Hist贸ria Jaigantic 馃崗 - Cap铆tulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Asas, Aslan, Jaigantic, Semi-dem么nio
Visualiza莽玫es 3
Palavras 1.167
Terminada N茫o
N脙O RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
G锚neros: Ação, Drama (Tragédia), Sobrenatural
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta hist贸ria s茫o de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olha eu de novo com mais um capítulo de jaigantic, quer escutar uma trilha sonora dessa fic?
E só escutar a música jaigantic do grupo tora
Ela é muito boa sz
Infelizmente ela não foi escrita para esta fanfic mas a música se encaixa direitinho sz鈾 espero que gostem

Cap铆tulo 2 - Testamento 鈽


Fanfic / Fanfiction Jaigantic 🍏 - Cap铆tulo 2 - Testamento 鈽

4 anos atrás, 2013
Aos meus 15 anos Toni tinha descoberto o meu propósito, foi aí que uma fase nova e difícil começou na minha vida, pelo oque ele tinha estudado, em um bestiário na biblioteca continha todos os tipos de seres e tudo sobre eles, poderes, curas, onde os encontrar e como crialos, e claro oque eles fazem.
Do começo até o final do bestiário, possuíam  83 seres,  o primeira e mais perigoso se chamava kanima, um homem réptil, o mais perigoso, depois vinha oque estávamos procurando, mas eu não pensava que esse seria o nome certo, um "semi-demonio".

"Criaturas autamente perigosas, metade demonio, metade humano, fruto de pactos satânicos falhos, quando o autor do pacto falha, a pessoa que será entregue como sacrifício ganha a bênção, ao completar 13 anos seus poderes despertam, mas nada e tão fácil, o SM terá que matar para viver.
Modos de matar- entrando e vivendo por alguns dias na mente das vítimas, usando poderes de controle mental ou outros mais."

Z havia passado horas trancado em seu quarto tentando descobrir oque eu sou, e descobriu, um fruto falho de um pacto, devem ter sido meus pais biológicos, mas isso já não me importava mais, a questão agora era " quem eu vou matar?".

Z- S, eu sei que é difícil, mas se você não fizer isso, você vai acabar morrendo.

S- mas eu não quero matar pessoas inocentes.

Z- mate criminosos, ai você estará fazendo um favor para todos.

S- vou tentar

Z- tome, este acabou de ser preso por estupro e assalto a mão armada.

Ele me entregou uma folha de caderno dobrada, havia o nome do presidiário, a prisão, a cela e mais algumas informações.

Z - use seu poder para ficar invisível, você está quase conseguindo.

E eu consegui, na manhã de quinta feira, no dia 24 de outubro de 2013 o presidiário Yoshida nakamura foi encontrado morto por derrame cerebral.

A sensação foi ótima, me senti mais poderosa.

Dias atuais- 2017

S- Z Onde você estava?O advogado vai chegar a qualquer momento para ler o testamento.

Z- eu estava no meu quarto procurando sobre a perda de suas asas, e não me parece coisa boa.

S- como assim?

Ele caminha desce as escadas correndo e arruma livros sobre a mesa.
E começa a falar em disparado.

Z- no bestiário diz que quando um SM invade o território de outro, ou ele perde poderes ou ele os rouba do outro semi, parece que seu território foi invadido S.

S- ótimo mais um sacrifício de pactos falho.
Falo revirando os olhos

Z- creio que não- ele corre atravessando a mesa e abre um livro- sacrifícios como você não roubam poderes, eles são fracos de mais para isso, esse tem algo em especial, ele tem um lado realmente humano, algo que te separa dele.

S- pais... Ele tem pais.

Z- provavelmente, já que a maioria dos SM sai órfãos. Ele fala com a mão na cintura e com uma cara de cansado.

S- não se preocupe com isso por enquanto, suba e tome seu banho, daqui a pouco joshua chega para o testamento.

Uma hora depois - 16:13 da tarde.

Eu escuto o portão da garagem se abrir, e um enorme carro preto entrar.

S- acho que joshua chegou.

Z- ótimo, vamos para o escritório de uma vez, Hiroshima?! Mande ele entrar em ir ao escritório.
Z fala para o  mordomo.

Nos caminhamos até a sala, e de repente eu sinto uma sensação estranha.

S- Z, espere, joshua não está sozinho, eu consigo sentir.

Z- quem está com ele?

S- uma garota, ela é nova... merda.

Eu o puxo para a sala rápido e nos sentamos.

Z- oque está acontecendo?
Eu não o respondo, e joshua a seguir entra na sala.

Joshua- meus caros, quero apresentar uma pessoa a vocês.

Ele tira de trás uma garota

Joshua- está e a Ally, ela tem 14 anos.

Z- hm, idai?

Joshua- idai que ela é sua irmã.

Z- E oque? Como?

Joshua- vejo que você não estava ciente sobre sua existência, ela é sua irmã por parte de pai.

S- Toni... Você acha que é ela?
Sussurro para ele.

Z- talvez.

Ele se vira para a mesa e senta de um jeito que o faça parecer chocado.

Joshua- então vamos começar, "Toni e Aslan, ou Z e S, não vou falar muito pois vocês sabem que eu não gosto de melodramas, nunca foi a minha cara, então só irei separar os pertences, minha fortuna será dividida em três, e mais a minha casa, para você Aslan eu lhe deixo uma parte da minha fortuna e alguns pertences além de uma carta melodramática, Toni, eu vou lhe deixar a minha casa e mais uma parte da fortuna, e oque sobrar vai pra você minha neta, Ally.
Aslan, como a Ally e muito nova para manusear tanto dinheiro, você ficará encarregada disso.
Amo muito vocês

Gérard"

Joshua- ele só escreveu isso, é a carta pra aslan, Toni?! A partir de hoje a menina irá morar com vocês.

Z- está bem.
Ele se levanta chocado com cara de quem ainda não tinha superado a morte do avô, e vai embora indo se trancar no quarto.

S- de um tempo pra ele garotinha.

Eu a encaro, tentando estuda - lá

S- Onde está a carta?

Joshua me entrega um envelope pardo
Eu o abro ali mesmo
"S,
Você sabe que eu não partiria sem dizer adeus para vocês, mesmo não gostando de muito drama eu escrevi está carta, sei que neste momento Z deve estar trancado em seu quarto pensando "quem é essa garota" e como eu sabia da existência dela e não tinha contado pra ele, não vou explicar tudo nesta carta, não quero que ela fique grande, mas aos poucos ele vai descobrindo e vai se apegando a ela, pois tudo oque ele tem agora é você e a Ally.
Eu me lembro até hoje daquela garotinha raquítica sentada no chão olhando para o próprio joelho marcado pelo milho, eu só queria te pegar e levar para a casa, para você nunca mais ter que passar por um castigo desses, já chega né?!
Só quero que saibam que eu amo vocês, e a morte sempre bate na porta um dia meus anjos, até pra você S, sim eu sei do segredo de vocês, mas isso não importa, eu sempre te amarei igualmente"

Uma lagrima escorre dos meus olhos e escorregam pela minha bochecha rosada.

S- Gérard nunca foi muito bom com palavras... sinto a falta dele.

Eu me levanto e vou para o meu quarto.

Joshua- você se acostuma.
Ele diz olhando pra Ally

Ally- hm... Você não tem coração joshua, meu avô que eu nunca conheci morreu a pouco tempo, e você não tem nenhuma reação, acho que não posso me acostumar com você.

Joshua- você tem a língua bem afiada em garota.

Ally- pois é né, acho que é de família.
Ela se retira da sala o deixando sozinho.

Continua...


Notas Finais


Gostaram? Vou tentar postar o mais rápido possível, para que não flop muito rápido tbm ;-;)

E só compartilhar com os amigos blz? Sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu谩rios deixam de postar por falta de coment谩rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment谩rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...