História Jade a pedra do gelo - Steven Universo - Capítulo 67


Escrita por: ~

Postado
Categorias Steven Universe
Personagens Ametista, Connie, Garnet, Jasper, Lápis Lazuli, Lars, Leão, Malaquita, Mr. Smiley, Opal, Peedee Fryman, Peridot, Pérola, Personagens Originais, Richard Fryman, Ronaldo Fryman, Rose Quartzo, Rubi, Sadie, Safira, Sardonyx, Steven Jr., Steven Quartzo Universo, Stevonnie, Sugilite
Tags Steven Universo
Exibições 21
Palavras 4.681
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi Genteeeeeeee, tudo beleza ? Mais um capítulo pra vocês YEEEEY ^-^ espero que gostem =3

Capítulo 67 - Matei Jeff the Killer ?


Fanfic / Fanfiction Jade a pedra do gelo - Steven Universo - Capítulo 67 - Matei Jeff the Killer ?


-Jade acorda.- Acordei praticamente em um terremoto de tanto que o Satã  (Vulgo Evil) me sacudia.
-ACORDEI CARALHO!!- Gritei empurrando ela.
-Arruma o projeto de pessoa e vamos ver as Gems.
-Não íamos na casa dos meus pais primeiro?  Pegar as coisas da minha irmã pra ela.- Perguntei fazendo um cafuné na pequena.
-“Íamos” do verbo “Não vamos mais” .- Ela disse e eu levantei me espreguiçando.
-Ok vamos entã.. Espera você disse “Ver as Gems” ? Não, nem pensar! Com que cara eu vou olhar pra eles ? 
-Com essa horrorosa aí.- Ela disse apontando pro meu rosto.
-Nossa que engraçada.- Disse sarcástica.
-Faz logo a merda do portal.
-Tá, calma.- Estalei os dedos e me preparei pra ouvir reclamações.
-Não sabia que as Gems moravam num MERCADO AGORA!!
-Katy não come nada desde ontem, não vou fazer ela passar fome.- Disse pegando ela que estava sendo balançada de um lado pro outro pelo Taz.- Tanza já disse pra não fazer isso.- Entramos na lonja e meu cãozinho já vinha atrás.- Não. Tanza, Fica.- Ordenei e ele fez um chorinho abaixando as orelhas.- Nem adianta que eu não caio nessa.
-Com que dinheiro vamos comprar posso saber ?- Perguntou Evil impaciente. Tirei de minha pedra um dos cartões de meus pais.- Sabe a senha ?
-Todos os cartões deles tem como senha meu aniversário. Exceto dois da Katlyn e Três do Ruben.
-Ruben… Seu pai ou padrasto? 
-Padrasto. Eu falei Katlyn e ela olhou pra mim… Já sabe xeu nome né coija fofa, mas eu neim tava falando de voxe.- Disse com uma voz infantil e Evil me olhou como se eu fosse doente mental. Não que minha saúde mental seja das melhores…
-O que precisamos ?- Ela perguntou com tédio.
-Uma mamadeira, Água, leite em pó e um potinho de papa de bebê.
-Desde quando você é mãe pra saber tudo isso?- Ela perguntou rindo e se virando pra pegar as coisas.
-Desde que meus pais me deixavam tomando conta de meus irmãos.
Depois das compras abri outro portal e dessa vez para o templo mesmo.
-Se esse não for pro templo e sim pra alguma coisa infantil, eu jogo essa criança no mar.
-Como se eu fosse deixar. Né linda ?- Olhei pra cima vendo a criança sentada em meus ombros enquanto eu segurava suas perninhas e ela puxava de leve o meu cabelo.- Vamos logo.
-Chegamos Crystal-Clods.- Brincou Evil entrando na casa.
-Oi.- Disse Simplesmente e com vergonha me mantendo atrás de Evil.
-Oi Jade.- Disse minha irmã correndo pra me abraçar. Ficou um “Loading” do lado da minha cabeça e deu tela azul na minha mente… Eu quase matei ela e a doida vem me abraça como se nada tivesse acontecido.
-Oi Lie..- Disse me sentindo estranha. Evil tirou Katy de meus ombros.
-Ok Charlie licencinha.- Ela diz puxando Lie.- Pra evitar problemas.- Ela fez um movimento com a mão como se puxasse algo e Heart saiu de dentro de mim.
Caí no chão de joelhos tossindo.
-Avisa quando for fazer isso desgraça.- Disse parando de tossir um pouco.
Olhei pra ela que tinha um anel em forma e Dragão no dedo e logo juntei os fatos e um leve desespero tomou conta de mim.
-O que você fez ?
-Tirei o Saco-de-escamas-nojento-do-mal de você e fiz ele virar um anel.- Ela disse normalmente.
-Como e por que? 
-Com Ice Heart corrompido por mim tenho quase total controle sobre a forma física dele e porque você podia pirar a qualquer momento…. De novo.- Ela explicou me ajudando a levantar.
-Oi Jade.- Ouvi a voz de Harry e olhei pra ele com vergonha e arrependimento.
-Eu sinto mui-
-Nada disso, tá tudo bem…. Onde acharam essa fofa aqui ?- Ele perguntou pegando Katy no colo. 
Eu engoli em seco olhando pra Evil que me olhava apavorada.
-Nós…. Em uma casa.- Disse Simplesmente.
-E os pais dela ?- Dessa vez perguntou Lie. Respirei fundo e disse:
-Mortos.
-Nossa… Sabem como ?
-Não…… Sabemos.- Respondeu Evil.
-Você mente tão mal quanto Jade, como morreram ?- Agora o tom de minha irmã era mais severo.
-Evil explica melhor isso.- Disse puxando o braço dela.
-Evil sumiu.- Disse Harry rindo do meu nervosismo.
-Sua traíra, filha da puta.- Xinguei vendo ela rir.
-Ok, Foi mal. Harry comprova que eu estou visível.
-Tá mesmo.- Ele concordou.
-Ok, como os pais dela morreram ?- Lie perguntou mais uma vez.
-Descobrimos que tem gente da Terra.. Humanos, que passavam informações a Homeworld, então pesquisamos sobre e achamos duas dessas pessoas.- Começou Evil.
-Fomos até a casa deles e torturamos o casal… E quando disseram o que queríamos matamos eles.- Continuei.
-Então quando íamos embora ouvimos Katlyn chamando.- Terminou Evil.
-Você matou e torturou pessoas ?- Ela sussurrou a ponto de surtar.
-Charlie não culpe a Jade… O único motivo dela ter feito isso foi o fato de eu ter fritado os neurônios dela.- Evil me defendeu.
-Como assim ?- Ela perguntou desconfiada.
-Quando chegamos em Homeworld, fiquei torturando Jade Física e mentalmente por uma semana… Até que ela virou essa psicopata aí e eu soltei ela e então..
Enquanto Evil explicava o que aconteceu eu fui até Taz e peguei na sacola que havia em sua boca, a papa de bebê, indo em seguida pra cozinha e pegando uma pequena colher. Sentei ao lado de Harry no sofá, e fui alimentando ela brincando de aviãosinho.
-Ainda não engoli essa história de matar e …. Torturar, mas tudo bem, eu também te devo desculpa, de certa forma você não estaria assim se eu tivesse te ouvido.
-Nha, sua dívida foi paga comigo quando eu tentei de matar.- Disse como se dissesse um “Bom dia”
-Ela não sente falta dos pais ?- Perguntou Harry.
-Até agora não perguntou sobre.-Respondi.
-CHEEEEGAAAMOS.- Ouvi a Voz de Freddy junto com o barulho do transportador.
-Freddy!!- Tirei minha atenção de Katy que logo começou a chorar por não estar recebendo comida. Essa é das minhas.
-JADE!!- Ele gritou e voou em minha direção me abraçando.- Quanto tempo!! Tá tudo bem com você? Gostei da roupa nova.- Ele disse me olhando de cima a baixo. Agora eu usava um moletom Branco a estrela em minha cabeça era azul claro, uma saia azul escuro com um tênis branco.
-Estou bem, Obrigada.
-Jade, que bom que veio.- Disse Pérola se aproximando.
-Precisamos conversar.- Disse Garnet ajeitando os óculos.
-Vai ficar sem seus poderes até que sua saúde mental melhore.- Disse Evil rodeios.
-O QUE ?- Gritei incrédula. Não podem fazer isso. Nem sabem se eu vou ficar sã.
-É melhor assim, vai poupar muitas vidas.- Disse Amy abrindo a geladeira.
-Não faz sentido tirarem o Heart de mim. Com ou sem poderes posso muito bem matar alguém.- Me defendi e Evil bateu na própria testa.
-Olha o que você tá falando, mataria alguém?- Perguntou Charlie incrédula. Foi inevitável o sorriso perverso em meu rosto imaginando várias maneiras de torturar alguém.
-Se me derem motivos.- Disse sem pensar.
-Jade!- Repreendeu Harry.
-Sua sinceridade me assusta.- Admitiu Evil.
-Mudando de assunto, Então Jadeíte quer se vingar ?- Disse Lie.
-Pode ser… mas também pode nem ser ela.- Falei voltando minha atenção para Katy.- Vocês tem um paninho ?
-Pra que ?- Perguntou Pérola.
-Pra limpar a Katlyn, ficou toda suja com a papinha.- Expliquei e Pérola fez um “Ata” e foi buscar a toalhinha.
-Ou Foco!- Disse Evil tacando uma faca em minha direção, mas como meus reflexos aumentaram do nada peguei a faca pelo cabo antes que batesse em Katy.
-VOCÊ É RETARDADA ?- Gritei jogando a faca de volta, mas ela desviou fazendo a faca cravar no armário.
-E desde quando você se importa quando atiro coisas em você? 
-Desde que tem uma criança no meu colo. Tanza vai brincar com a Katy. Nada de sacudir ela, a não ser que queira que ela vomite em você.- Disse e o meu lindo cãozinho pegou Katy com todo cuidado pra não sacudi-la.
-Eu sabia que você ia pegar a faca.- Ela disse deitando relaxada no ar.
-Vai pro Inferno!
-Já acabaram com a discussão?- Perguntou Garnet.
-Já, foi mal.- Dissemos juntas.
-Por que estão atrás dessas pessoas ? Se Yellow e Blue Diamond estão fora da jogada e White é do bem, não faz sentido!- Perguntou Charlie.
-Jadeíte era fiel a corte de Blue Diamond, e ela sumiu do nada. Não a vejo desde que caí no portal pra Homeworld.
-E por que estão atrás dessas pessoas?....- Ela insistiu na pergunta.
-Ai deixa de ser lerda, tá na cara que Jadeíte vai aprontar alguma coisa. Já viram a foto de um assassino que saiu no Repórter? Era muito igual ao Jeff the Killer e Smile Dog.- Explicou Evil impaciente.
-Vai ver eram vocês, Jade usa um moletom branco agora e tem um cachorro gigante que parece um husky.- Disse Harry.
-Meu cabelo não é preto e o Taz não entrou na casa, não teria como se sujar de sangue como o cachorro da imagem que é praticamente vermelho.- Defendi a mim e meu cãozinho.
-Acham que ela pode estar dando vida a Creepypasta ? Tipo… Smile Dog e Jeff the Killer…. Ela tem esse poder ?- Perguntou Charlie. As Gems estavam boiando no assunto.
-Nem sabemos se é Jadeíte, é uma suposição.- Lembrei.
-Dá pra vocês explicarem O que são esses Crepes ou sei lá o que ?- Perguntou Pérola impaciente. Logo vi Steven mexer em algo em seu celular e mostrar as Gems. Elas faziam as expressões mais engraçadas do mundo enquanto liam. Garnet continuava séria, Ametista ria de vez em quando e Pérola estava Horrorizada.
-Steven mostra a foto do “The Rake” pra ela.- Pedi segurando o riso mas não me aguentando quando Evil começou a rir.
-QUE CRIATURA HORRENDA É ESSA ?- Gritou Pérola se escondendo atrás de Garnet, arrancando mais risadas de mim e Evil.
Paramos de rir abruptamente ao ouvir um uivo lá fora entramos em posição de ataque. Onde caralhos têm lobos em Beach City ? Estendi a mão para Evil que logo entendeu o recado e me lançou uma faca de cozinha, daquelas bem grandes. 
A surpresa foi quando o barulho de coisas sendo quebradas veio de trás e não pela porta como todos esperavam. Logo vi tentaculos prendendo todos enquanto Harry, Charlie e Katy desmaiavam com um som ensurdecedor. 
-Slender ?!- Sussurrei pra mim mesma logo vendo outros Creepypasta entrarem pelo buraco na parede. Tanza veio ao meu lado rosnando para Smile Dog.
-Gente me ajuda aqui!! Não quero lutar contra três assassinos sozinha.- Pedi vendo Jeff, Eyeless Jack e Ticci Toby se aproximando. Olhei para os lados e vi os humanos desmaiados, quem era Gem preso por Slender e Evil estava presa por uma corda esquisita, o estranho era que ela não se movia, ficava na mesma posição.
-Jade!- Ouvi a voz da pessoa que tenho que matar pra acabar logo com isso.
-Jadeíte, quanto tempo!- Disse com uma falsa alegria. Vi Garnet se soltar de Slander assim como Pérola e as duas pularem em um assassino sobrando apenas Jeff pra mim e Smile para Taz.- Melhorou bastante. Obrigada Gente.
-Você vai me pagar por quebrar Blue Diamond.- Ela disse com ódio.
-Ah, ela bem que mereceu.- Zoei e ela respirou fundo e sorriu perversamente.
-Já conheceu Aragonita ?- Ela perguntou apontando pra uma Gem ao seu lado. Ela era baixa, usava um vestido longo e branco assim como seus cabelos que caiam em sua face. Parecia uma Samara da vida.
-7 dias ?- Brinquei e Jadeíte revirou os olhos.
-Eu vou ficar com isso aqui. Tudo bem ?- Ela disse tirando o anel que havia virado Ice Heart do dedo de Evil que ainda não se mexia. Vi ela indo embora pelo buraco que fez no teto perto do transportador.
-ICE!- Correria até lá se uma faca não tivesse voando em minha direção. Abençoado seja Tanza que me puxou pelo capuz. 
Smile Dog começou a correr em minha direção e Taz pulou em cima dele
-Jeff the Killer, Oi… De assassina, pra assassino… Vamos bater um papo… Não precisa tentar me matar.
-São ordens de quem me deu vida, sinto muito.. Podíamos ser bons amigos.- Ele disse pegando outra faca na gaveta da cozinha.
-Fazer o que né?- Fui em sua direção e tentei acerta-lo com a faca mas ele desviou facilmente e logo depois cortou meu rosto com sua faca.- Filho da Puta… Se ficar uma cicatriz eu mato você.- Já ia pular em sua direção quando um machado passa em frente eo meu rosto e crava na parede onde fica o sofá.
-Toby, estávamos conversando.- Reclamou Jeff para o amigo.
-Não resisti a tentação.
Eu lá parada ainda me recompondo da minha quase morte. Tenho que botar em minha cabeça que não sou mais uma Gem. Preciso da Evil ou estou perdida… Eles são Serial Killers a “mais tempo” que eu, não posso contra eles. Agora vejo como fiquei dependente de meus poderes.
Ticci Toby se aproximava de mim levantando seu machado mas logo a lança de Pérola o impediu de chegar perto e quase me matou.
-DÁ PRA PARAREM DE JOGAR COISAs EM DIREÇÃO A MINHA CARA CARALHO ?- Gritei com raiva e aproveitei a distração de Toby e o esfaqueei na barriga.
-Vadia.- Ele disse cuspindo sangue. Jeff olhava com espanto pra situação e aproveitando sua distração também, joguei a faca em direção ao seu rosto e a mesma furou seu olho cravando em seu crânio.
-Que gente mais distraída.- Disse e fui até Evil pra tirar aquela corda estranha dela.- Tsc, será que mancha de sangue sai ?- Falei olhando pras mangas de meu moletom branco que agora estava manchado com o sangue de Toby.
Soltei Evil e ela me olhou preocupada.
-Temos que achar o Heart… Aliás, acho que sai sim.
-Graças a Deus.- Falei e peguei mais alguns garfos e facas e posicionei uma faca para lançar em Slender. Fechei um olho e atirei a faca em sua direção mas ele bloqueou com um tentaculo.- Nha, que chato. Cuida dele pra mim ? Ele vai acabar quebrando a Amy e matando Steven e Freddy.- Pedi a Evil que em instantes estava ao lado do monstro.
Olhei pra trás com a intenção de ir ajudar os únicos humanos naquela coisa toda. Estavam Harry e Charlie encolhidos no pé da escada junto com Katy. Não pude evitar de sentir uma pontada de ciúmes.
-Espero que essas caras de desespero não sejam por causa de mim.- Disse me abaixando em frente a eles. A porta abriu e eu já me virei esfaqueando o que quer que fosse, por sorte era Smile Dog que era segurado inconsciente por Taz.- Muito bem Taz.- Elogiei tirando a faca da cabeça de Smile.
-Podia ter matado Tanza!- Exclamou Charlie.
-Mas não matei.
-Jade, você diz que sabe, mas cada vez mais parece que você não faz ideia do que significa “inconsequente”.- Disse Evil se aproximando junto com Amy e Steven que tinha Freddy no colo. Pérola se juntava a todos entrando pela porta. A sorte dela foi Evil ter segurado minha mão com um tentaculo que veio de suas costas se não esfaqueava Pérola também.
-Cadê a Garnet ?- Perguntou Ametista.
-Aqui.- A mesma disse pulando pelo buraco no teto e taquei uma faca e uma garfo em sua direção, mas ela bloqueou os dois com a manopla.
-Alguém tira essas facas da Jade, pelo amor de Deus ?- Pediu Charlie e eu comecei a rir.
-Toma essas.- Disse e tirei do bolso do casaco três facas pequenas e dei para Evil.
-E o resto ?- Perguntou Evil.
-Aff, Tá. Mas eu vou ficar com duas pra defesa pessoal, já que não tenho mais meu Dragãozinho.- Disse e tirei quatro do cinto da saia, uma do capuz e alguns garfos das mangas.
-Ok, mais alguma coisa psicopata?- Evil me olhando espantada. Tirei de cada manga do casaco uma faca e girei nos dedos.- Só essas duas que você falou que ia ficar né? Ok…. Agora pode me entregar as que estão na bainha da saia. Bufei e levei minhas mãos até as costas e puxei o cabo das duas facas.- Boa menina.
-Como sabia ?- Perguntou Harry surpreso.
-Ninguém conhece Jade melhor que eu.- Ela explicou guardando os talheres.
-Eu conheço melhor que você.- Disse Charlie com um misto de raiva e ciúme na voz.
-Queria dizer nada não, irmãzinha….- Fui abraçar ela de lado mas ela empurrou minhas mãos que estavam sujas de sangue assim como todo o casaco.
-Não encoste em mim.- Ela disse e a puxei pra um abraço.- Vadia.
-Também te amo Lie… e continuando, ela me conhece mais que você mesmo.
-Claro que não eu…
-Charlie, Evil está na mente de Jade.- Disse Garnet se aproximando com Eyeless Jack.
-Eu sou sua fã… Te adoro.- Disse pra ele.
-Vamos prende-lo e conseguir algumas informações.- Explicou Garnet.
-Vamos prende-lo numa cadeira ?- Perguntei entusiasmada.
-Com uma mordaça e cordas?- Continuou Evil com o mesmo entusiasmo que eu.
-Nada de tortura.- Disse Garnet e o sorriso sumiu de meu rosto e do de Evil.
-Vamos fazer o que então?  Convidar ele pra um chá da tarde ?- Perguntei debochada.
-A garota tem razão… Boa sorte pra mefazer falar…. Aliás eu quero dois cubos de açúcar.- Disse Eyeless Jack fazendo eu e Evil cair na gargalhada.
-Muito bem espertinho.- Disse Garnet amarrando ele em uma cadeira.- É todo de vocês.
Assim que ela disse isso foi até o sofá e sentou no mesmo ficando de frente pra Eyeless Jack. Eu fiz uma arma com os dedos e atirei em minha própria cabeça enquanto Evil cortava a própria garganta com o dedo. Eu olhei pra trás e vi Harry batendo uma mão na outra dizendo um “fudeu” com o gesto.
-Vão ficar aqui ?- Perguntou Evil e Pérola sentou ao lado de Garnet assim como Ametista, Tanza deitou no chão com Katy adormecida entre suas patas dianteiras, Harry sentou no chão ao lado de Charlie e Steven ao lado de Ametista, Frederico dormiu junto de Katy.
-Têm certeza?- Insisti e eles se acomodaram.- Não venham nos culpar se tiverem pesadelos depois.- Disse tirando a faca que estava na manga direita do moletom.- Tsc.. Onde deixamos o Sal de Fogo ?- Perguntei pra Evil e ela tirou de um bolso do Short.- Valeu.
Derramei uma boa quantidade daquilo na faca.
-Vai nos dizer sobre o que Jadeíte está tramando?- Perguntei e o Serial Killer continuou em silêncio.- Que pena pra você…- Lamentei falsamente e finquei a faca em sua mão esquerda até atravessar.
Ecoaram gritos dele pela casa toda e eu o olhei com ódio e Evil percebeu.
-Olha, se acordar o bebê vai ser pior.- Ela avisou e ele começou a tentar abafar os gritos.
Olhei pra trás e Vi que Steven estava virado de costas, Charlie e Harry boquiabertos, Pérola Horrorizada, Amy com rindo e Garnet séria como sempre. Não pude deixar de sorrir pra cena.
-O que te impede de nos dizer ?- Perguntei enchendo um copo com álcool, mas sem deixar que ele visse.
-Jadeíte,…. Ela vai me matar.- Ele disse com a voz trêmula e vi Evil segurando o riso enquanto via o que eu fazia.
-Vai acontecer coisa bem pior se não nos contar.- Evil falou tentando não rir.
-Olha.- Disse mostrando o copo com álcool.- Nesse copo tem água, a única coisa que faz o Sal de Fogo parar de arder.- Disse e tirei a faca de sua mão fazendo vários cortes logo depois.- Vai nos contar ?
-Você não entende!- Ele disse com a voz ainda trêmula e tentando não gritar. Ele realmente sofreria mais se acordasse Katy.
-Podemos te ajudar.. Se nos contar vamos te proteger.- Falei calmamente e ele permaneceu em silêncio, parecendo aliviado quando viu que eu viraria o copo com a suposta água.
Virei o copo e ele não conseguiu evitar um grito.
-DISSE QUE ERA ÁGUA!!
-Tsc, devo ter confundido com o copo de água.- Disse falsamente desapontada.
-Posso fazer uma pergunta?- Ele disse tremendo.
-A vontade.- Disse Evil. Eu ia dizer “Quem faz as perguntas aqui somos nós.” Mas tudo bem.
-Soube que Thiago e Sônia morreram.. Foram vocês, não foram ?
-Nhé, obra minha.- Admiti com um sorriso infantil.
-O que fez para que eles contassem algo ? Eles eram duros na queda.
-Ah, Tinha que ver a cara deles.- Disse e comecei a rir psicoticamente.- Quando….. Quando eu taquei fogo na mão dela…. Thiago ficou desesperado e contou tudo…. Impagável.
-E eu me achava Psicopata.- Ele disse com certo medo na voz.- Vou contar o que estão planejando…. Acabei de adquirir um medo por você…. Tem uma cara tão inocente…- Ele disse me fitando de cima a baixo. Ou sei lá cono ele fazia isso já que era cego .
-Se continuar me secando, eu vou fazer uma “amigável” cirurgia que te impede de ter filhos.- Avisei botando as mãos atrás das costas com um sorriso meigo. Ele virou a cabeça na hora.
-A gente nunca consegue se divertir por mais tempo…. Eles sempre acabam contando o que queremos antes de começarmos a tortura séria.- Reclamou Evil Deitando de bruços no ar, com a cabeça apoiada nas mãos.
-Né?  Que coisa chata.- Concordei.
-Ah, Só lembrando pra ficarem alertas… Sally, Jane, Ben e Slender podem chegar a qualquer momento.- Ele avisou.
-Puts.. Eu matei o namorado dela… Será que ela vai ficar brava comigo ?- Perguntei pra mim mesma. Sério que mesmo depois de ter enlouquecido ainda pensava auto ?
-Namorado de quem ?- Perguntou Pérola e eu me lembrei da galera ali no sofá.
-Jeff the Killer… Namorava a Jane the Killer.- Expliquei.
-Está preocupada com isso, e não com o fato daqueles monstros estarem vindo pra cá?- Perguntou Lie, incrédula.
-Verdade né?- Concordei refletindo sobre o que me preocupava.
-Vamos sair logo daqui.- Sugeriu Evil fazendo um dedo seu virar uma gosma e servir de algemas para Eyeless.
-Steven arrume a mochila x-burguer com suas roupas.- Peidiu a Gem branca e Steven logo o fez correndo lá pra cima.
-Pode por favor jogar água na minha mão?- Jack pediu choramingando e eu lembrei dele ali.
-Ah, é verdade desculpa.- Disse e dessa vez joguei água mesmo.
Olhei lara Charlie que tinha o olhar perdido.
-Lie, tá tudo bem ?
-Claro…- Ela disse sarcástica.- Minha irmã só virou psicopata por minha culpa.
-Não é sua culpa, é culpa de Evil.. Ok ?- Perguntei e ela acenou com a Cabeça.- Tanza você leva a Katy, proteja ela sem pensar em nada além de você e ela.- Disse e peguei um lençol de Steven e amarrei em volta do pescoço de Taz fazendo uma pequena Rede e colocando Katlyn ali.- Vai pra longe de nós, e não deixe que esses assassinos te achem… Ok ?- Ele chorou um pouco e deu um latido baixo, abaixando as orelhas e lambendo minha bochecha.- Prometo que não é uma despedida pra sempre.Tchau amigo.- Me despedi e ele teleportou dali indo sabe-se lá pra onde.
-Vamos Jade.- Ouvi Harry me chamando.
-Certo.- Acompanhei eles até o Leão. Eu, Charlie, Harry e Steven fomos na dimensão do Leão botando a cabeça pra fora e respirando de vez em quando. As Gems foram em cima dele. Passamos no celeiro pra buscar Dot e Lápis que foram na dimensão do Leão conosco.
Paramos em uma casa de madeira no fim do mundo.
-É aqui ?- Perguntei olhando a casa… Era grande e tals.. Mas tinha Artrópodes por toda parte.
-Por que?  Algum problema ?- Perguntou Harry percebendo meu incômodo.
-Tem Artrópodes pra todo lado.- Falei vendo as aranhas, abelhas, marinbondos, e etc..
-Onde já se viu uma assassina psicopata com medo de insetos.- zoou Eyeless Jack.- Aliás  tem uma aranha no seu pé.- Ele disse e meu coração quase parou ali mesmo.
-ME TIRA DAQUI!- Gritei pulando em cima de Jack me ajeitando em suas costas.
-Desce desgraça!!- Ele disse cambaleando.
-EU NÃO VOU TOCAR NO CHÃO!!- Gritei quase o enforcando de tanto que abraçava seu pescoço.
-Ok, fica nas minhas costas… mas.. para de me enforcar.- Ele disse com a voz rouca e eu soltei o aperto me ajeitando com as pernas em volta de sua cintura e segurando seus ombros enquanto ele me segurava pela coxa. Só não me preocupei com isso porque ameacei ele se tentasse algo.
-A casa é grande… vai demorar bastante pra limpar tudo.- Constatou Harry alternando o olhar entre a casa e Jack.
-Jack ?- Chamei.
-Tô aqui.
-Como você enxerga se não tem olhos ?- Perguntei curiosa.
-Quem te disse que enxergo ?- Ele perguntou.
-Então, como sabe pra onde está indo ?
-Sabendo.
-Por que você gosta de Rins ?
-Porque sim.
-E por que a mascara azul ? É por que você gosta da cor?  E o que é isso preto que pinga de onde deveriam ser seus olhos ?
-Porque deu vontade de usar uma máscara azul, e não te interessa.
-Se não interessasse não estaria perguntando.
-Se você não ficar quieta te boto no chão.
-Se você me botar no chão corto seus dedos.
-Já acabaram com a briguinha?- Perguntou Evil com certa raiva.
-Não.- Respondemos juntos e ele entrou na casa.
Abracei seu pescoço e me encolhi em suas costas.
-O que houve Jade ?
-Olha pro teto.- Sussurrei amedrontada.
-E eu posso muito, ver o que tem no teto né?
-Foi mal…. Mas em fim.. Tá cheio de aranhas e carinhas de abelh… EYELESS!!- Puxei seus ombros forçando pra trás para que ele parasse de andar.
-Ai, o que é? 
-Tem uma aranha bem na sua frente descendo na teia.
-Para de viadagem.- Ele disse dando dois passos pro lado e tornando a andar.
-Eyeless, Jade, deixem de ser lerdos e venham logo.- Gritou Lie. Todos já estavam no segundo andar.
Subimos as escadas e entramos num quarto beeeem grande com quatro camas velhas e quebradas, um criado mudo ao lado de cada cama com um abajur que eu julgo estarem quebrados. No quarto no fim do corredor tinham duas camas grandes e assim como o outro quarto, era uma suíte.
-Esse lugar tá Horrível.-  Disse Freddy.
-E tem artrópodes.- Ressaltei.
-Da pra parar com o lance dos insetos?- Perguntou Lie incomodada.
-Amanhã vamos ajeitar tudo.- Disse Garnet saindo do quarto.
-E onde vamos dormir ?- Perguntei olhando pras camas que provavelmente teriam insetos ou aracnídeos.
-Nas camas.- Ela respondeu simplesmente.
Duvido que dormiria em uma dessas camas cheias de bichos nojentos.
-Jade, deixa de frescura.- Pediu Evil.
-Não, Deus que me livre eu estar dormindo e uma aranha sobe em mim.
-Evil, limpa tudo em volta da cama que Jade escolher pra ela parar de encher o saco.- Pediu Lie.
-Eu não vou dormir na janela… Jeff The Killer entra por ela pra nos matar.- Disse olhando pra cama terceira cama em relação a janela.
-Você matou Jeff The Killer.- Me lembrou Harry.
-Ah é né?  Então, Jane thhe Killer vem nos matar.- Disse e apontei pra uma das camas do meio. Evil se transformou naquele coco de Fantasma e fez alguma coisa que a cama saiu brilhando, sem poeira, insetos ou aracnídeos nojentos. 
Por fim todos acabaram pedindo que ela fizesse o mesmo em suas camas. Prendi Eyeless Jack, a contra gosto, no pé da minha cama. Disse que ele não faria nada mas todos alegaram que gostavam de seus rins e que queriam mante-los e me obrigaram a prende-lo.
-Boa noite gente..- Disse virando pro lado.- Jack e Evil, sejam bons cães de guarda na ausência de Ice Heart e Tanza.- Pedi e eles acentiram e Evil revirou os olhos.
-Faz de conta que revirei os olhos.- Pediu Jack e eu não pude evitar risada.- Boa noite Jade.
-Boa noite irmãzinha-Assassina-psicopata.- Brincou Lie.
-Boa noite Lie, também te amo… Boa noite Potter.
-Boa noite, “Nox”.- Ele disse e Evil fechou as cortinas rasgadas, evitando que a luz da lua entrasse e deixando tudo escuro, como se o Feitiço tivesse funcinado. Depois disso nós rimos e mos finalmente dormir.

CONTINUA!!


Notas Finais


E então? O que acharam? Espero que tenham gostado . Até mais tarde ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...