História Isto (NAO) é um diário ~Jensoo - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Black Pink, K.A.R.D, TWICE
Personagens B.M, Chaeyoung, Cl, J.Seph, Jennie, Jihyo, Jisoo, Jiwoo, Lisa, Mina, Minji, Momo, Nayeon, Park Bom, Personagens Originais, Rosé, Sana, Sandara Park, Somin, Tzuyu
Tags Clichê, Escolar, Esporte, Família, Jensoo
Visualizações 68
Palavras 712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Fantasia, Lemon, Shoujo-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Opa cheguei. annyeong haseyo unicórnios

Capítulo 3 - T H R E E ~Friendship


- Sou Jennie- ela diz sorrindo.

Eu gostei de seu sorriso.

Então eu avistei Chaeyoung vindo em nossa direção. Ela olha diretamente pra mim e pra Jennie, então vem em nossa direção. Eu fingi e não vi.

- Oi. Eu vi você no clube. Você tem um corpo muito bonito. Qual seu nome?- ela ficou entre mim e Jennie. Eu não queria terminar minha conversa com ela, ela parecia tão legal, mas eu percebi que ela já tinha ido embora. Talvez ela devesse tirar mais fotos, cumprimentar convidados, sei lá. 

- M-meu nome é Kim Jisoo. E o seu?- perguntei apenas por perguntar. Eu já sabia o nome dela. Mas ela não sabia disso.

- Sou Chaeyoung- ela disse mexendo no cabelo fazendo charme - mas pode me chamar de Chae. 

Ficamos nos olhando um pouco, então ela pediu um copo de Whisky, e me chamou pra uma área de lazer que parecia um jardinzinho fechado. As plantas não deixavam as pessoas de fora verem o que estava acontecendo.

- Então...- eu comecei - Gosta de animais?- eu perguntei. Eu amava todos os tipos de animais. Principalmente os Coelhos.

- Aff, vamos deixar as perguntas pra lá, e ir logo ao que interessa.-ela diz pondo o copo de whisky no chão, e se aproximando de mim. Ela aproximava nossos rostos, como se quisesse me beijar. 

- Ei! Espera você não me respondeu- eu disse parando ela. Que menina babaca. 

Ela suspirou

- Não, não gosto de animais. Não que eu maltrate, mas eles me irritam. Minha irmã tem uma gata que só sabe arranhar, e soltar pelo nas minhas coisas, me azunhar, e miar o dia todinho.- ela fala com cara de nojo. Eu fiquei com nojo é da cara dela. Como eu pude me apaixonar por uma menina assim?

- E... andar de skate,  você gosta??- perguntei, ainda esperançosa que ela tivesse, pelo menos um pouquinho, de coisas parecidas com meus gostos.

- Aí meu Deus... que menina lenta.- ela fala - olha, você quer me beijar? Se quiser aproveita a chance, que é ou agora, ou nunca.- ela diz se aproximando.

Quase involuntariamente empurrei ela.

- Que isso garota! Se enxerga! Você não passa daquela menina que todo  mundo acha bonitinha no começo, mas não tem a capacidade de levar à sério os sentimentos dos outros! Você não passa de uma pessoa fria e seca. O mundo precisa de menos pessoas assim.

E dizendo isso, eu sai ao encontro das meninas.

. . .

- Jisoo! Jisoo! - a Dara estava me chamando no meio de um monte de gente que tinha ali. O que estava acontecendo?

- O que aconte- eu disse me interrompendo ao ver que ela estava chorando em quanto CL se contorcia de dor no chão. Eu vi que o braço dela estava sangrando.

- Jogaram uma garrafa no braço dela Jisoo!- a Jiwoo me explicou, já que Dara praticamente não conseguia falar.

- Aigo! - eu disse - Alguem traga analgésicos, ataduras e pomadas!

Em dois minutos uma mulher, que eu julgava ser a mãe de Jennie, pois ela morava no prédio, trouxe as ataduras e analgésicos. Dava pra se virar com o que tinha naquela caixa de primeiros socorros. Eu comecei com a pinça,  tirando alguns pedaços de vidro, e por sorte, não tinha entrado nenhum, e nem ficado pedaços pequenos. Eu disse isso a Dara, e ela só faltou me beijar.

- AMEM DEUS. OBRIGADA SENHOR POR MANDAR ESSE ANJO CHAMADO JISOO PRA SARAR OS MACHUCADOS DELA- ela disse com as mãos juntas, e eu dava pequenos risos.

- Não exagere, Sandara.

Eu passei água oxigenada pra desinfetar, depois passei metiolate, então passei uma pomada que continha antibiótico. Só então,  passei as ataduras e fechei com esparadrapos. 

- Obrigada Jisoo. - disse CL se levantando. Dara só faltou matar CL enforcada me aquele abraço. 

Eu olhei pra BM, e vi a cara dele de desconfiado. Certeza que foi ele que tinha machucado a CL. Ou melhor, queria machucar a Dara mas acabou machucando a CL.

Eu vi a relação entre CL e Dara e fiquei com uma certa inveja. Eu queria alguém pra me preocupar assim. Alguém que me fizesse esquecer o mundo inteiro.

A solução é continuar procurando a pessoa iluminada.

Olhei pra Jennie no meio daquelas pessoas, e ela sorriu pra mim. Eu sorri de volta e pude sentir que ali nasceria uma grande amizade.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...