História Isolation - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Soredemo

Postado
Categorias One Piece
Personagens Boa Hancock, Kuina, Monkey D. Luffy, Nami, Nefertari Vivi, Nico Olvia, Nico Robin, Rebecca, Roronoa Zoro, Sanji
Tags Homossexualidade, Lemon, Luna, Sexo, Soredemo, Yaoi, Zonami, Zosan
Visualizações 24
Palavras 775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Primeira fic...
Soredemo só vai me betar, talvez ela me ajude de vez em quando .. Quem sabe..
Espero que gostem .

Capítulo 1 - Capítulo 1



Isolation 


Capítulo 1


Sanji se moveu e sentou-se na frente de Zoro . O filme foi pausado e as guloseimas deixadas de lado .-

 Sanji, por quê parou o filme ?? Estava interessante ..

- Eu sei . Mas ...

- Mas ... Vamos continua, quero voltar ao filme .. Seja breve . Falou o esverdeado com a sombrancelha arqueada .

- Quero te contar uma coisa .

- Pois conta ... Sou todo ouvidos . Disse Zoro pegando uma latinha de coca e balançando-a na mão .

- Sabe Zoro, de vez em quando a vida nos prega uma peça ... E o que fazemos ? Damos a volta por cima ... Você até pode fazer isso, mais eu não faço, na verdade, eu não consigo .Sou fraco . Muito fraco . Sanji suspirou e olhou bem fundo nos olhos do amigo .

- Você só é fraco por quê quer . Zoro fungou e tomou um gole da sua latinha de coca, não estava gostando do rumo que aquela conversa estava levando, ele odiava quando Sanji começava a falar de sentimentos . Era irritante .

- Já prestou atenção em uma coisa . Quando pessoas que não conhecemos nos dizem coisas terrivéis rapidamente esquecemos, mais se uma pessoa que gostamos nos diz algo que nos magoa, aquilo fica guardado na sua memória e vem à tona em seus momentos de tristezas .

- Por quê isso acontece ? Sabe me dizer Senhor hoje que está todo sensível ? Zoro falou levemente irritado enquanto Sanji tentava manter a compostura na frente do amigo que já estava furioso .

- Porque o que realmente nos importa é a opinião das pessoas que nos rodeiam .

- Isso mesmo . De que vai nos adiantar a opinião de alguém desconhecido ? Nada ! Não o conhecemos, esse alguém não nos conhece ...

- Exatamente . É assim que as coisas são . As palavras magoam ... Às vezes as pessoas não tem a intenção de nos magoar, mais aí dizem palavras que para nós são o fim de tudo .

- Sim ... Mais ainda não entendi do porquê está falando isso pra mim . Deixe de enrolação e fala logo o que você quer realmente dizer . Já estou ficando entediado .

- Ok ... Zoro, e-eu te amo, não como amigo, mais como algo a mais . Sanji segurou forte os joelhos com as mãos, fechou os olhos e apertou os lábios com força esperando a explosão do esverdeado .


Zoro se levantou, passou a mão nos cabelos, andou até o sofá e pegou o capacete que jazia sobre ele e disse com um sorriso nos lábios . - Que droga ! Acabei de me lembrar que eu não deveria ter vindo assistir filme com você ... Tenho umas coisas pra fazer . Foi mal Sanji, mais já vou indo, a gente se vê outra hora . Qualquer coisa me liga .. Tchau Tchau .

- Sem tchau ... Não me deixe ! Sanji suspirou, não aguentaria ver Zoro saindo pela porta, iria ser doloroso .


Zoro estava furioso . Sanji era a única amizade que tinha conservado da infância, era o único que o compreendia por todas as suas loucuras cometidas .

Gostava muito de Sanji, apesar de sempre estarem se esmurrando ou brigando, eram como irmãos . E agora como iria sair daquela desagradavel situação, ele não simpatizava nenhum pouco com homossexuais e saber que seu melhor amigo era um e ainda por cima o amava foi o mesmo que enfiar-lhe uma faca na garganta .

- Eu preciso ir ...

- Não, você não precisa . Sem criancice, por favor . Você já sabia, não é ? Já sabia do meu jeito estranho, você só não queria admitir .

- Eu não sei do que você está falando ... Zoro passou a mão pelos cabelos , ele sabia que não estava em condições de ter uma conversa saudável com o loiro .

- Zoro ... Eu gosto de você ..

- E que diferença faz ?! Zoro gritou . - Eu não sinto nada por você, exceto nojo agora . Você bem que podia ter guardado seus sentimentos para si . Seria muito melhor, pra nós dois .

- Desculpa ... Sanji falou baixinho e olhou para o chão enquanto Zoro saía de seu apartamento . A porta fechou-se com um barulho estrondoso que fez o loiro tremer . Ele já sabia que ia ser assim, na verdade havia imaginado pior, em sua mente fantasiou que Zoro lhe dava uns bofetes afim de fazer esquecer aquela besteira toda .

- Ainda bem que ele não fez isso ... Sanji riu baixinho e lágrimas escorreram por seu alvo rosto .




Continua ... 


Notas Finais


Kkkk ...

Tem mais na próxima semana ..
Sim, na próxima .
Não quero dar falsas esperanças .

Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...