História Is There Any Chance For Hapiness? - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas
Tags Cameron Dallas, Colegial, Drama, Nash Grier, Romance, Suspense
Exibições 52
Palavras 919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee, então, eu tentei postar ontem mas quando vi o capítulo não tinha sido enviado, então estou enviando agr
Espero q gostem
Boa leitura☀

Capítulo 29 - Is There Any Chance For Hapiness? Pt.2


Cameron narrando°°°

(1 dia atrás)

Essa última semana vem sendo difícil para mim.

Minha mãe piorou muito, está fraca e bem mais magra.

Os médicos dizem que devemos nos preparar, pois ela logo vai parar de resistir e tentar lutar e vai...morrer.

E ainda piorou pois não podemos perde-la agora, justo quando minha irmãzinha, Sierra, voltou a falar e a agir "normalmente", uma hora totalmente irônica para Sierra superar o seu trauma. Mas ela é apenas uma criança, e eu, apenas um adolescente, que nao esta pronto para morar só com o pai.

Meu pai nao esta aguentando toda essa pressão e os sentimentos, mas se recusa a deixar tudo isso transparecer, apesar de que as vezes posso ouvir um choro baixinho e vejo seus olhos inchados.

Droga! Como isso é difícil. Ja estou chorando.

E para piorar, a última vez que "falei" com Elena, a garota que eu considerava meu porto seguro e eu sabia que conseguiria me impedir de entrar em depressão, foi quando ela me mandou uma mensagem agradecendo por eu ter levado sua blusa até sua casa.

E eu nem tive coragem para responder.

Elena narrando°°°

La estava eu, na sala do diretor, indo iniciar uma conversa sobre o Cameron. Eu precisava sair dali.

- Olha, Diretor Mc Golloway, eu não namoro mais o Cameron e também não sei e nem tenho a mínima ideia de onde ele possa estar. E não, não sei por que ele anda faltando na escola. - falei me levantando, indo até a porta.

- Elena, essas questões ja foram resolvidas - ele respondeu me fazendo virar com curiosidade para saber o por que desse sumiço de Cameron - A mãe de Cameron morreu na manhã de hoje, ha pouco menos de duas horas. E o pai dele pediu para te avisar, pois ele sabe o quanto você se importava com ela. Eu sinto muito, principalmente por ter sido a pessoa a te contar.

* Senti lágrimas molharem meu rosto e a visão logo ficou embaçada*

- O velório será hoje, então você está liberada das próximas aulas. Va tomar um bom banho, pensar e descobrir o endereço com a família Dallas. - ele explica, enquanto vai até mim e faz carinho em meu ombro com sua mão.

- Obrigada, Diretor Mc Golloway - falei me retirando de sua sala e correndo ao banheiro, onde chorei por mais um bom tempo.

[...]

Já em minha casa, mandei uma mensagem para Cameron.

" Ei, meus pêsames" - e continuei - " Eu sei que esse pode não ser o melhor momento, mas eu queria saber se posso ir mesmo ao velório. Sem problemas?"

Ele respondeu quase uma hora depois:

" Obrigado pela preocupação! E sim, pode vir, é o que minha mãe iria querer. Mas não chegue perto de mim, e nem fale comigo"

Após essa mensagem, comecei a me arrumar para poder sair.

Coloquei um vestido preto que ia até um palmo acima do joelho e também um tênis da vans preto. Nada muito escandaloso, o vestido super básico e o tênis o mesmo.

Ja meu cabelo, deixei solto e apenas prendi uma mecha atrás da orelha.

[...]

Eram quase 12:30 ( devíamos sair de casa 13:00) quando lembrei de algo muito importante que eu havia prometido a mãe de Cameron.

Eu havia ganhado uma caixinha dela, e havia prometido que não iria abrir e nem contar para ninguém até o dia de seu funeral.

Na época ela ja estava doente e disse que isso significava muito para ela e muito para uma outra pessoa e eu iria descobrir quem, não importasse o dia e nem a hora, eu descobriria e isso poderia consertar tudo, bom, tudo isso de acordo com ela.

Infelizmente, o dia de abrir esse presente chegou.

Subi para meu quarto e peguei essa linda caixinha vermelha e a abri.
La dentro tinha um lindo colar de ouro escrito:
                 "Ms.Dallas"

Pedi para minha colocar coloca-lo em mim e antes mesmo de sair e casa eu já estava me sentindo um pouquinho mais com ela.

Antes de entrarmos no carro, Nash e sua família aparecem.

- Olá, família dos Troian - o pai de Nash, que era o melhor amigo do meu pai diz.

- Olá, Nash, Elisabeth and Chad - meu pai responde indo com minha mãe até os pais de Nash para os cumprimentar.

* Fiquei sozinha de frente com Nash*

- Bom, agimos como se nem nos conhecessemos - falei rindo, mas na verdade nem me lembrava se eu estava falando com Nash, ou seja, se eu já er ausa amiguinha - As vezes, eu ate me esqueço de você, Nash .

- É uma pena, pois eu ainda penso muito em você. E naquela única aula que tenho com você, acho que vou repetir. Sabe por que? - ela fala se aproximando de mim.

Respondo apenas fazendo um não com a cabeça. Nossa, eu estava muito confusa.

- Por que não presto atenção em nenhuma das merdas que saem da boca daquela professora. Eu passo a aula te olhando e pensando em como tudo teria sido se eu tivesse sido sincero desde o começo... - ele continua mas eu o interrompo.

- Você não foi honesto e nada é diferente. Serio, hoje não é o dia, e nos precisamos ir. - falei indo até meus pais para podermos sair logo

Mas claro, antes de eu entrar no carro eles tinham que ter a brilhante ideia de eu ir no carro da Família dos Grier.


Notas Finais


Gente eu estava pensando que eu estava na reta final, maaas eu estou pensando que para não ficar muito corrido talvez ainda tenhamos mais uns 5 ou 6 capítulos.
Espero que estejam gostando❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...