História It's Just The Beginning - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Anna, August Wayne Booth (Pinóquio), Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Elsa, Emma Swan, Henry Mills, Lilith "Lily" Page, Marian, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Mérida, Personagens Originais, Princesa Aurora, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Vovó (Granny), Will Scarlet, Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Ouat, Swanqueen
Visualizações 80
Palavras 4.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Me desculpem qualquer erro e boa leitura, bjs. 😘

Capítulo 7 - Primeiro beijo...


Fanfic / Fanfiction It's Just The Beginning - Capítulo 7 - Primeiro beijo...

   Narrador Pov

Emma levantou cedo, fez sua higiene matinal, trocou de roupa e logo desceu para o café da manhã.

- Bom dia! - a loira disse entrando na cozinha e indo em direção a geladeira pegar uma jarra de suco.

- Bom dia, Emma! - Belle disse sorrindo terminando de colocar tudo a mesa. - Dormiu bem?

- Ótima, e você? indagou Emma se acomodando em uma cadeira.

- Também! - disse Belle e se sentou de frente a Emma.

- Tia, eu preciso conversar com você sobre um assunto... - Emma exclamou e tomou um gole de seu suco de laranja.

- Prossiga! - disse Belle parando o que estava fazendo e cerrou os olhos para a loira com uma expressão preocupada.

- Bom... eu queria te agradecer... - começou. -... te agradecer por tudo que fez e esta fazendo por mim. Eu só te chamo de tia por respeito e porque você conviveu com a minha mãe, mas é como se não tivéssemos uma relação de tia e sobrinha, mas sim de boas amigas. - Emma disse e olhou para Belle que assentiu para que continuasse. - Mesmo que não tenhamos o mesmo sangue eu sinto que temos uma ligação muito grande. Você sempre se preocupa comigo, sempre é cuidadosa e sempre muito compreensiva. Eu sei que não sou capaz de muita coisa, e as vezes até me sinto insignificante... - a loira disse e olhou para Belle que estava com um olhar de repreensão pela última frase que havia dito. Emma desviou o olhar, suspirou e continuou. - ... Mas você me ajudou muito e eu fico tão feliz com isso. Agora você tem a Zelena e eu espero que vocês realmente dêem certo, porque você, com certeza merece tudo de bom. Muito obrigada por tudo. - encerrou Emma e começou a comer suas panquecas esperando a resposta de Belle.

- Olha só, minha querida... - disse Belle sorrindo. - Você não precisa me agradecer por nada, eu não fiz nada demais, mas sempre me preocupo com você, de coração. Eu faria qualquer coisa pela minha amiga. - Belle disse e a loira riu se lembrando do que havia falado sobre a relação das duas não ser de tia e sobrinha, mas sim de amigas. - Eu estou muito feliz com Zelena e também espero que tudo dê certo. - Belle disse e após alguns segundos mudou sua expressão para séria. - Mas que história é essa de você não ser capaz de muita coisa? Emma, querida. Você é capaz de muito. Acredite em si mesma e na sua capacidade, pois eu acredito! Você tem que pensar mais em você, não pode dizer essas coisas e nem pensar nisso, seja otimista. Um passo à frente e você não está mais no mesmo lugar. - encerrou e se levantou indo de encontro a Emma lhe abraçando.

- Você é maravilhosa, tia! - murmurou a loira.

- Eu que tenho que lhe dizer isso, querida! Não fale mais isso de você mesma, okay? - perguntou Belle se separando de Emma e a olhando fixa nos olhos.

- Ta bom! - respondeu a loira passando as mãos nos olhos que estavam lacrimejados.

- Vai sair mais tarde com Regina? - indagou Belle voltando ao seu lugar para terminar o café.

- Vou! Passarei lá para buscar ela e depois iremos ao Granny's. - Emma disse.

- Okay! Mas ao terminar o café já arrume suas malas para a viagem, pois já é amanhã em! - Belle disse em tom agitado.

- Pode deixar! - disse Emma rindo da alegria de Belle.

Terminando o café a loira subiu para arrumar as malas e logo depois foi ajudar Belle com alguns afazeres na casa e a fazer o almoço. Após o almoço lavou as louças e subiu para seu quarto ler até a hora de ir a casa de Regina.

[...]

Regina Pov

Eu havia acabado de me arrumar para sair com Emma, sentei no sofá ligando a TV para me distrair até que a loira chegasse. Não tardou muito e ouvi batidas na porta, corri em direção a mesma imediatamente. Ao abrir a porta vi Emma com um sorriso tímido no rosto e as mãos nos bolsos da calça, usava uma jaqueta vermelha, e o cabelo estará solto com algumas ondas. Como eu amo aquelas ondas em seu cabelo, é realmente muito lindo! Fiquei alguns segundos apenas a admirando sorrindo para a mesma.

- Esta pronta? Podemos ir? - Emma disse atraindo minha atenção e me tirando de meus pensamentos.

- Claro! Só um minuto! - disse e fui ao encontro de Zelena para avisar que já estava saindo.

Fomos caminhando até o Granny's conversando sobre assuntos aleatórios.

- Olha, você não se incomode com minhas amigas. A Ruby e a Rose são meio doidinhas! - Emma disse fazendo uma careta o que me fez gargalhar.

- Tenho certeza que vou gostar delas, Emma! - disse para a loira que me olhou séria.

- Não mais do que de mim! - Emma disse e eu ri.

- Não, Emma. Não mais do que de você! - respondi e vi a loira suspirando aliviada o que me fez sorrir.

Logo que entramos no Granny' duas garotas, uma loira e uma morena, vieram em nossa direção rapidamente com enormes sorrisos e abraçaram Emma, confeço que aquilo me deixou com um pouco de ciúmes, mas me contive. Afinal, por quê eu estaria com ciúmes?

- E quem é essa gostosa aqui? - Uma das garotas disse com as mãos na boca e me avaliando por inteiro.

- Nossa, Ruby! Como você é discreta! - Emma disse com as sobrancelhas arqueadas e as mãos nas cinturas.

- Ora, mas é verdade! Nós apresente, Swan. - a garota loira falou e vi Emma revirando os olhos, estara tão fofa com uma expressão de brava no rosto.

- Garotas, esta é Regina! Regina, essas são Ruby e Rose! - Emma disse e nos apresentou. - Ela veio morar aqui em Storybrook com a irmã. - completou Emma.

- E a irmã é tão linda quanto você? - Ruby indagou sorrindo e vi Emma revirar os olhos novamente o que me fez rir.

- Ela é sim! Mas já esta comprometida! - eu disse e dei uma piscadela para Ruby.

- Que pena! Mas ainda tem uma irmã! - disse Ruby.

- Já chega! - Emma disse em tom sério. - Vamos nós sentar! - exclamou a loira empurrando as amigas para a mesa e me olhando com um olhar de desculpa.

- Nossa, Emma! Que violência! Por a causo esta com ciúmes de Regina? - Rose disse se sentando e olhei para Emma também esperando a resposta, a loira ruborizou de imediato.

- C-claro que não! - Emma falou gaguejando e olhou pra baixo.

- Aaaa, ela está mesmo com ciúmes! - Rose disse cutucando Ruby e as duas riram, Emma levou as mãos ao rosto tentando se esconder.

- Não estou com ciúmes, gente! Que besteira! - Emma disse brava e fazendo bico.

- Claro que não! - Rose disse em tom irônico e nós todas rimos.

Várias conversas surgiram, contei as duas sobre a viagem que faríamos, e também outras coisas. Até que alguém entrou no Granny's indo em nossa direção.

- Oi, Emma. - disse um rapaz com um sorriso tímido, mas percebi que Emma o viu mas fingiu que o rapaz nem estava ali.

- O que você quer? - Rose perguntou séria para o rapaz.

- Quero conversar com Emma! - respondeu olhando para Emma que revirou os olhos e depois se virou de frente para ele.

- O que você quer conversar, Killian? - Emma perguntou curta e grossa para o rapaz que engoliu em seco.

- Pode ser em particular? - o rapaz perguntou nos olhando e eu arquiei uma sobrancelha pensando o que seria que ele queria falar com Emma que tinha que ser em particular.

- O que tiver pra falar pode dizer na frente delas! - Emma disse.

- Okay! - o rapaz disse e suspirou pesadamente. - Em primeiro lugar eu quero me desculpar pelo ocorrido no cinema aquele dia, eu não devia ter lhe dito aquelas coisas, quero que saiba que foi tudo por impulso, eu estava com raiva, a Elsa não tem razão de nada. E em segundo lugar, quero me desculpar por ter te abandonado e ir andar justo com a pessoa que não gosta de você e lhe trata tão mal no colégio, por ter demorado tanto tempo para vir pedir desculpas e compreender como a Elsa é. - o rapaz disse revirando os olhos, e nós três apenas o escutavamos.

- Então quer dizer que agora que a Elsa te mete o pé na bunda, você vem falar com a Emma e se desculpar? - Ruby disse elevando o tom da voz e Emma a olhou assustada.

- E-eu... sinto muito, mesmo! Eu não devia ter feito isso, me desculpa, Emma? Por favor? - o rapaz disse em súplica com os olhos marejados e Emma não se conteve.

- Tudo bem, Killian! Eu te perdôo! - Emma disse sorrindo, Ruby e Rose as olharam incrédulas.

- Vai perdoar assim tão fácil? - Ruby disse indignada enrugando a testa e colocou as mãos na cintura.

- Eu não guardo rancor por muito tempo, Ruby! - Emma disse e riu o que me fez rir também.

- Ora, mas devia! - Rose disse brava e cruzou os braços.

- Eu não sei o que o rapaz fez para Emma. - eu disse apontando para Killian. - Mas ela tem razão em não guardar rancor, esse sentimento é muito ruim!

- Que seja! - Rose disse dando de ombros. - Mas você vai ter que provar para nós que esta arrependido! - a loira disse e cerrou Killian com os olhos e o mesmo estremeceu.

- Nossa... farei o possível para me redimir! - o rapaz disse sorrindo para Emma que retribuiu e eu revirei os olhos com aquilo.

- Bom mesmo, Kill! - Ruby disse.

- Quer se sentar com a gente? - Emma perguntou dando espaço ao seu lado para o rapaz.

- Eu já tenho que ir. Mas antes preciso convida-lás para uma festa. Vocês todas podem ir! - o rapaz disse olhando todas e parou o olhar em mim. - Aliás, não fomos apresentados, Killian! - ele disse me estendendo a mão.

- Regina! - eu disse apertando sua mão e logo quebrando o cumprimento.

- É nova aqui, Regina? - Killian me perguntou.

- Sou! - respondi grossa.

- Bom, mas se é amiga de Emma pode ser minha também né? - o rapaz disse sorrindo para mim.

- Talvez... - respondi e todos me olharam.

- Okay! - o rapaz disse dando de ombros e olhou para Emma. - Vocês vão?

- Ah... não sei... - Emma respondeu receosa.

- Nós iremos sim! - eu respondi de imediato e Emma me olhou confusa. Nem sei porque eu respondi que iriamos.

- Nós quatro vamos! - disse Ruby.

- Então eu te mando por mensagem o endereço, e até mais tarde! - Killian disse e saiu do Granny's se despedindo de nós.

- O que foi isso, Regina? Nós temos a viagem amanhã! - Emma me disse baixo.

- Mas é amanhã, e não hoje! Vamos aproveitar, Emma! O que me diz? - perguntei e sorri.

- O que você me pede que eu não recuso? - Emma disse e nós duas rimos.

- Nada, Emma! - respondi com um sorriso de lado. - Mas, o que foi aquilo que ele disse sobre essa tal de Elsa que te trata mal? - indaguei.

- Ah, não é nada! Só uma garota e seu grupo que implicam comigo as vezes. - Emma disse com a cabeça baixa.

- As vezes? A guria implica com ela todos os dias! - Rose disse de imediato.

- E vocês não fazem nada? - indaguei com as mãos na cintura fitando Rose e Ruby seriamente.

- Ah, a gente defende quando vê, mas não gostamos de lidar com a Elsa. Ela é... - Ruby disse dando de ombros e eu a olhei balançando a cabeça em negação.

- Emma, você não pode deixar isso acontecer mais! - disse colocando minhas mãos sobre as de Emma que estavam em cima da mesa e ela me olhou com uma expressão confusa. - Nós iremos dar um jeito nisso, okay? - eu disse e Emma apenas assentiu.

[...]

Narrador Pov

As quatro chegaram cedo na festa e ainda haviam poucas pessoas. Emma trajva um vestido branco com alguns detalhes em renda que ia até um pouco acima dos joelhos, Regina um vestido curto preto e o que chamava mais atenção era o decote.

- Emma, vamos buscar alguma coisa para bebermos! - disse Rose puxando Emma para o meio da festa.

Regina e Ruby se sentaram em um sofá no canto do local que estava pouco iluminado para esperarem por Emma e Rose.

- Voltamos! - disse Rose com dois copos nas mãos e Emma com mais dois.

- Até que enfim! Eu já estava indo atrás das duas! - Regina disse divertida.

- Atrás das duas ou atrás da Emma? - disse Rose com um sorriso malicioso e Emma arregalou os olhos.

- Olha, talvez em! - Regina respondeu dando uma piscadela para a loira e tomou um gole de sua bebida, Emma ruborizou de imediato com a resposta da morena.

- Vamos dançar gente? - perguntou Ruby animada indo para a pista de dança, Emma e Rose também se levantaram para acompanha-lá.

- Você não vem, Regina? - Emma indagou.

- Só vou terminar aqui e já vou! - Regina respondeu se referindo a bebiba.

- Ta bom! - Emma respondeu sorrindo e foi dançar.

Estara tocando Thunder de Imagine Dragons. Nesse momento já haviam chegando mais pessoas a festa, incluindo Killian.

Regina Pov

Fiquei observando Emma dançar, ela estava maravilhosa, como sempre. Vi Killian se aproximar dela e começarem a dançar juntos, revirei os olhos vendo aquela cena, até que a dança dos dois começou a ficar mais intensa e não me contive, levantei de imediato marchando até onde os dois estavam.

- Com licença! Posso roubar a moça um instante? - perguntei educadamente e Emma sorriu, já Killian me olhou arqueando as sobrancelhas.

- Pode sim! - Emma respondeu e Killian bufou nós deixando a sós.

- O que você queria? - Emma me perguntou.

- Só queria te ver longe dele! - Respondi de imediato indicando Killian com a cabeça.

- Por quê? - Emma indagou e enrugou a testa.

- Porque você só vai dançar comigo! - respondi pegando na mão de Emma e a levando para outro lugar da festa que pudéssemos dancar. Nesse instante começou a tocar No Me Doy Por Vencido.

Me aproximei de Emma colocando minhas mãos em sua cintura e ela colocou as mãos em meus ombros e começando a dançar de acordo com a música. Aproximei meus lábios de seu ouvido e cantei uma parte da música para ela.

Yo, yo no me doy por vencido

Yo quiero un mundo contigo

Juro que vale la pena esperar, y esperar y esperar un suspiro

Una señal del destino

No me canso, no me rindo, no me doy por vencido

(Eu, eu não me dou por vencido

Eu quero um mundo contigo

Juro que vale a pena esperar, e esperar, e esperar um suspiro

Um sinal do destino

Não me canso, não me rendo, não me dou por vencido)

Narrador Pov

Ao terminar de cantar Regina olhou para Emma e se perdeu naquela imensidão esverdeada, Emma fechou os olhos e sorriu ao sentir a morena acariciar seu rosto. Regina a puxou mais para si colando seus corpos e se aproximou de seus lábios iniciando um selinho demorado. Elas não podiam aguentar mais tempo sem sentir os lábios uma da outra. Quando o ar faltou elas quebraram o contanto e se encararam durante alguns segundos. Emma sorriu tímida para Regina e abaixou o olhar, a morena levou uma das mão até o queixou da loira fazendo ela lhe olhar novamente. Emma então levou as duas mãos para a nuca de Regina a puxando para outro beijo, Regina colocou as mãos envolta a cintura da loira apertando firmemente, a morena aprofundou o beijo e pediu passagem de sua língua para a boca de Emma que cedeu de imediato. Uma dança entre suas línguas acontecia como se conhecessem desde sempre. Ao final do beijo Emma deitou sua cabeça no ombro de Regina e a abraçou, a morena retribuiu o abraço e acariciou seus cabelos, e ficaram assim dançando por alguns minutos.

Regina e Emma voltaram a mesa onde estavam Ruby e Rose, e as duas as olhavam sérias.

- Oi, gente! - Emma disse dando passagem para Regina se sentar e sentando ao seu lado logo em seguida.

- Oi, gente? Amigaa, o que foi aquilo entre vocês na pista? - Rose disse apontando para as duas.

- Pois é! Nós conte essa história! - Ruby disse com um sorriso malicioso.

- Foi só um beijo, ué! - Emma disse dando de ombros e olhou para Regina que a olhava com uma expressão brava.

- Foi só um beijo? - indagou Regina arqueando a sobrancelha.

- Bom... foi "o" beijo! - Emma disse e deu um selinho rápido na morena.

- A bom! - Regina disse e riu.

- Ai, que melação! E eu aqui na seca! - reclamou Ruby revirando os olhos.

- Ta na seca porque quer! Olha o tanto de gente ai! - disse Rose.

- Querida, não é tão simples assim! - disse Ruby.

- Então tá! Fica na seca! - disse Rose impaciente.

- Ora, ta falando de mim por quê? Você também ta ai sozinha! - afirmou Ruby olhando para Rose. Emma e Regina riam da pequena discussão das duas.

- Não por muito tempo! - Rose disse confiante e se levantou indo direção a um rapaz que a encarava e os dois seguiram juntos pela festa até sumirem de vista.

- Tá né! - disse Ruby conformada com a situação e bufou. - Vou buscar algo para beber! Vocês querem algo? - indagou Ruby se levantando e olhando para as duas.

- Eu estou bem! Obrigada! - afirmou Regina.

- Eu quero, traz algo lá pra mim, por favor! - disse Emma.

- Eeepa, é pra já! - disse Ruby animada e foi buscar as bebidas e voltando logo em seguida. Ruby ficou um pouco ali com as duas mas logo foi para a pista de dança.

- Vai com calma com isso! - disse Regina vendo Emma virando o copo todo de uma vez.

- Você não disse que era para aproveitar, então! - Emma disse passando o dedo indicador na ponta do nariz de Regina.

- Já bebeu muito, Emma! Chega! - disse Regina tentando tirar uma garrafa de perto da loira. - Vou ligar para Zelena nós buscar! - disse pegando seu celular e discando o número da irmã.

- A... nem... já parei! - disse Emma meio tonta e Regina a assegurou com uma das mãos que estava livre.

- Não né? Ta até caindo aqui! - Regina disse rindo.

- Nossa, Emma! Eu saio de perto por alguns minutos e você já esta assim! - disse Ruby se aproximando das duas.

- Zelena já esta vindo nós buscar! Vocês querem uma carona? - disse Regina.

- Eu nem sei onde Rose esta. Vou procurar ela para irmos depois. Podem ir vocês, boa noite! - disse Ruby.

- Boa noite! - disse Regina levando Emma para fora que deu só um tchau com a mão para Ruby que ria do estado da loira.

Depois de alguns minutos Zelena chegou e as duas seguiram para o carro da ruiva e entraram no banco de trás. Regina tentava disfarçar o quanto Emma tinha bebido mas estava difícil, pois a loira não parava quieta.

- Ela esta bêbada? - indagou Zelena incrédula.

- T-to nada... - respondeu Emma com a voz embargada e se embolando nas palavras.

- Ah, não! Belle vai me matar se ver ela nesse estado! Eu insisti para que ela deixasse Emma vir nessa festa! - disse Zelena desesperada. - Por que você deixou ela beber tanto, Regina? - disse a ruiva fitando a irmã.

- Eu tentei fazê-lá parar! Desculpa! - disse Regina triste.

- O que eu faço agora? - indagou Zelena com as mãos na cabeça.

- Deixa ela dormir lá em casa! Vai ser melhor do que ela chegar assim em casa, depois nós contamos a Belle! - disse Regina.

- Nós não! Vocês duas! Não fui que a deixei beber tanto assim! - disse Zelena rindo. - Quando chegarmos em casa eu ligo para Belle avisando que Emma passará a noite lá! - disse Zelena dando partida no carro.

Ao chegarem Regina cutucou Emma de leve para acorda-lá, pois a mesma havia dormido em seu ombro, a loira resmungou algumas palavras e logo abriu os olhos.

- Chegamos! disse Regina.

- Aqui não é minha casa! - disse Emma olhando ao redor e percebendo estar na frente da casa das Mills.

- Você vai dormir aqui hoje! Zelena irá avisar a Belle! - disse Regina saindo do carro e ajudando a loira sair também.

Regina levou Emma até seu quarto, pois a loira estava meio sonolenta.

- Eu não tenho roupa para dormir! - murmurou Emma.

- Eu te empresto uma! Mas primeiro você tem que tomar um banho, okay? - disse Regina.

- Ta bom! - respondeu Emma a contra gosto.

Entraram no quarto e Emma sentou na cama enquanto Regina preparava as coisas para o banho.

- Ta aqui! Você pode vestir essa roupa, é uma camisola minha e um shorts, e as roupas íntimas são novas! - disse Regina entregando as roupas e uma toalha para Emma. - Pode tomar banho no meu banheiro, tem tudo lá, pode usar o que precisar! Eu vou tomar um banho também no banheiro da minha irmã! - Regina disse e saiu do quarto.

Emma tomou um banho quente e demorado, vestiu as roupas que Regina lhe dera e seguiu para o quarto encontrando Regina deitada na cama coberta com um lençol. Ela usava um óculos e estara concentrada em seu livro e nem percebeu Emma se aproximar.

- Oi? - disse Emma.

- Oi, Emma! - disse Regina atraindo sua atenção a loira e a olhando por cima dos óculos. - Serviu bem em você! - disse Regina se referindo a roupa.

- Ficou meio largo o shorts, porque você sabe né... - disse Emma e sentiu suas bochechas ruborizarem.

- Sei não, me diz? - disse Regina fechando o livro e o colocando sobre o criado mudo junto do óculos, e atraindo totalmente a sua atenção para Emma.

- V-você tem mais bunda! - Emma disse gaguejando o que fez a morena rir. - Onde vou dormir? - indagou Emma.

- Aqui! - disse Regina batendo a mão ao seu lado no no colchão.

- Junto com você? - indagou Emma confusa.

- Sim! Algum problema? - indagou a morena.

- Não, nenhum! - disse Emma dando de ombros.

- Você quer comer alguma coisa antes de dormir? - indagou Regina.

- Não, eu estou morta de cansaço! Só quero dormir! - disse Emma indo em direção a cama e se acomodando debaixo dos lençóis.

- Ta bom, então vamos dormir! - disse Regina levantando rapidamente e indo até o interruptor apagando a luz. Emma pode perceber que a morena usava apenas uma camisola de seda que só tampava metade de sua bunda e uma calcinha preta, ao ver aquilo Emma desviou seu olhar imediatamente.

- Amanhã já é nossa viajem! - disse Regina se infiltrando de baixou dos lençóis e se aproximando de Emma.

- Pois é! - murmurou Emma sonoloneta e se virou de costas para Regina.

- Estou muito anciosa, apesar de já ter ido pra lá varias vezes! - disse Regina.

- Eu também! - respondeu Emma quase inaudível por conta do sono.

- Boa noite, Swan! - disse Regina.

- Boa noite! - murmurou Emma. - Regina? - disse Emma depois de alguns minutos.

- Hun? - murmurou Regina.

- Obrigada pela noite! - disse Emma.

- Eu que agradeço! - Regina disse e Emma sentiu a morena se aproximar dela e a abraçar. Logo as duas dormiram.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...