História Jazigo


Escrita por: ~


Sinopse:
O amor parecia infinito entre Justin Bieber e Isabella Chong. Eles acreditavam que era. Os sorrisos esperançosos se tornaram lágrimas de discórdia, e tudo o que sonharam se limitou. Após uma briga ávida, Bella desejou que algo muito ruim acontecesse. Palavras tolas num súbito momento de raiva responsáveis por comprometer a vida de Justin. E, consequentemente, a de Chong, a qual estava fadada a carregar a culpa. Porém, para ela, o que era ainda pior, era viver sem seu grande amor.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 181
Favoritos 56
Comentários 13
Listas de Leitura 2
Palavras 1.689
Terminada Sim
Categorias IU, Justin Bieber
Tags Drama, Espanha, Julieta, Justin Bieber, Romance, Romeu

Fanfic / Fanfiction Jazigo
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único
13
181
1.689

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~delflair
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~delflair
Usuário
Eu vou te contar, hein?! Você destrói minhas estruturas e não é de hoje não. CEZAR QUE PARIU! Não sei como reagir a algo tão belo como Jazigo.
Lali você tem o dom de fazer que o leitor sinta as emoções que a personagem esteja sentindo em determinado momento. Porra véi, fiquei deprimido até. Vou me suicidar também, porque a dor está me matando.
Admiro você em muitos fatores, porém o que mais reverencio sobre você é o seu talento perante a escrita. Você escreve tão bem que eu tenho uma enorme vontade de tatuar tudo que você já tem ortografado pelo corpo e quando sair algo novo, tatuar também.
Simplesmente adorei essa oneshot, amour. Ficou muito desempenhada e bem contada. Ai socorro você só é motivo de orgulho pra mim. Ai Dels!
E me desculpe demorar para comentar. Não sabe o tamanho da raiva que senti de mim mesmo quando finalizei a leitura e ter atrasado para postar um comentário.

Love youuuuuuuuu.

XOXO, Cezar Viadão.
Postado por ~Ringlets
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Ringlets
Usuário
AAAAAAAAH, HE-LP! Cê sabe que eu sou apaixonada por todos os seuz enredos, né. Amoooo. E cara, tadinho do Justin. Fiquei tipo "ah, não" quando vi que ele tinha se afogado. Confesso que já imaginei um monte de coisa aqui jkkkj. O Justin era muito fofo com ela, e ela foi trouxa por não ter explicado. Matou o cuitadim do meu amô. Enfim, a escrita magnifica, enredo perfeito e envolvente. Tudo muito emocionante. Quero mais One Shot bem rapidim. Please.
Postado por ~Rachel_Wilde
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Rachel_Wilde
Usuário
Como sempre, tô naquele atraso maneiro aqui. Espero que perdoe todo o tempo que passei sumida daqui. Li essa história já tem um tempo, você sabe, mas só agora consegui aqueles necessários cinco minutos para me sentar a frente do computador e escrever algo minimamente decente (que é o que essa história merece).
A maior escritora de ones lacradoras que eu conheço. Lali, você sempre me surpreende. Eu, de fato, perco o fôlego a cada vez que você me conta um dos seus enredos. No começo, eu pensava estar prepara para lidar com o que você me contaria, mas agora percebo que não tenho qualquer psicológico para isso. Tu me fala que tem uma ideia e eu já limpo minha mente, porque sei que nada, nadinha, do que eu pensar vai ao menos chegar aos pés da preciosidade que estou perto de desvendar.
Com Jazigo, é claro que não foi diferente. Eu me surpreendi ao ver a intensidade de sentimentos que você propunha aqui. Confesso que não tenho procurado muitas fics pra ler fora da TL (erro meu, sei disso) e que, portanto, desconheço muito do que tem sido popular como tema ou apenas recorrente. Porém, lembro-me, da época em que ainda saia procurando histórias, que falar sobre morte, arrependimento e assuntos similares não era lá tão comum assim. Da maneira que tu fez, com uma intensidade realmente absurda de sentimentos e sensações, eu acho que nunca li.
Consegui sentir cada mínimo detalhe a dor e do sofrimento de Bella. Fui atingida em uma avalanche por toda a angustia que lhe afligia. Foi chocante. Terminei de ler o capítulo anestesiada, sem muita ideia do que pensar e tentando voltar a encontrar meu lugar na vida.
Ler essa história não foi só uma experiência fantástica como também rara. Sou uma eterna admiradora e jamais me cansarei de reforçar o quão incrível você é - não só como escritora como pessoa também. Continue deixando acessível essas preciosidades. O mundo precisa disso.
xoxo
Sua admiradora e fã,
Rachel
Postado por ~Jaileymylovers
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Jaileymylovers
Usuário
EU AMEI SOCORROOOOO!Tô até com uma dorzinha no coração,pois eles teriam tudo pra ser um ótimo casal,mas acabou assim...
A melhor oneshot(não sei se escrevi direito)que já li.
Postado por ~Feminem
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Feminem
Usuário
Espero até hoje o dia em que lerei uma história sua e não irei amar, é muito difícil, sabe?
Amei o jeito como as palavras dela "amaldiçoaram" tudo por conta de um momento de raiva, porque o que mais acredito é que pagamos por nossas palavras. Af como eu adoro Romeu e Julieta, é tão lindo o jeito como os dois vivenciam o amor no meio do caos e da guerra e no final tudo o que importa é o amor da vida deles estar respirando. E aí você, sempre querendo me arrasar, escreve Jazigo. Eu amei muito, mesmo, senti a dor no coração que ela aparentava ter. E desejei vivenciar cada momento maravilhoso do namoro dos dois. E sem sombra de dúvidas o que mais me encantou na fanfic foi ela ser tão real. Você é a melhor nas ones; quero mais umas dez okay? (zoeirinha de leve.)

Com carinho, Duda.