História It's Your Fault - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jimin, Yaoi, Yoongi, Yoonmin
Exibições 44
Palavras 2.774
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo bolotas!
Primeiramente peço desculpas pela demora, mas acontece que eU FUI ATROPELADA POR UMA BICICLETA!
Não me machuquei muito, mas minha dignidade ficou lá, caída na rua.
Genteney, hoje teve feira de ciências no meu colégio, daí tem dois garotos que são os "héteros fodões", os "pega geral" que tem em todo colégio, se liga?
Então, eles ficaram se agarrando (de abraço) o tempo todo e teve uma hora que um deles deu um puxão no outro e ficou abraçando ele por trás, e eu berrei "YAOI" muito alto. Okay, eu não sou normal.
Enfim, esse capítulo tá um pouco parado, eu tô tentando ao máximo prolongar a fic, mas acredito que ela não vá passar dos 15 capítulos.
Perdoa os erros e não desiste Jimin!
Tenham uma boa leitura :)

Capítulo 8 - MY+PJ


Os carros quase não se faziam presentes pelas ruas, já se passavam das três da madrugada. As luzes dos postes iluminavam o quarto em forma de pequenos feixes que entravam pelas frestas da persiana que cobria a janela, nada que fosse incômodo. O frio preenchia todo o apartamento, mas Yoongi estava quente. Muito quente. O corpo orvalhava e se remexia na cama, os cabelos negros grudavam na testa e os dentes maltratavam inconscientemente os lábios, por onde saiam murmúrios semelhantes a gemidos. As mãos pálidas e magras se agarravam aos lençóis, deslocando-os do colchão, o peito subia e descia desordenadamente devido a respiração acelarada, o cobertor não mais lhe cobria, estando agora jogado de qualquer forma no chão e a camiseta se encontrava úmida, tamanha quantidadede suór que seu corpo expelia. Em um tranco só, ergueu o tronco e abriu os olhos, sentando-se na cama e despertando de seu sonho, olhando em volta na tentativa de se orientar. Ofegante, passou a mão pela franja, jogando-a para trás e sentindo-a molhada. A medida que sua respiração voltava ao normal, olhou para baixo, mais precisamente para sua virilha, e notou que seu membro estava totalmente desperto dentro da cueca, esta que tinha uma manchinha molhada do pré-gozo, sinal de que estava excitado a um bom tempo. Resmungou e se jogou de novo na cama, sentido o travesseiro úmido sob sua cabeça. Aquela era a quarta vez naquela semana que acordava excitado de madrugada, por conta dos sonhos que andava tendo com aquela mesma pessoa em especial: Park Jimin. 

Realmente não sabia o que estava acontecendo consigo, nunca esteve tão necessitado por sexo quanto estava naquele torturosa semana, mas ainda assim se recusava a se tocar. Não tinha nada de mais naquilo, mas "bater uma" pensando em Jimin era demais. Estavam bem mais próximos naquela semana, mas ainda era demasiado orgulhoso, e pensando nisso se levantou frustrado da cama e rumou o banheiro, se despindo e ligando o chuveiro no gelado. Aquilo já estava virando rotina.


         :


-Sério, eu não sei nem o que eu tô fazendo aqui até agora.- o pálido se pronunciou, olhando com uma careta de nojo para Taehyung, que estava demasiado concentrado em cortar as unhas dos próprios pés. 

-Você tá aqui porque me ama, hyung. É por isso.- o Kim ditou, sem desviar o olhar do que fazia. 

-Faça-me o favor.- resmungou para si mesmo.- Eu vou embora.- anunciou, já se levantando do sofá que dividia com o loiro e rumando a porta. 

-Não, não vai não!- o mais novo praticamente gritou,  se levantando também e agarrando o Min por trás num abraço exageradamente apertado. 

-Me larga, Taehyung!- Yoongi bradou, tentando socar o braço do Kim mas se vendo impossibilitado devido ao aperto. 

-Só se você ficar.- falou rente a nuca do mais velho, a voz grave e rouca do loiro até lhe causaria algum efeito se não estivéssemos falando de Kim Taehyung. 

-Entre mofar em casa e te ver cortando esses cascos que você chama de unhas, prefiro mofar em casa.- respondeu seco.

-Aish, mas que hyung reclamão!- o mais novo fez bico.- Mas já que é assim, vamos sair então.- deu de ombros, largando o pálido.

-Taehyung, já são oito da noite. A princesa prentende me levar onde?- com deboche na voz, o Min indagou, se virando de frente para o outro. 

-Ai, não me chama assim que eu gamo, amor.- o loiro fez uma voz afeminada e Yoongi rolou os olhos, rindo logo em seguida. 

-Mas é sério, pra onde vamos?- voltou a perguntar, cruzando os braços e arqueando uma sobrancelha.

-Espere e verá.- o Kim sorriu sapeca e deu uma piscadela antes de rumar o próprio quarto em meio a bagunça que era seu apartamento, deixando o pálido entediado na sala. 

De roupa trocada, Hoseok convocado e uma mochila suspeita nas costas, Taehyung seguia para fora do prédio em que morava, trocando provocações com o Jung e tendo um Yoongi carrancudo em seu encalço. Realmente não entendia o que acontecia entre os dois, uma amizade colorida, talvez? Enfim, aquilo não podia ser mais importante, afinal apenas agora tinha se dado conta de que seguia por ruas totalmente desconhecidas atrás daqueles dois loucos que tinha o desprazer de chamar de amigos. Mesmo morando na capital, as ruas não estavam muito movimentadas, o sol já tinha ido embora a tempos e o vento soprava cada vez mais frio a medida que a noite caía, fazendo o leve resfriado que tinha adquirido com a chuva da semana anterior se intensificar. Quando passaram a se afastar ainda mais do centro, o pálido já sentia as pernas doerem, era sedentário, afinal. Os questionamentos sobre onde estavam indo eram constantes da parte do Min, o que fez Taehyung se irritar e lhe roubar um selinho para que se calasse. Mas é o óbvio que o mais velho não deixou barato a gracinha do Kim e lhe estapeou, enquanto palavras de baixo calão que o loiro sequer sabia que existiam lhe eram proferidas aos quatro ventos, em ordem alfabética. Hoseok se desmanchava de rir da correria dos outros dois até que adentraram um prédio não tão novo, mas de aparência simpática e que estava bem conservado. Acenou para o porteiro, que apenas devolveu o cumprimento em meio a um riso. Estava mais que acostumado às loucuras do Kim. Taehyung subia os lances de escadas correndo com um Yoongi possesso atrás de si, lhe xingando de "demente", "demônio", "desgraçado"... Foi inevitável a surpresa ao perceber que ele ainda estava na letra D. Ao chegarem no sétimo andar, pararam ofegantes em frente à porta de número 703 e logo viram Hoseok sair do elevador, ajeitando os cabelos enquanto olhava seu próprio reflexo no visor do celular como se nada tivesse acontecido. 

-Me beija de novo pra você ver Taehyung!- o pálido exclamou, chutando a canela do loiro repetidas vezes.- Encosta essa bueiro que você chama de boca em mim de novo que eu arranco as suas bolas!- praticamente gritou, mantendo os chutes nas pernas do Kim, que gritava esganiçado por desculpas e gemia de dor encolhido perto da porta. 

-Crianças, já basta.- o Jung falou com a voz falsamente autoritária, tocando a campainha e vendo Yoongi parar com os chutes ao tempo que olhava mortalmente para Taehyung, que fazia uma careta sofrida e alisava a própria canela. 

-Onde a gente tá?- só então percebendo que tinha entrado em um prédio totalmente desconhecido, o Min questionou, fitando o alaranjado de modo desentendido. 

-No prédio do...

-Mas que porra é essa?- Hoseok foi interrompido pela voz confusa e um pouco mais rouca de Jimin, que tinha aberto a porta e fitava os três ali como se fossem loucos. 

Imediatamente, Yoongi desviou seu olhar para o acinzentado e quase deixou o queixo pender. Quase. O Park trajava nada mais nada menos que uma calça de moletom preta, sem nada cobrindo seu tronco, e o Min não sabia se agradecia ou praguejava por aquilo. Afinal, Jimin tinha um abs e tanto. Os gominhos eram perfeitamente contornados na tez alva mas ainda assim com um toque bronzeado, os braços e o tórax definidos, mas nem tanto, e a cintura levemente esguia, Park Jimin era uma perdição. Após analisar minuciosamente aquela pele exposta e dar atenção também as coxas torneadas do mais novo, subiu o olhar até seu rosto, vendo que olheiras um pouco arroxeadas se formavam abaixo dos olhos escuros do Park e a ponta de seu nariz estava avermelhada, além dos cabelos bagunçados, o que deixava evidente seu estado adoentado. Franziu o cenho mas continuou a observa-lo, sendo desperto de seu breve transe por um peteleco em sua nuca. 

-Se quer secar o Minnie, faça discretamente, hyung. Parece que vai devorar o garoto.- Hoseok provocou, mexendo distraidamente no celular e ganhando um olhar feio e embasbacado do Min. 

-E-eu não tava secando ninguém, idiota.- retrucou, dando um tapa na nuca do alaranjado, que fez careta mas logo riu. 

-Aham, e o Taemin me namora.- irônico, Taehyung atiçou, mas antes que pudesse responder a altura, Yoongi foi cortado pelo até então ausente Park

-Gente, não é por nada não, mas... Que caralhos vocês vieram fazer na minha casa, em pleno domingo, a essa hora?!- já perdendo a paciência e levemente corado pelo olhar que o pálido tinha lhe lançado, indagou. 

-Viemos te buscar.- o Kim respondeu como se fosse algo óbvio.  

-Oi?- confuso, arqueou uma sobrancelha. 

-Sem "oi", Jimin-ah, vai tirar essa roupa de mendigo e vamo logo.- Hoseok apressou, empurrando o amigo para dentro do apartamento enquanto Taehyung arrastava Yoongi porta a dentro.

-Eu tô doente e cansado, não vou sair de casa agora não.- negou com a voz levemente fanha, se jogando no sofá. 

-Ah você vai sim.- o loiro assentiu de maneira lenta e quase maléfica, um sorriso maldoso nos lábios. 

-Ah é? Me obrigue.- desafiador, Jimin sorriu e deitou a cabeça no encosto do sofá, e fechando os olhos e relaxando o corpo.

O sorriso do Kim aumentou duas vezes de tamanho e sem hesitar se sentou ao lado do acinzentando, se aproximando a ponto de alcançar seu ouvido e tapando a boca com a mão para que os outros dois ali presentes não pudessem ver o que segredava ao amigo. A reação do Park foi instantânea, seus olhos se arregalaram e seu corpo tensionou no estofado antes de se levantar de supetão e lançar um olhar feio a Taehyung, enquanto Hoseok fitava a cena com uma careta desentendida e Yoongi mantinha sua expressão de nada, mas com um quê de confusão. 

-Eu já volto.- sorriu forçado para os dois e correu para o quarto, batendo a porta com mais força do que pretendia. 

Taehyung sorriu vitorioso e relaxou no sofá, colocando as mãos atrás da cabeça e logo tendo Hoseok sentando em seu colo. 

-O que foi que você disse pra ele mudar de ideia assim?- o alaranjado indagou o cenho franzido e o olhar curioso.

-Segredo, meu caro Hobi, segredo.- o loiro sorriu sapeca e levou ambas as mãos à cintura do Jung, que bufou e cruzou os braços fazendo bico. 

Depois de lançar um olhar de nojo aos amigos, Yoongi passou a analisar o apartamento de Jimin. Não era muito grande mas era maior que o seu, não era arrumado mas não chegava aos pés do chiqueiro em que morava, e a decoração não tinha nada de chique ou moderno, era tudo bem simples mas aconchegante, apesar da bagunça. Deu uma volta sobre os calcanhares reparando no local até que seu olhar pairou no pequeno corredor que levava ao suposto quarto de Jimin, tendo a visão deste parado na entrada do mesmo, vestido com a mesa calça de moletom preta que usava antes, um moletom de capuz azul com algo escrito em branco e calçando meias brancas, enquanto fitava o Min de cima a baixo. O pálido devolveu o olhar por um breve momento mas logo desviou, constragido. Sempre ficava sem jeito com os olhares do Park, eram tão intensos que pareciam ver sua alma. Mas não é como se estivesse reclamando. O acinzentado sorriu e passou as mãos pelos próprios cabelos, numa tentativa falha de arruma-los, logo se dirigindo até Yoongi e parando bem em sua frente, o analisando. O mais velho lhe fitou desentendido e seu sorriso se alargou. 

-Meus tênis. Atrás de você.- explicou, apontando com a cabeça para os sapatos. 

-Ah, claro.- o pálido riu sem graça e deu passagem ao Park, revirando os olhos para Hoseok e Taehyung, que tinham perfeitas moonfaces em seus rostos. 


         :


-Só pra deixar claro, eu estou aqui contra a minha vontade e isso vai ter volta, Kim Taehyung.- Jimin reclamou, andando de braços cruzados ao lado de Yoongi. 

-Aigoo Jiminie, você é muito chato.- o loiro revirou os olhos. 

-Chato?! Eu?! Escuta aqui, eu tô doente, cansado, você me tirou de casa  de madrugada pra fazer sabe-se lá o que, estamos andando a mais de duas horas e sou eu o chato?!- indignado, rebateu.

-Vou ter que te dar um selinho também pra ver se cala essa boca?- indagou, se aproximando do Park e fazendo biquinho enquanto fechava os olhos. 

-Como assim também?! Sai daqui, segura teu macho, Hoseok!- se afastou do Kim e se escondeu atrás do pálido, que revirou os olhos mas sorriu mínimo, disfarçando o arrepio que a respiração do acinzentado batendo diretamente em sua nuca lhe causou 

-Sossega, Taehyung.- Hoseok falou sem muito interesse, ainda com os olhos no celular.

Mais algumas quadras andadas sob as reclamações de um Jimin indignado, se aproximaram de uma praça, onde de primeira Yoongi reconheceu o ser de cabelos rosados sentado em um dos bancos com as pernas sobre o colo de um castanho que tagarelava com um outro moreno pálido, este que estava sentando no chão gramado de frente para os outros dois. Olhou confuso para Taehyung, que apenas deu de ombros e riu divertido. 

-Boa noite, família!- o loiro gritou assim que se aproximaram, logo vendo Jungkook lhe lançar um sorriso largo. 

-Boa madrugada você quis dizer.- Namjoon respodeu, dando leves batidinhas na canela de Jin. 

-Por que demoraram tanto?- o rosado indagou, sorrindo de lado para os outros quatro. 

-O ChimChim ficou fazendo hora.- explicou, se sentando ao lado do Jeon e logo deitando sua cabeça no colo do maknae, que de bom grado passou a afagar seus cabelos. 

-Fiz hora a mãe, Taehyung! Ele que resolveu passar pelo caminho mais longo.- emburrado, o Park retrucou, também se sentando de braços cruzados na grama. 

-Tá, que seja.- Namjoon interrompeu uma possível discussão dos mais novos.- Ainda não sei o que eu tô fazendo aqui.- com o cenho franzido e o olhar meio aéreo, falou.

-Então, gente.- Taehyung voltou a se sentar, tirando a mochila das costas e colocando-a sobre o colo.- Eu trouxe umas tintas, Jimin e Yoongi vão para um lado, Jin e Namjoon para o outro, Jungkook e Hoseok vem comigo.- explicou, atirando os sprays coloridos para os demais. 

-Pera ai, o que?- Yoongi questionou, pegando a tinta no ar desajeitadamente. 

-Tinta hyung, pichação. Já ouviu falar?- sarcástico, indagou, recebendo um olhar mortal do Min como resposta.

-Mas eu nunca fiz isso.- Jungkook confessou, analisando a tinta em suas mãos. 

-Não tem mistério, Jungkookie, é só chegar lá, rabiscar, e pronto.- Hoseok falou naturalmente, agitando a tinta e colocando-a no bolso frontal do moletom, puxando o capuz do mesmo para cobrir sua cabeça em seguida. 

-E por qual motivo, razão ou circunstância vocês acham que eu vou fazer isso?- Jin perguntou desafiador, cruzando os braços e tendo uma tinta e uma touca em mãos. 

-Porque a gente te ama, hyung.- Taehyung sorriu fofo e piscou os olhos diversas vezes, forjando uma inocência que definitivamente não era sua. 

-Isso é errado, vocês sabem disso não é?- o rosado alertou, mas já colocava a touca sobre a cabeça. 

-Ah hyung, o proibido sempre é mais gostoso.- o loiro falou sapeca.

Todos de acordo, se separaram, Taehyung, Jungkook e Hoseok para um lado, Namjoon e Jin para o outro e Jimin e Yoongi para outro, marcando de se encontrarem naquela mesma praça dali a duas horas. O Min e o Park seguiam falando sobre assuntos aleatórios, indo da faculdade até o que comeram de manhã em um piscar de olhos, por vezes rindo de algo engraçado dito por um dos dois. Aquele clima constrangedor ou desconfortável dos primeiros encontros já quase não existia, se não fosse, claro, pela vontade louca de se agarrarem em um beco qualquer. Quando finalmente acharam uma parede livre e não tão exposta, afinal, não queria dar tanto na cara o que estavam fazendo, se puseram a "desenhar" obscenidades e escrever palavrões, rindo da infantilidade e incoerência dos rabiscos. 

-Hyung...- Jimim chamou depois de um breve tempo em silêncio.

-Hm?- o pálido respondeu. 

-Ahm... Põe as suas iniciais aqui.- pediu um tanto acanhado, vendo Yoongi parar de rabiscar a parede ao seu lado. 

-Hã? Pra que?- confuso, perguntou.

-Só escreve, hyung.- impaciente e um pouco corado, pediu. 

Hesitante e desconfiado, o mais velho se aproximou mais do acinzentado e, com sua tinta preta, escreveu MY na parede. Jimin sorriu e com sua tinta vermelha, adicionou um logo abaixo das iniciais do Min e, depois de tomar a tinta preta das mãos de Yoongi, escreveu ali um PJ. Os olhos levemente arregalados do pálidos se dirigiram a Jimin, que lhe fitava com o lábio inferior preso entre os dentes e o olhar vacilante.

-Jimin, isso é... 

-São as nossas iniciais. Min Yoongi e Park Jimin. Não gostou?

Yoongi nada respondeu, apenas sorriu e prensou Jimin na parede, tomando seus lábios de um jeito caloroso e agitado. E naquele beco, num canto qualquer da cidade, em uma madrugada fria de domingo, aquela parede ganhou uma tatuagem especial:

                  MY PJ


Notas Finais


Jesus, que final clichezão, acho que vou até adicionar a tag fluffy aqui *risos*
Gostaram dos nossos babies sendo rebeldes?
Tô muito triste com o disband do 2NE1, ver um grupo que acompanho a tanto tempo acabando assim é bem pesado :"(
Ainda estou impactada que o BTS vem pro Brasil ano que vem... E também estou tentando me conformar de que eu não vou ao show... *dasi run chorar no cantinho*
Se tiver alguma coisa desagradando vocês, me deixem saber, hm? Quem sabe eu não melhoro? :)
Vejo vocês no próximo?
XOXO ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...