História Jade a pedra do gelo - Steven Universo - Capítulo 62


Escrita por: ~

Postado
Categorias Steven Universe
Personagens Ametista, Connie, Garnet, Jasper, Lápis Lazuli, Lars, Leão, Malaquita, Mr. Smiley, Opal, Peedee Fryman, Peridot, Pérola, Personagens Originais, Richard Fryman, Ronaldo Fryman, Rose Quartzo, Rubi, Sadie, Safira, Sardonyx, Steven Jr., Steven Quartzo Universo, Stevonnie, Sugilite
Tags Steven Universo
Exibições 22
Palavras 1.768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi Genteeeeeeee, mais um capítulo pra vocês ^^
Espero que gostem e desculpe alguns erros... eu revisei pq o Word resolveu bugar e n me mostrar as palavras que estão erradas mas em fim, espero que gostem.
AVISINHO RÁPIDO: Se não gosta muito de tortura sugiro pular o POV da Evil ;)

Capítulo 62 - Me Deixe em Paz



Acordei em em uma cela como as que tinha da nave de Peridot. Minha cabeça latejava, olhei em volta meio tonta e senti um peso em meu colo, olhei pra baixo e vi meu amado cachorrinho todo feliz de me ver acordada.
-Oi Tanza.- Disse fazendo carinho nele.- Parece que ela venceu né amigão ?- Disse e abracei ele.- Como voltamos pra casa agora ? Pode teleportar ?- Ele abaixou as orelhas e chorou.- Tudo bem amigo… Você é um híbrido, pode passar pelo campo de força né? 
-Yellow Diamond modificou para que nem híbridos passassem.- Olhei de imediato pra quem falava e vi Evil sentada em um canto.
-Há quanto tempo estamos aqui ?
-Um dia na Terra. Em Homeworld uns 40 minutos.
-Certo, a diferença de tempo é bem grande né?- Disse fui até o canto da parede onde estava sempre com Tanza atrás de mim, e fiz um risco na parede.
-É bastante, você não tem aquele seu relógio mágico que se ajusta ao tempo do lugar onde você está? 
-Tenho, que horas na Terra ?
-10:30 por aí.
-Ok.- Ajustei meu relógio pra saber quanto tempo estaria longe deles.
-Está com raiva da Charlie ?
-Não te interessa.-  Respondi com raiva.
-Eu ficaria, ela basicamente te jogou aqui… o lugar que você tanto lutou pra não vir. Ah e sabe o que tinha naquele frasco ? Era aquela água do planeta do Frederico, por isso era azul.- Ela estava fazendo de propósito, só para me irritar.- Será que Charlie fez de propósito ? Quero dizer, ela é uma cientista… tem que estar atenta aos mínimos detalhes.
-Fica quieta Evil.- Disse calmamente, mas por dentro estava explodindo.
Passaram-se dois dias na Terra desde que cheguei em Homeworld e eu não estava mais aguentando a Evil. Nem Taz estava conseguindo me acalmar. Quando o Coringa disse que a loucura era que nem a gravidade e bastava só um empurrão pra se tornar realidade eu não acreditei.


XXXX NA TERRA XXXX


-Eu mandei ela pra Homeworld, é tudo culpa minha.- Chorava Charlie descontroladamente.
-Não foi sua culpa.- Vivian tentou acalma-la.
-Ninguém poderia prever que isso ia acontecer.- Disse Timothy.
-Verdade, como você saberia ?- Disse Ness fazendo cafuné em Lie. Todos olharam pra mim.
-O que ?
-Tá esperando a Fênix vim dar a ordem pra você consolar a Charlie ?- Perguntou Tom e eu ri cínico enquanto ele ria escandalosamente o que fez Charlie sorrir.- Ba dum Tss.
-Nossa que piada engraçada, tô me acabando de rir.- Disse com tédio e revirando os olhos.
-Eu não entendi.- Agnes nos olhou confusa.
-O filme de Harry Potter, “A ordem da Fênix”.- Explicou Timothy e ela começou a rir também.
-Foi boa a piada.- Ela disse se acalmando um pouco e eu revirei os olhos de novo.
-Eu não entendo você, quando a J-A-D-E te chama de Potter você não reclama.- Disse Tom.
-Eu sei soletrar Thomas.- “Lembrou” Charlie se encolhendo na cama e abraçando o pikachu de pelúcia de Jade.
-Em fim, Só falta você consolar a Charlie.- Me lembrou Thomas sentando ao meu lado.
-Pra que perder tempo consolando alguém ou chorando quando podemos ajudar as Gems a pensar em alguma coisa pra trazer Jade de volta ? Todos aqui com exceção de Sophia e Timothy viram Steven Universo completo até cancelarem. Podemos pensar em alguma coisa.
-É estranho ter Fan de SU que torce pra Homeworld né?  Tipo, Homeworld quer destruir a Terra.- Disse Thomas pensativo.
-Será que alguém da Terra está passando informações pra Homeworld?- Perguntou Vivian.
-Bem provável, como Jadeíte saberia onde seria a missão das Gems ?- falei olhando pra todos no quarto.
-O problema seria saber como e quem está contatando para Y.D e B.D.- Disse Timothy.
-Até que não…- Falei me animando e todos me olharam comfusos.- Podemos pedir pra nos deixarem ver o que está acontecendo em Steven Universo. Assim podemos ver, ou não, quem é o traíra, e como a Jade está.
-Genial.- Elogiou Agnes.
-Concordo Ness, eu quero muito saber quem é a tal de “Evil” que ela e Jadeíte ficaram falando. Pareciam duas malucas falando sozinhas.- Não consegui evitar a cara de espanto em saber que ela sabia sobre Evil, mas depois pensei: “Jade não tem mais nada a perder mesmo…. Acho que posso contar.”- Por que a cara de quem viu um fantasma?- “Charlie não deixa passar nada.” Ela logo fez uma cara de “Não acredito”.- VOCÊ SABE SOBRE A EVIL.
-Talvez..
-Ela te contou e não contou pra mim.
-Ela sabia que você ia ficar assim. E além do mais eu que descobri que ela tava perturbada com alguma coisa
-Me conta tudo.- Lie exigiu e eu contei desde o dia em que Jade começou a ficar incomodada na sala de aula até quando ela me deixou no laboratório jogando Garnd Chase.
-Então a Corrupção vem atormentado ela…. Literalmente ?- Perguntou Ness.
-É. Em fim, vamos falar com as Gems sobre pedirmos pra liberarem Steven Universo, não é bom a Jade ficar sozinha com a Evil.
-Ela tem O Taz.- Alegou Tom.
-Mesmo com o Tanza lá, as torturas mentais que Evil faz com a Jade são terríveis. Sem nós lá pra ajudar ela vai se corromper rapidinho.- Expliquei e ele fez um “Tsc”
-Vamos logo então.- Nos apressou Charlie. Imagino a culpa que ela deve estar sentindo.
-Verdade, se a coisa é tão ruim assim a Jade já não deve estar aguentando, passaram dois dias.- Observou Timothy.


XXXX EM HOMEWORLD XXXX


-Você só precisava de um pouco de atenção, alguém que afastasse você dessa solidão.
-Me deixa em paz.
-Charlie não te tirou da escuridão… ela preferiu o que poderia ter salvo as outras Gems corrompidas do que você.
-Fica quieta.
-Foi decisão dela, escolheu não te salvar.
-CALA A BOCA.- Gritei virando e lançando espinhos de gelo na direção de Evil. Tanza rosnava pra ela e tentava a manter longe de mim.
-O que foi ? Eu só disse fatos, ela poderia muito bem ter deixado a água do Planeta Azul cair no portal… sem falar que você sabe que eu estou certa, não estou ovindo nada do tipo “ela não teve culpa, bla bla vla.  Sabe o que eu acho engraçado?  Antes de você pufa Nafrite, ela disse : “E o que vai fazer ? Essa sua histórinha de criança que perdeu os pais e quer se vingar, não vai dar em nada. Yellow Diamond vai vencer de você.”… e não é que a Filha da Puta estava certa ? Você perdeu.
-Não me importo com o que ela diz ou pensa. 
-Será que ela via o futuro?.... Não, você teria perdido naquele dia…. Cansei de tortura mental… vamos passar pra física?- Ela perguntou e a olhei assustada.
-O… que ?
-Sabe… tortura física, esfaquear você esmagar ossos…
-Se fizer isso o máximo que vou fazer vai ser pufar.- Disse tentando me convencer de que ela não faria nada.
-E se eu fizer isso ?- Ela perguntou fazendo um gesto com a mão que fez Ice Heart aparecer voando na parede e logo depois sendo preso por uns tentaculos pretos que saíram da parede.
-Fica longe de mim.


POV EVIL


Ver o desespero estampado no rosto dela era uma visão incrível, o pavor que ela sentia. Estava doida pra ouvir os gritos de dor. Ice Heart tentava se soltar da parede sem sucesso algum. Tanza veio em minha direção mas tratei de dar o mesmo destino de Heart a ele. 
Melhor ainda foi quando cheguei perto de Jade e me abaixei a olhando nos olhos. Ver aquela carinha de choro dela foi impagável ainda mais quando fiz minhas unhas crescerem se tornando afiadas garras. Meus poderes aumentaram bastante esses dois dias, e dessa vez não tenho nehum espírito nojento ou família pra me atrapalhar.
-Jade, por que está chorando ? Eu não fiz nada.- Dise passando a ponta da minha unha em sua bochecha lentamente mas sem arranhar.
-Me… deixa em… paz.- Ela disse entre soluços e então arranhei sua bochecha num movimento rápido, deixando quatro arranhões profundos em seu rosto.- Fica longe DE MIM.- Ela disse me chutando. Tudo o que eu fiz foi rir psicoticamente (nem sei se essa palavra existe :v) só pra assusta-la e fazer uma cadeira usando um tipo de líquido preto que eu podia me transformar. Usei o mesmo líquido pra fazer tentaculos que puxaram Jade até a cadeira e sentaram ela lá amarrando a mesma logo em seguida.
-Tsc, Tsc, Tsc, Menina má Jade, Muito….- Disse colocando a mão e sua perna.- Má.- E quebrando, o que arrancou dela um grito de dor, mais conhecido como música pra mim, ainda mais o som do osso quebrando. Depois disso Tanza e Heart começaram a se remexer mais na parede querendo ir ajudar Jade.- Você perdeu seu saco de escamas inútil.- Disse para Ice Heart que me olhou com raiva.
-O que você… quer fazendo isso ?- Olhei pra Jade com um sorriso meigo que fez ela tremer dos pés à cabeça.
-Te corromper.- Expliquei brevemente e finquei minhas garras em seu ombro vendo o sangue jorrar e ouvindo outro grito dela. Coitada, nem sabia que estava praticamente me pedindo pra continuar.
-“VAI MATA-LA”- Ouvi Heart e minha mente e me limitei a mandar o dedo do meio pra ele.
-Sabe que não vou. Preciso dela viva, idiota.- Disse enquanto fazia um tentaculo sair de minhas costas e remexer no ferimento no ombro esquerdo de Jade, logo ouvindo novos gritos e gemidos de dor.
-“Não vou deixar acontecer. Sabe disso”- Ele insistiu. 
-Não me provoque enquanto eu tenho Jade na palma das minhas mãos.- Disse e forcei o temtaculo mais pra dentro na ferida abrindo ainda mais seu ombro.- Isso é culpa de seu querido Dragãozinho.- Disse pra ela calmamente, logo notei sua fraqueza e palidez.- Mas já?  Que droga, você podia morrer mais devagar.- Disse e estalei os dedos fazendo Ice Heart ser solto e voltar pra Jade onde no outro segunda vi a mesma pufando.- Tsc, que chato… que quase nem brinquei com ela.- Reclamei e soltei o cachorro também. 
Assim que caiu veio pra cima de mim. Só revirei os olhos e fiz um tentaculo enlaçar seu pescoço fazendo uma coleira, e como estava latindo e rosnando sem parar estava começando a me irritar.
-Se você não parar de latir quem vai sofrer vai ser a Jade.- Disse calmamente e ele parou na hora indo pro canto da parede e deitando lá. Peguei a pedra de Jade e me perguntei se demoraria muito pra ela voltar. Eu mal comecei a me divertir.

CONTINUA!!
 
 


Notas Finais


E então? O que acharam? Partiu meu coração ter que torturar a Jade </3 vcs não têm noção do nervoso que me deu escrever as cenas de tortura, eu imginava aquilo realmente acontecendo :v
Em fim espero que tenham gostado ^-^ Até o próximo cap. '^'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...