História It's You Thats I Need - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 40
Palavras 3.822
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi povo malavilindo....
Então essa é minha primeira história,porem é a segunda vez que posto ela,pois tive que fazer edições em coisas que não me agradaram ao longo da história


Outra coisa sobre os capítulos,em caso de demora,geralmente é por bloqueio,coisas da escola,problemas na internet ou por que não fui eu que escrevi afinal vai ter capítulos escrito pela usuária @Thaths, e ela tem uma fic então nem sempre dá tempo de fazer os dois pois são histórias bem diferentes uma da outra
Mais eu aviso quando for atrasar
As postagens por enquanto eu vou postar alguns ou todos os prontos hoje ou cada um em um dia mais depois eu vou postar todas as quintas à tarde, espero que gostem


Ah já ia esquecendo o livro tem uma página no Facebook onde eu vou postar trechos de capítulos e as fotos dos personagens novos
Nas notas finais já vai ter link da foto dos personagens principais e na legenda da foto quem é quem

Capítulo 1 - Bulimia


Fanfic / Fanfiction It's You Thats I Need - Capítulo 1 - Bulimia

{**(Leiam as notas iniciais pfvrzin }**}

   {{P.O.V.ISABELLA}}

Ultimo dia de aula na escola antes das férias tudo corre normal tive
*aula de português com um professor zuera,
*matemática com o professor bonito,
*inglês com a professora Barbie lésbica (Não tenho preconceito mais ela toda aula fala que a sala bagunça na aula dela porque ela é lésbica e ela só usa rosa e tem um cabelo loiro pique Barbie,aí já ficou o apelido),
*Educação física com o professor Narcisista/Filho de Afrodite ,
*História com a própria múmia,
*aula de música com a professora Angela ela é uma mistura de zuera e calma com rostinho de Barbie

Como qualquer outro dia minhas amigas namoram no corredor,na sala a gente brinca e fala muito, alguns dos meus amigos de outra sala vem aqui na troca de aula,aí passa o intervalo,e hoje depois da escola fomos ao Mac Donalds na ultima aula(Minha escola apesar de brasileira ela tem meio um propósito de escola americana,com direito a portas destrancadas,time de líder de torcida,armários no corredor etc),Foi aí que recebi uma mensagem de João um dos gêmios amigo do meu irmão e do Gabriel um outro amigo do meu irmão então abri a mensagem de João primeiro que dizia

"'Sorriso o Felipe chega hoje né?"'

Sorriso odeio esse apelido,tenho ele desde que meus últimos 5 dentes da frente caíram todos de uma vez,mais respondi com educação.

'"Sim"'

Em seguida li a de Gabriel que estava escrito

"'O Felipe chega hoje a tarde né ?Fala pra ele que eu vou aí lá pro dia 19 tenho novidades pra ele blz?"'

Eu respondi

"'Falo sim"'

Depois das mensagens teve que agüentar minhas amigas tendo alguns Orgasmo multiplos por que o Felipe estava chegando,pois afinal ele era bem bonito, ele puxou pra minha mãe,Felipe é alto como meu pai de pele branca aveludada igual a minha mãe olhos claros da minha avô e cabelos loiro escuro liso da minha mãe.

Já eu tinha a pele negra do meu pai,a altura da minha mãe que não é das mais altas admito,os meus cabelos eram mais claros como os da minha mãe quando nasci,mas depois foram escurecendo,meu cabelos são cacheados como o da minha avó na minha idade,e tenho também o olho Verde mel que puxei do meu avô assim como meu pai.

Depois de ouvir comentários desnecessários a respeito do meu irmão,suspiros e gemidos,minha mãe veio me buscar pra irmos ao mercado e ao shopping comprar coisas antes da chegada de Lipe

Ela comprou o bolo que ele gosta,lasanha e uma porção de coisas que ele gosta de comer, comprou também roupa de cama nova e um livro que ele estava ansioso pra comprar,minha mãe sente uma falta enorme de Lipe em casa e quando ele vem e um evento interno

Depois fomos ao aeroporto buscar ele,pois ele tinha pego uma promoção de BH até aqui,esperamos bastante até que chegasse o avião dele

Um tempo eu estava distraída  assistindo série no celular quando esperando,e durante uma cena tensa senti meu celular sendo tomado e fui seguindo com o olho, e quando vi lá estava meu irmão mais velho sorrindo, levantei em um salto,tão rápido que quase derrubei ele no chão,então ele disse:

-Ei little pig calma eu sei que faço falta mais não precisa me quebrar inteiro!
- Haha foi só o susto de ficar sem o celular - Eu disse
- Ata vou acreditar!Ta bem?
- To sim

Então minha mãe chorando abraçou Felipe, assim que eu e ele nos separamos,o mesmo sorriu e disse :

-Hey Dona Clara calma eu to vivo,to bem e vou ficar 2 meses aqui com vocês
-Dois meses ?-Perguntou ela e eu ao mesmo tempo.
-Dois meses sim. A faculdade vai passar por reformas e o serviço em que trabalho faz parte da faculdade então são 2 meses, e agora vamos que eu estou com fome,meu vôo atrasou e já se passam  das 20:00, papai deve estar bravo pela comida estar esfriando bora.....

Fomos embora pra casa ao chegar para o jantar que papai fez,que ja estava pronto e bonito quando chegaos,comemos rimos falamos das novidades e fomos dormir.

No dia seguinte

E aqui estou eu mais um dia da minha inútil vida,sentada na cama tentando imaginar como vai ser minhas férias mais esse mês extra de Felipe,acho que talvez que não será nada demais além séries e cama só isso.

Mais também tem o fato de que meus pais foram viajar para casa da vó Zélia(Avó Paterna)durante uma semana,e os amigos de meu irmão vem ver ele as férias todas principalmente pelo fato de ele não estar mais estudando na cidade assim como a maioria dos seus amigos,então ele vem passar as férias aqui,mais o único lado bom disso tudo, é que o Fernando vem ver meu irmão e provavelmente vem dormir aqui em casa uns dias como sempre faz ano após ano, o que talvez não seja tão bom assim sabe?

Por que eu meio que gosto dele desde os meus 13 anos de idade o que da mais ou menos uns 4 e pro mais legal que seja ter o Crush dormindo na sua casa,não gosto de criar tantas expectativas e nem  me iludir tanto assim,e não quero que ele me veja como eu acordo,com mais uma crise existencial de gente sozinha que eu tenho ,entre outras coisas mais.......

Não digo que não é legal ter-lo aqui mais sabe é estranho ele já me viu de todos os jeitos,na verdade ele é quase meu irmão pois viu, meus primeiros passos,minhas primeiras palavras, cada dente meu cair,minha primeira tpm,meu estado de borboletas no estômago antes do meu primeiro beijo (que eu talvez me arrependa seriamente dele até hoje,mais e primeiro beijo), Fernando vem acompanhando tudo na minha vida desde que eu nasci,mais também ele conhece meu irmão desde os 3 anos de idade, ele sempre freqüentou aqui em casa pois depois de um curto tempo que eles se tornaram amigos minha mãe descobriu que conhecia a de Nando, fazendo com que ele se aproximasse mais aqui da casa.

Eis então que começa a maratona de toques na campainhas,atrapalhando aos meus pensamentos,eu ia descer pra abrir a porta mais ouvi meu irmão Felipe abrir a porta e dizer:

-Hora hora hora quem apareceu!Entra aí,vamos lá na sala,se está bem mano?

Foi nessa resposta em que meu coração deu um duplo carpado e congelou,tudo isso de uma só vez.

-To sim mano! E os caras Cade?

Essa voz eu conheço muito bem,reconheceria em qualquer lugar

-Alguns estão fazendo hora extra outros não conseguiram férias do serviço e os gêmios foram obrigados a viajar em família,então somos só nos por enquanto Fernando-Disse Felipe

Eu congelei ao ouvir Fernando da boca de Felipe,ele nunca vem no 1 dia das férias geralmente ele vem com os gêmios que é lá pro fim de semana não no começo,por um estante me veio uma lembrança do período de aula em que passei com ele e o medo tomou conta...

-Beleza mano,Cade sua mãe,seu pai?
-Foram ver minha avó
-E a Bella?
-A Isabella está no quarto eu acho.

Eis então que eu desci correndo e pulei no colo do Fernando(Fernando era um menino alto com pele morna cabelo castanhos escuros olhos castanhos acizentados muito bonitos por sinal e uma barba baixa e pequena) e disse:

-Olha eu aquiii!.!.!

Ele riu e disse:

-Oi Bella tudo bem ?
-Tudo sim-Eu respondi

Naquele momento Felipe nos interrompeu olhando com reprovação pra cena e disse:

-Que merda é essa aí?!?

E apontou pra nos,Fernando me pôs no chão sorrindo e disse

-Calma cara
-Só to falando oi Lipe- Eu disse, com olhar meigo arrumando o short e o suspensório- Agora eu vou pro meu quarto,beijos de luz pra vocês

Então eu subi mais parei no topo da escada ao ouvir:

-Você não está se aproveitando da minha irmãzinha não né?Sabe que é pedofilia isso não sabe?
-Só é pedofilia quando não tem amor-Disse Fernando rindo
-Vai a gente é amigo,mais amizade acaba em dois minutos
-Se acabar eu viro seu cunhado e aí eu não largo você-Fernando riu da cara de bravo de Felipe que por sua vês respondeu:

-Vai se fuder cara
-Brincadeira
-Acho bom mesmo  
-Mais a bella ela ainda está com aquelas merdas na cabeça ?-Fernando perguntou abaixando um pouco o tom de voz na esperança de que eu não ouvisse mais eu ouvi e só consegui pensar "Merda me fudi legal me fudi bonito"

-Ta falando do que mano?
-Ninguém te contou?Nem sua mãe e nem a própria Bella?
-Não!-Disse Felipe com aquela cara de desconfiança então ele continuou-Tenho falado freqüentemente com as duas e não me falaram nada de mais,mais o que de tão grave que elas me esconderam?
-A Bella colocou na cabeça um papo de que é feia e não é amada por ninguém por que está gorda e que nunca ninguém vai se interessar nela e só fica no quarto de janela fechada e fones de ouvido,e só vai de casa pra escola,da escola pra casa,não sai nem mais com as amigas......
-Porra como minha mãe não me falou isso,ela tinha que me contar.
-Achei que tivesse notado vocês se falam por chamada de vídeo sempre!
-Não notei cara,ela estava sempre sorrindo e parecia alegre.Desde quando ela está assim?
-Desde o 1• Baile da escola
-Baile?Que baile
-A escola fez um baile pros alunos a alguns meses e ela comprou vestido sapato maquiagem e esperou que alguém a chamasse pra ir no baile assim com fizeram com suas amigas,mais ninguém chamou e quando ela decidiu chamar um garoto ele disse que preferia ficar em casa,e todas as amigas dela foram chamadas pra ir e ela não,algumas amigas dela estão até namorando com o par do baile atualmente
-E como você sabe disso?
-No dia do baile eu fui a um barzinho a noite e lá estava ela com um vestido azul de baile com um prato de fritas e um Milk Shake numa mesa escondida,de início achei que ela estava com alguém mais aí vi que estava sozinha e chorando,então fui lá e perguntei se ela não devia estar no baile e ela me respondeu "Não conta pra ninguém que me viu aqui pra todos os efeitos estou no baile,bebendo ponche batizado pelos guris do 3 ano,daqui a pouco volto a porta da escola e ligo pro meu pai ir me buscar e falo que me diverti bastante e que foi o melhor baile da minha vida " então eu peguei me sentei na mesa com ela,de início ela não queria que eu sentasse lá mais depois fui fazendo com que ela se abrisse comigo e ela me falou tudo o que realmente acontece, depois levei ela pra casa e disse pros seus pais que eu estava passando na frente da escola dela e vi ela tentando ligar pra eles com algumas outras meninas e decidi oferecer uma carona já que estava tarde.
-Merda por que ninguém me falou? -Gritou Felipe furioso-Porra velho eu devia saber disso

Ao ouvir o grito de Felipe me assustei e voltei ao quarto até bati a porta pois estava com medo e me senti traída pelo Fernando ter dito ao meu irmão então deitei e algumas lágrimas caíram sem que eu pudesse conter,enquanto isso eles continuavam a conversa lá em baixo

-Felipe ela ouviu nossa conversa,ela deve estar puta comigo agora....
-Fernando você tinha que ter me ligado na mesma hora de dentro do banheiro do bar
-Eu não podia trair a Bella não naquele momento.......
- Não é traição é cuidado cacete meu!
-Ela confiou em mim nem as amigas sabem disso tudo,as amigas acham que ela estava com alguém especial
-Foda-se eu amo minha irmã e quero o bem dela,por isso você devia ter me contado
-Eu também quero ela muito bem mais ela precisa confiar em alguém
-Você o que Fernando?
-Eu.......eu.......
-Você o que ?
-Eu não podia contar pra ninguém, sou eu quem cuido dela na sua ausência você me confiou isso lembra?
-Por um minuto pensei que estava gostando da minha irmã
-Você está preocupado com isso agora ela sua irmã não está bem mentalmente e nem psicologicamente e ainda ouviu eu te contar tudo
-Ouviu?Como você sabe?
-Eu ouvi a porta do quarto bater depois que vc gritou
-Merda,ela está assustada,ela se assusta as vezes ao me ver nervoso PORRA!-Disse socando o sofa
-Deixa que eu vou lá enquanto você se acalma.
-Não eu vou,preciso conversar sério com ela
-Pra que? Pra assusta-la ainda mais?Você ta nervoso deixa que eu vou,quando se acalmar vocês dois conversam ok?
-Ok

Então Fernando veio subindo em direção ao meu quarto que estava trancado,ele tenta abrir vê que está trancado e disse:

-Não fica brava vamos conversar,por favor!

Não respondi apenas chorei mais do que antes

-Isa eu to escutando você chorar,abre a porta.....
-Não -Respondi
-Eu....eu......não.........deveria.........eu sei que estou.....

Antes que ele pudesse continuar uma raiva tomou conta de mim,então abri a porta em um único puxão e disse

-Errado? Você ia dizer que está errado que não devia ter contado que achou que ele sabia,e que eu deveria ter falado pro Felipe e pros meus pais,que isso e uma coisa da minha cabeça etc,mais afinal até quando você vai ficar mentindo?
-Isa....eu......

Interrompi ele gritando

-Fernando quer saber você não me deve nada você só é amigo do meu irmão.Como eu pude ser tão troxa assim e claro que você ia contar é o melhor amigo você é o protegido do meu irmão não é mesmo,sou uma besta mesmo,confiei no cara que é os olhos e ouvidos do meu irmão nessa casa!Troxa é isso que eu sou a porra de uma garota troxa.

Naquela hora eu chorava ao mesmo tempo bufava de raiva,pois ele me jurou silêncio,e simplesmente contou tudo pro Felipe

Eis então que ele tomou coragem e me disse:

-Eu não posso nem vou mentir,e realmente um fato eu ia e vou falar "Isabella Castelhano você está doente isso e doença e coisa da sua cabeça, eu contei pro Felipe só por que sei o quanto vocês são próximos e achei que ele sabia não podia apenas deixar no ar e sair por que depois ele ia vir falar com você e vocês brigariam igual eu briguei com ele e estou discutindo com você e eu sinceramente não quero isso
-Então porque você está com esta história sem pé nem cabeça de que eu estou doente ?
-Isa vamos entrar no quarto por favor?
-Porquê?
-Eu tenho algo pra contar

Então depois de pensar um pouco deixei que entrasse no meu quarto, ele então então entrou de cabeça baixa e pediu pra que fechasse a porta,eu fechei e sentei na minha cama  e fique fitando ele sentado na mesa do computador e então eu disse:

-Pediu pra entrar pra que?
-Isa......
-Isabella meu nome é Isabella
-Isabella!Lembra no dia do baile quando você foi ao banheiro e demorou bastante até!?
-Normal o que tem demais em eu ir no banheiro?
-Junto com você entrou uma mulher,essa mulher saiu alguns poucos minutos antes de você e veio falar comigo...
-E dai você conhecia ela não é?
-Não ela veio me falar que te ouviu vomitar no banheiro,e que só tinha 4 motivos pra você estar vomitando,
1•A comida não lhe fez bem,
2•Você estava gravida,
3•Você sofrer de Bulimia,
4•Você ter bebido
(A:Desculpa o raciocínio meio bosta)

Fiquei quieta por um tempo então Fernando continuou

-Eis então que parei e pensei riscamos da lista gravidez,depois daquela confissão,a comida não foi porque eu também comi,bêbada não estava por que sentiria o cheiro de longe,mais vale a pena perguntar,agora bulimia realmente é a mais próxima da realidade ainda mais com tudo isso que você está passando agora.Então quando você voltou eu perguntei se tinha acontecido alguma coisa e você disse que não,que tinha atendido o telefonema de uma amiga bêbada apenas,foi aí que eu fui procurar saber mais e calhou  que seus pais andaram me chamando pra jantar aqui pois eu tenho ajudado bastante, eu notei que você vai ao banheiro exatamente depois que engolia a ultima garfada e ninguém nessa terra tem digestão tão rápida pra isso...

É parece que o Fernando me encurralou desta vez e eu não posso mentir não de frente com a verdade então apenas abaixo a cabeça.

-Porque de tudo isso?Me fala?-Pergunta Fernando com os olhos nadando em lágrimas-Será que você não percebe o quanto e importante para aqueles que estão a sua volta Porra,você não percebe que é minha irmãzinha mais nova

Eu só conseguia chorar por terem descoberto meu segredo,por não ser nada mais pro Fernando do que uma irmã que ele nunca teve,por ter que encarar o Felipe me monitorando o resto das férias.

Então abracei minhas pernas e me vi em posição fetal chorando,e como se não bastasse eu comecei a ser bombardeada por pensamentos loucos e ruins,perguntas sem resposta,e por um momento bom no meio daquele furacão de pensamentos e sentimentos eu senti o abraço mais reconfortante do mundo ou pelo menos era naquele momento,e lá estava a cena eu chorando no peito do Fernando enquanto ele me abraça,uma cena realmente fofa mais e uma pena que ele me veja só como "IRMÃZINHA".

Um tempo se passou eu já estava mais calma mais ainda tinha raiva,então o Nando pergunta:

-Isa você está mais calma?O Felipe pode entrar pra conversar com você

Foi então que por um minuto me veio na cabeça "Ele falou da bulimia pro Felipe!",eu saberia de qualquer jeito se ele tivesse contado mais queria ouvir da boca dele então perguntei:

-Fernando?
-Fala Isa
-Você falou da Bulimia pro Felipe?
-Não foi por isso que pedi pra entrar ele não sabe ainda,e seus pais desconfiam!
-Tudo bem,agora eu vou falar com o Felipe,sabe onde ele está ?
-Na sala ou no quarto dele,mais acho que no quarto dele

O Nando sorri aquele sorriso e tão lindo e traz paz pro coração mais ainda não o suficiente pra me acalmar,não com o que vem agora,quando fui em direção ao quarto do meu irmão,ele me pega pelo braço e diz:

-Só fica calma e boa sorte
-Ok valeu
-Se quiser eu fico do lado de fora na porta
-Acho que não precisa,mais você que sabe!
-Não confio muito no seu irmão desse jeito, então vou ficar aqui  -Disse ele sorrindo 

E lá estava caminhando eu em direção a forca.
A conversa com meu irmão ia ser como ser enforcada ou crucificada,ou pelo menos era essa a sensação!
O Felipe é um amor de pessoas mais ele se irrita muito fácil quando o assunto e a família e amigos dele então ele deveria estar bravo ainda.
Cheguei na porta do quarto e ouvi ele batendo no saco de Boxe que tem no seu quarto e fiquei com muito medo pois fazia anos que o Felipe não dava atenção para aquele saco,e hoje ele estava lá socando ele.
Após ouvir aqueles socos todos no saco tentei dar meia volta mais sei de cara com um garoto 1,83 de altura vulgo Nando(Volgo crush),que não deixou eu ousar voltar as profundezas do meu quarto,e como se não bastasse passou na minha frente e bateu na porta duas vezes,e ali estava meu irmão o SR.Felipe Castelhano todo soado e com as mãos enfaixadas com as velhas ataduras de boxe preta  dele,naquele momento eu congelei a ponto de não falar,então depois de perceberem que eu estava simplesmente paralisada.
Foi aí que Fernando fecho a cara,olhou fixo pro Felipe e disse:

-Ela veio falar com você numa boa tenha paciência com ela cara por favor!?
-Pode ficar tranquilo eu já me acalmei,vou tentar ser menos grosso possível
-Ta vou deixar vocês conversarem

Fernando me virou pra ele e disse em voz baixinha quase sem som "Vai dar tudo certo" e logo em  seguida me deu um leve empurrão em direção a Felipe que meu puxou de leve para o quarto.
Após entrar não quarto do meu irmão,ele sentou na cama e bateu no espaço que sobrou pedido pra mim sentar,eu fui até lá sentei tudo sem olhar pra ele,então Felipe perguntou:

-Porque me escondeu isso ?
-Não queria que ninguém soubesse!
-Mais você falou pro Nando
-Eu falei pro Nando por que eu estava desesperada sozinha chorando num bar bem longe da minha escola quase perdida,com vários olhares estranho,quando vi alguém conhecido e não consegui mais segurar
-Bella você deveria ter me ligado eu pegava uns dias de férias antecipados e vinha aqui ficar com você
-Lipe ia chamar muita atenção se você viesse me ver assim fora de época,e não queria tirar seu juízo e nem o dos nossos pais com isso ,você tem estudos trabalho você ia querer largar tudo e não seria justo
-Claro que faria você é meu bebê
-Mais não e justo eu acabar com sua chance de melhorar sua vida etc
-Você nunca atrapalha
-Eu não podia nem posso fazer isso,você tem o direito de viver e a partir de agora não vou esconder nada de você desde que você me prometa não largar tudo por probleminhas meus ok?
-ok
-E por não poder mais te esconder nada eu tenho que te dizer e quero que não conte pra ninguém nem pros nossos pais,promete ?
-Prometo!
-Mais eu não sei como contar sozinha
-Como assim Bellinha?

Eu me levanto e abro a porta e lá está o Nandinho com uma expressão de ansiedade e preocupação,eu então faço um sinal com a mão chamando ele então nos dois sentamos na cama juntos e Felipe nos fuzilou com os olhos e disse:

-Não vão me falar que.........Vocês..........não pode ser-Disse Lipe socando o colchão da cama de casal ali presente

Então Nando disse rindo :

-Calma cara
-Lipe não é isso não-Eu disse,mas bem que eu queria

Então falei no ouvido de Fernando sobre minha decisão e ele disse:

-Bom agora eu vou fazer o que fui chamado pra fazer certo ?
-Certo!-Eu disse-Mais você começa Nando
-Ok então Isa.Vamos lá,Mano você lembra que eu te disse que encontrei essa doida varrida no bar com roupa e baile e tals ?
-Sim,doida mesmo pensou se você não tivesse lá cara o que podia acontecer?
-Verdade,mas isso não vem ao caso.A verdade é que eu nesse dia cheguei a conclusão de que sua irmã sofria de um mal,não é Isa?
-Sim,esse mal é uma doença que geralmente vem a partir de problemas que no caso são os meus,como Baixa Auto estima,e etc-Eu disse

Felipe olhou,pra mim olhou pro Nando,e perguntou:

-Do que vocês estão falando?Que doença e essa?

Eu olhei para os dois,respirei fundo e disse:

-Felipe,meu irmão querido ,eu tenho uma doença e essa doença ela é..........

Eu tentava falar a palavra bulimia e não consegui tentei algumas vezes falar,e essa trava foi deixando Felipe mais desesperado e nervoso,eu respirei fundo de novo fechei os olhos e disse tudo de uma vez só:

-EU TENHO BULIMIA FELIPE

   


Notas Finais


Link da foto dos personagens:
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1795846277359104&substory_index=0&id=1795813547362377

Conforme os personagens forem entrando eu vou postando lá na página e vou deixar sempre o link aqui nas notas finais

Digam o que acharam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...