História Je pense á vous, donc je suis - Capítulo 19


Escrita por: ~ e ~Katrina13

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir)
Tags Adrianette, Ladrien, Ladynoir, Marichat
Exibições 64
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi demorei? Tava com preguiça vcs sabem co o eu sou. A ananda teve que me mandar mais de 258 mensagens no whatzap para eu poder postar. Enfim fiquem com o capítulo.

Capítulo 19 - Susto


Fanfic / Fanfiction Je pense á vous, donc je suis - Capítulo 19 - Susto


 

Lila - E verdade !!! E eu posso provar - ela olha para os lados - e se afasta de min - Volpina mostre sua força !!!

Logo um brilho forte saiu de seu colar , logo não conseguia ver . Quando o luz diminui , pude ver que era verdade .... Lila , possuía o verdadeiro miraculous da raposa !!!

Adrien- ...

Volpina- Viu só, não sou a mentirosa que todos pensam!( Lia: até parece../Ananda: Nem nascendo de novo!/ Duda: cof..cof..Mentirosa...cof..cof..

Adrien- Sim...Você está falando a verdade! Mais como conseguiu ?

Ela se direciona a mim, colocando um de seus dedos em meus lábios.

Volpina- É segredo!

Adrien- é agora? Você vai ajudar a ladybag e o Chat noir certo?

Volpina- Nananinanão! Urrr principalmente aquela cara de inseto irritante!

Adrien- eiii!....eu não posso contra ela agora, não posso me transformar em Chat, a única coisa que me resta e ser gentil com ela.

Volpina- Agora eu tenho um miraculous, sou especial! Agora você pode larga aquelazinha da Marinette!

Adrien- Nunca!

Volpina- O ‘que Por que?

Adrien- Ela....está esperando um filho meu não sabia?

Volpina- Ahhhh isso é fácil de resolver. E só dar um fim no bebe...sie que me entende.

O’ que? Como ela pode ser tão fria a ponto de acabar com a vida de um ser inocente! Ela e pior do que eu pensava...bem que Marinette me avisou...

Adrien- Jamais! EU AMO A MARINETTE! TA OUVINDO! E A AMO MAIS AINDA POR ESTAR ESPERANDO UM FILHO MEU!!!!!!!!! Droga me descontrolei de novo!

Volpina- AHHH e assim? Se eu não posso te ter...Ninguém mais terá!

Ela começa tocar uma música em sua flauta, e de repente aparecem centenas de armas apontadas para mim. Só podem ser ilusões.

Volpina- Isso não ilusões meu caro Adrien. Diga suas ultimas palavras...

Adrien- Mari...Emma...Eu...Amo...Vocês. rapidamente vejo uma luz brilhante.. Alguém me segura nos braços, fazendo com que eu não fosse atingido pelas aramas....Quando olho para cima vejo My lady...ela veio me salvar....

LadyBag- mais cuidado gatinho. Ela sussurra no meu ouvido.

Adrien-...

Ela me deixa em um lugar afastado e seguro e eu rapidamente me transformo em Chat Noir.

Chat- My lady....você não devia fazer esforço...

Ladybag- A é? Não quero que a minha filha nasça sem pai.

Chat- Você ganho...Agora é a minha vez de te salvar.

Eu e my lady avançamos em   direção a Volpina, que já espalhava o caos pelas ruas de paris.

Eu e My lady lutamos bastante... tive que deixar ela sozinha pois Volpina havia pulado para cima de um prédio....Mas me deparo com uma ilusão...a verdadeira Volpina estava lutando com Ladybag...Não...não...My...Ladyyy

Ladybag- Chat...Noir! ela estava caindo de uma altura imensa, não ia conseguir salvá-la a tempo...Ate que alguém a salva....uma garota com uma roupa flamejante, com penas douradas....

XX- Esta tudo Bem!

Chat- Quem e você!

XX- Uma Amiga...Me chame de Fênix.

Fênix me dá Mari, que avia desmaiado...Como pude ser...tão fraco...Se fênix não tivesse aparecido...Eu estaria...sem família.

Fênix- FIREEEE POWERRR! Ela acerta Volpina que fica em chamas..

Volpina- Acha que Acabou? Estão muito enganados eu vou voltar...e acabar...com todos vocês!!

Adrien Off

Marinette ON

Acordo nos braços de Adrien, que estava com os olhos vermelhos, parecia estar chorando...

Ladybag- Cha-t... ta tudo bem...

Chat- Não...Não está!  Eu poderia ter perdido vocês...eu sou tão...tão...Inútil.

Ladybag- Não e verdade...você só foi enganado. Eu estou bem graças a Fênix.

Chat- pera! Vocês se conhecem?   

Fênix- Claro....Sou eu...A Suna.

Chat- Suna!!??? Como você conseguiu o miraculous?

Fênix- não existe só 7 miraculous existem milhões deles, cada um representando um devido animal...

Chat e Ladybag- Mais a Fênix não existe!

Fênix- que mania essa de vocês de não acreditarem em nada! E claro que sim....pelo menos existiam a 4 mil anos atrás até serem totalmente extintas. Possuo um dos miraculous lendários!

Chat- quer dizer que você e mais forte que eu e a Lady?

Fênix- era...só que não existem mais nenhuma fênix...isso reduziu o meu poder.... Mais ainda o miraculous ainda vai existir só que como lendário...

Ladybag- Nossa!

Chat- onde você aprendeu isso?

Fênix- Livros..e óbvio...existem 6 livros sobre miraculous e estão espalhados em todos os continentes. Pronto já respondi todas as suas perguntas agora vamos para casa? Marinette tem  que descansar.

Chat- Vamos!

Chat me levou em sus braços, ainda está perplexo, de quase ter nus perdido. Ahh esse meu gatinho...tão cuidadoso.

Marinette Off

Adrien On

Quase perdi meus tesouros hoje....estou preocupado...agora que não devo mesmo contar sobre a minha mãe, ela pode querer ir com migo isso ia ser arriscado. Amanhã e o  meu aniversário...tenho que estar lá. Vou agora. Enquanto Mari dorme. Escrevo um bilhete, deixo na cabeceira de Marinette, dou um leve beijo na sua testa, e no local onde nossa filha esta abrigada por enquanto. Pego minha mochila, me transformo em Chat noir... e vou ao encontro da cerejeira.

*chegando no local da Arvore de cerejeira*

Me destranformo, e começo a procurar vestígios dela.(mãe)Até que ouso uma voz desconhecida.

XX- Olha Adrien.... O melhor.... Chat.... Noir.

Continua...

 

 

   

 

 

 

 


Notas Finais


Adeus! Comentem se possível. Para eu parar de preguiça e postar. Ass: Lia


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...