História It changed me - camren - Capítulo 71


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Ashley Benson, Austin Mahone, Demi Lovato, Emblem3, Fifth Harmony, Ian Harding, Keegan Allen, Lucy Hale, Miley Cyrus, Sasha Pieterse, Shawn Mendes, Shay Mitchell, Troian Bellisario, Troy Ogletree, Tyler Blackburn
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Ashley Benson, Austin Mahone, Camila Cabello, Dallas Lovato, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Drew Chadwick, Ian Harding, Keaton Stromberg, Keegan Allen, Lauren Jauregui, Lucy Hale, Miley Cyrus, Normani Hamilton, Personagens Originais, Sasha Pieterse, Shawn Mendes, Shay Mitchell, Troian Bellisario, Tyler Blackburn, Wesley Stromberg
Exibições 1.052
Palavras 2.259
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hallo anjos

Falei que ia postar ontem? Falei, mas não deu, sorry

Chegou o momento de pedir perdão pra todos e lutar pelo que perdeu.

Boa leitura!

Capítulo 71 - Forgiveness


Fanfic / Fanfiction It changed me - camren - Capítulo 71 - Forgiveness

Pov Lauren

Acordei com o meu despertador tocando e a Demi ainda estava ao meu lado. Eu tinha muito o que agradecer a ela, eu não tinha aquele tipo de sonho a um ano, talvez porque eu me sinta segura com a Demi, mas até ontem eu sentia como se não fosse a mesma coisa, mesmo que eu estivesse morando com ela eu me sentia desprotegida. Na minha cabeça era como se eu não merecesse a proteção dela e como se ela não fosse estar lá se eu precisasse. Mas depois da noite passada tudo mudou, mesmo que eu tenha magoado ela, ela estava aqui pra mim, ela me protegendo como sempre fez desde que me conheceu, ela é uma pessoa incrível e eu vou fazer de tudo pra merecer o perdão dela.

Me levantei e fui para o banheiro fazer minha higiene matinal e tomar banho pra ir para o colégio. Depois de sair do banho fui para o quarto enrolada em uma toalha. Resolvi acordar a Demi, ela provavelmente iria trabalhar e mesmo que a empresa seja dela, ela não gosta de chegar atrasada.

- Demi - eu disse chacoalhando ela - Demi acorda - ela começou a coçar os olhos - bom dia - eu disse e fui pegar uma das malas

- bom dia - ela disse e sentou na cama - tá tudo bem?

- sim - eu disse sem graça - desculpa ter te acordado no meio da noite, você deve estar com sono ainda - eu disse e coloquei a mala na cama

- na verdade não - ela disse e deu um sorriso de lado - você sabe porque teve esse sonho denovo?

- meio que sim - eu disse - mas não quero falar sobre isso agora
- quer fazer uma consulta? Assim pode conversar com um profissional sobre esses sonhos - ela disse e eu neguei

- não precisa... - comecei e ela me interrompeu

- se for por causa de dinheiro você sabe que não é problema - ela disse e eu dei uma risada baixa

- não é por isso - eu disse - obrigado pela preocupação mas não acho que vai ser necessário, acho que meu problema já foi resolvido - eu disse e ela me olhou confusa

- ok mas se tiver esse sonho denovo você vai me falar - ela disse séria - e vai fazer a consulta

- tá bom - eu disse revirando os olhos

- não revira os olhos pra mim Michelle - ela disse séria

- desculpa - eu disse

- eu vou me arrumar - ela disse levantando - daqui a pouco o café da manhã tá pronto

- vou me arrumar e já desço - eu disse e ela foi até a porta
- e Demi - eu disse e ela olhou pra mim - obrigado por dormir aqui e por se preocupar comigo

- não foi nada - ela disse e abriu a porta - eu sempre vou me preocupar com você - disse e saiu

Sorri com isso, eu sei que posso confiar nela sempre.

Peguei uma roupa dentro da mala e fui me vestir.

Tenho que arrumar minhas coisas quando chegar do colégio - pensei alto

Depois de me vestir fiz uma maquiagem marcando meus olhos e passei um batom vermelho, dei uma arrumada no cabelo e comecei abrir as malas procurando meu material. Assim que achei arrumei tudo e desci pra tomar café.

Assim que cheguei na porta da cozinha a Demi, a Letícia e a Bella estavam rindo.

- bom dia - eu disse meio sem graça

- bom dia - Letícia disse sorrindo sem mostrar os dentes

- bom dia - Bella disse sem olhar pra mim

- senta Lauren - Demi disse já que eu ainda estava parada na porta da cozinha - você tem certeza que quer ir para o colégio? - ela perguntou e eu apenas assenti

- com licença - Bella disse se levantando da mesa - eu já vou para o colégio só vou no meu quarto rapidinho - ela disse e foi até a Letícia - tchau mãe - disse e deu um beijo na testa da mesma - tchau Demi - disse e deu um beijo na testa da Demi também

- tchau Isa - as duas falaram juntas e Bella saiu da cozinha

- desculpa por isso Lauren - Letícia disse e suspirou

- tá tudo bem ela está na razão dela - eu disse - Demi pode ver com o Oscar se ele pode me levar no colégio?

- com licença eu já vou indo também - Letícia disse se levantando - tchau meu amor - disse e deu um selinho na Demi - tchau Lauren

- tchau - eu disse

- Baby não esquece que eu vou passar pra te levar pra almoçar hoje - Demi disse sorrindo

- pode deixar amor - ela disse saindo da cozinha

- você não precisa do Oscar, Lauren - Demi disse e tomou um gole de café - pode pegar a moto

- obrigado - eu disse

- eu já vou indo também - ela disse se levantando - boa aula - ela disse e pegou a bolsa encima do balcão - até mais tarde

- até - eu disse e ela saiu

Terminei de tomar o meu café, subi pra escovar os dentes, depois peguei a moto e fui para o colégio.

Assim que eu cheguei meus digamos que antigos amigos estavam no lugar de sempre. Eu precisava falar com eles e principalmente com a Alicia, a Bella e a Camila, elas foram digamos que mais "atingidas" do que os outros mas mesmo assim eu precisava pedir perdão a todos.

Fui até eles em passos lentos, eu não vou mentir eu estou com medo do que pode acontecer mas eu tenho que encarar, eu errei e agora tenho que tentar concertar.

- oi - eu disse de cabeça baixa - eu posso falar com vocês é rápido eu prometo

- o que você quer Jauregui? - Dinah disse

- eu... - comecei a falar mas fui interrompida

- da última vez que você veio conversar com alguém daqui a Camila quase apanhou - Bella disse

- deixa ela falar - Ally disse

- obrigada Ally - eu disse - eu só vim pedir perdão pelo que eu fiz pra vocês, eu sei que eu estava errada e nada justifica o que eu fiz - respirei fundo antes de continuar - e quero pedir perdão principalmente pra você Camila - eu disse e me virei pra ela - eu não sei o que aconteceu naquele dia, eu estava fora de mim e disse coisas que você não merecia ouvir e que nem ao menos eram verdades - me controlei pra não chorar - eu nunca achei aquilo de você e também quero pedir desculpas por ter estragado tudo o que nós tínhamos - eu disse e uma lágrima desceu pelo meu rosto - obrigado por me ouvirem - eu disse me voltando pra todos novamente - tchau - eu disse e sai de lá em passos largos

Fui para o banheiro feminino, eu tinha que me controlar, não podia desmoronar na frente das pessoas, se me vissem chorando iam perguntar se eu estava bem e eu não estou em condições de responder essa pergunta. O sinal bateu e eu me recompus e fui pra aula. Apesar de chatas as aulas foram normais, na hora do intervalo eu fui pra trás do colégio e fiquei tirando fotos da paisagem.

Eu decidi que vou realmente fazer fotografia é o que eu amo fazer e eu penso que meu pai ficaria orgulhoso de eu começar a fazer minhas próprias escolhas. Eu sei que a Demi jamais me obrigaria a assumir a empresa se eu não quisesse e eu não quero nenhum tipo de contato com a Clara e nem com a empresa dela. Daqui pra frente eu só quero ser feliz e seguir meus sonhos. Eu vou começar a escolher a faculdade onde eu vou fazer meu "curso" e me dedicar ao meu futuro, tudo isso só seria melhor se eu tivesse uma certa latina ao meu lado, mas eu sei que ela precisa de um tempo pra pensar e eu vou dar esse tempo pra ela e jamais vou desistir de reconquista-la.

As últimas aulas do dia foram normais e depois de terminar fui pra casa da Demi.

Passei parte da tarde arrumando minhas coisas no closet e mudando algumas coisas no quarto. Depois fui pra academia, eu não vou voltar a praticar no colégio mas também não vou deixar de lutar, é algo que eu gosto muito.

Depois de treinar até de noite eu resolvo subir e tomar um banho, a Demi provavelmente já chegou e eu quero muito falar com ela. Depois de tomar um banho um pouco demorado coloco uma roupa leve e vou até o escritório da Demi já que a Oli me disse que ela estava lá. Bato na porta e logo escuto um "entra" abafado.

- oi Demi - eu disse colocando apenas minha cabeça pra dentro - posso falar com você prometo que não vai demorar muito

- claro, pode entrar - ela disse dando um sorriso de lado - sobre o que quer falar?

- eu sei que você provavelmente não quer falar sobre isso mas eu preciso que você me ouça - eu disse e me sentei na cadeira que tinha a frente da mesa dela

- pode falar - ela disse e eu a olhei surpresa - eu estou pronta para ouvir

- ok, primeiro eu preciso que saiba que eu não estou tentando justificar meu erro porque nada justifica o que eu fiz - eu disse e ela assentiu - quando a Clara apareceu aqui eu queria apenas conhece-la, me tornar próxima sabe? porque apesar de tudo ela é minha mãe biológica - eu disse e suspirei - eu comecei a me aproximar dela, ela parecia tão legal e eu pensei que passando mais tempo com ela eu poderia recuperar o tempo perdido, o tempo que nós duas não tivemos juntas por causa de todos os problemas da família dela - eu disse e abaixei a cabeça - o tempo foi passando e nós duas ficamos cada vez mais próximas, eu não sei o que deu em mim, ela me dizia as coisas e eu apenas fazia, o discurso dela sempre terminava com " eu sou sua mãe sei o que é melhor pra você, eu só quero te proteger" eu comecei a cair nessa história achando que tudo que ela me dizia era certo, que tudo o que ela "pedia" - eu disse fazendo aspas com os dedos - pra mim fazer era o melhor pra mim - eu disse e olhei pra ela novamente - não vou dizer que ela me obrigou a parar de te chamar de mãe porque não é verdade - eu disse e vi os olhos dela ficarem marejados - só começou a me parecer natural chamar a Clara de mãe que eu não percebi que voltei a te chamar de Demi - meus olhos também já estavam marejados - eu juro que não tinha a intenção de te magoar - eu disse e peguei nas mãos dela - eu não te escolhi porque eu não queria morar com a Clara, eu escolhi você porque mesmo que você não acredite eu realmente te amo como se você fosse a minha mãe biológica - eu disse e as lágrimas desciam pelo meu rosto - quando você me adotou minha vida mudou completamente, como meu pai disse que ia acontecer quando eu fizesse 17 anos, mas ele estava errado - eu disse dando um sorriso de lado - mesmo que eu tenha mudado com o que aconteceu no último mês, minha vida mudou de verdade quando eu te conheci, aconteceram tantas coisas na minha vida depois disso e a maioria delas foram boas - eu disse e dei um sorriso lembrando de tudo que eu passei depois de conhecer a Demi - você me perguntou o porque de eu ter aquele sonho novamente né? - perguntei e ela assentiu - eu parei de ter os sonhos porque eu me sinto segura com você mas como naquele momento você não era exatamente minha mãe e por isso eu comecei a me sentir desprotegida - eu disse e dei uma risada baixa - bom eu já disse tudo que tinha pra dizer e também já tomei muito seu tempo - eu disse e limpei as lágrimas que deciam no rosto dela - obrigado por me escutar - eu disse e me levantei

- Lauren - ela me chamou e eu me virei pra ela. Ela se levantou e veio até mim - vamos esquecer tudo o que aconteceu, vamos voltar ao que éramos antes - ela disse sorrindo - vai ser meio difícil eu admito, até porque a Maddie ainda quer te matar mas nós vamos passar por isso juntas ok? - eu não sabia o que dizer então simplesmente abracei ela

- obrigado por me dar mais uma chance - eu disse apertando ela mais um pouco - eu não vou te decepcionar eu juro

- eu te amo Lauren - ela disse se afastando um pouco de mim pra me olhar nos olhos - eu nunca vou deixar de te proteger

- eu te amo muito mãe - eu disse, ela sorriu de orelha a orelha e eu apenas a abracei novamente


Notas Finais


As coisas começaram a dar certo finalmente kkkkk
O próximo capítulo já é o penúltimo da temporada e vamos ter a Lauren lutando ainda mais por quem ela ama.
Qual dos amigos dela vocês acham que vai ir falar com ela primeiro?

Kisses, Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...