História It Will Rain - Capítulo 198


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bruno Mars
Tags Romance
Visualizações 42
Palavras 1.178
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


" Por mais namoros que quebram a cama e não a cara "

Capítulo 198 - " Menina má"


Fanfic / Fanfiction It Will Rain - Capítulo 198 - " Menina má"

Parte Bruno

Bruno; Caralho! Que porra que ela tá fazendo que não atende.

Estou bastante irritado por Jack não atender a porra do celular, nesse momento estamos voltando para o hotel​, quero uma boa de uma explicação. Estou me segurando dentro do carro pra não explodir, Ian está do meu lado e pelo que percebo ele também está preocupado.

Então fico mais calmo quando recebo mensagem dela, mesmo assim não diminuí minha raiva, avisos os caras que ela respondeu , mas mesmo assim não tenho ânimo mais. Chegamos no hotel e estou no elevador com Phil , Éric, Ari, vim na frente e vejo Phil colocar a mão em meu ombro.

Phil; Fica calmo cara ! Ela já explicou .

Bruno; estou calmo.

Eric; Sabe que nós te conhecemos . Relaxa cara , isso acontece de esquecer o celular.

Apenas balanço a cabeça e chegamos no nosso andar, me despeço do pessoal e entro na sala , deixo minhas coisas na mesa da sala e segui para o quarto, abro a porta e vejo ela dormindo , claridade da lua iluminando o quarto, respiro quando vejo que está bem, toda minha raiva é diminuída.

Me aproximo dá cama e retiro o livro que está sobre seu peito, retiro e ela acorda.

Jack; Que horas ?

Bruno; já é tarde ! Volte a dormir.

Jack; tá...vida

desculpa...eu esqueci o celular no hotel.

Ela fala bocejando e voltando a fechar os olhos...

Bruno; amanhã conversamos.

Dou um beijo em sua testa , cubro ela e vou até o banheiro tomar um banho pra descansar.

Acordo com barulho de despertador , vejo quando a Jack pega no celular e desliga, finjo que ainda estou dormindo, sinto ela se levantar e seguir para o banheiro, me viro ficando de lado , alguns minutos depois sinto beijos molhados sobre minhas costas.

Jack; Bom dia !

Dou um sorriso e gemo quando ela morde minha orelha.

Jack; acorda! Precisamos tomar café. Hoje o dia será corrido.

Me viro ficando por cima dela, que está apenas de roupão, passo minhas mãos por dentro e percebo que está completamente nua, caminho minhas mãos sobre seu corpo, mordi seu lábio inferior , soltando alguns gemidos baixos.

Bruno; Não saia daqui, volto já.

Saio da cama com pau duro, mas antes precisava fazer xixi, aproveitei e tomei um banho e fiz minha higiene matinal, alguns minutos depois volto e ela está do mesmo jeito que deixei , mexendo no celular.

Tiro minha toalha ficando nú, subo na cama e fico por cima dela, ela percebe e abre um sorriso.

Bruno; Bom dia !

Abro seu roupão e vejo seus mamilos rígidos apenas com meu toque.

Começo a beijar seu pescoço descendo até seus seios e paro.

Bruno; Você sabe que foi uma menina muito levada ?

Minha voz sai rouca e meu pau está duro só de ver seu corpo nú.

Ela apenas balança a cabeça...

Bruno; Responda !

Dou um tapa na sua coxa...

Jack; Aí !

Dou outro tapa fazendo ela morder com força seu lábio inferior.

Bruno; Responda !

Jack; Sim...

Bruno; E o que acontece com meninas más?

Vou beijando sua barriga até chegar na sua boceta esperando sua reposta.

Jack; São castigadas....mas...mas...eu juro que esqueci o celular.

Bruno; Psiu! Pedi alguma explicação?

Dou uma mordida​ em sua virilha...

Jack: Não !

Volta e ficar de frente pro rosto dela e digo.

Bruno; você vai ser uma boa menina e vai me obedecer.

Apenas balançou a cabeça confirmando que sim, e vejo quando ela engole seco.

Bruno; boa menina!

Se você voltar a fazer isso de novo, seu castigo será além de boas palmadas , entendeu ?

Jack; Sim...

Sem esperar que ela dissesse alguma coisa e protestasse , eu a beijei . Enterrei a minha mão livre em sua nuca e aprofundei ainda mais o beijo explorando toda sua boca com a língua, Jack gemeu com os lábios nos meus, eu não queria parar , não queria desgrudar minha boca nem por um segundo, mas quando o fôlego faltou, nós precisamos puxar o ar com força para dentro dos pulmões.

Bruno; eu fiquei preocupado.

Falei baixo roçando meus lábios no dela.

Jack; Desculpa!

Seus braços envolvem meu pescoço.

Meu pau começou a dar sinal de vida , enquanto me esfregava na Jack, passando minhas mãos sobre sua coxa e fui beijando cada canto dela, até chegar no avermelhado dos dois tapa que dei, dei um beijo, eu estava louco pra desfrutar cada parte do seu corpo. Os mamilos estavam duros segurei um dos seus seios e o outro abocanhei como se minha vida dependesse disso, Jack gemeu e arqueou as costas enquanto minha língua dançava sobre o bico do seu seio. Beliscando o mamilo e aperto entre meus dedos. Voltei a beijar​ sua boca.

Afastei suas pernas , toquei sua intimidade e quase gemi com o quanto ela estava molhada . Não resisti e enfiei dois dedos arrancando dela um gemido baixo. Comecei a provocar devagar , adorando ver cada expressão de prazer em seu rosto. Suas bochechas já estavam coradas , os olhos fechados e os lábios​ entreabertos. Cada vez que eu intensificar os movimentos, Jack mordia o lábio e eu sabia que esse era um sinal de que ela se aproximava do orgasmo. Eu não queria que ela gozasse sem mim, diminui o ritmo dos movimentos ate que tirei meus dedos de dentro dela.

Jack; Bruno...

Ouvi sua voz arrastada em um protesto...

Bruno; Quero que goze com meu pau dentro de você.

Acomodei meu quadril entre suas pernas e a penetrei devagar , sentindo cada centímetro do meu pau entrando naquele lugar que era o meu preferido.. beijei a Jack enquanto movimentava devagar , levando nós dois ao ápice lentamente, aproveitando cada sensação do seu corpo.. senti suas mãos deslizar pelos meus braços e cravaram as unhas neles. Passei a língua em seus lábios aumentando os movimentos, meu pau estava totalmente duro e inchado e o prazer ia se acumulando no meu baixo ventre. O suor brotava em minha pele , Jack gemia contra meus lábios de um jeito delicioso e eu não aguentava mais segurar, meus movimentos se tornaram mais intensos e ela apertou as pernas contra minha cintura.

Jack começou a gemer meu nome é eu não parei de me movimentar, fechei os olhos com força enterrando o rosto em seu pescoço .

Jack estremeceu debaixo de mim e gritou quando o orgasmo atingiu . Continuei me movimentando e explodir dentro dela deixando meu corpo cair sobre o seu. Nossas respirações estava acelerada e eu encostei Meus lábios na curva do seu pescoço relaxando apenas quando a última gota do meu líquido estivesse dentro da Jack.

Rolei para o lado puxando Jack para cima de mim, ela sorriu tocou no meu rosto com umas das mãos afastando a boca da minha.

Jack; estou perdoada ?

Eu sorri e acariciei suas nádegas nuas.

Bruno; por enquanto sim !

Depois de alguns minutos nos levantamos , tomamos outro banho trocamos de roupa, peguei minhas coisa e a Jack a bolsa dela é seguimos para o elevador, entramos.

Estamos no elevador quando ele para o cara entra , abrindo um sorriso pra jack. Que porra é essa ?

Jackson; bom dia menina do elevador !

Jack; bom dia Jackson!

Saiu de trás da Jack e a encaro , querendo uma porra de uma explicação e espero que esse caralho seja bem explicado .


Notas Finais


Boa noite ! Ai meus Deus... Mais ciúmes 🙄😏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...