História It's a secret - Capítulo 29


Escrita por: ~

Exibições 901
Palavras 1.985
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura.


Hayley e Taylor.

Capítulo 29 - Distancia.


Fanfic / Fanfiction It's a secret - Capítulo 29 - Distancia.

Sofia Pov.

Assim que Camila e eu voltamos para a areia ela trocou de lugar comigo, ela está realmente evitando Lauren e eu estou curiosa pra saber o porquê de tudo isso, Camila é muito reservada quando está com alguém, eu demorei três meses pra descobrir que ela ficava com a Lucy.

Passamos aquele domingo todo brincando e conversando, Vero se tornou uma de nós, mas Lauren nada, ela só continuou olhando discretamente para Camila enquanto fingia ler aquele livro.

Segunda feira, finalmente chegou, eu fui pra escola animada com a ideia de falar com a Gabi, não sei se ela vai querer falar comigo mas preciso tentar esclarecer tudo.

-Bom dia -Amanda disse me secando.

Eu revirei os olhos sobre o olhar de Gabi e fui me sentar no meio de minhas amigas, isso evita que elas se matem.

-Bom dia -Hayley disse dando um beijo em minha bochecha, ato que fez Taylor virar o rosto e eu ficar confusa.

-Bom dia baixinha -eu falei sorrindo- bom dia loira.

-E aí latina, como foi o final de semana ?.

-Legal, eu fui até a praia com minha irmã -disse sorrindo.

O professor chegou e nos logo ficamos quietas durante a aula, eu olhava para Gabi com a maior paixão, sinto saudades da minha morena, depois que a aula acabou as meninas levantaram e eu fui até a mesa de Gabriela antes que ela fugisse.

-Oi Gabi, podemos conversar rapidinho ?.

-Sobre o que ? -ela perguntou desviando o olhar de mim.

-Só quero conversar -eu disse e ela olhou em meus olhos para logo depois desviar o olhar.

-Melhor não Sofi.

-Esta com medo -eu disse a desafiando e ela sorriu negando- então vamos conversar.

-Você não muda né -ela disse me encarando- sobre o que quer conversar ?.

Ela tirou a mochila das costas e sentou-se sobre a mesa de frente pra mim.

-Quando terminou comigo você disse que "eu mereço coisa melhor" -falei fazendo aspas com o dedo- o que quis dizer com isso ?.

-Você sabe o que eu quis dizer com isso -ela falou me encarando.

-Pra falar a verdade não -eu disse me aproximando dela.

-Eu não tenho dinheiro Sofi, não posso te dar uma boa vida, nem posso ser uma boa namorada pra você, você não me merece.

-Eu te amo sua idiota -eu disse fazendo carinho em sua nuca- eu não ligo pra isso, nunca liguei.

-Eu ligo, não gosto de não poder te dar um presente de namoro, ou te levar pra sair -ela disse tirando minhas mãos de sua nuca- me desculpa.

-Não Gabi eu não desculpo, isso não faz sentido, eu não ligo pra essas coisas, nunca liguei e nem vou ligar, se você me ama volta pra mim.

-Não Sofi, me desculpa -ela disse me empurrando e saiu da sala.

Eu suspirei e fui encontrar minhas amigas, não vi nenhuma das duas pelo pátio então fui até o banheiro pra não ficar no mesmo ambiente que Amanda, eu fiquei usando meu celular até que duas meninas saíram da cabine do banheiro e eu fiquei de boca aberta quando vi as pessoas.

-Eu não acredito -eu disse surpresa ao ver Hayley e Taylor- vocês estavam se pegando.

-Não -Taylor disse nervosa.

-Eu só estava ajudando ela a fechar o sutiã -Hayley disse também nervosa- né Tay ?.

-Sim, claro -ela rapidamente concordou.

-Vocês estão ficando -disse sorrindo animada e as duas se olharam assustadas.

-Tecnicamente não estamos ficando -Hayley disse- ficamos duas vezes então não estamos ficando.

-Eu sabia que tinha algo de estranho com vocês, quando isso começou ?.

-No cinema ontem -Taylor falou com as bochechas rosadas.

-Quero detalhes, muitos detalhes.

-Eu queria sair e você tinha saído com sua irmã, ai eu mandei mensagem pra Hay chamando para ir ao cinema.

-Eu não estava fazendo nada então eu aceitei, nos sentamos na última fileira e começamos a assistir o filme, mas do nada eu fiquei com vontade de ficar com ela e pedi.

-E você disse o que ? -perguntei a Taylor.

-Que não -ela disse rindo- mas depois pensei melhor e a beijei.

-Que lindas, já quero aliança e pedido de namoro fofo -eu disse sorrindo e elas reviraram os olhos.

-Ridícula -elas falaram juntas.

-Falou com ela ? -Taylor perguntou sentando na bancada do banheiro e Hayley ficou no meio de suas pernas.

-Falei, ela negou -eu disse suspirando- eu fiz minha parte, fica com ela agora.

-Ela é idiota, nunca vai admitir.

-Vamos pra sala -falei respirando fundo- logo acaba o intervalo.

-Claro.

Elas concordaram mas ficaram paradas e notei que elas queriam se pegar.

-Ok já entendi -eu disse rindo e sai do banheiro.

Quando sentei na minha mesa o alarme indicando o fim do intervalo soou e logo a sala começou a encher, Hayley chegou primeiro e logo foi se sentar em seu lugar, logo Taylor chegou e se sentou também em seu lugar, começamos a conversar sobre assuntos aleatórios até o diretor chegar e nos ficarmos quietas.

-Oi gente -ele disse animado- tenho algo legal pra falar pra vocês, daqui a uma semana é a viagem da escola e eu estava falando com alguns professores até que chegamos a uma conclusão, pausa dramática -ele disse rindo- eu decidi que os bolsistas vão para a viagem conosco de graça -ele disse e muita gente comemorou- então quem quiser ir passa na minha sala pra pegar aquela papelada para os pais.

Ele saiu da sala e começou a falação, eu fiquei animada com a ideia de Gabi ir mas mantive pra mim.

-Acha que ela vai ? -Hayley perguntou.

-Não sei -eu disse a encarando- mas espero que sim.

Lauren Pov.

Eu estou tentado mudar de escola pra evitar Camila, mas sinceramente eu não estou conseguindo, parece que tudo é uma obra fudida pra sempre estar no mesmo ambiente que ela.

-Oi bebê -eu disse para Lana assim que entrei em meu quarto.

Ela miou e se deitou ao meu lado na cama, fiquei deitada pensando em como não pensar em Camila, mas não é fácil.

-Queria ser menos complicada -eu disse sorrindo- queria ser menos enigma.

Meu celular tocou indicando o número de Veronica e eu atendi confusa, ela nunca me liga.

Ligação on.

•Precisamos conversar -ela disse assim que atendi- abre aqui.

•Esta aqui em casa ? -perguntei descendo as escadas.

•Sim, abre logo.

Ligação off.

Ela desligou na minha cara e eu fui até a porta com um certo receio, fiquei aliviada quando abri a porta e vi Vero sorrindo.

-O que faz aqui ? -perguntei dando espaço para ela entrar.

-Não tive a oportunidade de falar com você ontem, precisamos conversar sobre você e Camila.

-Esse assunto de novo ? mas porque raios todo mundo quer que eu fale sobre ela.

-Lauren ta nítido que ela gosta de você.

-Beleza, já entendi, agora o que eu tenho a ver com isso.

-Simples ué, você também gosta dela.

-Não eu não gosto -disse irritada.

-Ta, vou fingir que acredito, agora me explica que merda você fez na sexta ?.

-Nada, como sabe sobre sexta ?.

-Tenho minhas fontes.

-Lucy ?.

-Sim -ela disse e eu entendi tudo- agora quero saber, o que você fez ?.

-Eu beijei ela -falei sincera.

-Serio ? -ela perguntou animada- qual a sensação ?.

-Eu achei incrível, mas não sei o que ela achou eu só beijei ela a minha vida toda -falei envergonhada.

-Não precisa ter vergonha disso, agora eu quero saber o que rolou depois.

-Ela pediu pra dormir comigo e eu neguei, aí ela ficou triste e me disse umas coisas depois foi embora.

-Que tipo de coisas ?.

-Que uma hora eu quero e outra não quero.

-Ela tem razão, você precisa se decidir e parar de brincar com a garota.

-Não estou brincando com ela, só não quero nada com ela.

-Então não se aproxime mais, está magoando a menina e a você mesma.

-Me magoando ?.

-Sim, não vê que está apaixonada por ela, para de ser boba e vai tentar algo com a menina.

-Não Vero -eu disse decidida. 

-Ok Lauren -ela disse irritada e levantou do meu sofá- faça o que quiser. 

Ela foi embora e eu continuei em meu sofá deitada ate acabar pegando no sono. 

Acordei no dia seguinte com dor nas costas, não deveria ter dormido no sofá,  me espreguicei e fui tomar um banho pra ir pra escola, cheguei primeiro que todo mundo como sempre e fiquei na minha  durante todas as primeiras aulas, no intervalo eu me toquei que não trouxe nenhum livro então mudei meu caminho e fui até o lugar secreto de Camila,  mesmo sabendo que poderia encontrar com ela eu fui e ela não estava lá,  um lado de mim ficou feliz por isso,  outro não.

Camila Pov. 

As meninas estavam insuportáveis,  todas falando de seus pares e de como estão felizes com as pessoas que gostam, eu não aguentei esse assunto e levantei da mesa discretamente para ir ate meu lugar secreto,  olhei ao redor só pra ver se não tinha ninguém olhando e fui ate meu cantinho, assim que respirei fundo sentindo o cheiro das flores, também senti o perfume de alguém.

-Lauren ? -eu perguntei quando vi ela.

-Camila -ela perguntou surpresa- o que faz aqui ?.

-Meu lugar -eu disse indo sentar no banco que tem ali- eu não deveria ter te mostrado isso aqui.

-Posso ir embora se quiser -ela disse levantando.

-Faz o que quiser, só quero ficar quietinha -eu disse e me deitei no banco e fechei os olhos.

-Você esta bem ? -ela disse e eu abri os olhos pra ver ela vindo em minha direção.

-Sim, só estava cansada de ficar lá fora, queria um lugar calmo.

-Estou te atrapalhando, vou ficar quieta -ela disse e se sentou perto de mim.

Fiquei em silencio olhando ela enquanto a mesma me olhava, eu realmente não entendo essa menina, o que ela quer de mim ?.

-O que quer de mim Lauren ? -perguntei.

-Distancia -ela disse sincera e eu sentei olhando pra ela.

Ficamos em silencio por um tempo, eu apenas olhava pra ela triste enquanto ela me encarava com um rosto indecifrável, cansei desse joguinho dela e levantei para ir pra sala, talvez o único lugar onde eu possa ter paz.

-Mas eu não consigo -ela disse quando eu estava quase saindo- eu não consigo ficar longe de você.

-Mas que merda Lauren -eu disse triste- o que você quer de mim ? eu não te entendo, vai continuar com seus joguinhos ? eu não quero me magoar mais...

Ela levantou do banco e me puxou pela cintura enquanto eu a empurrava, mas ela é mais forte e segurou meus braços.

-Me solta -eu disse irritada- você não vai fazer isso de novo, me beijar e depois não me querer mais.

Ela não falou nada, apenas me beijou, me beijou com muita vontade, como se estivesse querendo esse beijo a tempos, eu a principio fiquei meio tensa mas quem estou querendo enganar, o beijo dela é bom demais pra recusar.

-Eu te quero -ela disse baixinho- mas ao mesmo tempo não te quero, eu sou confusa.

-Porque não me explica ? -eu perguntei baixinho também.

-É segredo.

Ela abriu os olhos e ficou me encarando com aquelas esmeraldas verdes, eu não soube o que responder, eu não sabia o que fazer como sempre.

-E agora ? o que eu faço ? você vai continuar me chamando só quando quer ? e quando eu quiser ?.

-Te vejo aqui amanhã ? -ela perguntou quando o sinal do intervalo tocou.

-Pode ser -eu disse sorrindo.

-Acho que agora é nosso lugar -ela falou e me deu um selinho pra sair sorrindo sapeca.

-Eu to apaixonada pelo seu beijo  hoje -eu disse baixinho passando os dedos sobre o lábio onde ainda estava o gosto do beijo dela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...