, e não meu namorado

- eu sei Sr. Park, pelo o acidente que ele sofreu as suas memórias deve ter sido misturadas, e talvez por isso ele te chamou de "meu namorado", e isso talvez seja da parte psicológica dele, já fiz todos os exames, não deu nenhum sinal de que seu cérebro tivesse sofrido alguma alteração, eu só peço que o Sr. não diga que não é o namorado dele até levar-ló no psicológico

- olha, eu respeito muito o Sr. mas eu não posso fazer isso, eu nunca vou me perdoar se eu fizer isso

- e só até levar ele ao psicológico, e pelo próprio bem do Jungkook, está bem? - ele me pergunta

- está bem Dr. Hoo - digo

- Dr. Hoo, o paciente Kim Mok - um enfermeira chama-o

- já estou indo - ele diz a enfermeira - tenho que ir, seja forte Park

- até - digo, e ele acompanha a enfermeira até outro lugar

Eu nunca esperava que um dia isso iria acontecer, namorado do Jungkook, eu?, eu sei que sinto atração por homens, mas não que isso iria me  fazer chegar até o ponto de namorar meu próprio irmão, eu nunca iria fazer isso, só estou fazendo por causa do bem dele, depois que o Dr. Hoo disse, não vou querer complicar as coisas para o Kookie, eu o amo, fraternalmente dizendo Eu entrei no quarto, Jungkook estava com a enfermeira, chorando, eu respirei fundo e tomei coragem

- Jungkook? - eu o chamo, e ele acaba notando minha presença

- Jimin - ele diz meu nome enxugando suas lágrimas

Vou e me sento ao lado dele, na cama onde ele estava

- eu... - eu travo quando vou dizer

Vamos Jimin você consegue, e só falar, você não vai morrer agora, só vai garantir uma folha no jornal dizendo " um garoto se jogou do último andar, após dizer que namorava seu irmão"

- eu...Jungkook... - ele me olhava esperando que eu dissesse algo - eu não estava terminando com você, eu não vou terminar com você, eu te amo - boto tudo que tinha que dizer pra fora, Jungkook me olha por algumas instantes e me abraça

- eu também te amo - ele diz e me deixar de abraçar - estava com saudades - Jungkook puxa minha nuca e me dá um beijo

Espera...ele acabou de me beijar ou só é em pressão minha mesmo?, mas aquele beijo era tão bom, não queria parar, então continuei a beijar o Jungkook, quando nos separamos nossos lábios, me toquei do que tinha acabado de acontecer, e me afasto de Jungkook para logo 

Eu não posso ter beijado ele, pego nos meus lábios assustado do que tinha acabado de acontecer, meu Deus, o que eu fui fazer?

- você não gostou do beijo? - ele pergunta

- não...não é isso, é só... - engasgo ao refletir o que tinha acabado de disse

Eu acabei de admitir que isso foi bom?, seu beijo foi bom?, seu idiota, o que você está falando?, agora vai ter que inventar alguma desculpa pra dizer para ele

- é só... que... a enfermeira ainda está aqui Jungkook - digo

- Miyo pode ir lá fora, por favor?, quero ficar a sós com o Jimin - ele diz a enfermeira

- claro que sim, vou deixar vocês dois a sós - a enfermeira sai do quarto

Jungkook se levanta e vem até a minha direção, ele toca no meu rosto, o que e me deixa corado, fechei meus olhos com força e ele sela nossos lábios, seu beijo era doce, calmo e carinhoso, não queria me deixar levar por isso, mas acabei aceitando seu beijo

Agora eu não me resta dúvidas que tenho minha passagem para o inferno já está garantida


                                                      ●○●


Eu estava no hospital com o Jungkook desde manhã sendo, e já  resolvi faltar a faculdade hoje, mas não poderia não ir ao trabalho hoje, caso ao contrário iria receber minha contas e ficar desempregado

- por favor não vai, Jimin - ele me pede

- não posso faltar, se não vou fazer demitido, e não vou ter como pagar o aluguel, e nem trazer comida pra casa - explico para ele

- só hoje Jimin!

- não posso Jungkook, já te expliquei o porque, não expliquei?

- sim, mas eu queria ficar com você - ele diz triste

- eu prometo que irei vir aqui depois do trabalho, e trazer Kimchi

- sério mesmo - ele diz alegre

- sim - digo e ele bati suas mãos umas nas outras contente que eu iria trazer Kimchi

- ok,  ainda tenho que ir em casa e me arruma, tchau Kookie

- espera Jimin Hyung - ele me chama - e meu beijo de despedida - ele diz fazendo biquinho

O QUE ELE ACABOU DE DIZER???

- meu beijo de despedida Hyung...

- Jungkook... não - nego seu pedido

- se estiver com vergonha Miyo pode falar, que eu peço pra ela sair e... - eu o interrompo dando um selinho nele

- satisfeito agora?

- muito satisfeito - ele diz rindo - tchau

- tchau - aceno para ele em forma de despedida e vou embora

Pego um táxi, e vou para a casa, a nossa casa e meio que tipo um apartamento de uma periferia pequena da cidade Quando fui abrir a porta para entrar em casa, vi uma pessoa famíliar do corredor vindo em minha direção

- Park, cadê meu dinheiro? - ouço o Sr. Tsumi pedir o dinheiro do aluguel

O Sr. Tsumi é japonês, e dono desses apartamentos, no mês passado eu não paguei o aluguei e agora ele vez me cobrando o dinheiro atrasado

- eu não tenho como lhe pagar - digo a ele

- você veio de táxi, então significa que tem dinheiro sim, vamos Park me de o dinheiro

- já disse ao senhor, que vou consegui pagar a conta atrasada no outro mês

- você tem dinheiro sim, me dê logo - ele diz - vamos me dê o que me deve - antes que de pior acontecesse, o vizinho do lado tinha acabado de chegar e o Sr. Tsumi vou cobrar o aluguel dele também

Entrei logo em casa antes dele e percebido que eu sair de lá, tomei mas um banho, me arrumei, peguei uma mochila e separei alguns roupas minha para passar a noite com Kookie 

Quando cheguei no trabalho o restaurante já tinha sido aberto, então entrei pela porta dos fundos, fui discreto, que ninguém perceber minha presença

- olha se não é o Park Atrasado Jimin acabou de chegar - Hoseok cantarola para mim quando me ver

- isso não tem graça, Hoseok - digo a ele

- ANDA LOGO HOSEOK, A MESA SEIS, O QUE VOCÊ ESTÁ ESPERANDO? VAI LOGO PRAGA! - um dos chefes cozinheiros grita, e ele sai correndo em disparada a mesa seis - EU VOCÊ AÍ, PARK, VEM CÁ! - ele me chama e eu vou até ele - o chefe está querendo falar com você sobre seus frequentes atrasos

Em goli seco, o chefe estava querendo falar comigo, o que vou fazer, eu sou mesmo a pessoa mais fudida do mundo

- o que tá esperando Park, VAI, VAI - ele diz e eu vou até o escritório do meu chefe

Depois de levar umas "belas", broncas do meu chefe, explico minha situação e do Jungkook, ele compreende, e me perdoa os meus "atrasos", foi então até a cozinha e vou lavar as louças nique eram muitas, e comecei a lavar, talvez bem no começo estava com o ajudante dos chefes, mas depois fui para aqui lavando louças, não posso reclamar, esse era o único emprego que me permite pagar minha faculdade, pagar o aluguel, trazer comida pra casa

Quando o restaurante fechou, eu e o Hoseok pega o mesmo caminho de sempre

- você está bem, Jimin? - ele me pergunta

- sim estou, por que? - o pergunto

- não é só que você está muito... pensativo - ele diz -e lente do o Jungkook como ele está?

- está bem, ele acordou do coma hoje - digo a ele

- que bom, cara - ele diz, e ouvimos seu celular tocar

Reparei que quem estava ligando para o Hoseok era o Taehuyng, o que será que ele que com o Hoseok? Hoseok atendeu a chamada e começou a falar com ele, e depois de alguns, minutos desligou a chamada e guardou seu celular

- por que o Tae, ligou pra você? - o pergunto

- horas, pra saber aonde vai ser o encontro? - ele diz

- que encontro? - pergunto a ele em susto

- eu esqueci que você não sabe

- sabe do que?

- que eu e o Taehyung estamos...namorando - ele diz e eu paraliso

Bom podemos dizer, que antes disso, eu meio que gostava...dele, só um pouquinho de nada, sabe né?, só que com essa revelação surpreendente de novela mexicana, acabou com minha esperança dele e eu

- e que bom... - digo nervoso e o ônibus no Hoseok chega no ponto em que nós estávamos

- tchau - ele diz indo para o ônibus

- tchau - digo a ele

Depois de ele ter ido embora, pego meu celular que estava na bolsa, e ligo para um dos meus amigos de infância, o Yoongi que está no Brasil curtindo, já que seus pai tem dinheiro e muito

~ligação on

- esse número não está recebendo chamadas nesse momento... - Yoongi não está recebendo minha chamada

~ligação off

Liguei farias e farias vezes mas ele não atendia de jeito nenhum, era meia noite já, e aqui pra lá e nove horas de diferença, esse ser humano não atende

Logo vi um ônibus que parava no ponto de ônibus que ficava em frente ao hospital, e entrei nele, paguei minha passagem, e sentei lá trás  Se acalme Jimin, você ainda tem o Jungkook, ele seria um ótimo namorado, espera...QUE?, ele é meu irmão, só estou "fingindo" que estou namorando com ele

Quando cheguei no hospital, fiz a mesma coisa de sempre para poder entrar no hospital, e fui direto até o quarto do Jungkook estava, ele já tinha dormido, sentei na cadeira ao lado e coloquei a bolsa no chão, fiquei acariciando seu cabelo Marrom, que era macio, fiquei acariciando por um tempo, depois parei, fui comer o Kimchi, e dormi na cadeira olhando para ele

Ele é tão fofo enquanto dorme


Notas Finais


ESTÁ PORRADA... Jimin tem que fingir ser namorado do Jungkook, STRIKE 1, Jungkook beija o Jimin, STRIKE 2, Hoseok está namorando Taehyung, STRIKE 3, A E PORRA!!!!!!!!!!!
novelas eu não preciso de vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...