História Isso não é uma simples escola - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Kiba Inuzuka, Kin Tsuchi, Matsuri, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Gaaino, Kibaten, Naruhina, Nejiten, Sasusaku, Shikatema
Exibições 64
Palavras 1.433
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


SASUKE E SAKURA GENTE ❤
Espero que gostem desse capítulo.

Capítulo 16 - Familiar


Sakura on

Eu estava completamente perdida com tudo que estava acontecendo, eu não estava entendendo nada, o Sasuke gostava de mim? Eu não conseguia entender direito o que ele sente, se ele realmente gostava de mim ou simplesmente era inveja do irmão mais velho. E o por que de tudo, é que essa duvida estava me matando por dentro. 

 Eu estava completamente confusa, eu estava muito afim do Itachi mas não podia negar que o Sasuke tinha  um efeito sobre mim. O fato de eu ter descoberto isso só fez o que eu sentia por Itachi ficar mais confuso. Eu queria estar com o Itachi, mas era estranho porque eu não conseguia me sentir bem com o fato do Sasuke ficar me observando.  Eu estava com o Itachi porque eu tinha certeza que o Sasuke não sentia nada por mim, mas agora eu não tinha mais certeza de nada. A Tenten disse que foi por minha causa que ele à beijou.  Droga. Por que você não pode simplesmente dizer que me ama Uchiha? 

 Eu teria que tirar isso a limpo e vai ser Agora! 

 Andei em direção a quadra e ele continuava sentado lá. No mesmo lugar onde eu o deixei. Estava com uma enorme cara de confuso e isso me deixou confusa também. 

-O que você ainda esta fazendo aqui? 

 Perguntei olhando para ele que apenas me encarava com um semblante sem expressão, era como se a fosse só o corpo dele me olhando, não tinha mais nada ali dentro. 

-Estou pensando em como vou consertar minhas burrices. 

-Ah sim, mas qual delas? 

-Todas de preferência. Começando por você. 

-Eu? Que eu saiba você é livre e desempedido então pode beijar quem quer. 

-Você sabe que não é isso exatamente que eu quero dizer. 

-Ok, vamos começar pelo começo e esclarecer tudo aqui. Tudo bem ? 

 Perguntei olhando para ele esperando que ele aceite e para que, de uma vez por todas eu consiga entender o que esta acontecendo. 

 Ele acentiu. 

-Bom, o que sente por mim? 

-Eu acho que eu gosto de você. 

-Acha? 

-É, não posso te dar certeza de nada Sakura, nunca passei por isso antes. Por isso só estou fazendo cagadas. 

-Ok, por que eu? 

-Jura? Como eu vou saber porque você Sakura? Eu não consigo entender, só sinto medo. 

-Medo? Tem medo de mim? 

-Claro que não. Tenho medo de você não sentir o mesmo . Tenho medo de estar realmente apaixonado por você e estragar tudo. 

-Pode ser que isso aconteça, mas  primeiramente eu preciso saber o que sente Sasuke. Você não pode estragar algo que você não tem certeza que existe.

-Quer dizer que o que eu sinto não existe? 

-Não, quero dizer que o que você sente existe. Mas que você não sabe o que é. 

-Você não consegue ver? Sabe, me olhar e perceber. Igual acontece entre o Gaara e a Ino. 

-Isso acontece com eles porque ambos não compartilham só de um mesmo sentimento. Eles compartilham do amor, do medo e da dor. E quando eu falo esses três sentimentos quero dizer da forma mais carregada de todos eles. Os dois parecem esconder muita coisa horrível dentro deles, e cada um seguiu em frente de maneiras diferentes. 

-Isso me parece muito confuso. Eu pensei que fosse muito mais fácil gostar de uma garota.

-Isso nunca vai ser fácil Sasuke. Nunca.

-Sabe Sakura eu precisava muito fazer uma coisa. Mas eu tenho medo do que as pessoas vão pensar, inclusive você. 

-Se te fizer sorrir eu prometo que não vou te julgar. 

 Ele olhou para mim. E estreitou os olhos, eu estava olhando fixamente seus olhos e ele olhava os meus, senti um frio percorrer minha espinha e por fim as tais borboletas do estomago estavam lá. Voando, voando e voando.  Eu tinha certeza que gostava muito do Itachi, mas eu não conseguia entender por que o meu corpo entrava em desespero quando eu estava com o Sasuke. 

 Ele tocou seus lábios nos meus e me segurou, de  uma forma possessiva, de uma forma possessivamente protetora. E aquilo me deixava tranquila, mas eu sentia uma pontada de culpa, eu não devia estar fazendo isso com o Itachi, era o irmão mais novo dele. 

O Sasuke tinha um beijo incrivelmente bom, era muito intenso e me deixava excitada só de beija-lo. Eu o abracei de volta e senti ele me puxando mais para ele , mesmo que isso quas não fosse mais possivel, ja que não tinha mais espaço entre nós. 

 Suas mãos ja estavam percorrendo meu corpo, ele tentou tocar na minha bunda, mas eu não deixei, não enquanto eu estivesse com o irmão dele. Já era um desaforo eu estar aqui aos beijos com ele. 

 Ele beijava muito bem, nossa, acho que é um dos melhores beijos que eu dei na minha vida. 

 O beijo terminou e eu cheguei a ficar aliviada. Se continuasse eu ia acabar fazendo uma loucura com ele. 

 Ele olhou para mim esperando que eu falasse alguma coisa mas eu não sabia o que dizer. 

-Vai me bater? 

 Perguntou ele meio receoso. 

-Não. Está tranquilo. Mas eu tenho que saber o que isso significou pra você.  

-Significa que eu gosto de você Sakura.

O QUÊ? 

Sakura Off

Shikamaru On 

 Eu estava na mesma tranquilidade de sempre, prestanto atenção em tudo a minha volta, com a Temari reclamando do meu lado. Agora eu ando muito com ela, Não consigo ver a graça do meu dia sem a Temari reclamando o tempo todo do meu lado. É até um pecado imaginar meu mundo sem ela. Ela era um furacão em anos de calmaria. Eu era a calma em pessoa e sinceramente não sei o que eu seria se alguém conseguisse me estressar.  Acho que eu seria muito grosso e incosequente. Acho que eu sempre pensei muito em tudo e nunca em toda minha vida agi por impulso. Por mais que eu seja um idiota com grande parte das meninas eu sempre pensava em tudo muito antes, bem, quero dizer que antes de qualquer decisão que eu vá tomar eu pense em todas as possibilidades possíveis. A Temari é a única exceção de tudo isso, ela me faz perder a concentração e eu não consigo pensar direito quando o assunto é ela. Ela tinha ido para o quarto, estava cansada. Uma pena, não me importaria de ficar aqui com ela. 

 Logo eu vi a Ino passando na minha frente com os olhos inchados, parecia que estava chorando. Acho que eu deveria ajuda- la. 

-Yamanaka? Ta tudo bem? Sua cara esta péssima. 

-Nossa, isso é muito motivador Shikamaru. 

-Só quero saber o que te fez ficar assim? Algo muito problemático devo imaginar.

-Problemático... isso me soa tão familiar. 

 Falou ela fitando o céu. Parecia tentar lembrar de alguma coisa ela parecia ser uma otima amiga, e eu sabia que ela era. Não sei como tenho essa certeza. É mesma certeza da Temari, a certeza que a Temari é a unica que me deixa bobo.

-Sabe, tenho a impressão que essa cena já ocorreu antes.

 Falei fitando a loira. Ela me lembrava alguém... alguém do meu passado. 

-Eu também tenho. Mas você pode me deixar feliz.

-Ah é?  Como ?

-Me contando como vai pedir a Temari em namoro!!

-O que? De onde tirou isso? 

-Ah fala sério Shikamaru, assume logo que você gosta dela. Está escrito na sua cara. 

-Namoro é algo muito problemático

-Ok, entendo seu medo. Mas se precisar de ajuda para conquistar  sua loira é so chamar que tamo ai! 

Falou ela sorrindo.

De onde eu conheço esse sorriso? 

-E por que você acha que eu estou afim da Temari?

-Algo de muito familiar em você me diz isso. 

-Algo de muito familiar?

-Sim. Ainda não sei o que mas acho que um dia eu vou descobrir.

-Espero descobrir também, a propósito se eu descobrir que sinto algo pela Temari, pode deixar que eu te conto. 

-Vou ser a Primeira Shikamaru?

-Sim. 

-A propósito Shikamaru, você sente algo por ela, só não percebeu ainda, digamos que isso ainda não te catucou o suficiente!

Falou ela dando um pulinho sorrindo.

Talvez ela esteja certa. Eu devo estar louco pela Temari e esse meu passado de sem coração esteja estragando tudo. E ela esta me fazendo perceber tudo isso. A Ino é quase uma cupida. E eu não consigo entender como ela sabe que eu sinto tudo isso pela Temari. Mas de uma coisa eu tenho certeza, a Ino me conhece, não sei de onde nem o porquê, mas ela conhece e sabe que eu estou louco pela Temari. 

Shikamaru Off


Notas Finais


PS: Próximo cap, terá continuação do casal Sasusaku. Não se preocupem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...