História It was to be an exchange of glases - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Aventura, Got7, Luta, Outras Dimensões, Romance
Exibições 10
Palavras 1.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey , hey !
Desculpa se essa capítulo não está com a mesma emoção e se ficou muito confuso.
~ Boa leitura ! \^0^/

Capítulo 3 - Anjos caídos


           P. O. V. Youngjae
  Eu saí correndo e continuei até chegar em uma clareira de árvores destruídas. Estavam ou queimadas ou cortadas , aquele foi o local onde eu lutei pela primeira vez ... Derrepente todas as sensações daquela luta vieram a tona e um triste sorriso tomou conta de meu rosto ... Aquela batalha ... A coragem , a adrenalina , o medo... Medo ... Derrepente outro tipo de cena tomou conta de minha mente ... As cenas do dia de quando minha mãe e meu padrasto morreram ... De Yugyeom chorando ... Machucado fisicamente e psicologicamente , eu nunca quis que ele visse aquelas coisas ... Eu desmaiando ... Essas coisas me derrubaram , em pouco tempo eu estava de joelhos no chão , chorando. " Não é justo , " pensei "não é justo que esse dia se repita ... Como se não bastasse largar minha mãe sozinha... Eles ainda permitiram que ela morresse ... E esse dia , ainda por cima , irá se repetir a cada 16 anos "
  - POR QUE OS DEUSES ACHAM QUE SÃO TÃO SUPERIORES PARA FAZEREM ISSO ?! - gritei com raiva para o céu , quando senti uma mão em meu ombro.
  - Está tudo bem , Youngjae ? - perguntou Bambam , sentando-se ao meu lado.
  - YOUNGJAE! - Ouvi a voz de Yugyeom e logo depois senti seu abraço apertado. - Irmão... Desculpe , eu ... Eu deveria ter reagido melhor ... Eu...
  -  Não se desculpe , o único que se precipitou aqui fui eu ... Desculpa , rapazes - eu disse abaixando a cabeça para que não fosse possível ver meus olhos ainda molhados.
  " Isso só mostra o quanto sou fraco perto de vocês... " pensei.
  - Essa clareira ... - disse Bambam com um sorriso - A primeira luta de vocês... Ainda se lembra do que você disse após exterminar aquelas criaturas ?
  - " Eu luto pelos meus pais e venço por eles, já que eles lutaram por mim e infelizmente perderam " - dissemos nós três juntos , o que me fez sorrir. - Oras , venham cá , seu semideus imundo e seu demônio idiota - eu ri bagunçando os seus cabelos e puxando-os para um abraço. E nós rimos.
  - Não sou imundo ! - defendeu-se rindo , Yugyeom.
  - E eu não sou idiota ! - Rebateu Bambam , rindo.
  - Ei ! Serei excluída desse abraço ? - disse Margaret rindo e juntando-se a nós.
  - Ei ! Vamos logo ! Quem vocês acham que vão proteger as outras criaturas se nos atrasamos ? - disse Yugyeom fazendo todos se levantarem.
         // Corta de tempo //
               P. O. V. Alice
  Olhávamos nós três para baixo , para aquela humilde cidade de madeira , e lembrando das palavras de Arnólius... Estávamos realmente assustadas com aquela tarefa , principalmente se acontecer algum ataque. E se formos feitas de oferenda ?! Ai , eu não gosto nem de pensar nisto.
  - Nossa , para que essa cara tão séria? Não está pensando em Arnólius está? - disse Lauren dando um sorriso malicioso.
  - Você está louca ! Sabe que não podemos nos apaixonar - eu disse corando.
  - HÁ! Seu rosto está vermelho ! - Cantarolou Angeles.
  - O-O QUÊ?! Aaah , porcaria de forma humanoide! - eu disse tapando o meu rosto.
  - Oh ! ESTAMOS CHEGANDO , ESTAMOS CHEGANDO , AI MEU ZELIE , SEREMOS FEITAS DE OFERENDA , IREMOS MORRER !
  - Lauren , cala a porra da boca ! - eu disse desesperada para não ficar pensando nessas coisas
  - Não podemos demonstrar que estamos com medo para as criaturas exiladas ! - Disse Angeles com os olhos arregalados.
  - Vocês tem razão... - disse Lauren , se acalmando.
  A praça central estava se aproximando , e estávamos começando a conseguir distinguir os rostos dos habitantes ... Mas minhas asas estavam cansadas sentia que se continuasse a batê-las iria cair , assim que chegamos perto o suficiente sentei em uma árvore , aliviada , enquanto Angeles e Lauren começavam o discurso.
  - Criaturas exiladas da primeira dimensão! - iniciou Lauren , cruzando as pernas como se estivesse sentada no ar - Nós , os três anjos mensageiros de Zelie , descemos à sua dimensão para realizar a comemoração dos aniversários dos Sete Espíritos da Existência !
  Senti olhares raivosos vindo à nossa direção após dizermos essas palavras. O que me deixou com muito receio de dizer as minhas falas.
  - E ficaríamos muito honradas em ajudá-los a preparar uma boa recepção para os Espíritos para evitar transtornos ! - disse Angeles , que mesmo vestida delicadamente parecia uma tenente de exército dando uma ordem de guerra aos seus soldados , mas eu sabia o quanto aquela garota era boba então ficava difícil levá-la a sério.
  - E estaremos aqui também para ... - disse e engoli em seco , tentei assumir uma uma pose militar assim como Angeles - E estaremos aqui também para protegê-los caso...
  - COMO OUSA DIZER QUE IRÁ NOS PROTEGER ?!- gritou uma voz masculina no meio da multidão.
  Nossos olhares foram na direção da voz , eram três garotos um homem uma garota , o dono da voz parecia ser o mais novo dos homens já a garota parecia ter a mesma idade que ele , enquanto gritava ele deu um soco em uma árvore ao seu lado que iria cair se o garoto que aparentemente era o mais velho entre os quatro jovens segurasse a árvore. " espere , como uma criatura exilada consegue fazer isso... Ai meu zelie. "
  Nos olhamos preocupadas e pensamos a mesma coisa : Semideuses.
  - COMO ... OUSA... - Um garoto próximo a ele foi acalma-lo e nossos olhares se encontraram.
  Os olhos do rapaz eram lindos e profundos me encaravam como se examinassem minha alma com certo brilho desconcertante , senti minhas bochechas queimarem ...
             P. O. V. Lauren
  Observo Alice por alguns segundos e vejo suas bochechas ficarem avermelhadas , confusa olho para Angeles , que também estava avermelhada , olho na mesma direção que elas e olho o garoto que havia dado um soco na árvore , ele olhava em meus olhos com uma expressão séria e enraivecida mas também... Triste ... Meu coração dispara quando encaro seus olhos castanhos e duros ... Até que localizou uma garota que observava a cena com certo desespero. 
              P. O. V. Angeles
  No momento em que a árvore ia caindo um rapaz , segurou-a rapidamente e olhou para nós... Logo nossos olhares se encontraram e senti aqueles olhos brilhantes sobre mim , tenho que admitir que fiquei arrepiada , assim que ajeitou a árvore apoiou-se na mesma e continuou a me encarar.
  Quando consegui me livrar de seu olhar percebi que  a cor que predominava  em seu estilo era o preto e aquilo me deixou curiosa e maravilhada por que preto é como se fosse uma "cor proibida" na segunda dimensão e quando me dou por mim já estava com as bochechas avermelhadas.
               P. O. V. Alice
  "Não era possível que isso acontecesse , certo ? Somos anjos , éramos feitos para sermos apenas mensageiros ! Funcionários dos deuses ! Não...não fomos CRIADOS com sentimentos ..." estava pensando , quando meus pensamentos são interrompidos por uma dor opressora na região das asas e a falta de ar , todos abaixo olhavam curiosos , olho para as minhas amigas elas pareciam sentir as mesmas coisas , caímos do céu de repente.
  Um medo tomou conta de mim enquanto o chão se aproximava , olhei para o lado e vi minhas amigas caindo junto comigo no duro chão de cimento.
  Olho para o lado vejo minhas amigas com machucadas ... Essa foi minha última visão antes de ficar tudo escuro.
            P. O. V. Yugyeom
  Os anjos estavam suando , pareciam sem ar ... Sufocadas e , em questão de segundos estavam desabando. Dos céus... Ao chão... E mais rápido ainda , elas foram de seres celestiais à corpos machucados no chão.
  - Anjos caídos... - sussurrou Margaret , com um brilho nos olhos. - Eu já li sobre isso ... Mas isso só acontece quando eles quebram uma regra da segunda dimensão... O que será que elas fizeram ?
  Olhei em volta e ouvi risadas dos outros , aquilo me deixou com raiva. Elas eram só mensageiras ... Não são culpadas pela destruição que os deuses fazem com a gente ... Logo o lugar ficou vazio.
  - Eu não sei o que elas fizeram ... Mas não vou ficar observando para descobrir ... Urgh - Disse Bambam pegando um dos anjos no colo , a de cabelos pretos - pensei que fossem mais leves ... Vamos ?
  Youngjae juntou-se a ele pegando a de cabelos curtos , quando me curvei para pegar o último anjo , Margaret segurou meu ombro.
  - Deixa comigo. - ela disse
  - Tem certeza ? Você é humana , vai aguentar ? - retruquei.
  - Urgh ... Não me diminua apenas por que não tenho poderes demoníacos como o Bambam ou força sobre humana como vc e o Youngjae e blah , blah , blah.
  - Você que sabe , então. - eu disse rindo.

   


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...