História It will be love? - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Iris, Kentin, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Nina, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky
Tags Amor Doce, It Will Be Love?, Lysandre
Visualizações 27
Palavras 1.259
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


MAIS UM CAP EEEE!
Parece q foi ontem que eu escrevi meu primeiro cap, pensava em nomes...
Mas bora ler esse capitulo =3

Capítulo 39 - Welcome to Los Angeles


Fanfic / Fanfiction It will be love? - Capítulo 39 - Welcome to Los Angeles

SAMANTHA POV'S ON*

-Eu vou tomar um banho- olho para Nathaniel.

-Tudo bem, o banheiro é ali- ele aponta para uma direção e logo caminho até lá.

Quebra de tempo*

Coloco um pijama básico e volto para a sala, me deito no sofá e pego meu celular. Começo a ver minhas notificações e percebo mensagens do Lysandre, o que me surpreende é claro. Sabe quando você fica querendo abrir a conversa de alguém e ao mesmo tempo não? Pois era assim que me sentia. Algo fala mais forte e vejo que já tinha clicado na mensagem, ou seja, eu visualizei e agora teria que responder.

-Oi Sam, pode me ligar?

-Ah, tudo bem...- digito.

Ele visualiza e imediatamente está a me ligar, com uma certa hesitação eu atendo.

-Alô, o que queria falar?- pergunto.

-Queria me desculpar sobre ontem e hoje... Fui um idiota e minha reação foi totalmente infantil, sinto muito...

Dou um longo suspiro antes de dizer:

-Eu devia ter contado antes, mas estava com medo... Acho que isso faz parte da vida não é? Medo, decepção, alegria, tristeza, raiva, cada sentimento mais complicado que o outro- soltei uma leve risada.

-Não quero passar o resto do ano te ignorando, eu te amo de verdade e você desperta várias emoções que eu nunca havia sentido, só quero passar esses últimos meses ao lado da minha Stitch, me perdoa?

-Eu também não quero ter que ficar longe, eu... Perdoou- respondo sorrindo e vejo que Nathaniel chegava na sala agora- Vou desligar, boa noite mozaum

-Boa noite meu anjo!

Desligo e passo a observar aquele loiro que parecia irritado com seu celular. 

-Tudo bem Nath?

-Nada que deva se preocupar.

-Fale para mim, eu sou sua amiga!

-Nada Sam.

-Eu vou te fazer cócegas- começo a colocar as mãos perto dele.

-Não faria isso.

-Não?- o olho diabolicamente.

-Ok, ok, eu conto- ele dá uma curta risada e se rende- Meu pai estava me mandando mensagens.

-Sobre o que?

-Coisas como o que eu ando fazendo, sobre lembrar de ser um homem perfeito, isso realmente me irrita- ele suspira estressado

-Fique calmo, a vida é sua e você pode fazer o que quer, não deixe ninguém te prender!

-Tem razão.

-Vem vamos dormir, amanhã vai ser um bom dia- me levanto do sofá sorrindo.

SEIS ANOS DEPOIS*

-Ei idiota, me solta- começo a me debater.

-Calma aí amor- ele dá um tapa na minha bunda.

-Me diz logo o que você quer- suspiro irritada enquanto ele me colocava no chão.

-SAMANTHA MIKAELSON FORBES STUART- sentia me num abraço calorozo.

-ALLY- abraço mais forte ainda.

-De nada Mikaelson- Tyler sussurrava no meu ouvido me causando certo arrepio.

-Me respeita que eu sou sua chefe- encaro irritada seus lindos olhos azuis.

-Ok mozaum- diz se aproximando de mim- Sua entrevista é daqui a pouco.

-Que ousadia é essa meu amor, se quer me beijar apenas faça- o puxo pela gola de sua jaqueta e colo seus lábios no meu, fazendo um beijo prazeroso e intenso.

Me chamam para a entrevista e percebo Tyler totalmente corado e sem palavras.

-Você é tão fofo- observo rindo.

-E-ei não brinque assim comigo Mikaelson.

Rio e logo entro no cenário que seria feita a entrevista, sou recebida com grandes palmas da platéia e me sento em um pequeno sofá ao lado da apresentadora.

-Olha só se não é a nossa grande empresária de uns dos grupos mais famosos, Paradise- ela fala em um tom alegre.

-E então fala sobre você Samantha- ela continua me olhando e esperando minha resposta.

-Bem, minha história é bem complicada- solto uma risada- Quando tinha 17 anos recebi uma bolsa de estudos no Japão, quando cheguei lá, eu comecei a cursar na área de psicologia e era realmente bom. Nas férias meu pai me trouxe para essa maravilhosa Los Angeles , onde eu acabei conhecendo um grande grupo de amigos, eles eram incríveis!

-Desculpe atrapalhar mas quer dizer que você não era daqui? Onde morava antes dos 17?- ela me interrompe educadamente.

-Eu morava na França, em uma pequena cidade.

-Agora entendo o sotaque- ela dá uma curta risada e me permite continuar.

-Conheci aqueles caras e vi que eles tinham talento, então resolvi mostrá-los ao meu pai, que vocês conhecem como Niklaus Mikaelson, um grande empresário musical. Assim que ele os viu disse que era sucesso garantido, mas o problema que ele já tinha uma banda e duas daria muito trabalho, então disse que seria uma pena desperdiçar tal talento, e eu perguntei o que era necessário para me tornar uma empresária. 

-Uau, então quer dizer que você se ofereceu?- ela estava boquiaberta.

-Sim, eles são grandes amigos meus e eu sempre gostei do trabalho que via meu pai fazendo, ele fazia tudo tão fácil. O mesmo me ajudou a me tornar uma empresária e como ele é um dos grandes, não demorou muito para eu me tornar uma. Atualmente consigo fazer grande parte do meu trabalho e quando não, meu pai sempre está ali para me ajudar.

-É uma história realmente interessante, soube que você tem um vínculo com o grupo Inspire Yourself- ela argumenta o que me faz quase cuspir a água que bebia fora.

-É verdade...

-Fale sobre isso.

-Já está bom Juliet- um homem diz e me libera.

-Ok, então foi essa a entrevista com a nossa SAMANTHA MIKAELSON, tenham uma boa noite- ela fala alegremente e em seguida o programa acaba.

Saio do meu lugar e vou ao camarim, onde estava Ally e Tyler.

-Foi incrível Sam- Ally batia palmas.

-Ei Sami, ta tudo bem?- Tyler coloca a mão no meu ombro.

-Estava me lembrando da Inspire Yourself- respondo tirando minha jaqueta.

-Quer falar sobre isso?

-Vocês já sabem, eles foram meus amigos...- digo me calando. Inspire Yourself era uma banda bem famosa e seus  membros eram... Castiel, Nathaniel, Wendy e... Lysandre. Antes a gente só se via por jornais, revistas, etc, mas em um evento nos vimos pessoalmente, estávamos completamente surpresos mas não conseguimos conversar mesmo se quiséssemos.

-Vem, temos que ir para a festa- Tyler me tira dos pensamentos.

-Tinha esquecido completamente- coloco a mão na testa suspirando.

-Avisem e busquem  Austin, Hailey, Will e Zack- algumas pessoas gritavam.

Depois de alguns minutos a limosine chega já com o pessoal que estava no hotel. Entramos e fiquei ao lado de Hailey e Tyler, o caminho não foi tão longo, quando chegamos havia uma dúzia de paparazzis e entrevistadores no local, com dificuldade saímos acenando e dando alguns sorrisos, eles sempre me solicitavam nesses eventos por dizer que muita gente me "amava" e queria me conhecer por fazer um trabalho excelente e também já ter gravados duas músicas com o grupo.

Entramos e estava realmente lotado, só pessoas tomando champanhe e conversando, havia tanto artistas como produtores, entrevistadores, empresários, etc. E quem eu mais odiava estava ali, John, um dos produtores, ele é um verdadeiro canalha, egoísta e ganancioso.

-Samantha- estava me virando para ir e aquele embuste percebe minha presença.

-John- reviro os olhos.

-Sinceramente você não acha que é muito nova para ser empresária- ele dá um sorriso idiota.

-Não, eu tenho 23 e sou uma adulta- digo saindo e indo para uma parte mais isolada da festa.

O idiota me segue.

-Eu não terminei de falar vadia- ele pega no meu braço com força.

-Seu canalha, me solta se não vai ver só- digo irritada.

-Vai fazer o que? Me bater?

-Não, mas eu vou se não soltá-la- um homem misterioso aparece das sombra se revelando, era o... LYSANDRE?!

CONTINUA...?


Notas Finais


Sim, nossa Sami está em Los Angeles, a facul no Japão foi totalmente esquecida e um de seus desejos falou mais alto.
A fic vai se passar assim agora, trarei as vezes alguns flashblacks explicando algumas partes da história. Como disse a segunda temp n vai acontecer e o que seria escrito nela será aqui, até sexta amores =3
Curiosidade: A vida dos outros personagens vai ser explicada ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...