História Je Suis De Retour, Bebé - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~BeliberDallas

Postado
Categorias Chloë Grace Moretz, One Direction
Personagens Chloë Grace Moretz, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Cameron Dallas, Justin, One Direction, Shawn Mendes, Zayn
Exibições 3
Palavras 2.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi abiguinhos! Por conta das provas me atrasei bastante, e me atrasarei denovo, apenas depois do dia 4 que eu posto. Mas espero que gostem.

Hoje o capítulo é Ai vem uma reflexão.

Capítulo 6 - Charpter 6: Here Comes a Thought



Take a moment to think of just
Flexibility, love and trust
Take a moment to think of just

Flexibility, love and trust

 ➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖


   Jureg me falou que se eu contar o que houve antes, ele vai fazer o hurro:


   Zayn se ferrou, Liam mais a ainda e Justin ta fudido no extremo! Pronto! Eai Jureg... Faz o hurro!


➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖


     - Fudeu... - Justin falou correndo para varanda deixando Sierra sozinha.


     - Merda! Como eu pude deixar. - Sierra se jogou na cama. Sentindo os braços de Cameron envolvendo em seu corpo, o choro começou a ficar mais forte.


     - Não esquenta, eu vou pegar ele. - Cameron abraçou a irmã, feliz pelo idiota não ter feito nada mais que beijo, mas raiva, muita raiva mesmo. - Ele te tocou?


      - Você quer dizer? - Sierra perguntou corada com a pergunta, recebendo em sim com a cabeça como resposta. - Ele só usou a mão.


     - Puta que pariu... Os pais não vão ficar sabendo disso, mas temos que resolver isso logo! - Cameron murmurou pensando na cena qur encontrou sua irmã acabada. 


     " 15 de julho, 15:37 


      - Cameron, vamos buscar o almoço! Já voltamos! - Sua mãe pronunciou alto, seguindo com um barulho da porta.


      - Ta bem mãe! - Cameron caminhou até o sofá. Jogou-se com toda a preguiça e ligou a TV logo na HBO passando sua série favorita Game of Thrones. 


     5 minutos se passaram, Cameron já estava apagado no sofá. Então a porta se abriu violentamente assustando o menino. Ele achava que era um assalto, mas não era.


     Era sua irmã. Estava descabelada por conta da corrida que teve, os olhos vermelhos e inchados, e marca de lágrimas nas bochechas. Ela estava descalça, não conseguia correr de sapatilha de borracha, a sola de seus pés estava cheio de machucados. Rapidamente Cameron correu para ajuda-la, assim ela o abraçou. O moreno estava em choque, isso era raro, não sabia o que tinha acontecido. 


   - Cameron. - Ele estava pasmo! Estava com medo. *Oque aconteceu com ela?* - Me ajuda!


    -  O que houve? - Cameron separou-se da irmã e limpou as lágrimas dela.


    - Bieber!


    - O-o que houve?


     - Aquele estrume de vaca com peruca oxigenada... Ele me usou!


     - Como?


     - Na festa! Ele transou comigo e me descartou como papel. Eu fui encontrar ele hoje e ele tava comendo outra menina! - Sierra falou jogando vaso no seu lado.


       - Sierra! "Sorte que os tapetes são de borracha para amortecer a queda" Mas! Eu vou fuder com a vida daquele cara.


        - Vai mesmo?


       - Vou"


➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖


     7 de Setembro, 8:31


    Novamente os corredores estavam cheios. O pessoal que andava era aquele que ia ensaiar.  Sim, mesmo num Domingo que. Tem dedicação, vai para a escola ensaiar para a apresentação.


     Cheryl, Chloe e Aya estavam na sala de música falando de coisas aleatórias. Provas, crush, fofocas, crush, amizade, crush.... Pera, eu ja disse crush, produção? Bem! Isso não importa! A questão é, tavam conversando!


     Então, bem... Pera pera pera! Não pode ser! Não acredito que... Opa, parece que meu empolguei, calma (Nome da autora), você não é a leitora.


     - Então Cheryl, e sua relação com o Liam? - Chloe disse se apoiando na cadeira com a cabeça entre os braços. Com o capuz preto do casaco de escola, fez uma cara maligna, dando um ar de perversa. - Soube que o relacionamento de vocês esta perfeito . - A loira sorriu perversamente dando ênfase na última palavra.


       - Então, Moretz, como ta o seu relaciona mento como amante do Zayn? - Cheryl encarou a loira fazendo a mesma pose. Então abriu a boca e retrucou. - Eu soube que a Gigi esta AMANDO! - Chloe jogou-se na cadeira. Aya começou a rir quando Chloe a encarou e falou. 


        - E você, Aynha. - Aya, ja brava pelo apelido e sorriso malicioso de Chloe, apoiou-se em seus braços ouvindo atentamente o próximo comentário da loira. - Houve boatos que o topetão da Cheryl... - Cheryl a encarou brava.


      - Encontrou você e o Sasaki se pegando no armário de limpeza. - Chloe desmanchou o sorriso malicioso quando viu a cara de tranquilidade da japonesa.


      - Quem? Ah pera! O pinto pequeno? Não foi ele não, foi o Jung Kookie, o super japa gostosão. 


      - HUEHUEHUEHUEHUE! Toma loira! - Cheryl riu e assustou-se quando ouviu uma batida na porta.


      - Cheryl. - Era Liam, tímido e corado, nem ligando pra cara demoníaca de Aya e a cara maliciosa de Chloe. - Podemos conversar?


      - Ahn...


     - AAAAAH! QUE PORRA É ESSA? - Liam se assustou quando viu uma katana na mão da japonesa. - De onde saiu isso? - Disse ele tenso olhando a cara fechada dela.


      - Da minha bolsa. - Ela falou seria levantando um pouco a mochila.


       - E como c-coube?!


       - Cabendo. - Aya levantou mais a bolsa mostrando pontas de facas embaixo da mochila.


       - Hum... Liam vamos conversar lá fora. - Cheryl levantou caminhando até a porta, assustada, e com ele assentindo com a cabeça.


      - Concordo. - Liam disse tentando segurar a mão dela enquanto saiam.


     - Então... B-bem...


     - Bem...


     - ME DESCULPA.


     - Hã, como? 


     - Isso mesmo, olha faz dois longos anos que eu choro por você. Faz dos longos anos que eu espero por você. E faz dois longos anos que eu ainda estou perdidamente apaixonado por você, e arrependido de ter falado coisas horríveis e sensíveis, como a perda dos seus pais. - Liam falou vendo a garota com olhos lacrimejando por tocar no assunto. Então ele segurou os rosto da menina, seus dedos delicados passaram pelas bochchas lisas da morena tirando uma lágrima de seu rosto. Assim Cheryl segurou a mão de Liam e encostou-se. - Dispensei várias garotas por causa de você, minha vida não era a mesma sem você. E eu não sei como você ainda não esta envolta dos braços de um gostosão. Me perdoe por zoar a sua perda. Me perdoe por não tratar-lhe bem. Me perdoe por escolher um grupinho mixuruca da escola, em vez da garota mais bonita, legal e inteligente que eu conheço. Não é todo dia qu vemos uma raridade como você. Só... Me perdoe por ser panaca.


           Ficaram os dois se encarando por alguns segundos e Liam analisava atentamente Cheryl com medo dela não aceitar. Mas o seu olhar não foi o motivo que deixou ela um pouco desconcetrada do que estava acontecendo e com certeza ela estava mais do que corada, podia sentir seu rosto quente. Cheryl chegou perto do rosto de Liam encostou seus lábios perto dos dele e antes de beija-lo, sussurrou palavras não ouvidas a mais de 2 anos "Eu te amo Liam". Cheryl caiu mole sobre ele e abraçou Liam apertado. Os dois suspiraram de olhos fechados, enquanto um beijo docê e perfeito foi transformando-se de calmo para intensivo, a língua de ambos invadia suas bocas com urgência, o abraço continuava apertado. Liam aproveitou o momento e beijou tudo o que podia, nariz, bochecha, queixo e até seus cabelos. Depois de 2 minutos Cheryl equilibrou-se e parou de se apoiar no moreno separando o beijo. Corados, Liam precisou de segundos para conseguir ar e falar.  


       - Então isso é um sim? - Liam perguntou mostrando um sorriso sincero.


       - Ah meu amor, o anel que tu me destes, era vidro e se quebrou, o amor que tu me tinhas, era pouco, mas não se acabou. - Liam é um ótimo aluno, mas em relação a interpretação de texto, ela não era um dos melhores, isso fazia Cheryl rir, e dar um motivo para sair de casa e passar mais tempo com o ex, ajudar ele. Cheryl abriu um sorriso e deu uma risada baixinha quando viu o rosto confiso de Liam. - Quer dizer que eu te amo, mas, não tenho certeza. Isso não mudará o fato de você continuar desse grupinho idota e fingir que me odeia e sou inferior qur vocês. Não é? - Liam ficou envergonhado, Cheryl pensou sobre isso antes que ele. Era uma escolha ou outra. Então assentiu com a cabeça, mesmo sabendo que não idar certo fazer isso, ele nunca mentiria para ela.


      - Eu dou um jeito nisso. - Liam falou aproximando-se.


      - L-liam, deixa e-eu pensar. - Cheryl disse empurrando-o. - Tchau. - Cheryl deu um beijo na bochecha dele e entrou na sala novamente.


       - Hey, o que houve? - Chloe perguntou vendo o rosto de tristeza da amiga quando ela entrou.


      - Drogaaaaaaaaa! Eu tenho que pensar! - Cheryl se jogou na porta e caiu chorando.


➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖,


      - Hey Bibelo! - Cameron fechou o armário de Justin fazendo-o se assustar.


       - Ah, oi Dallas.


       - Olha, não se faz de fingido. POR QUE VOCÊ FAZ ISSO? 


       - O quê?


       - FALA LOGO POR QUÊ?


        - Droga, olha, eu, eu... - Justin não sabia o que falar.


        - Você?


        - Eu sou um panaca!


        - Disso eu tenho certeza. - Cameron disse com braços cruzados revirando os olhos


        - Eu não sei o que eu faço! Olha Dallas, me desculpa, mas é uma força incontrolável que eu tenho. Sim, eu penso nas meninas, mas todas elas aceitam, eu acho, mas tipo, foi a primeira e única vez que tirei a virgindade de alguém. Eu to cada vez pior. Eu sinto a culpa sobre mim e uma satisfação de fazer isso. Preciso refletir. Só, acaba comigo, eu mereço, não sou o anjo que iria fazer todos felizes, sou o capeta que tornou a vida de vocês um inferno, princialmente a dela. - Justin pensava sobre quantas vezes viu uma menina chorar por causa dele.


       - Justin, minha irmã esta acabada e com medo de você. Você invadiu minha casa ontem e tocou nela. Tenta ter uma conversa civilizada com ela, reflita, fale o que você me disse, Sierra não precisa ter um trauma de quando ela perdeu uma das coisas mais preciosas dela. Antes disso acontecer, ela olhava para mim e dizia assim " Algum dia, vou me declarar para ele, vou abraçar ele, o beijar e dizer eu te amo. " Depois que isso aconteceu, ela quase entrou em depressão. O sorriso que eu via todos os dias, eu apenas via 1 vez por semana. Eu posso te ajidar a se redimir com ela, mas primeiro,  tem alguém que possa te ajudar, vai falar com a Cheryl, ela pode te ajudar com isso. - Cameron falou sorrindo, percebendo que Justin Drew Bieber tinha um cérebro e 75% de noção do que estava fazendo. 


      Justin despediu-se de Cameron e saiu para o terceiro andar, mandou uma mensagem para Cheryl avisando que queria encontrar ela atrás da cortina no palco do teatro. "Que isso? O que eles estão tramando?" Justin não era o primeiro a pedir ajuda para ela, Zayn Malik também pediu, seus problemas com Moretz havia aumentado desde o beijo. Precisava refletir, não sabia o que fazer.


➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖➖


    - Ok meninos, vamos direto ao assusnto. Você - Cheryl apontou para Zayn que estava sentado de pernas cruzadas com Justin do seu lado. - Traiu a Gigi e ta se sentindo atraído pela amante. - Zayn assentiu com a cabeça.


       - E você, Drew. - Cheryl dessa vez apontou para Justin, que engoliu seco. - Você tirou o V da Sierra e ta se sentindo culpado. - Justin assentiu com a cabeça.


         - E você, menina lésbica que não cala a boca, ta se achando a rainha da cocada preta achando que vai estralar os dedos a faze-nos melhorar? - Zayn falou com tom de deboche.


           - Olha aqui topetinho de merda eu só to aqui porque a Chloe é minha amiga. E se você não quer ajuda sai daqui agora e continua fudido por mais 2 ou mais anos iludindo sua namorada. - Cheryl puxou a camisa de Zayn pela gola. - Agora coluna reta! Mãos juntas e esvazie a mente os dois. - Cheryl soltou Zayn e sentou-se na frente dos dois mostrando como se faz.


       Inspirem.


       Expirem.


       - Pensem em coisas que nunca vão fazer falta para vocês, como amor e conficança. Ai vem a reflexão. - Cheryl inspirou junto com os meninos. - Isso vai fazer vocês se tocarem sobre o que alguém diz e como te afeta. Ou uma coisa que você fez que não saiu como planejado e coisas que você diz que são como um enxame.

 

      - Sou um panaca.


      - Estou iludindo duas meninas, sou uma merda.

   

       - Assim você perde a noção, e o contato. E todas essas pequenas coisas parecem importar tanto. E no fim, elas te confundem, elas fazem vocês se perderem.


        - Eu não posso me perder, tenho que me encontrar. - Justin franziu o cenho.


        - Vocês precisam se remendar, se encontrar, e depois vocês perguntam se isso faz parte de vocês.


         - Será que faz parte de mim? - Zayn pergunta pra si mesmo.


         - Mas não faz, está tudo bem, vocês não tem nada a temer, quem os ama, está aqui. Agora pensem. - Cheryl olhou os dois, vendo eles, orgulhou-se deles, vendo a capacidade de entender eles mesmos. 


           - Cheryl, - Zayn abriu os olhos e encarou a menina. - Obrigada, e desculpa por te xingar, eu estava sendo alguém para impresionar.


           - Sim, me perdoe. - Bieber abriu os olhos e sorriu. - Mas agora sei o que fazer. Tchau Cole.


        - Tchau meninos. - Cheryl se despidiu e encarou os meninos.


                  ********


        - Sierra!


       - Chloe!


       - Eu sou um panaca! Me desculpa! Eu estava querendo me mostrar! Ser alguém que eu não sou.


        - Queria ser o fanfarrão, o rei da escola mostrando minha vida perfeita. Mas eu não sou demais, eu preciso tirar a casca de alguém que eu não sou


          - Me perdoe. Você é uma menina que merece mais do que eu.


          - Eu te iludi, iludi a Gigi, e você não precisa de mim, já que você pode ter alguém melhor que eu.


           - Eu te amo Justin. - Sierra deu um abraço junto com.um beijo nele.


           - Eu te perdoo, mas promete que vai ser verdadeiro.


          - Prometo. - Chloe abraçou ele apertado e ele começou a fazer carinhos em seus cabelos.



Here comes a thought

That might alarm you

What someone said

And how it harmed you

Something you did

That failed to be charming

Things that you said are

Suddenly swarming, and oh!

You're losing sight

You're losing touch

All these little things

Seem to matter so much

That they confuse you

That I might lose you



        


Notas Finais


Novamente perdão o atraso, mas eu e a Beliber Dallas estamos com provas.

Sim! Steven Universo, coloquei uma música de Steven Universo, e recomendo todos verem porque é um desenho muito bom e a música é Here comes a thought.

Não tenho data de entrega, mas tentarei postar o mais rápido possível

Bye Abiguinhos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...