História Jamais te esqueci (Jikook 2ª temporada) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), DAY6
Personagens Dowoon, Jae, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Junhyeok, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Young K
Tags Jikook, Namjin, Taeyoonseok
Exibições 161
Palavras 409
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Vou tentar melhorar e não descrever senas "impróprias", até ele ter pelo menos 16. Desculpe pelo último capítulo atormentador, mas eu falei que ia ser uma história terrível.

Capítulo 6 - Meu!


{Jae's POV}

      Acordo e vejo uma movimentação no quarto.
    - O que aconteceu?
So: O sr Dow falou para irmos rápido para o a dar de cima.
     -E por que você não me acordou?
So: Ele falou que tinha outros planos para você, e que não era para ninguém tocar um dedo em você.
      Eu queria saber o porque, mas lembrei dos fortes tapas no rosto.
So: Volte a dormir, ainda é cedo.
      E assim fiz, estou muito cansado por conta da noite de ontem. Na qual eu não sei exatamente o que aconteceu. Depois de não sei quanto tempo sinto alguém me chamando, era o mesmo homem da van.
?²: Vamos logo, ele quer falar com você.
    -Ele quem?
?²: O mesmo que falou para você não ficar perguntando, sua criancinha.
     Fiquei meio chateado mas o segui (os tapas na cara né, acho que são motivação suficiente). Subimos dois lances de escada, um que dava no lugar da música e outro que dava em um corredor com várias porta, porém com mais espaço entre elas do que as do andar de baixo. Será que fica mais gente aqui?
?²: É aqui- ele me deixa na última porta do corredor e eu entro.
     Era um quarto em maior parte vermelho, com janelas gigantes que davam em uma sacada, a cama possuía um grande espelho em cima de sua cabeceira, e em seu colchão possuía alguém que vi a não muito tempo.
Sr: Olá Jae, como está?
    -...
Sr: Venha cá deite-se aqui.
    -Não obrigado, estou bem.
Sr: Isso foi uma ordem.- então eu fui, e deitei-me de barriga para sima e fiquei imóvel.- sabe, não precisa ficar com medo eu não vou fazer nada com você... não agora, não iria ser divertido. Você é muito pequeno, vou guardar um presente para você no futuro quando for maior, por enquanto vou me contentar com cenas que nem ontem a noite.
     -Como assim?- já me preparei para um tapa, que por algum motivo não veio.
Sr: O seu quarto agora é esse, não quero te ver perambulando por esses corredores, você é apenas meu.
    -Mas e a Soyou, meus pais e meu irmão?
Sr: Esqueça todos, você é meu, entendido MEU!...eu tenho que sair, fique aqui e não se mecha, pode assistir TV se quiser.
      Ele saiu e ao invés de ligar a TV como ele disse, eu chorei com a cara integrada no travesseiro, como se minha vida dependesse disso.


Notas Finais


Espero que me desculpem💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...