História It couldn't happen... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Incesto, Policial, Romance, Sexo, Suspense
Visualizações 29
Palavras 471
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


É minha primeira fic, então espero que gostem!! Beijinhoss

Capítulo 1 - Como tudo começou...


-E se nós fugíssemos pra bem longe?- perguntou ele com os olhos brilhando e em um tom bastante entusiasmado. 

-Como? Simplesmente iríamos embora e abandonaríamos a todos? Nós não podemos fazer isso, não somos assim. Eles são importantes pra gente.- respondi com um tom bem maduro (nem eu esperava por isso). 

-E o que você pretende, então? Tem uma ideia melhor? Porque eu não vejo outra saída para ficarmos juntos. Eles nunca aceitariam.- respondeu enfurecido. 

-Mantenha a calma, nós vamos dar um jeito sem ter que abandonar quem a gente ama, ok?!- respondi dando-lhe um selinho e o abraçando. 

-Me desculpa, eu não posso perder você de novo, acho que não aguentaria...- disse me abraçando forte e deixando uma lágrima cair. 

-Você não vai me perder. Nunca mais. Eu sou sua pra sempre, meu amor.- abracei-o ainda mais forte após minha resposta. 

   ~

Vocês não devem estar entendendo nada, não é mesmo?! Ok, vou contar como tudo começou. 

Eu me chamo Maria Luísa e sou italiana filha de brasileiros, e vim morar no Brasil com 14 anos. Hoje em dia tenho 20 anos, mas essa história é mais antiga... Vamos voltar aos 15 (queria que fosse fácil assim). 

Tinha acabado de completar meus 15 anos quando tudo aconteceu... Eu estava sentada na varanda com minha nonna e alguns cães que tínhamos no sítio, quando, de repente, os policiais entraram rendendo a todos. Sim, eles invadiram o sítio. Estavam procurando por Diego, meu tio, que morava em uma casinha no sítio, porém, um pouco distante de onde estávamos. Foi o momento mais assustador da minha vida, admito. Nunca tive tanto medo. Meu tio se rendeu fácil, como era de se imaginar. Ele não era uma pessoa ruim, embora tivesse cometido algumas besteiras na vida, mas ainda vamos chegar lá. 

Meu tio se chamava Diego, tinha 32 anos e morava somente com seu filho, Marcos, de 15 anos, como eu. Sua esposa havia morrido em um acidente de carro, quando os três viajavam para passar as férias em Natal e aproveitar uma bela praia. O acidente deixara cicatrizes em Diego, apenas Marcos saiu ileso do acidente por estar bem preso na cadeirinha (tinha apenas 4 anos de idade). Sua mulher se chamava Diana, e eu nem cheguei a conhecê-la, mas disseram-me ser bem bonita, com cabelos longos e escuros, alta, magra e com olhos esverdeados. Era como uma modelo. 

Meu tio não conseguia arrumar um emprego e precisava sustentar Marcos, e, por ser orgulhoso, não aceitava dinheiro de ninguém da família, o que o levou a entrar no mundo do crime, assaltando pessoas com um perfil definido: ricos. Não conseguia tirar nada de alguém que ele imaginasse passar pelas mesmas dificuldades que ele, e, agora, nem tentou se defender, apenas se entregou e deixou que a polícia o levasse. E agora, como seria?

 


Notas Finais


O que acontecerá com Marcos? Quanto tempo Diego ficará preso? Será que a nonna de Malu ficará bem?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...