História Jardim Secreto - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Taetae, Yoongi
Exibições 6
Palavras 1.076
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ficção, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então gente era pra eu postar no domingo, mas eu tive uns imprevistos. Então o cap ta aí. Espero que gostem!

Capítulo 6 - Capitulo Seis


Pov's Autora

Enquanto na Terra Jungkook e Jimin estavam cada vez mais próximos, no mundo mais acima coisas aconteciam para separá-los. A mãe do menor não concordava com aquele romance que estava começando a nascer, e até estava disposta a colocar a felicidade do seu filho em jogo.

Mas, por quê? Por que ela queria tanto separar os dois? Por que todo esse ódio pelos humanos?

Talvez, a resposta seja simples e dolorosa demais para ser ouvida. Talvez seja por promessas quebradas, palavras não ditas, lágrimas guardadas, um coração quebrado e um que já havia parado de bater. Talvez, seja porque ele nunca tenha voltado e ela nunca soube o motivo, ele havia prometido não é mesmo? Coitada, há somente uma coisa que ele nunca a disse, os humanos são muito frágeis.

-Atenção todos! -O anúncio havia começado - Como todos sabem meu filho fugiu para a Terra e eu tenho uma proposta. Quem for para a Terra e trazê-lo de volta, eu darei a mão de meu filho em casamento.

-Eu vou! - O fada de cabelos verdes ali presente se pronunciou- Eu lhe trarei seu filho!

Pov's Jimin

Acordo e me encontro na cama e com Kookie me abraçando por trás. Essa noite foi tão boa, por ue não dormimos assim sempre? Não... Espera... Sempre é um tempo muito grande, e eu não vou ficar aqui esse tempo todo. Mesmo que eu queira muito.

Me viro e começo a cutucar meu hyung para que ele acorde.

-Kookie! -Começo a cutucar sua bochecha e ele resmunga- Acorda hyung- Ele resmunga e me puxa para mais perto. - Hyung!

-Hum, bom dia! -Ele diz abrindo os olhos -Você fica tão lindo de manhã - Ele fala e eu coro e ele cora logo em seguida- Eu só.... Eu quis dizer...

-Tudo bem! Obrigado. Vamos sair desse quarto, os meninos devem estar nos esperando.

-Aposto que nem acordaram, do jeito que o Tae é. Vamos dormir mais- Ele fala me puxando para mais perto e fechando os olhos. -Além de que...

-Bom dia casal! -Adivinha quem é? - Que isso? Na 'pegação' logo de manhã? Que bonito!

–“Pegação’? -Eu pergunto confuso.

-Ignora Chimchim. O Tae é retardado.

-Que calúnia -Tae fala mostrando a língua - Agora, levantem daí que o omma Jin tá aqui e está cozinhando para nós.

-Minha casa virou feira agora?

-Acho melhor você não reclamar ele está bravo com você.- Ele diz e sai logo depois.

Pov's Jungkook

 -É uma pena ter que deixar uma cama tão confortável. Vamos Jimin? Antes que o Tae volte.

Logo após ter saído Jimin vai atrás de mim, abraçando meu braço como se estivesse se escondendo. É muita fofura. Chegamos na sala e os meninos começaram a nos lançar olhares maliciosos. Qual o problema deles?

- Kookie, eu me lembrei que dormi sem as minhas calças. E eu estou sem elas agora. -Ele sussurra no meu ouvido e se esconde mais ainda atrás de mim. Acho que entendi os olhares.

-Parem de nos olhar assim! Estão deixando o Jimin assustado- Ainda bem que o moletom que eu emprestei vai até metade das suas coxas.

-Se ele não se assustou com você ou com o Tae, não se assusta com mais ninguém.-Jin me "xinga" e logo depois se volta para o Jimin- Bom dia pequeno, meu nome é Kim Seokjin e esse retardado do meu lado que não sai do celular,-Ele diz e bate na cabeça do menino ao lado- É o Kim Namjoon. Mas pode me chamar de Jin.

-Olá, meu nome é Park Jimin. -Ele diz envergonhado e ainda atrás de mim. - Você que é o omma do Tae?- O Deus, como é inocente.

-O que? Não! Esse povo só me chama de omma, porque são uns palhaços. Venham cá eu fiz panquecas. -Jimin sai meio receoso de trás de mim e senta ao lado do Tae e eu logo depois sento ao seu lado.

-Hyung, não sei comer-Jimin sussurra para mim.

-É só partir com a faca e pôr na boca com a o garfo. E tentar não fazer bagunça.

-'Ah tá', obrigada

Nós comíamos enquanto o Jin me dava uma "bronca" por ter faltado na faculdade, que devemos estudar para ter um futuro, essas coisas, enquanto o Tae ficava rindo da minha cara. Eles realmente parecem uma família para mim, e estão mais perto disso do que meu appa que só sabe trabalhar. Acho que já fazem três dias que o Jimin chegou aqui e nesses três dias meu pai não apareceu em casa. Não sei o que há de tão interessante nesse escritório para que ele esqueça de seu filho.

-Jungkook! -Ouço o Jin gritar chamado minha atenção -Você está viajando! Nós vamos para a faculdade. Você vem né?

-Antes eu preciso ver uma coisa com o Chimchim, mas depois eu vou. Prometo que hoje não vou faltar.

 -Acho bom mesmo! - Jin olha para mim e para o Jimin com um olhar assustador- Até mais.

-Tchau, omma Jin- Eu o Jimin dizemos juntos.

-Até tu Jimin? Que decepção! -Jin diz e vai para a faculdade com os meninos.

Pov's Jimin

Se o Jungkook for para essa tal de faculdade ele vai deixar o Jimin sozinho, não vai? Não, Jimin não vai deixar! Jimin vai com ele! Se ele quer que eu fique provavelmente vai deixar.

-O Jimin vai com o Jungkook!

-O que? -Ele pergunta confuso

-Para a faculdade, não vou deixar você ir sozinho e me deixar aqui.

-Olha pequeno, você não tem idade para ir para a faculdade, mas você pode ir para a escola. Você sabe ler?

-Só porque eu fui criado por árvores não quer dizer que eu seja burro, Jeon. Claro que sei.

-Ain, desculpa. Então eu vou te matricular em uma escola perto da minha faculdade. E antes que você pergunte o que é, escola é onde você aprende as coisas.

-Já desconfiava! Jimin é um gênio! -eu afirmo e ele começa a rir. Então a campanhia toca e eu vou atender. Será que os meninos esqueceram alguma coisa? Abro e tenho uma surpresa. O que ele faz aqui?

 -Min~min!-Ele diz e pula em cima de mim entrelaçando suas pernas na minha cintura.-Primeiro:Você está muito gato. Segundo:Me leva para uma cama.

-Tudo bem hyung. Jungkook, posso levá-lo para o seu quarto- Ele abre a boca e arregala os olhos. Por que ele está me olhando assim?

Pov' s Jungkook

 Cadê a inocência do menino inocente?

 


Notas Finais


Gente desculpa os erros de português é que eu to não deu tempo de revisar.
Comente e favoritem.(se quiserem é claro)
Kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...