História Jealous (One Shot Jungkook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Boate, Briga, Carro, Ciumes, Hentai, Hot, Jungkook, Romance, Você
Visualizações 421
Palavras 1.410
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee amores ♡

Novamente uma one shot
Essa é dedicada a minha amiga que sempre me apóia e me dá idéias

Escute ouvindo : JooYoung - Wet

(Obs: Desculpe os erros)


Espero que gostem ♡

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Jealous (One Shot Jungkook) - Capítulo 1 - Capítulo Único



Você e kook eram noivos e como todo casal gostavam de sair juntos. Era um sábado vocês haviam ido a uma boate a qual havia sido fechada exclusivamente para o aniversário de um dos seus amigos. Na mesma havia muitos amigos, conhecidos e até desconhecidos. Com isso você e kook chegaram juntos e ficaram juntos por um tempo, mas depois cada um foi para um canto juntar com seus amigos. Você se juntou com um grupo de amigas sua e ele foi pra outro lado conversar com os meninos. Vocês eram um casal que confiava um no outro e gostava de dar espaço, mas como todo relacionamento sempre havia ciumes de ambos os lados.


Estava conversando com as meninas quando bateu uma sede e foi buscar algo para beber, foi até o balcão e pediu um drink sem álcool, pois não gostava de beber. Esperando o drink um rapaz muito bonito por sinal, começa a  puxar assunto e como qualquer pessoa você  responde,  afinal ele não foi mal educado nem deu em cima. Voce começou a conversar com o rapaz que era amigo em comum do aniversariante, o mesmo falava sobre muitas coisas, praticamente começou a contar sua vida. Seu drink sai e acaba  continuando lá conversando com ele, o mesmo estava contando umas histórias engraçadas e você como tinha uma mania de rir fácil acabou rindo do que ele falava, pois realmente ele era engraçado. Você acabou perdendo um pouco noção do tempo e até mesmo o BarMan escutava a conversa quando tinha tempo e ria junto.


Você estava entertida lá rindo com o que ele falava até que alguém esbarra do seu lado, você olha pro mesmo e vê kook lá o mesmo não te olha.


- Me vê um whisky com gelo - ele diz da um breve olhar pra você e finge que não te conhece.


Na hora você não percebeu o que era o ficou olhando. O rapaz começou a falar novamente tomando sua atenção e novamente fazendo você rir. De repente você escuta o barulho de um copo batendo com força no balcão atrás de você que se assusta e se vira imediatamente vendo que era kook, o mesmo te dá um breve olhar e sai em direção a outro lado da boate.


Você fica olhando ele se afastando indo em direção a saída, nessa hora percebeu que tinha algo errado até que sua ficha cai, ele estava com ciumes de você com o rapaz. Depois que percebeu isso pediu licença e se despediu, o mesmo foi super gentil. Saindo da Boate estava garoando olhando ao redor não o vê e pergunta a um dos seguranças se o viu o mesmo  te indica a direção que era, a mesma onde haviam estacionado o carro.


Chegando no local ve que ele está lá encostado no carro olhando pra cima e respirando tomando a garoa. Você se aproxima dele que parece não perceber que esta ali.


- Kook - você diz o olhando e agora o mesmo te percebe, te olha brevemente e desvia o olhar de novo - O que você tem - insiste ele não diz nada e entra no carro.


Você vai em direção a porta do passageiro e entra em seguida ele liga o mesmo e vocês vão embora. O caminho ambos estavam em silêncio, ele olhava apenas pra frente com a mandíbula apertada e apertando o volante. Você sabia que ele estava bravo e isso te deixava agoniada pois sabia que ele não iria falar.


- Você pode me responder o que você tem ? - você pergunta mesmo sabendo o que era, mas precisava que ele falasse pois odiava esse tipo de silêncio da parte dele.


O mesmo continua a dirigir e não olha nem na sua cara. Você tentou falar com ele várias vezes e o mesmo não respondia nada até que você se cansa.


- Para esse carro agora - você diz, mas kook te ignora - EU JÁ FALEI PRA PARAR ESSE CARRO - agora grita o que faz com que kook se assuste e pare o carro. Agora ambos  se encaram.


- Da pra falar comigo agora - você diz o olhando o mesmo vira o rosto, você joga as mãos para o ar e sai do carro ignorando a garoa e respirando, sabendo que Jeon Jung kook era impossível de lidar. Parada do lado de fora do carro você lembrou de algo que poderia funcionar, então correu e entrou no carro, o mesmo estava com a cabeça na janela distraído e o plano entrou  em ação.


Você entrou no carro e fechou a porta, ele desperta dos pensamentos e te olha, vai pra cima dele e senta no colo do mesmo, que tenta te tirar, você começa a rebolar em seu colo em seguida começa a beijar o pescoço dele.


- Não faz isso - ele diz olhando pra janela tentando te tirar do colo dele.


Você continua rebolando no colo do mesmo que agora respira pesado e começa a sentir o volume se formar na calça dele, fazendo com que rebole mais ainda.


- Para com isso - ele diz entre dentes respirando pesado e com os olhos semi cerrados.


Voce agora aumenta mais os movimentos e os beijos e chupoes no pescoço dele . Quando menos espera ele te agarra e começa a se movimentar te dando beijos, chupoes e mordidas no ombro. Ambos  já estavam sem controle algum, ele sobe seu vestido até sua cintura e coloca as mãos dentro da sua calcinha, estimulando seu ponto o que a faz arfar. Somente ele sabia o que fazer com seu corpo sem ao menos precisar pedir, ele sabia cada ponto seu e sempre colocou o seu prazer como prioridade.


Ele cada vez mais aumenta a velocidade dos seus dedos em seu íntimo fazendo com que você goze em seus dedos o mesmo lambuza mais os dedos então os mostra.



- Tá vendo isso aqui? eu sou o único que pode provar - ele agora os coloca na própria boca e os chupa a olhando  e soltando um gemido rouco - tão doce tão gostosa e só minha. - ele diz olhando nos seus olhos.


Ele realmente sabia o que fazer para te enlouquecer kook  era um dominador nato apenas com olhar ele dominava qualquer pessoa. O mesmo agora te pega pela cintura te levanta e tira as próprias calças deixando seu membro ereto para fora. Você olha aquilo e fica admirada toda vez que vê seu membro. Agora ele te puxa pra perto segura na beira da sua calcinha.


- Eu gostei dessa calcinha - ele diz passando a mão nas beiradas dela - seria uma pena se ela rasgar - ele diz então a rasga dos dois lados.


- Você vai ter que comprar outra - diz o desafiando


- Compro quantas você quiser - ele sorri de lado da uma piscadela então ataca sua boca ferozmente.


Ele te beija apertando seus quadriz e bumbum, em seguida te puxa para mais perto e te penetra fazendo com que  gemesse mais e ele soltasse um gemido rouco enquanto te beija. Você começa a rebolar em seu membro cada vez aumentando mais a velocidade e revezando entre beijos e mordidas. Você puxa os cabelos dele enquanto ele te aperta e desfere alguns tapas em sua bunda. Na loucura toda ambos já estavam suados e gemendo auto provavelmente quem passasse escutava os gemidos e o carro balançando.


- Gozá pra mim gostosa - ele diz no seu ouvido, fazendo com que chegasse ao seu ápice e ele chega em seguida chamando seu nome.


Depois de alguns minutos ainda caída em cima dele se recuperando sente ele acariciar suas costas o que a faz ter arrepios.


- Desculpe ser sempre um idiota, mas eu fico louco quando vejo você com outro homem tenho medo de te perder - ele diz em seu pescoço. - aquilo apertou seu coração ver ele tão vulnerável


- Você é idiota as vezes mas foi pelo idiota que eu apaixonei e é o idiota que me faz a mulher mais feliz desse mundo e as vezes a mais brava também - Sente uma vibração em seu pescoço ele estava rindo.


- você não perdoa né - ele diz rindo e deixando um selar em seu pescoço e sai do mesmo com um sorriso olhando para seus olhos e  acaricia seu rosto - isso só faz eu te amar mais - ele diz então te dá um beijo doce e profundo sem pressa apenas demonstrando o amor que sentia por você.






Notas Finais


Obrigada por ler ♡

Espero que tenha gostado

Beijoooos no seu Hearteu♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...