História Jason vs Slenderman. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sexta-Feira 13, Slender
Personagens Personagens Originais
Tags Sexta-feira 13
Exibições 10
Palavras 1.675
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


A batalha final irá começar, o momento que todos esperavam.

Capítulo 5 - Imortal vs Monstro. Quem vencerá?


(7:30 da noite)

(John): Já é 7:30 e eles ainda não chegaram.(Falando com um tom nervoso).

(Mary): Não se preocupe, Melissa deve ter se perdido na mata e Nathan já deve ter saído do acampamento, do jeito que ele estava ele já tá na rodoviária.

(John): Mesmo assim, a melissa já deveria ter ligado para nos pedir ajuda, aqui tem sinal, eu vou tentar pedir ajuda para o meu tio para vê o que ele pode fazer.

(Steve): Nós vamos com você.

(John): Não, vocês ficam aqui, no caso se eles voltarem, você s estão aqui para socorre-los.

(Os dois concordam com a cabeça).

(John sai correndo do chalé até chegar no estacionamento do acampamento, ele entra no carro e liga a ignição do carro mais por algum motivo o carro não ligava).

(John): Mais que merda.(Sussurrando).

( John sai do carro e abre o capô do carro e vê quê a bateria do carro e o motor estavam completamente destruídos. John olha um pouco mais perto e vê que os estragos foram feitos por algum objeto cortante).

(John): Que se foda, eu vou correndo.

( No chalé)

(Steve e Mary estavam em um dos quartos daquele chalé).

(Steve): Tem certeza que agente deveria fazer isso nesse momento, afinal de contas, Nathan e Melissa estão desaparecidos.

(Mary): Eu não consigo mais ficar longe de você, eu desejo tudo em você.

( Mary  coloca a sua mão dentro da calça de Steve, o deixando bastante exitado. Mary dá um sorriso malicioso para Steve).

( Mary): Eu tô vendo que você também sente o mesmo que eu sinto.

(Steve): Tirou as palavras da minha boca.

( Steve acaricia o rosto de Mary até ele chegar mais perto dos lábios da garota, Steve pede permissão para poder usar a sua língua, elá abre um pouco a boca para a língua de Steve poder entrar. Steve coméça a explorar a boca de Mary por inteiro, mais o beijo acabá  pois os dois já estavam sem ar. Steve coméça a tirar suas roupas e Mary faz o mesmo. Mary se agacha e começa a lamber o membro de Steve o deixando com uma cara  de envergonhado).

(Mary): Também é a sua primeira vez?

(Steve): S-Sim.(falando com um tom de vergonha).

( Mary dá um sorriso).

(Mary): Promete que vai pegar leve comigo?

( Steve meche a cabeça positivamente).

(Mary): Então chega de enrolação e vamos para o que interessa.

( Mary fica em posição de quatro  e Steve coméça a lamber o clitóris de Mary  fazendo ela soltar um gemido, Steve coméça massagear a vagina dela com o seu pênis. Mary Não aguentava mais esperar de tão exitada).

(Mary): Que parte de: chega de enrolação você não entendeu? Enfia esse pau dentro de mim.

(Steve enfia devagar o seu membro na vagina dela, porque assim como ele, elá é virgem e não queria machuca-la. Ele já estava completamente dentro dela, Mary não parava de gritar e gemer por causa da dor e da excitação. Steve coméça a se mexer para frente e para trás devagar e rápido para fazer que a vagina dela se alarga-se um pouco. Mary parou de sentir dor e Steve coméça se mexer mais rápido).

(Steve): Mary e-eu não aguento mais , eu vou g-gozar.

(Mary): E-Eu também.

(Mais do nada, alguma coisa é arremessada e atravessa a parede do quarto, e essa coisa não é nada a menos que Jason Voorhees que vê o jovem casal fazendo sexo. Jason vai direto para Steve cravando o seu facão no peito dele, Mary tenta escapar do assassino mais Jason a puxa pelo cabelo e corta a garganta da pobre garota. Jason jogá o corpo de Mary na cama ao lado de seu amado, Jason dobra a cama aí meio certificando de que o dois estavam mortos (A cena se parece com a do filme Freddy vs Jason). Jason levanta a cama e olha o buraco na parede a procura da coisa que o arremessou para o chalé. Ele vê a criatura sem rosto e arremessa a cama para a direção da criatura, mais de algum jeito a criatura some na hora em que a cama fosse atingi-lo. Jason sai pelo buraco na parede e volta para mata a procura de seu oponente.

(Enquanto isso).

(John bate na porta da casa de seu tio desesperadamente. Seu tio abre a porta fica assustado com a cara de seu sobrinho).

(Tio de John):  Meu Deus, o que aconteceu garoto?

(John): Eu não sei, Melissa e Nathan sumiram e eu não sei o que está acontecendo.

(Tio do John):  Droga, erá o que eu temia( fala sussurrando).

(John): Como assim, o que tá me escondendo?

(Tio do John): ......Tudo bem eu vou contar.

( Os dois se senta em um sofá).

(Tio do John): Você se lembra da historia de Jason Voorhees?

(John): Sim, mais o que isso tem a ver.

(Tio do John): Seus amigos não desapareceram, eles morreram.

(John): COMO ASSIM. ( Vóz de assustado).

(Tio do John): Jason Voorhees não está morto e noz fechamos o acampamento.

(John): E PORQUE NÃO NOS CONTOU ISSO PRA GENTE ANTES. ( Falando com raiva).

(Tio do John): Porque é uma coisa difícil de falar e não iriam a acreditar.

(John): já chega.

( Tio do John): Aonde você vai?

(John): salvar os meus amigos.

(Tio de John): espera.

( Ele joga um rifle e uma caixa de munição).

(John): Pra que isso?

(Tio do John): Isso não vai mata-lo, mais vai atrasa-lo.

(John acena a cabeça positivamente e carrega a arma).

(Enquanto isso).

(Jason não consegue encontrar a criatura, por mais que ele conheça o acampamento. Do nada um tentáculo negro perfura o peito de Jason, o fazendo cuspir sangue. Jason olha para trás e vê a criatura que não fazia nenhum tipo de expressão. Jason parecia estar fraco como se aquela coisa estive-se arrancando a sua vida, mais derrepente ele ouve uma voz que não ouvia a muito tempo).

(Jason, meu menino tão especial, você não pode ser morto por essa coisa, por quê se essa coisa te matar, ele irá te ressuscitar, e te fará uma coisa horrível. Por isso, MATE ESSE MONSTRO)

(Jason do nada se sentiu revigorada, como se sua mãe estive-se dando poder a ele. Jason pega seu facão que tinha caído no chão e corta o tentáculo negro. A criatura parece estar confusa, porque nessa hora Jason ja deveria estar morto.Jason some do nada, a criatura tenta procura-lo mais do nada um pedaço de grade em forma de lança perfura o peito da criatura , ele tenta tirar mais Jason coméça a esfaquea-lo pelas costas e depois na barriga. A criatura parece estar zangada, ele usa seu tentáculo para segura-lo pelo pescoço e levanta-lo, Jason tinha deixado o seu facão cair, agora ele estava olhando cara a cara com a criatura, os seus olho parecia estar com interferência,ele quase não via a criatura por causa da estática e o barulho infernal que não vinha de lugar nenhum. Mais derrepente, Jason pega a sua faca de caça e a crava na cabeça da criatura. Ela o Souta por causa da dor e Jason pega o seu facão e crava no peito da criatura, ela se agacha e Jason pega a sua faca que ainda estava presa presa na cabeça da criatura e começa a esfaquear o rosto do monstro).

(Enquanto isso).

(John estava quase chegando no acampamento, ele estava se lembrando dos seus dias de caça com o seu tio, ele era o seu ultimo parente dele depois que seus pais morreram. John entra no chalé é grita pelo nome de seus amigos). 

(John): STEVE, MARY, CADÊ VOCÊS.

(John entra no quarto de Steve e vê o massacre, sangue por todos os lados e um buraco enorme na parede, ele vai em direção ao buraco e vê apavorado, a cama com os corpos do casal, ele começa a chorar e a se.lembrar dos seus pais que morreram brutalmente pela criatura. John coméça a ligar os fatos com as suas lembranças do monstro).

(John): Meu Deus,. só pode ser ele, aquele monstro, Slenderman.

(Enquanto isso).

( Jason continuava a esfaquear Slenderman, saía um líquido negro dentro das feridas de Slenderman que parecia sangue, mais do nada, ele arremessa Jason com o seu braço e o arremessa até o lago, Slenderman aparece do nada na frente de Jason que ainda estava deitado. Slenderman regenera os seus tentáculos que tinham sido cortados por Jason, ele usa um dos seus tentáculos para arremessa-lo em uma árvore, os tentáculos dele vão em direção a Jason, ele consegue cortar dois tentáculos mais o último consegue bater na cabeça de Jason o fazendo cair no chão, o tentáculo coméça a furar Jason que começa a cuspir sangue, Slenderman o pega pelo pescoço e o levanta fazendo um olhar para a cara um do outro. Slenderman está mirando o seu tentáculo em direção a cabeça de Jason, mais derrepente um tiro atinge a cabeça de Slenderman o fazendo soltar Jason. Slenderman olha para a frente e vê John).

(John): Se lembra de mim, seu demônio.

( Jason não perde a oportunidade e começa a contar Slenderman, primeiro ele corta o seu tentáculo e começa esfaquear o peito de Slenderman. Confuso por causa da dor e se encosta no tanque de combustível para barcos que estava no píer. Era exatamente onde John queria que ele estivesse).

(John): Vai pro inferno seu cretino filho da puta.

(John atira no tanque de combustível o fazendo explodir e com isso, Slenderman é arremessado para o lago. Jason vai até o píer e ouve a vóz de sua mãe de novo).

(Bom trabalho meu querido filho, agora já pode descansar).

(Jason se vira para John e fica olhando para ele).

(John): obrigado.

(Jason balança a cabeça positivamente e cai morto no lago, com isso John Vai embora daquele acampamento amaldiçoado).

( 1 semana depois).

( O acampamento estava fechado e virou uma zona de proteção onde ninguém poderia entrar. Mais naquele momento no lago, Jason sai da água caminhando para a superfície, mais ele vê seis garotos de aproximadamente de quinze a dezesseis anos, com máscaras e capuzes. Mais eles tiram os capuzes e as mascaras e dizem).

(Garotos): Obrigado, agora estamos livres.

( É somem com o vento. Jason caminha um pouco e entra em uma casa abandonada e entra em um quarto e lá estava a cabeça de sua mãe. Jason se deita no chão e derme, esperando que oltras vítimas apareçam).











Notas Finais


E é isso pessoal, a história acabou mais não se preocupem que logo terá uma história solo do Jason, então aguardem e não se esqueçam de favoritar a fic e escreverem o seu comentário dizendo as suas dúvidas e se gostaram da fic ou não. Então até logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...