História Jealousy Made Me Fall In Love - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Romance
Exibições 13
Palavras 1.282
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oii, consegui escrever então resolvi postar.
Espero que gostem!

Capítulo 4 - Party


Fanfic / Fanfiction Jealousy Made Me Fall In Love - Capítulo 4 - Party

POV TYLER

Eu estava de boas levando as bebidas para a Emma e chega aquele cara ridículo para um caralho encher a porra do saco… Francamente, vai tomar no cu… Estávamos nos encarando quando a Emma ainda em meus braços resolve se pronunciar:

-Vamos parar com isso por favor… O que está havendo com você? - ela diz se direcionando a Peter.

- Comigo? - ele pergunta indignado e depois revira os olhos – Nada Emma… - Ele diz e sai. Emma fica um tempo o olhando e depois se vira para mim pegando minha bebida e colocando no móvel mais perto.

- Vamos dançar? - ela pergunta com um sorriso estampado no rosto.

- Claro – digo e vamos em direção a pista de dança.

Na pista, começa a tocar uma música um tanto mais “sensual” se assim posso dizer e Emma se vira de costas e fica dançando sensualmente colada em mim. Já não aguentando mais aquela provocação toda eu a viro para mim e a vejo com um sorriso malicioso. Nem penso, só ajo. A beijo com vontade e ela corresponde rapidamente com a mesma intensidade e nossa, é necessário comentar, que beijo bom. Depois de um bom tempo nos beijando precisamos parar devido a porra da falta de ar, encosto nossas testas e ficamos assim um tempo até ela me puxar para outro beijo que continha de ambos os lados mais desejo que o anterior. Após precisarmos de ar de novo, a puxo até um canto e lá ficamos nos beijando.

 

POV WILL

Depois daquela mini treta que eu até agora não entendi nada, ficamos eu, Victor, Mary e Chris. Devido a minha discussão com a Chris hoje mais cedo, o clima ficou um pouco pesado entre nós e sim, eu ainda estou puto com ela pelo fato dela ficar dando em cima de outros enquanto está comigo, cara eu nunca fiz isso com ela, ela precisa ficar dando bola para eles? Eu sei que eu posso estar exagerando um pouco, mais porra, incomoda. Ahh e ainda tem o Victor, eles dois estão muito estranhos mas eu devo estar viajando, não é possível que minha namorada teria a cara de pau de ficar com um dos meus melhores amigos e vice-versa. Mudando de assunto, onde será que o Peter se meteu, não o vejo desde de a “briga”, se é que assim posso dizer, dele com o Tyler.

- Vou ver onde o Peter está – digo.

- Okay – escuto dizerem.

Estava já a algum tempo procurando Peter quando o encontro no bar improvisado bebendo (óbvio neh).

- Achei você – digo.

- Não estou afim de papo – diz grosso.

- Estou pouco me fodendo para o que você está ou não afim – digo – cara, o que aconteceu lá?

- Sei lá cara, só de repente fiquei muito puto.

- Eu sei o que é isso – ele me olha sério – por que você não fala para ela?

- Eu não estou afim dela porra.

- Então por que fez aquilo? - ele se cala – cuidado, quando você perceber, pode ser tarde de mais… ela pode até estar na daquele Tyler lá, mas tenho quase certeza que ela gosta sim de você.

- Não cara, você esta enganado, ela não gosta de mim se não não estaria pegando o Tyler na pista agora – ele diz e me viro para olhar, eita, verdade… - e eu não gosto dela desse jeito, não posso gostar, sou Peter cara, não posso ficar preso. Devo ter me irritado pelo fato dela estar dando bola para um idiota como ele, ela é minha melhor amiga, não quero que fique mal… - ele pode estar se convencendo, mas não a mim.

- Se você diz… Mas lembre que ela pode não estar disponível para sempre… - digo e ele revira os olhos – mas okay, vamos curtir, você pode se embebedar depois – ele ri.

- Okay, vamos – diz e seguimos para a pista.

Nós pisamos na pista que as garotas já vem para cima de Peter, de mim também, mas nem tanto.

Depois de um tempo percebo que Chris, Mary e Victor também foram para a pista, procuro Peter com o olhar mas não o acho, já até sei o que está fazendo… Volto meu olhar para meus amigos e vejo Victor pegando uma garota, Mary e um cara que não sei quem é e depois vejo que Chris está dançando com um cara, bom, parece que alguém não está tão mal assim pela nossa briga. Fiquei muito puto e resolvi ir ao bar, cara será que ela esqueceu que o namorado dela está na mesma festa que ela? Quer saber. Foda-se. Peguei a coisa mais forte que achei ali e bebi, mas bebi muito.

 

POV EMMA

Eu e o Tyler estávamos em um lugar mais reservado quando ele me puxou para outro beijo colando seu corpo ao meu e passando suas mãos pelo meu corpo coberto pelas minhas roupas (onde pretendo que elas fiquem), sinto seu amigo mostrando-se presente e vou parando o beijo aos poucos.

- Vamos com calma tá? - pergunto.

- Como quiser – ele diz e voltamos a nos beijar.

Ficamos nos beijando e conversando até decidirmos entrar novamente e eu sinceramente fico chocada com o que vejo, em um canto, Chris está pegando um cara que desconheço e do outro vejo Will pegando uma garota que também desconheço até que me aproximo e não acredito no que vejo, Chris está pegando o Victor e o Will está pegando a Mary. Não sei o que faço até que sinto a presença de alguém ao meu lado e vejo ser Peter.

- Você vê o que eu vejo – pergunta em choque.

- Acho que sim – respondo em um estado não muito diferente. Me viro para Tyler e falo – desculpa, eu estava curtindo muito com você mas tenho que ajudar meus amigos…

- Eu entendo – ele diz não parecendo chateado – a proposito, já me diverti muito hoje mas se quiser eu posso ajudar.

- Não preci… - Peter começa mas eu o corto o encarando séria e digo – seria ótimo Tyler.

Vamos em direção aos nossos amigos e percebo que os quatro estão bêbados. Peter vai ao encontro de Chris e Victor e eu e Tyler vamos na direção de Will e Mary. Depois de pegarmos todos e irmos para o carro de Tyler, resolvemos que todos iriam para a casa de Victor (os garotos já iam para lá e os pais dele não estão em casa). Chegando lá pego o celular de Mary e o meu e falo que vamos dormir na casa de Chris e tudo resolvido, agora só temos que lidar com 4 seres que estão parecendo crianças.

Depois de todos irem tomar banho e deitado na cama vou ao encontro de Tyler.

- Acho que já vou indo – ele diz.

- Não, fique – digo – já está tarde.

- Não dá, tenho que ir… Queria muito poder ficar.

- Ok então - digo

Já na porta ele diz:

- Amanha te ligo, podemos marcar algo…

- Seria ótimo – digo, ele sorri e sai.

Subo e vejo Will e Victor dormindo já em um quarto e Mary e Chris também já dormindo em outro, eu dormirei com elas e Peter com os garotos. Antes que eu estrasse no quarto ouço Peter.

- Você está mesmo saindo com ele? - pergunta.

- Para falar a verdade, não sei… Por que?

- Nada não, boa noite – ele diz, me abraça e entra no quarto.

Entro no quarto que dormirei tomo um banho rápido e me deito. Já até prevejo que amanha vai ser uma merda com esses seres de ressaca enchendo meu saco mas amigos são para isso...


Notas Finais


Então é isso...
Bjbj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...