História Jade a pedra do gelo - Steven Universo - Capítulo 74


Escrita por: ~

Postado
Categorias Steven Universe
Personagens Ametista, Connie, Garnet, Jasper, Lápis Lazuli, Lars, Leão, Malaquita, Mr. Smiley, Opal, Peedee Fryman, Peridot, Pérola, Personagens Originais, Richard Fryman, Ronaldo Fryman, Rose Quartzo, Rubi, Sadie, Safira, Sardonyx, Steven Jr., Steven Quartzo Universo, Stevonnie, Sugilite
Tags Steven Universo
Exibições 15
Palavras 1.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi Genteeeeeeee, tudo certo? Mais um cap pra vcs, espero que gostem =3

Capítulo 74 - Noite três.


Fanfic / Fanfiction Jade a pedra do gelo - Steven Universo - Capítulo 74 - Noite três.


Depois que caímos, pegamos outras máscaras, não sabemos se o Spring Trap cai nessa da máscara, mais uma vez Jade quase destruiu o telefone pra desligar e não ouvir o Phone Guy. Eu perguntei o porque desse desespero todo pra desligar o telefone, ela disse que deixa ela nervosa, cada coisa.
Taz estava na porta eu estava na tubulação e como sempre Jade tomava conta das câmeras e deixava Spring Trap longe, claro que depois de muitas reclamações dela comsegui convence-la de continuar só nas câmeras porque era importante e ela poderia afastar Spring Trap.
-AAAAAAH.- Ela gritou do nada e meu coração quase parou.
-O QUE ?
-ERRO NA VENTILAÇÃO!!!
-Porra Jade que susto.- Disse irritado.
-Desculpa... Eu tô nervosa....- Ela desviou o olhar pro Tablet com uma expressão arrependida. Não da pra ficar com raiva dela. Suspirei e voltei a olhar pra tubulação e de vez em quando pro vidro a nossa frente.
-Harry.- Ela chamou  com a voz trêmula.
-O que f-
-AAAAAAAH.- Na hora que virei vi a alucinação de Freddy pulando nela levantei na hora e fui até Jade.
-Ei calma. Tá tudo bem, passou.- A abracei a peguei o tablet de suas mãos concertando o que tinha dado erro e botando a risada do Ballon Boy na câmera 9.
-Eu tô bem.- Ela disse normalizando a respiração e pegando de volta o tablet.
-Por que é sempre em você que eles pulam ?- Perguntei com certa raiva, coitada.
-Deve ser cortesia da Jadeíte. Spring Tá na câmera 9.
-Eu sei, botei o áudio do BB lá.- Olhei de novo pra Jade e vi A alucinação de Ballon boy ali.- Jade não para de olhar pro Tablet.- Avisei levantando lentamente.
-Por que?- Ela perguntou me olhando e depois olhou pra frente.- AAAAAAH, FILHO DA PUTA.
-Eu vou ficar aí com você.- Avisei pegando o tablet de novo e concertando tudo pra não ter problemas com Spring Trap.- Tudo bem ? Melhorou.
-Sim... Pode ficar ali.
-Se levar mais um susto eu não saio do seu lado. O coelho sinistro tá onde ?
-Preso na tubulação.
-Fechou a entrada na cara dele ? 
-Uhum.
-Horas ?- Perguntei olhando dentro da tubulação.
-Tira a cabeça daí, 1 Am.
-Por que você sempre manda eu tirar a cabeça dos lugares que eu tô olhando ?
-Por que você continua fazendo sempre a mesma coisa ?
-Justo... Onde o Spring Trap tá agora ?- Perguntei olhando pro Taz que não parava de olhar pra porta, parecia uma estátua.
-Chamei ele pra câmera 10.
-Isso, deixa o capeta longe de nós.- A luz começou a piscar vermelho do nada.- Problema em que ?
-Na porra toda.... Reboot All demora muito.... que merda. Ai foi, vou chamar ele pra 10 de novo... Duas da manhã.
-Ótimo!! Só faltam mais quatro horas.
-Nossa... que mau humor.- Ela reclamou.
-E como não estaria ? Eu tô preso na droga de um jogo de terror e posso morrer a qualquer momento!!- Disse estressado. Sei que ela não tem culpa mas infelizmente eu tenho o defeito de quando estar com raiva de alguma coisa descontar até em uma lata de lixo.
-Descul... Harry... O que eu faço?- Ela perguntou com uma voz amedrontada e segui seu olhar vendo Spring Trap no vidro.
-Chama ele pra outro lugar!! Rápido.- Ela começou a mexer o Tablet e Spring Trap virou a cabeça lentamente para o lado e começou a andar em outra direção.
-O Ballon Boy tá aqui na câmera....- Ela disse com o Tablet praticamente na cara.
-Troca as câmeras que ele sai.- Disse olhando o “Animatronic” na frente de Jade. Ela novamente mexeu em algo e BB sumiu.- Ele saiu.
-Graças a Deus. Deu problema no áud- Aaaaaah.
-Ok, vou ficar do seu lado.- Sentei no chão e peguei o Tablet das mãos de Jade esperando a mesma de recuperar do susto de Phantom Foxy.- Melhor ?
-Sim.- Ela respondeu simplesmente e suspirou secando algumas lágrimas.- Deve ter ficado com raiva de eu ter fincado uma faca na testa dele e ter roubado a cara.- Ri um pouco junto com ela e voltamos a ficar sérios e prestar atenção no “jogo”. Ela pegou o tablet da minha mão e continuou mexendo.
-Cadê o Spring Trap ?
-Câmera 7.
-Que horas são ?
-Três, que bom só faltam três horas né ?- Perguntou com uma falsa animação e me senti um pouco mal por ter sido Grosso com ela. Do nada Taz começou a latir e olhamos pra porta vendo Spring Trap nos entre olhamos e corremos pra tubulação.- Tanza!! Vem.- Jade chamou enquanto continuava correndo pra tubulação. Ouvimos Taz chorando e eu olhei pra trás vendo Jade voltar quase instantaneamente.
-Jade não! Ele tá vindo.. Vamos o Tanza tá bem olha.- Taz vinha pra dentro da tubulação com uma pata ensanguentada assim como o lado esquerdo da cabeça. Continuamos andando até que uma parte  da tubulação estava trancada e Spring Trap vinha logo atrás.- Jade!!
-Calma... eu vou abrir.- Ela avisou mexendo no tablet que tinha trazido. Ela abriu e nós passamos, quando Tanza Passou Spring Trap estava na nossa cola então Jade fechou de novo e suspiramos continuando a rastejar pelo lugar.
Quando saímos estava tudo escuro só com uma luz piscando. Jade mexeu em alguma coisa no tablet.
-Estamos na câmera 9... Vou levar ele pra 7.- Ela avisou enquanto olhávamos pra todos os lados enquanto estávamos andando. Achamos a sala dos vide games e ficamos ali por um tempo.- Tsc, não faz mais isso Taz... Agora eu não tenho nada pra te ajudar.- Ela abraçou o cachorro fazendo carinho em suas costas. Ouvimos um barulho no corredor e ficamos em absoluto silêncio. Jade ativou o áudio do Ballon Boy pra uma câmera lá na puta que pariu de acordo com ela mas ainda continuamos ouvindo passos.
-E agora ?- Sussurrei.
-Eu não sei, ele não sai daqui.- Já dava pra ver a sombra de Spring Trap no corredor.
-Que horas são ?- Perguntei com medo.
-Cinco.
-Graças a Deus.
-Acabou de dar cinco horas.- Ela disse se levantando.
-Jade, ei volta aqui.- Chamei sussurrando/gritando.
-Cuida do Taz, vou levar Spring Trap pra longe.- Ela avisou saindo da sala de jogos.
-Não, Jade vem pra cá.- Levantei e fui até o corredor.
-EI!! SUCATA EM FORMA DE COELHO!- Ouvi ela gritar e Spring Trap virou a cabeça em sua direção. Quando ia correr até lá Jade jogou uma faca e prendeu meu capuz na parede de uma das máquinas de jogo.
-NÃO!!- Gritei ao ver Spring Trap passado pela porta.- OLHA EU AQUI.- Fui completamente ignorado e depois de bastante tempo tentando tirar aquela faca dali finalmente consegui, não ouvia passos ou qualquer coisa no gênero há muito tempo, e nem sinal da Jade.- Taz, consegue andar ?- Perguntei e ele levantou se apoiando na parede.- Vamos atrás da Jade.
Saí no corredor olhando em todos os lugares e nem sinal dela.
-JADE!- Comecei a me desesperar.- Taz, fareja ela, temos que encontra-la.
Depois de um bom tempo procurando ouvi um gemido de dor e segui pra onde Taz começou a tentar correr.
-Jade ?- Entrei em uma sala escura.
-Oi... Olha o que eu tenho.- Vi ela sentada no chão com a cabeça de Spring Trap no colo.- O purple... Man realmente estava lá dentro.- Ela disse com baixo e com dificuldade.- Teoria confirmada, uhuul.
Cheguei mais perto e vi que ela estava toda machucada, cortes e arranhões nos braços, rosto e perna, o casaco estava ensanguentado na parte do ombro e na lateral da cabeça escorria sangue.
-Você é doente.- peguei ela no colo.- Qual é o seu problema ? Não faça isso outra vez. Nunca mais.
-O próximo é o quatro... O que vamos fazer.- Ela começava a chorar.
-Vamos vencer. E no final, esfregar a cara da Jadeíte no concreto.- Respondi e ela sorriu ainda chorando.
-O que seria de mim sem você?- Perguntou com um Sorriso.
-Uma louca sem limites.
-Qual a diferença entre com você e sem ?
-Comigo você tem os limites, só não cansa de ultrapassa-los.- Rimos e uma porta abriu no final do corredor.- Vamos conseguir.
-Vou adorar ver a cara da Jadeíte quando passarmos.- Ela sorriu e encostou a cabeça em meu peito enquanto eu caminhava pra noite quatro.

CONTINUA!!
 


Notas Finais


E então? O que acharam? Sou só eu que odeia os phantoms ? Cada susto que já levei com eles, odiava quando vinha um atrás do outro kkk
Espero que tenham gostado, até amanhã =3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...