História It's all coming back to me now - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Romance, Viagens
Exibições 2
Palavras 969
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura ❤ deixem um comentário!

Capítulo 8 - No me gusta!


Fanfic / Fanfiction It's all coming back to me now - Capítulo 8 - No me gusta!

Já fazia um mês que havíamos voltado do Havaí, Nicky não respondia minhas mensagens e muito menos minhas ligações, Malia estava estranha desde que voltamos de viagem, ela não bebia mais na sextas de farra e muito menos comia de tudo, eu havia conseguido uma consulta na kleinfeld para Malia, Chris e eu estávamos querendo um pnina tornai.

-Eu e Cory estávamos pensando passar o casamento para o mês que vem.

-Por que tão cedo? Não dá nem pra provar todos os doces que existem no Estados Unidos.

-Vamos se dizer que vamos ter uma novo ou nova participante das sextas de farras.

-Você fez novos amigos? - Eu gritei, olhando com mágoa para Malia.

-Como pode ser tão devagar? -Chris me abraçou sorrindo abertamente, como ele poderia sorrir com nossa amiga trocando a gente por um novo Chris e outra Fanny.

-EU ESTOU GRÁVIDA! -Ela deu uns pulinhos junto de Chris e meu cérebro raciocinava tudo ainda.

-Ai meu deus!

-Você tá grávida! Isso é tão bom! -Sorri, falando tudo bem devagar por estar raciocinando.

-Estamos muito felizes por vocês dois, vão ser ótimos pais. -Chris abraçou a garota me puxando para o abraço em grupo logo depois. -Temos que escolher um vestido agora então, você vai estar fabulosa!

No final do dia estava definido que as cores das madrinhas seriam rosa, que Chris e Nicky ficariam longe da mesa de bebidas alcoólicas e durante a festa seria distribuídos óculos de sol neon.

-Você não vê Nicky a quanto tempo Malia?-Chris tirou a atenção que antes estava presa no carinha sentado na mesa ao lado e focou na loira que estava engasgada com o café.

-Eu não sei se posso falar.

-Ela merece saber, fala!

-É complicado!

-Podem parar de falar como se eu não estivesse aqui?

-Eu não vou falar, toma aqui o endereço dele!

-Meu deus, qualquer coisa estou na mesa ao lado com o gatinho ali.


O táxi parecia demorar mil anos para conseguir chegar no apartamento de Nicky, e enquanto o trajeto era feito eu só me perguntava o por que de nada dar certo quando o assunto é Nanny, ou Ficky, talvez era só o universo me falando pra desitir e aceitar que o amor da minha vida é o Chris e que estou destinada a ficar sozinha pelo resto da amargura que chamo de vida, talvez posso adotar um cachorro e ver ele como meu filho ou mimar muito a bebê de Cory e Malia.

-Dona, nós chegamos.

-acha que pareço velha? -puxei um pouco a pele do meu rosto encarando o mesmo no retrovisor do carro.

-Senhorita, com todo respeito você é muito bonita.

-Não acha meio normal?sem nada de diferente.

-Acho muito bonita, quer que eu espere?

-Não, obrigada o senhor é muito gentil -deixo mais dinheiro que o necessário e corro até o porteiro.

-Hmm, olá!

-Olá senhorita, como posso ajudar?

Assim que olhei para o porteiro pensei que Nicky não deveria ter deixado minha entrada liberada, era óbvio, então lembrei que Cory morava no mesmo prédio e eu sabia um ótimo plano.


-Ya sabes que me haga saber si puedo subir en el apartamento 3? -Fiz uma cara de intelectual e o senhor me olhou como se eu fosse de outro mundo.

-Senhora eu não sei o que falou, pode repetir?

-Sabes se eu puedo subir apartamento 3! Cory! -falei palavra por palavra sem pressa nenhuma esperando ele liberar a chave na hora para uma imitação barata de Latina.

-Qual seu nome?

- Fanny...Mott.... Martinez! 

-Tem uma Fanny Mott na lista do Cory, pode subir. -ele me entregou a chave e eu estiquei pra abraçar o pescoço dele.

-OBRIGADA. -Entro no elevador apertando o botão do andar de Nicky muitas vezes, até dançava tentando não ficar nervosa, nem sei se estou mais nervosa por Nicky ou pelo resultados das audições do remake de Funny Girl.

Procuro o apartamento de Nicky e assim que acho aperto a campainha como se ela fosse salvar minha vida, sou interrompida pela porta sendo aberta revelando uma morena vestindo uma camiseta que eu comprei com Nicky no Havaí.

-No me gusta ser acordada no meio da noite!

-Este é o apartamento de Nicky Motgomery? -Minha voz saía fraca e eu pedia que fosse o apartamento errado.

-é sim, quem é você? -um sorriso maligno estava plantando em seu rosto e eu estava sem reação.

-Não importa, ele está? 

-Ele saiu pra comprar doce, se quiser esperar.

-Posso entrar?

-Claro, meu nome é Yovanna, mas me chamam de Snixx.

-Como você conheceu ele?

-Faz um dois anos, eu estava no bar sozinha e ele pediu pra dançar comigo, a noite pegou fogo!

-Oh sim, eu posso usar o banheiro? 

-Claro, é ali naquela porta!

Assim que tranquei a porta do banheiro senti a minha pressão cair que nem o frasco de creme que eu havia derrubado sem querer, minha respiração estava lenta e o banheiro parecia ficar menor a cada segundo, pego a carta que estava no bolso do meu casaco e a leio sentindo a raiva, o orgulho e o amor que eu sentia por esse idiota se misturarem dentro de mim, eu havia sido aceita, eu era a nova Fanny dos musicais, e eu não preciso de homem nenhum atrás de mim.

Assim que saio do banheiro vejo a tal Snixx no sofá vendo um programa qualquer deixo a carta no armário que segurava a tv e olho para ela com um olhar de "não toque" aperto meu casaco em meu corpo assim como ajeito o chapéu que cobria meu cabelo e quando abro a porta para sair encontro Nicky com um sorriso feliz e uma torta de morango na mão.

-Fanny, você veio.

-Boa sorte com a Snixx. -bato a porta e desço a escada da maneira mais dramática possível, canalha. 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...