História Isso não é uma simples escola - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Kiba Inuzuka, Kin Tsuchi, Matsuri, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Gaaino, Kibaten, Naruhina, Nejiten, Sasusaku, Shikatema
Exibições 78
Palavras 1.538
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Motivo do meu sorriso


Sasuke On 

Eu ja tinha chegado em casa, Saí da casa do Kiba assim que acordei, estava morrendo de fome e não queria comer no meio daquele povo todo, mesmo sabendo que eles são meus amigos, me dava nos nervos o fato deles ficarem brigando por tudo o tempo todo, fora o fato que eles não calam a boca nunca. Naruto estava em um rolo maluco com a Hinata, Tenten estava com Kiba, o que pra mim é bem estranho já que eu jurava que ela era afim do Neji, Shikamaru e Temari estavam dormindo no jardim, por incrível que pareça eles não estavam brigando. E Gaara e Ino estavam em um rolo também, ou seja, sobrou eu e o Neji. E eu que pensei que essa festa fosse fazer a gente relembrar os velhos tempos, onde tudo era legal e eramos os mais pegadores... Eu estava enganado, isso só fez com que a gente ficasse  cada vez mais presos. 

Cheguei em casa e o almoço estava pronto, minha mãe sorriu para mim e me deu bom dia. Minha mãe era uma das melhores pessoas que eu já conheci no mundo, e não é porque ela é minha mãe. 

-Bom dia filho! Como foi a festa? 

-Foi legal mãe. Itachi já chegou? 

-Já sim, ele esta decendo para almoçar. Trouxe uma amiga ontem da festa. 

Amiga...Sei... Ele deve ter trazido a garota ontem, o que é estranho vindo da parte dele, já que sempre ele pega as meninas nas festas mesmo. As vezes no banheiro ou no quarto. Mas nunca chegou a trazer uma garota para casa. Mas agora eu fiquei curioso.

-Bom dia mãe, Bom dia irmãozinho.  

Falou ele olhando para mim e sorrindo todo alegre. Meu Deus, quem era essa garota afinal? Ele a trouxe para casa e ainda deixa o meu irmão sorridente desta forma? 

-Cade sua amiga meu filho? 

Perguntou minha mãe fitando Itachi que parecia muito feliz, já até posso imaginar o motivo de toda essa felicidade. 

-Foi no banheiro. 

A menina chegou... Eu não acredito, era a Sakura! Como o Itachi conseguiu levar a Sakura para cama na noite que a conheceu? Isso é impossivel, Não a Sakura! Não ela... Ela era diferente. Como isso foi acontecer?

-Bom Dia Senhora, Mikoto? 

-Bom dia meu anjo. Qual o seu nome? 

-Sakura Haruno.

 Falou ela enquanto seus olhos rodavam pela casa e paravam junto aos meus.  

-Sasuke

 Falou prensando a boca formando um leve sorriso. 
 Eu fiquei calado enquanto a fitava. A menina cor de rosa me olhar envergonhada. Sera que ela e o Itachi realmente tinham ido para os finalmente? 

Não acredito. 

-Vamos, tomem café porque amanhã já voltamos a escola. 

-Itachi, é seu ultimo ano lá não é?  O que pretende fazer? 

 Perguntou Sakura enquanto bebia um copo de suco de laranja. Ela fitava o meu irmão de uma forma meiga, onde eu jamais havia visto, ninguém olhava para os Uchihas como algo além de dois irmãos que só servem para fazer sexo, e pela primeira vez alguém não fez isso. Esse alguém era a Sakura. 

-Eu não sei exatamente, mas pretendo fazer engenharia ou administração.

Ela o fitou um pouco confusa, então logo perguntou. 

-Mas são ramos bem diferentes, não seria mais lógico uma carreira como engenharia e arquitetura? 

Ele afagou o cabelo da menina.  Isso estava começando a me irritar , ele Não fazia isso com ninguém, como aquela garota tinha transformado meu irmão sedento por sexo neste pateta que esta na minha frente sorrindo feito um idiota?

-Talvez sim Sakura. Mas se o meu sonho é engenharia, o fato de eu fazer arquitetura iria ser frustrante. 

-Faz muito sentido, como se por exemplo eu quisesse fazer medicina, e acabasse fazendo enfermagem. Eu ficaria frustrada. Você é um gênio. 

Falou ela sorrindo pensando sobre o que o meu irmão tinha acabado de comentar com ela. 

-Sakura querida, Você e o Itachi estão namorando? 

Perguntou minha mãe de forma doce. Enquanto fitava a menina que estava ficando muito vermelha com a pergunta constrangedora de minha mãe, mas eu não a culpo. Itachi chega de madrugada com uma garota em casa e ainda a coloca para tomar café na mesa conosco, só podia significar que ele sentia algo a mais por ela, mesmo que a mesma não soubesse disso. 

-Namorando? N-Não, somos apenas amigos. 

Falou ela rindo nervosa. 

-Eu ainda não pedi a Sakura em namoro oficialmente. 

Falou meu irmão. Olhando para o café que estava tomando enquanto minha mãe abria um largo sorriso e a Sakura começava tremer feito uma vara verde. Acho que ela não esperava por isso. Na verdade eu também não esperava por isso. 

Ninguém esperava por isso, Não vindo de Itachi Uchiha. 

-Oh meu filho. Vejo que essa menina te faz muito feliz. 

 Sakura estava tomando todo o suco que havia dentro da Jarra, parecia extremamente nervosa com aquela situação. 

-Sakura, sobre aquele dever de matemática, tem como você me dar uma ajuda rapidinho? 

Perguntei olhando para ela tentando mostrar que eu queria falar com ela. 

-Claro. Já volto Sr. Mikoto. 

-Tudo bem filha. 

Filha? Que mania as mães carinhosas tem de chamar todos de filho ou filha. Eu ein. 

 Abri a porta do meu quarto peguei um caderno e a fiz sentar ao meu lado na cama. 

-Estava mesmo querendo ajuda? 

Perguntou ela enquanto olhava para mim. 

Escrevi no caderno. 

"O que você tem com o Itachi?" 

 Ela escreveu 

" Eu não sei. Só me lembro de estar conversando com você e depois ele chegou falando comigo, acabamos indo beber alguma coisa e acordei na cama do seu irmão."

"Você não se lembra se transou ou não com ele? "

"NÃO! " 

"Ótimo!" 

 -Muito obrigado Sakura. Estava com muita dificuldade nessa matéria. 

 Falei fechando o caderno e indo em direção ao guarda roupa. 
 Iria na casa do Naruto. Precisava falar com ele sobre esse assunto, essa garota estava transformando o maior pegador Uchiha em um patinho indefeso, como ela pode fazer isso. 

Sasuke Off

Kiba On

Bem, essa é a primeira vez que eu narro algo nessa história, então eu acho melhor eu me apresentar já que eu sei que muita gente me odeia pelo que fiz a Hinata. 

Bom, eu sou o Kiba Inuzuka, o ex namorado "canalha" da Hinata. Na verdade ela era muito minha amiga , mas eu acabei me preciptando um pouco sobre esse passo maior do que a perna que eu queria dar em nosso relacionamento. Foi um erro, que me custou a Hinata. E é por isso que hoje eu faço o possivel para me redimir com ela. Não que eu espere que ela vá voltar para mim, acho que isso é impossível já que ela está afim do Loiro metido a besta. Eu apenas estou honrando o papel de amigo que um dia eu tive. Então eu tento fazer o possivel para diminuir a dor da minha grande merda. 
Últimamente eu tenho reparado nela na escola, eu não andava com os mesmos meninos que ela, eu andava com o Chouji, o Shino, o Sai , e o Rock Lee. Tudo bem que eles são meio estranhos, mas eles são os meus amigos. E a hinata sempre gostou disso em mim, minha forma de me dar bem com todos. Agora eu estava me sentindo nervoso, depois que acordei com aquela morena na mesma cama que eu. Tenten. Mesmo que eu saiba que não rolou nada entre a gente. Eu só cuidei  dela e da Hinata. 

-Quem vai levar você e suas amigas para a escola?

Perguntei a fitando, estavamos sentados em um lindo banco no meu jardim, ela e as amigas acabaram colocando uma roupa da Hana que  coube  perfeitamente bem nelas. Ela estava olhando para tudo em volta. 

-Eu não sei exatamente. 

-Posso leva-las se quiserem é claro
 
-Faria isso Kiba-kun? 

-Faria. E kiba-kun? 

-Ah me desculpe, eu ainda não perdi alguns velhos hábitos. 

-Não tem problema. Pode me chamar assim. 

Eu sorri enquanto olhava para ela. Ela parecia se sentir bem, perto de mim. E isso me deixava muito mais tranquilo em relação ao que havia rolado com a gente. 

Neji passou um pouco longe de nós, e eu vi seus olhos se perderem por um instante nele. Por um segundo eu pensei que não tivesse chance, mas ela parou de olhar para ele e voltou a me fitar.

-Fico muito feliz que possa contar com você para me levar pra escola. 

Falou ela enquanto se aproximava para me dar um beijo na bochecha. Eu sabia que essa era a intenção dela, um grande pena que não pudesse ser a minha. 

 Eu virei meu rosto rapidamente quando estava chegando perto de meu rosto. 
Nossos lábios se colaram e ela fechou os olhos e eu também. 

 Nosso beijo foi ficando mais intenso, era bom sentir que ela estava tão próxima a mim, ela parecia incrível, seu cheiro era incrível, sua personalidade era incrível e primacialmente, seu beijo era incrivel. 

Nos separamos e ela estava completamente corada. 

-Me perdoe Kiba. 

 Eu apenas a abracei antes que ela levantasse e saisse correndo. Não sei se ela faria isso, mas foi o que a Hinata fez quando eu à beijei pela primeira vez. 

-Não tenho o que te perodar Tenten. 

Kiba Off



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...