História Ivy e Percy Jackson e o ladrão de raios - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Grover Underwood, Hades, Percy Jackson, Poseidon, Quíron, Will Solace
Tags Percy Jackson
Visualizações 138
Palavras 996
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Ivy hora de ir


POV Ivy

Olá meu nome é Ivy

Eu segundo meu pai (Poseidon) tenho 12 anos. Eu moro em baixo do mar no castelo do meu pai mas...

Um dia eu estava no meu quarto e meu pai bateu na porta do meu quarto 

(Percy: oh que estranho)

(Ivy:isso e muito raro já que ele e cheio de compromissos de deus e tal) 

até eu abrir a porta depois de já ter refletido as últimas 2 semanas, assim que abri a porta meu pai disse:

— Já fez as malas?

Nós íamos viajar e meu pai tinha esquecido de avisar?

(Percy: riquinha)

— Que?

Ele entrou no meu quarto e disse está acontecendo muitas movimentações dos nossos antigos inimigos e que poderia ser perigoso para mim ficar em baixo do mar e então disse que eu iria para um lugar chamado acampamento meio-sangue e que quando eu chegasse lá eu não poderia falar para ninguém quem era meu pai e sobre e minha espada e a deixa-la na mala em formato de pingente e que no momento certo eu iria ser declarada e especialmente para eu não utilizar os meus poderes  e que amanhã de manhã eu deveria estar pronta para ir

E a minha reação foi uma mistura de pavor com medo,raiva e agitação.

Depois de me despedir de todos (da corte de meu pai) e estar com a mala feita eu fui para a superfície mas meu pai disse que eu deveria dizer que tinha lutado com algum monstro e fazer alguns pequenos machucados pra parecer melhor. Eu ficaria deitada perto um pinheiro esperando alguém chegar perto.

Mas acabei dormindo 

 

*****

 

Eu acordei com uma garota verde (uma dríade eu acho) me observando assim que ela viu que eu acordei disse

— oi está melhor e... Ah é beba isto — ela disse me dando um copo — meu nome é Juniper.

Eu parei para observar onde eu estava, o lugar parecia abandonaria do castelo mas é claro que não era embaixo da água e tinha longos campos verdes mais longe.

— Ahn?— eu disse e depois pensei  — ah tá claro.

Ela deu uma risada tímida.

De depois de um tempo chega um garoto de cabelos loiros como o sol e olhos azuis como o céu 

(Percy: o Austin foi o primeiro garoto que você viu?)

(Ivy: tecnicamente sim)

(Percy: e eu seu lindo irmão?)

— já vi que a nossa paciente já acordou!

— sim mas — Juniper disse e se virou para mim — ah qual é o seu nome?

— o meu nome é Ivy.

— o meu nome é Austin bem vinda ao acampamento meio-sangue — o garoto disse 

— obrigado— eu disse 

— ei Austin eu tenho que ir —Juniper disse 

— tá bom até mais — ele se virou para mim — Ivy o Sr.D quer falar com você  — ele fez careta ao falar o nome do cara.

Eu ri e falei

 — Por que você fez uma careta?

— porque é só um deus rabugento que não pode tomar vinho e nos odeia.— ele disse em tom sarcástico.

—tá vamos logo, quero ver se o Sr. Dionísio é tão chato assim.

— como você sabe que o Sr.D é o Dionísio?

Eu engoli a seco 

— sei lá mais " deus rabugento e vinho " só me parece ser Dionísio.

— é mesmo— ele da um sorriso — vamos o deus rabugento vai querer falar com você 

— porquê ele gostaria de falar comigo? — será que ele sabia quem era meu pai?

— ele fala com todos os semideuses que chegam no acampamento — ele deu de ombros após isso 

Eu fiquei mais tranquila 

Nós falamos com Dionísio (por sorte ele não sabia quem era meu pai) e disse que era para Austin me mostrar o acampamento inteiro. Eu iria ficar no chalé 11 (que é onde os semideuses indeterminados ficam até serem determinados) eu conheci o concelheiro-chefe do chalé 11 o seu nome é Luke ele me deu um canto no chalé (que estava super lotado)

 Depois disso eu e o Austin estávamos passando pelas quadros de volei 

— você é filho de qual deus?— perguntei 

— Apolo, sabe aquele chalé todo dourado ela que eu vivo 

— bom melhor que a minha morada provisória — eu digo olhando de lado para o chalé de Hermes 

— como você sabe que não é filha de Hermes? — ele perguntou 

— simplesmente porque não conseguia roubar nenhum pedaço de chocolate da dispensa do orfanato onde eu vivia — falei dando de ombros. Parabéns Ivy inventou a pior mentira da sua vida 

(Percy: oh que fofa mentindo)

(Ivy: Percy se você gosta de viver cala a boca)

— ah — ele parecia sem graça 

— mas eu até que gostava do orfanato lá era um lugar bem legal. — falei como se isso não importasse para que ele não tivesse pena de mim — mas desviando o assunto de mim, você tem quantos irmãos?

— Por parte de Apolo muitos espalhados pelo mundo mas irmão mesmos só um o nome dele é Will ele tem 9 anos e está aqui no acampamento 

— legal mas como assim vários pelo mundo? 

— ah sei lá mas Quíron disse que as vezes um semideus não descobre que é um semideus e vive sua vida, os filhos de apolo normalmente podem ser encontrados em faculdade de medicina ou de música — ele fala dando de ombros também como se o fato de ter vários irmãos por aí não fosse importante 

Eu ia perguntar mais alguma coisa mas aí chegou um sátiro e falando que um garoto chamado Percy tinha acordado 

(Percy: agora que história fica boa)

Austin ficou animado e pediu para que o sátiro (que eu descobri se chamar Grover) nos levar até ele 

Grover nos levou até o lago de canoagem onde havia um garoto com cabelos negros e uma garota de cabelos loiros

A garota olhou para nós ela estava encharcada 

— oi Austin e você quem é?— ela disse olhando para mim

— Ivy — respondi 

— Annabeth, esse é o Percy? — Austin perguntou olhando para o garoto 

— sim — ela disse e olhou irritada para o Garoto que fingiu estar olhando para a água do lago


Notas Finais


Espero que tenha ficado melhor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...