História Já Tenho 18! Você Me Deve Um Encontro Sans... - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Personagens Originais
Tags Frans, Shoujo, Undertale
Exibições 86
Palavras 1.135
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem! Sorry error, etc... ;3

Capítulo 18 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction Já Tenho 18! Você Me Deve Um Encontro Sans... - Capítulo 18 - Capítulo 14

- Frisk, você enlouqueceu??! Sabe como e ariscado fazer esse tipo de coisa?? – Sans me olhava preocupado, mas como ele sabia que esse tipo de coisa era arriscado? Bem não importava agora.

- Eu sei Sans, mas preciso ter certeza que fiz meu máximo para salvar a todos! – Digo determinada e ele me olha derrotado. Voltamos a andar e cinco minutos chegamos até a casa de Alphys e damos batidas na porta.

-O-olá! São vocês! Entrem! – Alphys abre a porta e apesar de estar tarde ela ainda estava com seu jaleco de laboratório – Undyne eu vou conversar com os meninos no laboratório, pode comer sem mim! – Ela grita para que Undyne escutasse da cozinha.

- Ok sem problemas amor! – Alphys cora hardmente e Undyne da uma risada. A seguimos até uma espécie de porão.

-Bem explique essa historia logo! – Sans dizia impaciente enquanto se apoiava na parede.

-B-bem, primeiro eu vou explicar oque aconteceria com Flowey se ele absorvesse uma alma poderosa, ele retomaria sua forma original mas com um porem! Ele teria duas personalidades, uma original e outra de flowey e provavelmente seria muito poderoso com ela alma artificial! Se não tiver problema para você flowey... -Alphys explicava olhando apreensiva para nos.

-Sem Chara não tem sentido eu voltar... – Eu tinha me esquecido disso.

-Bem..Esse e o único problema Alph, mas como você faria essa alma? – Perguntava animada.

-Eu tinha criado um corpo humano feminino para um projeto de ciências então talvez possamos trazer Chara de volta também.. - Ela puxa um pano branco, que estava cobrindo um tonel, dentro tinha um corpo humano muito parecido com um real – Bem para fazemos as almas eu preciso de você Frisk...Tenho que extrair o máximo de determinação possível... e também extrair todo o lado negro de sua alma...

-Mas você pode mata-la! Isso so deu certo com corpos mortos! – Sans já estava cheio de tudo aquilo.

-Bem conveniente o corpo humano, e Sans a escolha não e sua...Mas queria você ao meu lado de qualquer forma.. – Todos ficamos em silencio pro um minuto.

-VAMOS FAZER ISSO LOGO!! -Flowey esperniava de dentro de seu pote.

       Bem isso foi a cinco messes atrás, nos estudamos muito, e com nós eu digo Sans e Alphys, até estarmos preparados para trazer eles de volta! Hoje e o grande dia! E também sofremos muito por sermos um casal monstro/humano, mas o Sans sempre me protegia.

-Alph estamos aqui...- Dizia Sans na frente da porta do laboratório e ouvimos um entrem de dentro do mesmo. Nos entramos e vimos que tudo estava preparado para começarmos.

-Entre aqui Frisk – Alphys me posicionou corretamente dentro da maquina que mais parecia um doa ataques de Sans, o mesmo ficou do me lado segurando minha mão – Ok vamos começar eu vou ligar... – Ela ligou a maquina e eu comecei a sentir uma dor horrível, indescritível, parecia que estava sugando cada gota da minha consciência.

- AAAAAAAAAAAAAHhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!! – Eu gritava muito alto, sorte que as paredes do laboratório são revestidas de um metal que absorve o son, se não os vizinhos iriam chamar a policia.

-Alphys para! Você vai matar ela!! – Sans estava com lagrimas nos olhos e apertava minha mão cada vez mais forte.

 - N-NÃO! EU AQUENTO! – E assim continuamos por longos dez minutos, até que Alphys desligou a maquina – Acabou?... – Eu me sentia totalmente esgotada e assim que sai da maquina eu cai nos braços de Sans

-Sim! DEU CERTO!! -Todos comemoravam, mas ainda tinha trabalho a fazer, Alphys pegou a determinação e colocou em outra maquina e dali saíram duas almas uma branca avermelhada e uma totalmente preta.

-Aqui flowey absorva essa alma...Espero que de certo...-Ele obedeceu prontamente e logo uma luz branca tomou conta da sala.

- A-asriel?? – Eu não podia acreditar, era ele mesmo! Ele não era mais uma criança por algum motivo.Corri para abraça-lo mesmo ele estando completamente nu, o que fez Sans ficar com ciúmes.

- Coloque essas roupas Asriel..- Alphys tentava não olhar para Asriel e o mesmo foi colocando suas roupas, que eram uma camisa de manga comprida branca com um suéter listrado sem mangas e com uma calça marrom.

-E bom te ver de novo Frisk...Obrigado Alph – Eu apenar ria da situação, deu tudo certo no final, bem ainda faltava Chara...

- COMO ASSIM DE NOVO??? -Sans estava louco de ciúmes eu apenas dei um beijo para ele se calar.

-Longa historia amor...Bem porque Asriel esta com a mesma idade que eu?? – Me questionava em quanto Alphys preparava a Alma de Chara.

-Bem isso se deve ao fato de ser sua derteminação dentro da alma dele..Agora vamos trazer Chara! – Ela libera a alma negra dentro da capsula onde estava o corpo da menina adolescente e a alma e absorvida, Alphys abre o contêiner e antes do corpo bater no chão Asriel o pega não liganod para o fato de Chara estar nua.

- A-asriel...? – Chara ainda estava fraca e lentamente abriu os olhos e viu que Asriel estava chorando – Você sempre foi um bebe chorão Aszi rsrsrs... – Sem aviso prévio Asriel da um beijo de cinema em Chara e a mesma se assuste mas retribui o beijo. Asriel tira seu suéter e da para a menina vestir – Asriel.....

-D-desculpe Chara!!! Eu...Eu estava tão feliz...eu...- Ela o interrompe com um sorriso.

-Esta tudo bem Aszi... -Os dois n paravam de se encarar mas eu os corto.

-AIIINN QUE FOFO!!! SHIPPEI HARD!!!! – Os dois coram e se afastam um do outro e Alphys da uma roupa para chara que era um suéter listrado e um short marrom.

-Frisk pode me dar aquilo que eu te pedi para quardar? – Eu tiro dois colares de dentro do bouço e neles estavam escritos “Melhores amigos para sempre” – Aqui Chara me deixe colocar o seu.. – Ele coloca cuidadosamente o colar na irmã – Linda.....Quer dizer! Ficou legal!! Ehr... hehehe Sabia que temos mais uma irmã chara??!! Ela se chama Soriel! Você vai amar ela! – Chara apenas ri sem jeito.

-Bem Frisk tome as fitas e faça Asgore e Toriel e explique para eles tudo, ok? -Alphys explica e logo Sans nos teleporta para a frente da casa.

-Esperem aqui ok? Vou explicar tudo para a mãe e o pai, vem Sans! – Eu o puxo para dentro e tenho sorte que todos estão na sala – Mãe, pai e Soriel eu tenho que contar algo para vocês...

-AI MEU ASGORE!! FRISK VOCÊ ESTA GRAVIDA?? – Toriel desesperada vai para o meu lado e impura Sans.

-O que?! Não!! Eu so quero que assistam isso...- Eu coloco as fitas uma por uma e todos estavam chorando no final.

-Então e por isso que minhas crianças se foram......- Asgore abraça forte Toriel.

-Bem eu tenho uma surpresa para vocês...- Assim que eu falei Asriel e Chara entram na sala.

-Mãe, Pai, irmãzinha....Estamos de volta...-Asriel e Chara falam juntos...

Continua...


Notas Finais


Comentem!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...