História It couldn't happen... - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Incesto, Policial, Romance, Sexo, Suspense
Visualizações 9
Palavras 410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


O jogo vira rápido, não?! Coitada da Malu... Beijinhoss.

Capítulo 6 - Vingança


1 mês e meio se passou e eu ainda evitava Marcos, que, agora, decidiu que não ia mais correr atrás de mim (sim, ele ficou nessa por mais de 1 mês). Agora ele iria me provocar para que eu voltasse pra ele. Eu queria muito resistir, mas sabia  que não conseguiria. Eu precisava daquele idiota. 

Hoje acordei assustada, por volta das 5 da manhã. Minha nonna havia viajado para visitar tio Henrique, em Minas, porque ele estava doente, e, como morava sozinho, precisava de sua ajuda. Levantei-me para ver o que estava acontecendo. Como só tinha nós dois em casa, já que meu irmão também tinha ido com minha nonna, percebi que algo estava errado. Como ouvia gritos de mulher? O que era aquilo?

Bati na porta de Marcos e ele não respondeu, então resolvi descer as escadas sozinha. Minhas pernas tremiam, mas não tinha outro jeito, alguém tinha que descobrir o que era aquilo. 

Quando cheguei lá embaixo, dei um grito:

-O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI?

-Caralho, Malu! Que susto!!!!!- respondeu Jasmin, mas não tão alto quanto meu grito pois estava bêbada e mal se mexia. 

-Volta pra cama, Malu. Está estragando o clima.- respondeu Marcos, que estava ajoelhado no chão chupando Jasmin, que estava sentada na cadeira da mesa de jantar. 

-Eu não acredito nisso, Marcos. Qual seu problema?- falei, claramente puta com a situação. 

-Malu...

-Não estou falando com você, Jasmin. Fique quieta.- fazendo a garota se calar na hora. 

-O que você quer, hein? Eu estou aproveitando minha vida, não aja como se estivesse surpresa ou como se você se importasse comigo de verdade. Dá um tempo, por favor.- falou Marcos, diminuindo o tom a cada palavra, mudando de raiva para tristeza. -Você não é minha mãe, não preciso que controle as coisas que eu faço.- continuou quando percebeu que eu fiz cara de arrependida e de pena. Não era aquilo que ele queria, ele queria eu sentisse raiva e ciúmes. 

-Tudo bem então, faça o que quiser, mas pelo menos me respeite. Não deixe essa garota gritando como se estivesse morrendo aqui na sala. Entre pro seu quarto e leve ela contigo. Eu vou dormir. Uma ótima noite pra vocês dois.- disse com os olhos cheios de lágrimas mas com a cabeça explodindo de raiva. 

Entrei em meu quarto e chorei a noite toda, mesmo sem saber o porquê. O que eu estava sentindo e por que me magoava tanto? Como eles fizeram isso comigo?


Notas Finais


Malu um dia perdoará Marcos e Jasmin? Marcos reconquistaria Malu? Por que fizeram aquilo com ela?
Oi, gente, se não for pedir muito, gostaria que comentassem se estão gostando ou não e o que eu poderia fazer na história para ficar mais interessante. Obrigada, beijoss!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...