História It's all coming back to me now - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Romance, Viagens
Exibições 5
Palavras 1.179
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eu estou morta por esse capítulo! Se segurem! ❤

Capítulo 4 - Grease


Fanfic / Fanfiction It's all coming back to me now - Capítulo 4 - Grease


-Fanny, meu amor! - Malia pulou em cima de mim, jogando meu corpo na cama.

-Quanta animação, a noite foi boa é? -Dei um sorriso malicioso pra minha amiga que ficou vermelha

-Não tem nada melhor pra fazer? Dar uns beijinhos no Nicky? 

-Pode parando tá? Precisamos sair e comprar fantasias!

-Por quê?

-Hoje a noite vamos para uma festa fantasia e quero ver você com o Nicky!

-Meu deus Malia! 

Assim que descemos para o hall do hotel encontramos Cory e Nicky jogados nos sofás.

-Nós estamos indo! 

-A gente até iria com vocês mas e o Cory precisamos resolver alguns problemas e a gente se vê as 18:00!

-queremos vocês duas lindas e maravilhosas pra festa. 

-Como se a gente não fosse né? -Joguei meu cabelo pra trás, enquanto Malia fazia uma pose de modelo atrás de mim. 

-Mais do que já são. -Nicky piscou pra mim e eu quis esconder meu rosto 

-Depois a gente se vê amor e amor da Fanny - Malia me puxou e reclamou o caminho todo pelo tapa que eu dei.

Meu Instagram estava cheio de fotos das praias que o táxi passou durante o caminho até notar muitas mensagens chegarem em meu celular 

Cory criou o grupo "Quarteto fantástico"

Adicionou você
             Adicionou Malia
             Adicionou número desconhecido

Cory: Lembrem de comprar uma fantasia pra gente!
             você:me poupe seu folgado!


Malia estava com uma fantasia de Mário e tentava me convencer a usar a de irmão de Mário 

-Não vou! Eu nem lembro o nome dele! Por que tenho que ser o irmão do Mário?

-Tudo bem, sem problemas -Ela tentava não rir de mim.

-Eu quero ir de bonequinha de luxo!

-Fanny, tenho algo melhor pra você...

Nicky, no hotel com Cory.

- Eu estou morrendo de medo Nicky, e se ela falar não?

-Cory, ela nunca falaria não! Mas temos que ir rápido se você quer fazer um bom número e a Fanny não vai conseguir negar fantasias por tanto tempo.

Depois de muitos "não pisa no meu pé" "você está girando pra lado errado Cory!" o número de dança para a noite já estava preparado eu encarava minha roupa de Danny Zuko do Grease.

-Fiquei sabendo que alguém precisa da ajuda de uma Mad aqui!- Malia entrou no quarto com uma grande bolsa em sua mão, seus cabelos loiros claros estavam escondidos por uma peruca verde água e roxa, com uma pequena xícara em sua cabeça, vestia uma roupa semelhante a uma de boneca com os mesmos tons da peruca.

-O que você é?

-Madeline Hatter, filha do chapeleiro maluco ao seu dispor, Danny Zuko.

-O que você vai fazer com essa coisa? -aponto para o secador na mão da mesma.

-Te transformar no Zuko, assim como fiz com a sua futura velha namorada. 

-ELA VAI DE ZUKO TAMBÉM????

-Claro que não seu idiota!

-e o Cory?

-Dexter Charming! 

-Deixa eu adivinhar, seu namoradinho?

-Na verdade ele gosta de outra personagem mas eu amo o meu Coryzinho de óculos.

-Vocês são tão coladinhos.


Malia não deixou nem eu e nem Cory ver Fanny até chegarmos lá, soube que ela saiu em um carro antes do nosso e com certeza já estava lá. 

O pub tinha uma sacada que dava direto para a praia, ele não era tão escuro quanto os outros e tinha uma coisa praiana mesmo, Malia nos sentou em um sofá e começou a tagalerar sobre o quanto foi difícil encontrar nossas roupas e só percebi que aquilo era uma distração quando ela falou:

-Tenho prazer de apresentar minha querida obra prima Sandy Olsson! 

Fanny apareceu com as roupas pretas de Sandy e o cigarro apagado em seus dedos e então percebi que Malia planejou as nossas fantasias.

-MALIA! -Eu e Fanny gritamos ao mesmo tempo porém o holofote impediu a pequena Fanny de pular em cima da amiga para bater na mesma 

- Ora ora temos um casal Grease aqui! -uma voz animada soou de cima do palco- Venham aqui Sandy e Danny! 

Malia e Cory estavam abraçados vendo os dois amigos indo em direção ao palco 

-Você é brilhante amor.

-Eu sei.

-I got chills, they´re multiplyin´, and I´m losin´ control, cause the poweryou´re suplyin, it´s electrifyin! -Nicky tirou e rodou o cardigan vermelho e branco em seus braços, encarando o fundo dos olhos de Fanny.

-You better shape up, cause I need a man and my heart is set on you, you better shape up, you better understand, to my heart I must be true. -Fanny cantava enquanto Nicky juntou o quadril dos dois e moviam os mesmos em sintonia.

Poderiam dizer que aquela era a melhor versão de Sandy e Danny atualmente, no final da música, Fanny tomou a brecha para chama seu amigo ao palco, durante a performance de Summer Nights logo após a da que iniciou o Grease Live da noite, ela tinha bebido alguns copinhos com líquidos que ela nem sabia o que era o que a deixou um pouco mais alterada.

-Eu quero chamar um amigo maravilhoso nosso - ela apontou pro Nicky que segurava sua cintura com força com medo da mesma cair, poderia ouvir as gargalhadas de Malia a dez quarteirões afastados do Pub.

-Cory, vem aqui! - Cory se juntou ao dois suspirando fundo.

-Exatamente nesse dia eu conheci uma pessoa muito especial pra mim, nunca achei que encontraria alguém que me aceitasse e me completasse do jeito que eu sou, mesmo sempre querendo colocar umas coisas estranhas na minha cara. -ele riu, apontando pro óculos.- por causa desses dois eu conheci o amor da minha vida, a pessoa mais importante pra mim que se eu tivesse ela ao meu lado enfrentaria qualquer pessoa, animal, ou et.

-e é por isso que ele quer te falar uma coisa -Nicky disse, tirando seu olhar de Fanny que chorava com um sorriso bobo no rosto e pousando na sua melhor amiga. 

-It's a beautiful night, we're looking for something dumb to do, Hey baby i think I wanna marry you -Cory cantou o primeiro verso descendo do palco e andando até sua namorada que chorava e ria ao mesmo tempo.

-Is it the look in your eles, or is it this dancing juice?who cares, baby? I think I wanna marry you -Fanny cantou, direcionado seu olhar para Nicky que sorriu fraco.

-Well, I know this little Chapel, on the boulevard, we can go no one will know, oh, come on, girl -Nicky rodou o corpo de Fanny ouvindo sua risada alta enquanto cantava, ela fechava os olhos e apenas ouvia a voz harmoniosa de Nicky entrar em seus ouvidos.

-Don't say no, no, no, no, no, just say yeah, yeah, yeah, yeah, yeah, and we'll go, go, go, go, go, if you're ready like I'm ready! -e então naquele momento o público todo ficou em silêncio esperando a resposta da garota.

-Quem liga Baby? Eu acho que quero me casar com você! -Malia berrou pulando em cima de Cory.

-adoraria me casar com você, Nicky! -Fanny puxou o rosto de Nicky e colou os lábios dela nos dele. 


 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...