História It Is Going To Be Love - Jikook - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alfa, Appa Namjoon, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Menção Namjin, Menção Vhope, Ômega, Omma Jin
Visualizações 318
Palavras 1.717
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo extra da semana :3
Espero que gostem do cap :)
Boa leitura :D

Capítulo 7 - I'm Pregnant..!


Fanfic / Fanfiction It Is Going To Be Love - Jikook - Capítulo 7 - I'm Pregnant..!

<Jimin>

 

Decidi deixar de lado esse sentimento de confusão, e resolvi me arrumar.

 

Escola?

 

Eu mesmo que não estou com cabeça para ficar longe da cama por 5 horas.

 

Tomo um banho rápido, e faço as outras higienes matinais, me arrumo com uma roupa de casa, e vou à procura de Jin.

 

 -Jin? - falo quando finalmente o encontro.

 

 -Sim, pequenino?

 

 -Hoje é segunda-feira, certo?

 

 -Sim, o dia inteiro.

 

 -Eh... Jin, eu realmente me sinto meio enjoado, eu posso ficar em casa hoje? - pergunto tímido.

 

 -Claro, não tem problema nenhum, mas procure saber o que perdeu se por acaso algum professor deu matéria nova, okay?

 

 -Tudo bem. Obrigado, Jin - falo sorrindo.

 

 -Não precisa agradecer, apenas acho que o melhor para você. Descanse bem.

 

 -Obrigado de novo. - digo voltando ao quarto.

 

Assim que entrei no cômodo da casa, me arrependi, ou não, de ter aberto a porta tão rapidamente, sem ao menos bater. Logo quando entrei ali, me deparei com a figura de Jungkook seminu, apenas de cueca box. O que deixou boa parte de seu corpo bem exposta. Pude ver sua ótima formação corporal, seus músculos definidos e principalmente, seu abdômen muito bem definido. Confesso que fiquei babando ao ver esta cena, e acho que o alfa pôde perceber o porquê de eu o encarar tanto.

 

 -Gosta do que vê, Jimin? - falou malicioso.

 

 -D-desculpe, e-esqueci d-de bater na porta.

 

 -Não tem problema, mas venha aqui, por favor.

 

Eu realmente achei que ficaria travado ao tentar me direcionar para aquele corpo bem feito e musculado. Mas minhas pernas resolveram colaborar comigo.

Fechei a porta e me dirigi até Jungkook - que continuava da mesma maneira que antes, seminu -, o mesmo mantinha um olhar um tanto malicioso sobre minha pessoa, mas apenas segui reto, e parei em sua frente. O mais alto apenas passou a mão em meu rosto, acariciando-o. Eu fechei os olhos, em sinal de que gostava do carinho.

 

 -Tão fofo... esse é um dos motivos que me fazem gostar de você...

 

 -Obrigado... - digo tímido, como na maioria das vezes.

 

 -Jimin... Posso te beijar? - falou, e eu, tomado pelo carinho, apenas assenti.

 

 -Não precisa nem perguntar.. - disse, antes dele me puxar para um beijo.

 

Ele começou com um selinho demorado, para logo depois distribuir beijos molhados em meu pescoço, eu me arrepiava por achar aquilo tão bom.. E logo ele voltou ao meu rosto, onde beijou no canto da minha boca, para logo depois beijar-la por completo. Ele pediu passagem com a língua, e eu cedi. Sei que já tínhamos feito isso antes, mas para mim aquilo era como se fosse algo... novo? Talvez, mas o que me importava agora, era o que acontecia no momento. 

 

Eu podia sentir o quão bom era sentir os lábios de alguém que você realmente ama de verdade... eu nunca havia feito isso antes...

 

Infelizmente, a falta de ar se fez presente e tivemos que nos separar. E assim que isso ocorreu - de forma lenta - fitei aquelas orbes castanhas que também me encaravam.

 

 -Jimin... Olha... Eu realmente fui irresponsável e idiota quando eu meio que te "obriguei" a, sabe... deixar de ser virgem... Pode achar isso estranho vindo de mim, mas eu realmente quero mudar, não só por mim, por você, pelas pessoas que eu gosto.. Eu me sinto... culpado.. pelo que ocorreu entre a gente semana passada, e realmente foi minha culpa... Jimin, será que... a gente pode começar de novo? Sabe... tentar começar esse relacionamento direito...

 

 -Óbvio que sim! - digo sorrindo - Seria maravilhoso poder nos relacionarmos direito sem discussões ou brigas... então, claro que podemos fazer isso...

 

 -Fico tão feliz de ouvir isso... - falou me abraçando, e eu retribui o ato.

 

 -E se perguntarem o que ouve conosco?

 

 -Apenas diga que decidimos recomeçar..

 

 -Eu quero dizer que seu Omma vai querer saber mais sobre isso de nos resolvermos tão rapidamente.

 

 -Rápido? Jiminnie, eu quero muito que me perdoe, mas eu tenho certeza de que no fundo você ainda pede por um tempo para deixar isso passar, ou estou errado? - disse

 

Como ele pode tirar as palavras de meus pensamentos e colocá-los para fora de sua boca?

Jungkook é incompreensível...

 

Mas eu sou mais.

 

 -Tá... Isso é verdade... mas eu não quero te fazer esperar...

 

 -Jimin, eu espero o tempo que for preciso para poder receber amor de verdade, não precisa se preocupar com o tempo que vai levar para me perdoar, apenas faça o que acha que é certo. Tudo bem?

 

 -Ok.. - falo sorrindo.

 

-Mudando de assunto, por que está vestido assim? Não vai para a aula?

 

 -Ah, não... eu me sinto meio enjoado... Daí pedi para Jin para ficar em casa hoje, e ele deixou..

 

 -Hum. Okay. Até logo, pequeno. - diz me dando um beijo na bochecha, e saindo do quarto junto com a mochila.

 

 -Até...

 

{...}

 

Eu confesso que não sabia que esse enjôo que senti mais cedo iria voltar, só que voltou, e pior..

 

Mas daí, Jungkook e Taehyung haviam acabado de chegar em casa. Achei estranho Jungkook não ter passado no quarto como ele semrpe fazia, mas não liguei muito para isso. Ao invés de me preocupar me surpreendi com Taehyung na porta do quarto.

 

 -Jimin?

 

 -Oi, Taehyung. O que foi?

 

 -Me chama só de Tae.. Mas enfim, Jungkook me falou mais cedo que você estava passando mau... está melhor agora?

 

 -Pelo contrário... acho que fez foi piorar... Mas obrigado por se preocupar...

 

 -Não precisa agradecer por nada, mas quer um remédio? Quem sabe não é um enjôo comum que acontece às vezes...

 

 -Tudo bem..

 

 -Ok, fica aqui, que eu volto já

 

{...}

 

Não se passaram nem 5 minutos e já vi Taehyung novamente na porta. Como isso é possível ser tão rápido assim?

 

 -Já?

 

 -Sim, por que?

 

 -É que sabe... Aqui é um lugar enorme... como foste tão rápido?

 

 -Nem eu sei... Acho que é o costume de ir correndo para tudo que é canto. Mas aqui, toma - falou me mostrando um comprimido e um copo de água.

 

 -Oh, obrigado, Tae.

 

 -De nada..

 

Eu tomei o remédio e depois fomos puxando assunto, nos conhecendo melhor, até que a hora do almoço chega e somos chamados para comer.

 

 

 

 

{5 semanas depois}

 

{sexta-feira à tarde}

 

Eu estava com Jungkook no jardim da casa, que era para onde íamos às vezes para relaxar um pouco. Quando me bate uma vontade de comer doce...

 

 -Kookie...

 

 -O que foi, pequenino?

 

 -Eu quero comer chocolate...

 

 -Pra quê comer chocolate quando você tem um biscoito? - disse sorrindo, e eu entendi o porquê.

 

 -Aish! Seu safado.

 

 -Não nego isso. - falou rindo.

 

 -Vai Kookie... Eu quero chocolate...

 

 -Jimin, você ganhou uma caixa de chocolate à 3 ou 4 dias, o que fez com os doces que tinham nela?

 

 -Comi ué..

 

 -Já? Nossa, Jiminnie.. Está querendo doces até de mais, não acha?

 

 -Eu tô pouco me importando com isso, só quero meu doce...

 

 -Amanhã eu compro pra você, ok?

 

 -Ahh... Tá bom...

 

{...}

 

Eu ainda estava no jardim - sendo que agora sozinho, porque Jungkook entrou - sendo que agora me veio uma tontura meio fraca, e eu sentia algo no meu estômago...

Será que isso é o efeito de comer muito chocolate?

Acho que não, mas Hoseok estava por perto e quando me viu, estranhou. Logo veio em minha direção.

 

 -Você está bem, Minnie?

 

 -Acho que sim... Ou melhor, não sei... mas me veio uma dor na barriga...

 

 -Ah, Jimin, lembrei agora, Jin me disse que marcou uma consulta no médico para você daqui à uma hora e meia, quer que eu te deixe?

 

 -Consulta? Pra quê?

 

 -Não sei, mas ele estranhou como você ficava mal algumas vezes, e achou que seria melhor te levar no médico.

 

 -Ok... Vou me arrumar logo. Não se importa mesmo de ir me deixar?

 

 -Jimin, claro que não, quero muito o seu bem. Sabe que fomos criados juntos e que te considero como um irmão de sangue. Não quero que nada de ruim te aconteça. Agora vai se arrumar que é bom te levar logo. - disse.

 

 -Okay, "appa-hyung".

 

{...}

 

Já estávamos no consultório médico, e eu já estava sendo atendido. O médico era bastante simpático por sinal, e me atendeu com calma e paciência. Quando o médico foi buscar o resultado dos exames, Hoseok se aproximou.

 

 -O que acha que pode ser, Jimin?

 

 -Não faço a mínima ideia, mas espero que não seja algo ruim.

 

 -Senhor Hoseok, és responsável por Park Jimin?

 

 -Acho que não, eu sou só amigo e acompanhante dele, nada de mais. 

 

 -Park Jimin, és casado? Ou tens um noivo?

 

 -Sim, eu tenho um noivo...

 

 -Passou recentemente "um tempo" com ele?

 

 -Bom, está com um mês e meio se não me engano, que nós ficamos... por quê?

 

 -Porque agora é com certeza que posso lhe afirmar que estás grávido de seu noivo. - falou sorridente.

 

Eu nem conseguia reagir, não sabia se me chocava ou se me alegrava. Os dois quem sabe?

Mas a cara de Hoseok era simplesmente incrível.

Ele misturava alegria com ansiedade ou com surpresa, mas parecia estar feliz.

 

 -EU VOU SER TIO! AAAAAH!! - gritou animado, até lembrar que estava em um consultório médico - Oh, foi mal...

 

 -Não tem problema - o médico dizia - E parabéns pelo filhote, sr. Park.

 

 -Obrigado...

 

{...}

 

Chegando em casa, nós mal entramos, que Hoseok já veio me enchendo de perguntas.

 

 -Vai contar para ele agora? Como vai contar? Como será que ele vai reagir? Você acha que Jungkook vai ficar surpreso? Vai contar para ele antes de todos ou quer que ele seja o último a saber, em forma de surpresa?

 

 -Hoseok!

 

 -O que?

 

 -Para de me perguntar tanta coisa! Assim eu fico muito nervoso!

 

 -Ah, foi mal...

 

 -Queria me falar o que, Jimin? - Jungkook perguntou, surgindo no local do nada.

 

 -É algo que eu preciso falar com você a sós...

 

 -Ok...

 

{...}

 

Fomos até o quarto e nos sentamos na cama.

 

 -O que é isso com você? - falou se referindo aos papéis dos exames.

 

 -São os resultados de um exame que eu fiz há algumas horas, e...

 

 -E...? Descobriu se estava doente? É grave? É algo normal?

 

 -Não, Kook, eu nãos estou doente nem nada, é só que...

 

 -O que Jimin? Me conta!

 

 -Eu estou grávido de você...

 

 

 

 

 

Continua...


Notas Finais


Foi isso X3
Espero que tenham gostado da notícia :v
Se gostaram por favor comentem <3
Beijos e até a próxima~~

P.S: QUERO MEU BOLINHO AGORA
SE NÃO EU NÃO ATUALIZO

OU EU GANHO MEU BOLINHO OU NÃO TEM MAIS CAP EXTRA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...