História It's Their Best Album - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope
Tags Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 12
Palavras 2.979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello! I hope you like!
Boa leitura <3

Ps: perdoa qualquer erro

Capítulo 7 - Pity Party


Fanfic / Fanfiction It's Their Best Album - Capítulo 7 - Pity Party

Duas semanas depois

Hoseok P.O.V


  Eu finalmente comecei a aula de inglês com o Namjoon, já faz uma semana, mas ele disse que estou ótimo. Carter e eu estamos cada vez mais próximo e isso me faz muito feliz, ela também me ajuda com o inglês e eu a ajudo com o coreano.
  Termino de guardar o material e saio da sala colocando a mochila nas costas indo em direção ao elevador adentrando o mesmo e apertando o botão do térreo... atravesso a rua e entro na loja fazendo o sininho tocar e Jungkook se virar em minha direção.
— Oi solzinho!— Diz sorrindo.
— Oi coelinho!— Respondo jogando a mochila no chão e fazendo um toque de mãos com ele.— Vai hoje na festa da Yumi?— Pergunto e ele nega.— Ah vaaai! Por favor vamos! Eu vou convidar as gurias!— Peço com cara de choro e ele nega novamente.
— Tu sabe que eu não gosto de festas.— Diz e ouvimos o sino tocar novamente, olho para a porta e vejo Carter e Jade entrando, as duas param a nossa frente enquanto estão de mãos dadas, Carter vem em minha direção e me dá um selar, abraço a rosada pela cintura enquanto ela encosta a cabeça no meu peito. 
— Vai ter uma festa hoje de uma amiga nossa, querem ir?— Pergunto e Jade assente com a cabeça, sinto Carter assentir também.— Vamos Kook!— Digo e ele revira os olhos e assente.— AEEEEEEE!— Grito e levanto os braços de Carter, que os abaixa e me abraça.— O que aconteceu? Por que tá triste?— Pergunto e ela nega com a cabeça, puxo a mesma para um canto da loja.— O que foi?— Pergunto novamente segurando o rosto da mesma.
— Uma menina da sala ficou me zoando.— Diz ela e a abraço.
— O que elas falaram?— Pergunto.
— Elas só estão putas porque nós estamos ficando, disseram que era pra eu ficar longe de ti e me chamaram de puta, vadia e outras coisas.— Diz me encarando, fico assustado e a abraço.
— Elas que se fodam.— Digo e ela me abraça, voltamos para perto de Jungkook e Jade.
— O metrô já vai passar, vamos?— Jade pergunta e Carter concorda, ela me dá um selar e um beijo na bochecha de Jungkook que cora, logo as duas saem correndo em direção à estação de metrô, fico um tempo conversando com Jungkook, mas logo um homem alto de aparência séria entra na loja.
— Jungkook seu trabalho acabou.— Ele diz e o garoto se assusta.
— O que?— Pergunta o menino já tremendo.
— Por hoje, calma garoto, eu fico aqui, pode ir pra casa.— Diz o homem e Jungkook suspira aliviado, rio de sua cara enquanto ele tira o avental vermelho desbotado e pega sua mochila vindo em minha direção.

Quebra de tempo 

08:00 pm


  A festa começa as 09:00 pm, pego meu celular eu mando uma mensagem para Carter dizendo a hora que eu vou passar lá para buscar elas, logo sigo em direção ao meu quarto separando a roupa que vou usar hoje, pego uma camiseta preta, uma calça jeans escura, um par de botas de cano baixo e um casaco preto, separo essa roupa a deixando em cima da cama e sigo em direção ao banheiro me despindo e entrando no box. 


Carter P.O.V

  Já são 08:00 pm e a festa começa as 09:00 pm, eu perdi a hora e agora tenho que ser rápida, sigo rapidamente em direção ao quarto entrando direto no banheiro. Termino o banho me enrolando na toalha e indo em direção ao guarda-roupa e pego uma saia de pregas preta, uma camisa de mangas compridas listradas de preto e branco, uma camiseta preta de Joy Division, uma meia calça arrastão e um par de coturnos pretos. Visto colocando as camisas por dentro da saia, penteio meu cabelo o deixando solto, faço uma maquiagem básica e saio do quarto indo até a sala vendo Jade usando uma calça jeans preta rasgada nos joelhos, uma camisa preta simples e uma jaqueta verde militar e um par de coturnos pretos também.
— Wow, aonde tu pensa que vai com essa roupa?— Pergunta sorrindo e se levantando, ela segura minha mão e me gira me fazendo rir.— Tá linda.— Diz e dou um leve soco no seu ombro.
— Tu também tá, olha isso! Olha essa coisa maravilhosa! Orgulho!— Digo rodando a mesma que ri e se senta no sofá novamente.


Hoseok P.O.V


  Estamos na frente do prédio das garotas, mando uma mensagem para Carter e saio do carro entrando na recepção e me sentando no sofá, não demora muito e elas descem, olho diretamente para Carter que está linda com aquela roupa, nunca vi ela de saia, ela quase nunca mostra as pernas, a não ser em dias muito quentes. Jade também está linda, aquela jaqueta combinou com ela.
— Vocês estão lindas!— Digo sorrindo e abraçando Jade, logo depois abraçando Carter, me viro indo em direção ao carro, sentando no banco da frente junto com Jin que está dirigindo. Não demora muito e chegamos na casa e já conseguimos ver as luzes neon pelas janelas e escutar o som alto.
— Caralho, é neon mano!— Carter diz de boca aberta, apenas rio e saímos do carro seguindo em direção à entrada da casa, tocamos a campainha e logo Yumi nos atende com um sorriso no rosto, ela cumprimenta as meninas e nos leva até a sala.


Quebra de tempo 


Carter P.O.V

  Já faz um tempo que estamos aqui, estou um pouco alterada, mas nada muito grave, apenas um pouco tonta, avisto Yumi sentada no balcão da cozinha.
— Yumi, por acaso sabe aonde o Hoseok tá?— Pergunto e ela nega com a cabeça.— Okay, obrigada.
— Se eu ver ele eu digo que tu está o procurando.— Responde bebendo um pouco do conteúdo do copo em sua mão.
— Obrigada.— Saio dali subindo as escadas iluminadas por luzes rosa nos degraus, passo por uma menina que estava sentada ali e sigo por um corredor vazio iluminado de roxo.— Que estranho, tá vazio em uma festa.— Sussurro pra mim mesma, me encosto em uma porta que logo é aberta me fazendo quase cair, olho para dentro e vejo Hoseok com uma garota.— Hoseok?— Pergunto segurando as lágrimas.
— Carter não é oque tu tá pensando!— Ele diz saindo do banheiro vindo em minha direção, saio correndo pelo corredor enquanto sou seguida por ele, entro num quarto indo direto pro banheiro do mesmo, me trancando ali e me olhando no espelho.— Carter abre a porta.— Hoseok diz atrás da porta.
— Sai daqui Hoseok.— Digo seria.
— Carter abre a porra dessa porta!— Ele diz em um tom mais alto.
— Sai daqui Hoseok, vai com ela!— Digo no mesmo tom.
— Eu vou arrombar essa merda, Carter sai dai!— Ele grita me fazendo ficar assustada.
— NÃO!— Grito de volta, de repente fica em silêncio, me olho no espelho secando as lágrimas que não desceram, mas que ficaram nos meus olhos, aquela luz rosa estava me deixando tonta. Abro a porta dando de cara com Hoseok sentado na beira da cama me encarando sério, ele se levanta e vem em minha direção, ele entra no banheiro junto comigo e me coloca sentada no balcão da pia.
— Por que fez isso?— Pergunto e ele me encara.
— Talvez porque não tenho nada com você?— Responde irônico, sinto meu rosto queimar e meu sangue ferver.
— Me deixa sair.— Digo e ele nega.— Hoseok me deixa sair!— Repito e ele ri.
— Não!— Diz sério, ele vem em minha direção e por impulso empurro ele o fazendo cair no chão, desço da pia e abro a porta saindo do quarto e indo procurar Jade, desço e esbarro em um rapaz, ele me segura para não cair.
— Me desculpa.— Digo e ele sorri.
— Não foi nada.— Responde e continuo meu caminho, mas paro me encostando na parede colocando a mão na cabeça.— Hey, tá tudo bem? Quer tomar um ar?— Alguém pergunta, abro os olhos e vejo que é o garoto que esbarrei, apenas assinto, ele segura minha mão e me puxa, subimos a escada e ele me leva até o quarto em que eu estava com Hoseok.
— O que a gente tá fazendo aqui?— Pergunto com medo e ele me encara.
— Calma, eu não sou nenhum pervertido.— Diz abrindo as cortinas e a janela enorme que havia ali, ele segue para a sacada e o sigo.— E outra, eu não gosto de meninas.— Diz sorrindo e concordo.
— Ah, desculpa.— Digo sorrindo de volta. Ficamos um tempo conversando até que alguém aparece na porta, era Jimin, ele me encara e encara o rapaz, que até agora eu não sei o nome.
— Jimin.— Digo e ele inclina um pouco a cabeça para o lado.
— E.. eu vou deixar vocês um pouco a sós.— O rapaz diz saindo.— A propósito, qual o seu nome?— Pergunta pra mim.
— Carter, e o seu?— Pergunto de volta.
— Jiseok.— Ele responde sorrindo e sai do quarto me deixando sozinha com Jimin.
— O que aconteceu?— Pergunta e faço cara de desentendida.— Fiquei procurando o Hoseok, mas não vi ele em lugar nenhum.— O que aconteceu?— Pergunta e me viro me apoiando na sacada.
— Eu tava procurando o banheiro, ai eu me escorei numa porta e de repente a porta abriu e eu vi o Hoseok beijando uma garota, eu sai correndo e me tranquei no banheiro daqui, mas quando fui sair ele se trancou comigo e eu perguntei o porque de ele ter feito aquilo e ele respondeu "talvez porque eu não tenho nada contigo?" Eu só ficava me segurando pra não chorar, mas ele veio na minha direção e eu empurrei ele, ai ele caiu no chão e eu sai correndo.— Digo rápido olhando para baixo vendo a grama um pouco iluminada pela luz que vinha de dentro da casa.
— Pelo menos foi uma menina.— Jimin brinca, solto um sorrisinho, mas ele não vê.— Desculpa, desculpa. Olha o Hoseok tá bêbado, ele...— O interrompo.
— Jimin, não, não tem essa.— Digo com a voz embargada e ele me puxa me abraçando.
— Não chora que vai borrar a maquiagem.— Ele sussurra e sorrio, nos soltamos, mas continuamos perto, Jimin sela nosso lábios e logo pede passagem com a língua, eu cedo sentindo o garoto segurar forte em minha cintura e me escorar na sacada, seguro em sua nuca aprofundando o beijo enquanto ele aperta minha cintura com força me fazendo arfar, separamos por falta de ar.
— Carter?— escuto alguém me chamar, olho para a porta e vejo Hoseok, ele vem em minha direção e me puxa enquanto saímos do quarto.
— HOSEOK ME SOLTA!— Grito e ele para, o moreno se vira em minha direção e me prende contra a parede.
— Por que?— Pergunta e o encaro com raiva.
— Como tu mesmo disse, talvez porque eu não tenho nada com você.— Respondo e ele solta um riso nasal virando a cabeça para o lado.
— Tola.— Diz e me puxa.
— Me solta!— Digo puxando meu braço.
— Hoseok solta ela!— Jimin grita saindo do quarto.
— Jimin não se mete!— Hoseok diz.
— Me solta!— Digo novamente e Hoseok me coloca atrás dele, puxo meu braço novamente e ele solta.
— Por que tá fazendo isso?— Jimin pergunta.
— Porque eu gosto dela!— Hoseok responde.
— Ah claro, gosta tanto que pega outra mina e ainda joga na cara dela que vocês não têm nada.— Jimin responde irônico.
— Caralho Jimin, cala a boca.— Hoseok diz.
— O que foi? Faltou argumento?— Jimin pergunta irônico novamente, Hoseok fecha a mão e a levanta, mas seguro o braço do mesmo e o empuro contra a parede.
— Hoseok por favor, me deixa em paz!— Digo chorando e saio correndo dali descendo as escadas e procurando Jade, acho a mesma aos beijos com uma garota na sala, chego perto delas.
— Desculpa interromper, oi moça.— Digo para a menina que sorri.
— Jade vamos embora.— Digo e ela concorda.
— Desculpa.— Ela diz para a garota que nega sorrindo, elas trocam telefones e Jade me puxa para fora da casa.
— O que aconteceu?— Jade pergunta, conto tudo pra ela e a mesma me olha com raiva.— Aquele filho da puta!— Ela diz colocando a mão na testa, chamamos um táxi e não demora muito pra ele chegar, entramos no carro e vamos para casa.


Hoseok P.O.V


  Estou andando um pouco(muito) tonto pelo corredor iluminado de roxo procurando o banheiro quando sinto mãos em minhas costas, me viro e vejo Maria, ela abre uma porta e me empurra pra dentro do cômodo, sinto seus lábios em contato com os meus, caralho como eu estava com saudade disso, coloco a garota sentada na pia e a beijo, o beijo estava quente, a garota passou as mãos por baixo da minha camisa e arranha meu torso, arfo entre o beijo e seguro firme em sua cintura, tiro sua blusa, mas escutamos uma batida na porta, quando abro a porta vejo que fiz merda, Carter quase cai pra trás, ela se vira e me encara assustada.
— Hoseok?— Pergunta me encarando.
— Carter não é oque tu tá pensando!— Digo e vou em sua direção, mas ela sai correndo para o outro lado, sigo a mesma até o quarto de Yumi, mas a garota se tranca no banheiro, chego perto da porta e encosto minha cabeça nela.
— Carter abre a porta.— Digo.
— Sai daqui Hoseok.— Ela fala.
— Carter abre a porra dessa porta!— Falo mais alto.
— Sai daqui Hoseok, vai com ela!— Diz no mesmo tom que eu.
— Eu vou arrombar essa merda, Carter sai daí!— Grito.
— NÃO!— Ela grita de volta, fico em silêncio, me sento na beira da cama de frente para a porta do banheiro. Carter abre a porta e me encara, me levanto rapidamente e entro no banheiro com a rosada, e a coloco em cima da pia.
— Por que fez isso?— Ela pergunta, sorrio e a encaro.
— Talvez porque eu não tenho nada com você?— Respondo irônico.
— Me deixa sair.— Ela pede e eu apenas nego.
— Hoseok me deixa sair!— Ela pede de novo.
— Não!— Respondo e vou em sua direção, mas ela me empurra me fazendo cair no chão, a garota desce da pia e sai correndo, me levanto e fico sentado no vaso que está com a tampa fechada, coloco as mãos no rosto e deixo as lágrimas rolarem, fico assim por um puta tempo, assim que saio vejo a janela aberta, quando vou fechar vejo Jimin e Carter aos beijos.
— Carter?— A chamo, ela me encara enquanto Jimin apenas sorri limpando o canto dos lábios, vou até a garota e a puxo indo em direção ao corredor.
— HOSEOK ME SOLTA!— Ela grita, me viro para ela e à prendo contra a parede.
— Por quê?— Pergunto a encarando.
— Como tu mesmo disse, talvez porque eu não tenho nada contigo.— Responde com raiva, solto um riso nasal e a observo.
— Tola.— Digo sério e a puxo novamente.
— Me solta!— Ela diz puxando o braço.
— Hoseok solta ela!— Jimin grita saindo do quarto, vindo na nossa direção.
— Jimin, não se mete.— Digo e ele sorri.
— Me solta!— Carter diz outra vez, a coloco atrás de mim e solto seu braço.
— Por que tá fazendo isso?— Jimin pergunta.
— Porque eu gosto dela!— Respondo o encarando com raiva.
— Ah claro, gosta tanto que beija outra mina e ainda joga na cara dela que vocês não têm nada.— Jimin diz irônico, sinto meu sangue ferver, o pior é que eu fiz isso mesmo, eu sou um idiota, porra Hoseok!
— Caralho Jimin cala a boca.— Digo com raiva.
— O que foi? Faltou argumento?— Pergunta novamente irônico, me preparo para da um soco nele, mas Carter me segura e me joga contra a parede.
— Hoseok por favor, me deixa em paz!— Ela grita e sai correndo descendo as escadas, me agacho ainda escorado e Jimin se agaixa na minha frente.
— Eu sou um otário.— Digo em meio à lágrimas, ele me abraça.— A gente acabou de se conhecer, mas Jimin eu já sou apaixonado por ela, eu não sei porque fiz isso, não sei porque beijei a Maria!— Digo e ele me abraça mais forte.
— Maria? Ela tá aqui?— Pergunta e assinto.— Vadia do caralho, por que ela tá aqui?— Pergunta.
— Talvez porque a Yumi é prima dela? Mas sei lá, ela me mandou uma mensagem no dia do parque dizendo que ia voltar, eu mandei ela se foder.— Respondo e ele se levanta, faço o mesmo.
— Eu to muito, mas muito puto contigo, Hoseok.— Ele diz e concordo.
— Tem motivos, mas como que eu vou me explicar pra ela? Eu não sei porque beijei a Maria.— Digo ele simplesmente nega com a cabeça.
— Eu não faço ideia, mas faz isso amanhã.— Ele responde enquanto descemos para a sala, procuro Carter em todo canto, até que vejo Yumi.
— Yumi cadê a Carter?— Pergunto.
— Ela foi embora.— Yumi diz e saio de perto da mesma indo pegar um pouco de vodka, resolvo mandar mensagens pra Carter me explicando.

Mensagem On


Hoseok: Carter -- visualizada 
Hoseok: Responde -- visualizada
Hoseok: Carter a gente precisa conversar -- visualizada 
Hoseok: Eu não sei porque beijei ela, eu juro que não sei, na verdade eu sei, mas não sei explicar -- visualizada
Carter: Quem é ela? 
Hoseok: Maria, minha ex -- visualizada 
Hoseok: Carter, me desculpa -- visualizada
Hoseok: Carter por favor -- visualizada
Hoseok: Carter me responde! -- visualizada

 
Mensagem Off

  
  A cada mensagem visualizada eu bebo mais um gole daquela bebida forte, já perdi a conta de quantos copos eu bebi por causa dela. Acho que são 04:00 da manhã, procuro Jimin e Yoongi, quando acho os dois, eles me carregam até o carro. Chego em casa sendo arrastado por Yoongi e Jimin, que me jogam na cama e saem do quarto, ainda estou pensando nela, pensando no merda que eu sou por ter feito aquilo. Pego meu celular e mando uma mensagem para a mesma.


Mensagem On 


Hoseok: Eu te amo -- visualizada


Mensagem Off


 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...