História ISSO NÃO FAZ SENTIDO: AGORA VAI (Interativa) - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Tryndamere-_-

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 56
Palavras 289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Opa meu zamigo, depois de tanto tendo, o Trynzin aqui retornou
~Danço estilo o cara do Racco Rabbane~
Enfim, sem demoras, Go!

Capítulo 2 - “Meo deos do ceo”


Fanfic / Fanfiction ISSO NÃO FAZ SENTIDO: AGORA VAI (Interativa) - Capítulo 2 - “Meo deos do ceo”

Segunda-feira, 7h45 da manhã.

Acordo com o alto barulho do despertador, então apalpo o mesmo, desligando-o e então vejo as horas, com os olhos arregalados.

— Ai misericórdia, estou atrasado!

Belo jeito de acordar, não? Essa é minha vida, sou Samuel Woodstock, porém pode me chamar de Sam. 

Levanto rapidamente da cama e me arrasto até o banheiro, me despi e comecei um banho rápido, tipo de 5 minutos. Sai do banheiro já seco e vestido com o traje escolar, pego a mochila e desço as escadas rápido, pego uma maçã e saio de casa, trancando a mesma e correndo para pegar o portão aberto, passo pelo mesmo vendo o porteiro me matar com o olhar, jogo o resto da maçã no lixo ao lado dele o provocando. Logo depois corro para a sala de aula, entrando silenciosamente e vejo que a professora não percebeu. 

Me sento ao lado de Mia e pego meus matérias, acenando para Max que me olhava chegar.

— Hey... Mia!

Sussuro, cutucando ela com o cotovelo, recebendo um resmungo em resposta, olho para ela e arqueio a sobrancelha, vendo ela dormir babando em cima do livro, cena engraçada para se ver. Pego o celular e tiro uma foto dela, guardando o mesmo, a chacoalho vendo a mesma abrir os olhos e me olhar sonolenta.

Mia — Vagabundo, cara de pau! Ia me deixar sozinha nessa droga de escola? Vou te meter o cepo de madera.

Ela me deu um inofensivo soco no ombro, me xingando.

— Não, não ia... Que mau humor é esse? TPM é alta, vou ali com a Jack então...

Me levanto, sentindo ela me puxar de novo para a cadeira.

Mia — A professora vai perceber, demente...

— T o — Bem — Continued. —


Notas Finais


Não deixei a oportunidade de zoar sua personagem, sorry Star.
Mas enfim, estava com uma ideia em mente, que tal... Uma viagem escolar no capítulo 6?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...