História It's Who We Are - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrew Lincoln, Chandler Riggs, Emily Kinney, Lauren Cohan, Norman Reedus, Sabrina Carpenter, The Walking Dead
Personagens Andrew Lincoln, Chandler Riggs, Emily Kinney, Lauren Cohan, Norman Reedus, Personagens Originais, Sabrina Carpenter
Tags Andrew Lincoln, Chandler Riggs, The Walking Dead, Twd
Exibições 85
Palavras 1.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Festa, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIEEE LHAMANICORNIOS
TD BELEZINHA?
Estou aqui com mais uma fanfic 💘💘
Espero com todo o meu coração que gostem 💘

Informações básicas

°Sabrina Carpenter como Arya Lincoln, filha de Andrew Lincoln e Tara Fitzgerald

°Tentarei postar nas segundas e quintas 💘

°Há possibilidade de ter "capítulos bônus" em outros dias aleatórios da semana

ESPERO QUE GOXTEM E NÃO ESQUEÇAM DE COMENTAR COM SUAS OPINIÕES!!!

Capítulo 1 - Hi Atlanta


Fanfic / Fanfiction It's Who We Are - Capítulo 1 - Hi Atlanta

Pov Chandler Riggs

Meu celular apitou e acendeu a luz. Me amaldiçoei mentalmente por não ter colocado no silencioso antes de dormir. Peguei-o no criado-mudo e chequei a hora antes de desbloquear, 3:49. Demorei um tempo até conseguir colocar a senha e abrir uma notificação, era a filha de Andrew, minha pequena (literalmente) amiga de infância. Ela mora em Londres com a mãe. Andrew e Tara se separaram cinco anos depois do nascimento de Arya e ele veio para Atlanta.

Arya Lincoln:

A-D-I-V-I-N-H-A 3:47 AM

Chandler Riggs:

Três da manhã, louca. Sério isso? Desembucha. 3:54 AM

Arya Lincoln:

Não usa ponto final comigo, idiota. 3:56 AM

Venho na maior animação pra te contar uma coisa e você ai, cagando 3:57 AM

Chandler Riggs:

Eu estava dormindo 4:01 AM

Fala logo 4:01 AM

Arya Lincoln:

ADIVINHA QUEM CONVENCEU A MÃE E VAI PARA ATLANTA AMANHÃ 4:02 AM

Chandler Riggs:

Você, eu sei 4:06 AM

Seu pai passou a semana falando nisso 4:07 AM

Arya Lincoln:

Ai estraga prazeres 4:08 AM

Que mau humor 4:08 AM

Chandler Riggs

Eu estava dormindo. Queria o que? Que eu saísse saltitando para te responder? 4:08 AM

Tenho que acordar daqui umas três horas 4:09 AM

Arya Lincoln

Boa Noite, Chandler. 4:10 AM

Chandler Riggs:

Ficou brava? 4:10 AM

Arya? 4:10 AM

Hey  4:10 AM

Hey  4:10 AM

Hey, Arya 4:10 AM

Hey  4:11 AM

Hey 4:11 AM

Honey? 4:11 AM

Hey  4:11 AM

Arya! 4:11 AM

Sério que não vai me responder? 4:12 AM

Ta bom, me aguarde 4:12 AM

Bufei e joguei o celular na criado-mudo, puxando minhas cobertas até o pescoço e fechando os olhos.

Pov Arya Lincoln

Abri meus olhos lentamente e encarei o teto, arregalando meus olhos logo depois ao perceber que dia ela hoje. Sentei-me na cama em um pulo, agarrando meu celular logo depois. Havia três notificações, abri a primeira, era de meu pai.

Andrew Lincoln

Hey, pandinha! Vou estar te esperando no aeroporto, levarei o pessoal comigo. Siga os gritos e me achará! 9:37 AM

Eu ri e escrevi uma resposta:

Arya Lincoln:

Convencido! Tudo bem... Mamãe está um pouco brava por eu estar voltando, nem está falando comigo direito. 10:13 AM

 Andrew Lincoln

É a cara dela. Não se preocupe e até logo! 10:15 AM

Fechei a conversa e abri outra, era a minha mãe.

 Tara Fitzgerald

Saí para trabalhar. Tem comida na geladeira e chamei um taxi para você, ele chegará as 1:00 PM. Até janeiro. 7:26 AM

Suspirei, nem um tchau. Eu sei que ela não gosta que eu vá ver meu pai mas ela pega pesado, desconta em mim algo desnecessário. Abri a ultima mensagem e não pude deixar de rir.

Chandler Riggs:

Ficou brava? 4:10 AM

Arya? 4:10 AM

Hey 4:10 AM

Hey 4:10 AM

Hey, Arya 4:10 AM

Hey 4:11 AM

Hey 4:11 AM

Honey? 4:11 AM

Hey 4:11 AM

Arya! 4:11 AM

Serio que nao vai me responder?,4:12 AM

Ta bom, me aguarde 4:12 AM

Fiz questão de apenas visualizar, sabia que ele havia ficado puto. Sempre ficava quando eu dormia em nossas conversas, saia para fazer outra coisa ou simplesmente parava de responder, era um amorzinho.

Levantei na cama e fui me arrumar enquanto gravava snaps, falando sobre como ia ser a viagem, para onde iria e porque. Separei minha roupa íntima, uma camisa jeans com um bolsinho de estampa florida e uma saia rodada preta. Peguei minha toalha e corri para o banho.

Depois de me vestir, calcei um salto preto e caminhei até a penteadeira, arrumei meus cabelos e fiz uma maquiagem leve, composta apenas por corretivo, base, pó rímel, lápis e um batom nude. Peguei meus óculos de sol e coloquei-o no cabelo. Passei meu perfume e o guardei na mala junto com o resto que precisava guardar. Fechei a mala e peguei uma pequena mochila preta e coloquei minha carteira, batom, fones de ouvido e carregador. Meu celular vibrou e eu o desbloquei vendo uma mensagem de Chandler.

Chandler Riggs:

Vai me ignorar mesmo? Tudo bem, prepare-se para o pior. 11:56 AM

Eu visualizei a mensagem rindo e abri o snap enquanto descia a escada e ia para a cozinha pegar algo para comer.

-Hey guys - falei entrando na cozinha. - Aqui estou eu novamente, e dessa vez... -eu parei enquanto abria a geladeira e pegava uma maçã. -de banho tomado.

O tempo acabou e eu mordi a maçã enquanto saia da cozinha.

-Tem um garoto -falei de boca cheia. - que esta me enchendo o saco desde hoje de madrugada... Parei de responder. Adivinhem quem é.

O tempo acabou e eu comecei outro. Fiquei alguns segundos encarando a câmera até finalmente dizer.

-Chandler Riggs -falei e sorri, vendo meu rosto na tela e me aproximei ao ver meu sorriso. -Acho que meu dente está sujo.

Terminei de comer e fui escovar os dentes. Coloquei minha bolsa/mochila no ombro e peguei minhas duas malas, carregando-as com dificuldade para o andar de baixo. Sentei no sofá e fiquei gravando snaps até o taxi chegar.

O taxista (descobri que seu nome era Robb) me ajudou a levar as malas até o carro e me levou ao aeroporto.

***

-Bom -eu falei olhando para a câmera do snap e fiz uma careta ao ver minha cara de apavorada. -Odeio aviões. Daqui não sei quantas horas, se Deus quiser que eu não morra no caminho, vou estar sã e salva em solo firme americano!

Postei o snap e ri minutos depois quando ouvi alguém o assistindo em algum lugar do avião. Anunciaram que iriam decolar em alguns minutos e eu postei uma ultima foto fazendo cara de apavorada com a legenda "Seja o que Deus quiser". Apertei meu cinto mais aindo e coloquei meus fones, colocando play na música que parecia mais adequada ao momento, Mercy do Shawn Mendes.

***

-Puta merda -gritei quando pisei em terra firme. Olhei para a câmera do meu celular e sorri vitoriosa. -Eu não morri!

Uns guarda-costas vieram para me acompanhar e eu gravei o percurso rindo e abanando para os fãs. Vi meu pai caminhando até mim e gritei, deixando minhas malas com os guarda-costas, correndo até ele e me jogando para lhe abraçar.

-Que saudade, pandinha -ele disse enquanto me abraçava eu sorri e o soltei. -Continua pequena.

-Eu cresci tá?! -falei indignada e ele riu.

-Não vi diferença.

-Cadê minha parceira? -ouvi a voz de Norman e me afastei de meu pai sorrindo para fazer um toquinho com ele. - Pronta para as melhores férias da sua vida? -ele perguntou com um sorriso diabólico que eu sorri.

-Mais que... -eu fui interrompida

-Pelo amor de deus, não a faça ir presa -Lauren falou e eu corri até ela.

-Lau -gritei enquanto a abraçava. Ela me apertou e sorriu.

-Saudades, pequena -ela falou e eu fiz uma careta.

-Tenho 16 - falei e ela riu.

-Isso não faz de você grande.

-Ai. Feriu meu coração -falei me afastando e trombei com alguém. Me virei, dando de cara com Chandler, ele estava sério. Eu sorri e abri os braços esperando ele me abraçar mas ele continuou me encarando com os braços para trás. -Vai me deixar no vácuo?

-Era a intenção -ele disse ainda sério e depois sorriu, me abraçando e me girando no ar. Eu ri e o apertei. -Saudades honey -ele disse e eu ri.

-Você não consegue me ignorar por muito tempo - eu falei convensida quando nos separamos.

-Quer testar? -ele perguntou enquanto eu me virava e caminhava até meu pai.

-Eu sei que não. Você me ama -falei e o ouvi rindo.


Notas Finais


Espero que tenham gostadoo
Desculpem qualquer erro :p
Próximo cap sai segunda 💘
One kiss
One cheese
And bye 💘💘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...