História It's time for payback - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Gaasaku, Inosai, Naruhina, Narusaku, Naruto, Nejiten, Romance, Sasukarin, Sasusaku, Shikatema, Vingança
Visualizações 104
Palavras 2.381
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ecchi, Famí­lia, FemmeSlash, Ficção, Harem, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Pessoas lindas do meu coração, está ai mais um capitulo espero que gostem.

Me desculpem qualquer erro ortográfico e deixem nos comentários o que acharam

Capítulo 21 - Segredo Revelado e Desentendimentos


Fanfic / Fanfiction It's time for payback - Capítulo 21 - Segredo Revelado e Desentendimentos

Hinata – Mas eu não entendo o porquê de ele continuar com isso se Suna e Konoha estão trabalhando juntas e obviamente não haverá uma guerra entre elas.

Ino – Realmente isso não faz sentido

Naruto – Ele quer criar uma rebelião entre os moradores que acharão que são as outras aldeias os contaminando para enfraquece lós e assim uma aldeia começara a acusar a outra o que vai acabar gerando uma série de conflitos e acabar em uma guerra – Ele falou enquanto estava em uma pose encostado na parede com segurando o queixo com ar pensativo.

Quando ele terminou de falar todos repito exatamente todos estavam perplexos olhando para o Naruto, precisamos de um instante para nos recuperar.

Naruto – O que foi ? – Ele perguntou quando percebeu que todos o estavam olhando, constrangido com atenção de todos sobre si começou a coçar a cabeça.

Sasuke – Dobe de onde veio esse surto de inteligência ?

Naruto – Para sua informação sou muito inteligente seu Temer maldito – Ele falou irritado – Não é mesmo Hinata ?

Hinata – Claro Naruto-kun – Ela falou desviando seus olhos para longe do Naruto e com uma grande gota na cabeça.

Naruto – por que desviou os olhos dattebayo?

No meio daquilo tudo meu estomago deu o ar da sua graça, chamando a atenção de todo mundo sorri meio sem graça.

Itachi – Quando foi a última vez que você comeu ?

Ótima pergunta nem eu lembrava, não pera, acho que foi no café da manhã na hospedaria mas chupei balinha quando estava entre a minha quinta e sexta cirurgia, será que conta.

Seky – Nem estou com tanta fome assim – Menti descaradamente eu estava morrendo de fome e o meu estomago faz o favor de me desmentir na mesma hora fazendo um som exageradamente alto.

Naruto – NOSSA SAKURA CHAN PARECE QUE VOCÊ TEM UM MOSTRO NA BARRIGA – Mal ele terminou e eu já estava ao seu lado lhe dando um cascudo.

Seky – Cala a boca seu idiota – O cascudo fez o Naruto ir para o chão.

Naruto – Quando foi que você ficou tão rápida dattebayo ? – Ele perguntou enquanto se levantava do chão e passava a mão sobre o galo que se formou na cabeça.

Temari – Não importa o tempo tem algumas coisas que nunca mudam. – Disse abrindo um sorriso.

Shikamaru – Que problemático – Eu revirei os olhos.

Gaara – Vamos todos para casa no momento precisamos de uma boa refeição e um pouco de descanso – Ele falou sério.

Eu realmente precisava descansar os efeitos de passar o dia inteiro em pé e fazendo várias cirurgias em único dia estavam começando a fazer efeito, eu estava literalmente acabada, e para piorar a situação do nada a Hinata desmaio o Naruto segurou ela antes que fosse ao chão e entrou em desespero.

Naruto – HINATA, HINATA .... – Ele não parava de gritar o seu nome enquanto a sacudia todos formaram um círculo ao redor dela menos o Gaara e Sasuke que nem se mexeram.

Ino – Sakura faça alguma coisa – Eu me sentia tão desgastada invoca o chakra de cura agora seria quase impossível, mas eu sabia que não precisaria já sabia o que a Hinata tinha.

Naruto – Sakura-chan porque você não faz nada ? – Fiz uma careta não gosto de cobranças não importa quais sejam.

Seky – Não se desespere Naruto, ela não tem nada grave apenas leve à para casa e a deixe descansar um pouco sei que logo vai acorda sem precisarmos fazer nada.

Naruto – Então o que ela tem ? – Tenho certeza que ele não ficou feliz com a minha resposta, mas as vezes o melhor a se fazer é exatamente nada.

Seky – Ela vai te contar quando acordar, tenha paciência Naruto.

Ele fez uma careta e eu soube no mesmo instante que mais uma vez ele não havia ficado satisfeito com a minha resposta e queria que eu fizesse algo, ele pegou Hinata no colo e saiu correndo, antes mesmo de agente falar alguma coisa, suponho que ele tenha ido em direção a casa do Gaara. Confesso que fiquei meio chateada com ele, - me repreendi logo em seguida por isso – ele só estava preocupado com a Hinata. Os meus olhos escureceram por um momento e rapidamente passei a mão pelos meus olhos, o cansaço estava começando a me dominar.

Temari – Sakura você está bem ?

Seky – Sim, só estou um pouco cansada. – Se eu não fosse descansar logo quem acabaria desmaiando era eu.

Gaara – então vamos, eu levarei todos na minha nuvem de areia será mais rápido – Agradeci mentalmente por isso, só em pensar em descer todas aquelas escadas já dava vontade de deitar e dormi ali mesmo no chão.

Gaara foi para a varanda formou uma nuvem de areia, a nuvem tinha um tamanho suficiente para todos nós irmos sem problemas, porém fiquei muito próximo ao Gaara e ele me segurou pela cintura para que não me desequilibrasse, a Ino e a Temari só faltaram dar pulinhos, ignorei aquelas duas durante todo o caminho.

Não demorou muito para chegarmos na casa do Gaara era uma bela construção de dois andares. Assim que coloquei os pés dentro da casa o Naruto veio correndo ao meu encontro exigindo que fizesse alguma coisa para que a Hinata acordasse

Seky – Eu já disse que não é nada sério Naruto, você não confia em mim ? – Ele parou um momento e apenas me encarou e nada me respondeu.

Entendi aquilo como um não o que me magoou profundamente e me deixou ultra furiosa, senti lagrimas vindo aos meus olhos, mas não me permiti derramar uma lagrima sequer.

Naruto – Só quero ter certeza de que ela está bem – O clima estava tenso mais ninguém falava mais nada, nem o Sasuke ousou debochar de mim.

Seky – Como você quiser – Falei seria, evitando demonstrar qualquer tipo de emoção.

Atravessei a sala e seguir para escada eu podia sentir o chakra da Hinata em um dos quartos no andar de cima não olhei para nada ao não ser o caminho que fazia, o Naruto tinha ficado para trás aposto que a Ino estava lhe dando o maior sermão agora passei por um longo corredor onde havia algumas janelas e várias portas, me concentrei no quarto onde a Hinata estava e entrei e já fui imediatamente até a grande cama onde ela estava deitada e sentei ao eu lado concentrei chakra nas mãos com um pouco de dificuldade já que havia gastado muito chakra nas cirurgias quando consegui estabilizar pus na sua cabeça, e não demorou muito para que ela acordasse.

Hinata – Sakura-chan ? O que aconteceu ? – Ela estava um pouco confusa.

Seky – Você desmaiou na sala do Kazekage e Naruto te trouxe para casa, você se sente melhor ?

Hinata – Sim obrigada pela preocupação – Ela sorriu sem graça.

Seky – Quando vai contar ao Naruto ? – Fui direto ao ponto.

Hinata – Eu não decidi ainda – Agora quem ficou confusa fui eu.

Seky – Como assim Hinata ? Ele tem o direito de saber que vai ser pai.

Hinata – Eu tomei uma decisão Sakura e não quero que isso influencie o Naruto-Kun – Agora estava com um mal pressentimento.

Seky – Que decisão ? – Perguntei seria.

Hinata – Eu vou contar a verdade ao Naruto – Ela não precisou falar mais nada para que eu entendesse do que ela estava falando, fiquei nervosa no mesmo instante, levantei da cama e fiquei andando de um lado para o outro com as mãos na cintura, esse assunto deveria estar morto e enterrado.

Seky – Para que ? Você só vai fazer ele sofrer Hinata, isso não faz nenhuma diferença agora

Hinata – Eu não posso conviver com essa culpa Sakura, por favor me entenda

Seky – Não tenho nada para entender, você deveria ter pensado nas consequências antes de ter usado aquele jutsu proibido.

Hinata – Me perdoa por favor eu era só uma criança, não sabia o que estava fazendo.

Seky – Eu também era Hinata e mesmo assim você não hesitou em usar ele em mim, você mudou o meu destino e por sua culpa sofri durante todos esses anos pelas consequências dos SEUS atos, e agora que parece que tudo vai ficar bem você quer desenterrar essa história ? Apenas esqueça isso – Não digo que a perdoei totalmente, mas há muito tempo tinha decidido esquecer aquele assunto e seguir em frente.

Hinata – Me desculpe eu sei que fui egoísta não deveria ter usado aquele jutsu proibido para transferir os sentimentos que você tinha pelo Naruto para o Sasuke

Seky – Você poderia ter evitado muito sofrimento, eu amava o Naruto era um amor puro quando você fez aquele jutsu eu não passei amar o Sasuke como amava o Naruto pelo Sasuke eu sentia uma obsessão que quase me matou diversas vezes.

Hinata – Eu também amava o Naruto e sofria por ver que ele gostava de você e era correspondido, eu queria que ele fosse feliz comigo.

Seky – Agora ele está feliz não destrua a felicidade dele desenterrando essa história pense em como ele ficará feliz quando souber que será pai, o sonho dele sempre foi ter uma família – Ela precisava entender que algumas coisas nunca deveriam ser reveladas para que possamos evitar sofrimentos.

Hinata – Mas não é justo – Ela chorava cada vez mais.

Seky – Não foi justo, mas agora nada pode ser mudado apenas viva para fazer o Naruto feliz - Ela ficou quieta aposto que estava pensando em tudo que eu disse – Tente parar de chorar ou vai acabar preocupando o Naruto sem necessidade.

No momento era impossível para mim sequer olhar na cara dela agora, queria deixa lá sozinha porem não queria voltar para sala e ter que encarar o pessoal e muito menos o Naruto principalmente depois da ceninha que ele fez, a falta de confiança dele me magoou muito eu podia esperar isso de qualquer um menos dele. Respirei fundo para me acalmar um pouco e vi que no quarto dela havia uma varanda talvez dar uma volta para esfriar cabeça fosse o melhor a ser feito.

Fui em direção a varanda e pulei sem problemas algum para aterrissar, o terreno onde a casa do Kazekage se encontra era realmente enorme mas mesmo assim não queria correr o risco de encontrar com alguém, concentrei chakra nas pernas e corri o mais rápido que o meu corpo permitia naquele momento só pensei em um lugar para onde ir.

NARUTO ON

Levei a maior broca da Ino e até mesmo o Shikamaru e o Sasuke falaram algumas coisas que me fizeram pensar.

Fleshbeck on

Ino – NARUTO SEU IDIOTA TAVENDO O QUE VOCÊ FEZ? MAGOOU A SAKURA EU DEVERIA TE MATAR – Ela gritou enquanto a Temari tentava segura lá da melhor maneira possível.

Naruto – Eu só estou preocupado com Hinata, e a Sakura mudou tanto que nem parece a garota que eu conheci.

Shikamaru – CALA A BOCA – Ele gritou o que fez todo mundo olha ló, ele nunca tinha se alterado assim – Você não tem o direito de dizer isso, ela pode ter mudado um pouco, mas ainda dá para ver que ela é a mesma garota que sempre vai lutar ao seu lado e que daria vida por você se for necessário.

Sasuke – É Dobe dessa vez até eu reconheço que você foi muito longe, ela surtou quando você foi ferido na luta que tivemos em Konoha ou será que você já esqueceu disso? – Olhei surpreso ele nunca tinha defendido a Sakura-chan antes.

Gaara – Ela quase morreu para te salvar e essa não foi a primeira vez, apenas peça desculpas e faça com que ela te perdoe.

Itachi – Sabe Naruto desde a época que eu era um Nukenin eu sabia que a Sakura não era fiel a Konoha – Todos olharam surpresos para o Itachi – Ela era e ainda é e sempre vai ser fiel a você, eu sempre soube que se um dia você se virasse contra Konoha a Sakura não hesitaria em te seguir.

Fiquei chocado com o que ele disse, e estava arrependido por não ter confiado na Sakura-Chan, eu sou mesmo um baka, espero que ela me perdoe.

Fleshbeck OFF

Se até o Temer maldito disse que magoei a Sakura então eu acabei de fazer a pior besteira da minha vida. Fui em direção ao quarto da Hinata, mas antes que eu batesse na porta por sorte ou azar comecei a escutar a conversa.

Tinha ouvido uma boa parte da conversa, primeiro tinha ficado feliz por saber que seria pai e depois chocado com descoberta de que o meu destino foi manipulado pela Hinata durante todos esses anos, eu poderia estar com a Sakura-chan agora quem sabe até mesmo casado com ela e com uma família do jeito que sempre sonhei.

Não sabia dizer o que sentia no momento traição, raiva ou decepção acho que estava sentindo uma mistura de todos esses sentimentos. Eu amava a Hinata, mas a Sakura-chan ainda ocupava um lugar no meu coração que era só dela e ninguém poderia tirar ela de lá. Mas sabia que nesse momento o meu poder de escolha tinha sido tirado das minhas mãos a Hinata estava gravida e era meu dever está ao leu lado e cuidar do meu filho – Minha mão foi até a maçaneta da porta mas antes mesmo de abri lá ela caiu ao meu lado – A decepção que tive foi muito grande, se eu entrasse nesse quarto agora eu acabaria fazendo uma besteira, percebi que o chakra da Sakura-chan tinha sumido ela paravelmente tinha ido embora pela varanda, eu podia escutar o choro da Hinata mas nem isso me motivou para entrar naquele quarto, eu amava a Hinata, mas ainda estava muito chocado com a minha descoberta, sai por uma janela do corredor e subi no telhado precisava botar a cabeça em ordem e decide o que ia fazer. Só espero que a Sakura-chan esteja bem.

NARUTO OFF

SAKURA ON

Em pouco tempo já estava na caverna onde realizei a minha luta com o Sasori a tantos anos atrás adentrei a caverna e a destruição do lugar ainda era impressionante, senti o cansaço me dominar completamente e cair de joelhos o fato de ter gastado tanto chakra sem ter comido nada só piorava a minha situação as minhas vistas de repente ficaram escuras o peso dos últimos acontecimentos me atingiram com força total cair naquele chão de pedra e me deixei ser engolida pela escuridão pois não tinha mais forças para lutar contra ela.


Notas Finais


O que acharam ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...