História It Has To Be You - Fanfic Wonho - 2 Temporada - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink, Monsta X, TWICE
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Jungyeon, Lisa, Min Hyuk, Mina, Momo, Nayeon, Rosé, Show Nu, Won Ho
Tags Imagine Kpop, Imagine Monsta X, Imagine Wonho, Kpop, Lee Hoseok, Monsta X, Shin Hoseok
Visualizações 96
Palavras 2.355
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - The World Stoped...


    ~ WONHO ON~


Hoje eu acordei com o amor da minha vida do lado, ela é tão linda dormindo. Fiquei admirando cada suspiro que ela dava por longos minutos. Isso sempre foi uma mania minha, mas nunca contei pra ninguém. Quando éramos pequenos e acampávamos ou por algum motivo a S/N caia no sono, eu fica olhando pra ela, observando-a. Ela parecia tão frágil, era como se eu estivesse a protegendo. E agora tudo está de volta. Ela ao meu lado. Agora como namorados, não podia ser mais feliz.


Dei-lhe um beijo na testa e saí da cama devagar para não acorda-la. Ela não tinha trabalho hoje, então nós vamos poder tomar café da manhã juntos. Queria fazer algo especial, mas eu sou péssimo na cozinha. Não sei fazer nada. Acho que é melhor pedir para entregarem alguma coisa aqui. Liguei para o Starbucks e pedi um montão de coisas. Fiquei esperando. Ela ainda dormia como um anjo. Enfim o meu pedido chegou. Arrumei tudo em uma bandeja e fui levar pra ela no quarto.

Eu apoiei na cama, e depois comecei a acorda-la com pequenos selinhos por todo o rosto, ela começou a despertar e a sorrir...


Eu: Bom dia minha princesa

Você: Humm princesa... bom dia príncipe – ela me abraçou


Eu: Como você consegue ser tão linda até de manhã

Você: Ahh para de ser mentiroso, eu devo estar toda assanhada, horrível – ela cobriu o rosto com as mãos


Eu segurei sua mãos, olhei bem no fundo dos seus olhos e disse : Você nunca vai ficar horrível aos meus olhos, porque eu te amo infinitamente. Ela me olhou como se tivesse sido a primeira vez que eu falei que a amava. A gente começou a comer devagarinho, eu amava o senso de humor dela, sempre tão divertida e alegre, aos risos e carinhos fomos devorando todo o café da manhã. Comemos tudo e depois, ela foi tomar um banho, eu pedi para ir junto, mas ela disse que se eu fosse, ela não ia tomar banho direito porque eu não ia deixar. Realmente isso não é de inteira mentira.


Eu deitei na cama e fiquei esperando ela terminar de tomar banho, logo ela saiu do banheiro de toalha, eu fiquei olhando pra ela...


Você: Wonho... você vai ficar aí me olhando mesmo?

Eu: Te incomoda?


Você: Depende, se você não parecer que vai me engolir com os olhos, tudo bem.

Eu: Tá bom, vou tentar


Ela se dirigiu até o meu guarda-roupa e pegou uma roupa dela, ela decidiu deixar algumas roupas dela aqui.


Eu: Por que você não vem morar logo comigo?

Você: Sei lá Wonho, isso pode ser estressante


Eu: Estressante? Você acha estressante morar comigo?

Você: Não amor, não foi isso que eu quis dizer, é que pra você não seria meio ruim me ter aqui toda hora? Você pode enjoar de mim


Eu: Já disse que nunca vou enjoar de você, eu não me importaria de chegar em casa e te encontrar aqui, não mesmo.


Você: Eu acho que é cedo demais

Eu: Cedo demais? Pra gente nada é cedo demais, nos conhecemos a 1 década. Você acha isso cedo demais? - disse irônico


Você: Você deve se lembrar que a gente só está namorando oficialmente a pouco tempo, né?


Eu: Isso porque você foi embora e me abandonou aqui – Só de lembrar disso, fico realmente triste


Você: Wonho, você sabe que foi melhor assim, eu não quero realmente falar mais sobre isso.

Eu: Se fosse pra conversar com o Jooheon, você queria né? - ela me olhou como se não acreditasse no que eu estava falando


Você: Wonho, você tá com ciúmes do Jooheon? Ah isso só pode ser brincadeira né?


Não, não era brincadeira. Eu nunca vi a S/n com ninguém, a não ser com o Jooheon, quando a gente era pré adolescente, eu nunca permitia que os garotos ficassem com ela, isso sem ela saber, é claro. E aí vem o Jooheon e quase me tira ela. Sei que ela ficou confusa entre nós dois, e agora ela é melhor amiga dele? Dorme no mesmo apartamento dele? Por que ela não vem morar aqui comigo?


Eu: Você já ficou com ele ou se esqueceu?

Você: Sim fiquei, e talvez fosse bem mais fácil ficar com ele – O que? Como ela pode dizer isso pra mim?


Eu: E o que te impede de ficar com ele?


Você: A única coisa que me impede é isso aqui – ela colocou a mão em seu peito esquerdo- Sente! - Puxou minha mão até seu coração – Isso aqui me impede, porque ele já tem dono. Olha como bate forte, isso porque eu estou frente a frente com o amor da minha vida... - Agora o meu coração estava batendo mais forte


Eu: Desculpa....


Você: Não precisa se desculpar, mas realmente ciúmes do Honeyvocê não deve ter, ele se tornou um irmão, e eu só tenho olhos pra você.


Eu: Promete que nada, nem ninguém vai fazer você se separar de mim?


Você: Prometo. - ela sorriu


Eu a puxei pra cama, por cima de mim e a abracei forte. Ela estava de toalha, então foi bem engraçado. Eu a beijei intensamente. Fiquei por cima dela e os beijos começaram a ficar mais quentes. Eu não preciso nem dizer onde isso terminou. Ahh como eu amo essas manhãs do lado dela.


                                       ~ VOCÊ ON~

Essa manhã foi turbulenta, acordei com a coisa mais fofa do mundo, Wonho me trazendo café da manhã na cama, depois a gente teve uma discussão, pensei que ia acabar mal. Mas no fim deu tudo certo, mesmo. A gente fez as pazes da melhor maneira possível. Tomamos banho juntos, dessa vez foi um banho comum mesmo, sem grandes emoções, se é que é possível ter um minuto sem emoção ao lado de Lee Hoseok.


Acabamos o banho, e logo meu telefone tocou, corri para atender, era o Jooheon, ele disse para eu encontrar ele daqui a pouco pra gente resolver o lance da Kyla. A gente vai em uma cidadezinha a poucos quilômetros de Seoul para ver se encontra a irmã mais velha da Kyla. Eu chamei o Wonho pra ir e ele topou. Resolvi ligar para o I.M para ver se ele podia dar uma olhada na Kyla enquanto a gente ia até lá.


~ Ligação ON~


Eu: Alô Chang!

I.M: Oi S/n – ele disse triste


Eu: Aconteceu alguma coisa?

I.M: Ah nada não


Eu: Fala I.M, pode me dizer

I.M: A Vi telefonou pra você já?


Eu: Ontem ela me mandou uma mensagem, dizendo que tinha dado tudo certo na viagem, que elas chegaram bem... mas porque?


I.M: Ela não ligou pra mim – Tadinho, se eu conheço a Vi, ela deve estar tentando lutar contra o que ela está sentindo pelo I.M, isso só vai fazer os dois sofrerem


Eu: Calma I.M, ela deve ter ficado receosa de te acordar, mas ela vai ligar com certeza – Tentei tranquiliza-lo


I.M: Tomara que sim. Então você queria me dizer alguma coisa?

Eu: Não é que hoje eu o Jooheon e o Wonho vamos sair e a gente precisa de alguém para ficar de babá, sabe?


I.M: Babá??? Como assim? Babá de quem? - Ih tinha até esquecido que eles ainda não conhecem a Kyla


Eu: Ahh olha só, encontra a gente daqui a meia hora na casa do Jooheon, se puder chamar os outros meninos também, ia ser legal


I.M: Tá bom, eu não tô entendendo nada, mas okay

Eu: Você vai entender, beijo

I.M: beijo, tchau.


~ LIGAÇÃO OFF~


Eu: Amor, se arruma pra gente ir lá pro apê do Honey, você ainda não conheceu a Kyla – Gritei para o Wonho

Wonho: Olha só, meus pais acabaram de me ligar, e eu não entendi muito bem, mas eles querem falar comigo


Eu: Sério? Nossa, para eles te fazerem dirigir até Busan, deve ser algo importante

Wonho: É verdade, eu tô meio preocupado


Eu: Calma, você quer que eu vá com você?

Wonho: Não, não precisa, você já tem compromisso, e sei lá nem sei o que meu pai quer me falar


Eu: Tá bom, mas qualquer coisa me liga, eu vou lá na casa do Honey tá bom?

Wonho: Ah não, vem aqui...


O Wonho não queria mais me deixar ir embora... Acabou que ele foi ir conhecer a Kyla também. Chegamos lá, e ela mesma atendeu a porta...


Eu: Oiii Kyla – ela me deu um forte abraço – Esse aqui é o meu namorado

Kyla: O que? Você namora o Lee Hoseok?- Ela parecia surpresa

Wonho: Oi Kyla, a S/n falou muito de você, mas vejo que vocêé mais adorável pessoalmente – ela sorriu

Kyla: Você é a garota mais sortuda do mundo, melhor amiga do Jooheon e ainda namora o Wonho


Eu só pude sorrir depois disso. Eu nunca pensei dessa forma, até porque eu conheci o Lee Hoseok antes dele ser Wonho, e quando conheci o Jooheon não sabia que ele era famoso. Mas pra muitas garotas realmente eu deva ser uma menina muito sortuda. O Jooheon apareceu na sala...


Jooheon: Bom dia casal!

Eu: Bom dia Honey

Wonho: Tudo Bem?


Jooheon: Você sumiu ontem de noite hein?

Eu: É que alguém me sequestrou sabe? - disse olhando para o Wonho

Jooheon: Humm sei, Wonho porque ainda não está arrumado?

Wonho: Eu não vou poder ir, meus pais querem me ver

Jooheon: Poxa, mas a gente não pretende chegar tão tarde não.

Eu: Tomara.


Logo batem na porta, eu vou abrir e são os meninos, I.M, Hyungwon e Shownu, o Kihyun e o Minhyuk mal ficava com a gente.

Jooheon: Oi boys, eu quero que vocês conheçam a minha mais nova amiga, a Kyla – Ela deu um sorriso

O Hyungwon e o I.M foram cumprimenta-la, e o Shownu me puxou de canto


Shownu: De onde o Jooheon tirou essa amiga?

Eu: Boo Bear, essa é uma longa história, tipo longa mesmo

Shownu: Vocês estão encrencados?

Eu: Acho que não, por enquanto


Ele foi até ela e beijou sua mão, como se ela fosse uma princesa. Eles começaram a ver desenhos com ela e concordaram em cuidar dela até eu e o Honey voltarmos da nossa missão. A Kyla entregou um papel com o endereço da sua casa. Eu me despedi dos meninos e nós partimos.


                                        ~ WONHO ON~ 



Logo depois que a S/n saiu com o Jooheon, eu decidi ir logo para Busan, queria voltar ainda hoje. Nem faço ideia do que o meu pai quer comigo, mas a voz dele não me parecia das melhores. Acho que vou aproveitar para pedir a opinião dele sobre a S/n morar comigo. A gente se conhece a tanto tempo e eu me lembro dos nossos sonhos de adolescência, a gente sempre dizia que ia morar junto.


Foi uma cansativa viagem, mas enfim cheguei. Quando cheguei em casa, minhas irmãs caçulas vieram em abraçar. E disseram que meus pais me esperavam no escritório. Quando entrei lá, não podia acreditar em quem lá se encontrava. O que ela está fazendo aqui? Com os meus pais? E por que meu pai me olha furioso e minha mãe com uma tristeza nos olhos... O que aconteceu?


Eu: Eu não estou entendendo nada... - disse confuso

Mãe: Meu filho – ela me deu um abraço apertado

Pai: Soon, você não vai passar a mão na cabeça dele, não dessa vez

Eu: Mas pai o que eu fiz?


'' Wonho, me desculpa, eu não queria, era pra ser um segredo'' – disse ela que estava com lágrimas nos olhos e cara de desamparo. Por que a Nayeon estava na casa dos meus pais...


Mãe: Oh minha querida, não chore, por favor.

Nayeon: Wonho, me perdoa, foi tudo culpa minha

Pai: Não foi sua culpa.

Wonho: Alguém pode me explicar o que está acontecendo aqui?


Nayeon: Wonho, eu estou grávida.


Oh não. Aquelas palavras afetaram meu mundo. Eu acho que fiquei meio tonto, minha cabeça orbitou, fiquei sem forças nenhuma. Isso só podia ser um pesadelo. Meu mundo desmoronou com essa notícia. Eu não sei nem explicar o que eu senti ao ouvir isso.


Eu: Mas Nayeon, a gente sempre se protegeu, você não toma anticoncepcional?

Nayeon: Meu médico receitou que eu parasse, achei que só o preservativo seria suficiente, mas não – ela começou a chorar desesperadamente


Minha mãe começou a consola-la. Mas eu estava muito atordoado para fazer isso, ou para fazer qualquer coisa. Eu não conseguia raciocinar direito. Parece que meu mundo parou ou sei lá. Meu pai ficou dizendo que estava decepcionado comigo, minha mãe dizendo que eu era muito novo. A Nayeon chorando e pedindo desculpas. Mas eu acho que só ouvi tudo superficialmente, minha alma tinha fugido do corpo.



                                      ~JOOHEON ON~ 


Eu e a S/n colocamos o pé na estrada para cumprir nossa missão. A cidade em que Kyla morava não ficava muito longe de Seoul. Chegamos no endereço, e a casa era realemente assustadora, parecia mal assombrada ou sei lá. A S/n decidiu ir bater na porta para ver se alguém atendia. Bateu, bateu e nada... Até ver que a porta estava aberta. Ela fez sinal pra mim e eu fui até ela, até então estava escondido no carro, porque podia ser que alguém me conhecesse.


S/n entreabriu a porta e gritou: '' Oiii, tem alguém em casa'' … Demorou alguns segundos até que alguém grita: ''Socorro'' Era um som que vinha de baixo, talvez seria o porão do qual a Kyla se referiu. Nós fomos entrando e seguindo o som dos gritos. Abrimos a porta do porão e eu vi uma cena terrível. Uma garota com os braços amarrados, completamente presa, naquele lugar úmido e sujo. Ela olhou pra gente assustada, ela parecia ter a nossa idade, talvez um pouco mais nova, ela estava chorando...


S/n: Calma, nós vamos te soltar

Ela: Vocês são da polícia ou algo assim?

Jooheon: Mais ou menos isso

Ela: Ai que bom, eu ó quero sair daqui – Foi então que ouvimos um barulho vindo de cima, como se alguém estivesse andando em direção ao porão


A menina gritou para nos escondermos. Fomos rapidamente e ficamos atrás de uns movéis velhos e empoeirados que tinha lá. Logo uma mulher asquerosa entra no porão. Devia ser com certeza a tia-avó da Kyla, se eu não me engano se chamava Hyuna ou algo assim


Hyuna: Sua peste, como abriu essa porta? - chegou gritando


A irmã de Kyla só permaneceu calada, enquanto sua tia, apertava as cordas em volta da sua cintura...


Hyuna: Se você ficar de gracinha de novo, eu vou mandar o Leo te dar outra surra, tá me ouvindo? Pode deixar que dessa vez, vou trancar muito bem a porta

Ela se virou e eu pude ouvir um barulho de chaves fechando a porta. Ah não! Vamos ficar trancados aqui? Estamos realmente ferrados. 

CONTINUA...


Notas Finais


Hyuna já é tia avó BERRO

NAYEON GRÁVIDA AMORES!

COMENTEM PLS

BEIJOS NO KOKORO
— @bbxyuta


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...