História "jeevan ke lie ek pyaar" Um amor pra vida toda - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Maldição do Tigre
Personagens Alagan Dhiren Rajaram (Tigre Branco "Ren"), Durga, Kelsey Hayes, Li, Nilima
Tags Rensey Kelsey Dhiren Ren
Exibições 55
Palavras 1.311
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi, eu agradeço a atenção que você caro leitor teve em vir ler essa história, aproveitem o capítulo e digam - me em que posso melhorar
Obs: Se você não gostar de muitos detalhes é aconselhável que me avise, dessa forma eu o farei diferente da próxima vez

Capítulo 1 - Mujhe Tumse Pyarhai


Fanfic / Fanfiction "jeevan ke lie ek pyaar" Um amor pra vida toda - Capítulo 1 - Mujhe Tumse Pyarhai

A carta deixada por Kishan foi algo inesperado, mexendo com o emocional de ambos, porém aquilo foi a confirmação de que não foi um erro deixá - lo, porque sua felicidade estava lá, ambos estavam atonimos com cada linha daquela carta e depois de uma breve troca de olhares se abraçaram e se permitiram chorar

Pov Kelsey

Aquele abraço era tudo o que eu precisava, a carta me fez sentir um turbilhão de emoções, mas acima de tudo a saudade, a mesma que eu sentia dos meus pais e do Sr. Kadam, afinal o Kishan foi o irmão que eu não pude ter, senti lágrimas molharem minha camisa e só então percebi que o Ren chorava tanto quanto eu, me afastei apenas o suficiente para encarar suas orbes azuis cobalto, que estavam mais claras devido às lágrimas que ali brotavam, fiz a primeira coisa que pensei,
beijei-o demonstrando todo o apoio que ambos precisavam , senti suas mãos circundarem a minha cintura e me puxando mais para si

Pov Ren

Me sentia feliz por saber que ele foi feliz, mas outros sentimentos me invadiram e não contive as lágrimas que brotaram em meus olhos, chorei no ombro da mulher da minha vida, até que ela me surpreendeu com um beijo que transmitia todo o seu apoio, retribuiu da mesma forma a abraçando pela cintura e colando seu corpo junto ao meu

Narradora

Aquele beijo apaixonado era o que demonstrava todos os sentimentos de ambos, se separaram por conta que o ar se fez necessário, se encaravam sorrindo, até que ela quebrou o silêncio :

- Ren, meu amor, eu sei o quanto é difícil pra você essa situação, era seu irmão e teve que deixa-lo para trás, sem poder fazer nada, mas acredite, eu estou com você para sempre e não importa oque aconteça eu estarei ao seu lado, Eu te amo! - disse com os olhos marejados e brilhando de emoção

- Iadala, eu não tenho palavras para expressar o meu sentimento por você, a mulher mais linda do mundo, que acreditou em um tigre, que entrou em uma missão fora do comum, que não temeu o perigo no momento de salvar outra vida , sem nem ao menos se importar se sairia viva , Eu te amo Kelsey e sempre vou estar com você - disse a olhando nos olhos castanhos, sem exitar ela se jogou nos braços dele e o beijou, porém com mais fervor que antes, de repente a língua de Ren pediu passagem e foi concedida no mesmo instante, suas línguas moviam - se em sincronia, ela enroscou os dedos no cabelo dele, enquanto ele apertava a cintura dela a prescionando contra a ereção dele, eles caminhavam para trás até que toparam com uma parede, ele a prensou na mesma e ela enroscou as pernas na cintura dele, as mãos dele passearam até suas coxas a erguendo mais, quando o ar se fez necessário ele transferiu os beijos para o pescoço dela, que inclinou a cabeça levemente para o lado dando maior visibilidade da área, quando ele mordiscou de leve ela arfou, ele sorriu e aproveitando a abertura dela deu um chupão, fazendo a mesma gemer baixinho, ele a afastou da parede e foi em direção às escadas com ela no colo depositando beijos no pescoço e na clavícula, ao chegar no quarto ele a sustentou com um braço e abriu a porta, entrou a beijando e prescionando suas partes íntimas umas contra as outras, a deitou delicadamente e parou para encarar o rosto da mulher que tanto amava, sorriu apaixonado e recebeu o mesmo em troca, observando a melhor percebeu que seus cabelos estavam revoltosos, com as bochechas coradas e respiração alterada, mas com os olhos brilhando e um sorriso estonteante, ele sentiu a necessidade de expressar em palavras esse sentimento, resumindo com as mais belas palavras já ditas:

- Eu te amo Kelsey Hayes Rajaram, minha hrydaya patni

- Eu te amo Alagan Dhiren Rajaram, meu mere dil ka pati(marido do meu coração)!

- Como você..? - ele estava sem palavras com o que ela disse

- Eu precisava te surpreender meu amor, e que jeito melhor que estudando sua língua na...- ele a interrompeu com um beijo , que se intensificou cada vez mais e quando menos esperavam ela desabotoou a camiseta dele, que foi arremessada em um canto qualquer do quarto, porém quando foi tirar sua calça, ele agarrou os pulsos dela e pós para cima, em um rápido movimento ele rasgou a camiseta dela puxando pelo decote e jogou o que sobrou em um canto qualquer do quarto, ela arfou surpresa, ele passou as mãos do colo até os seios ainda cobertos por um sutiã meia taça branco rendado, apertou levemente o seio esquerdo e quando ela se contorceu gemendo, ele beijou os seus seios da parte exposta até o umbigo, ela gemia e puxava os cabelos dele, até que ele chegou ao cos da calça jeans dela e pediu permissão com o olhar, ela assentiu e ele puxou a calça para baixo com dois dedos, seu sorriso ampliou ao perceber que se tratava de um conjunto de lingerie branco, ela estava com a respiração muito irregular e corada, ele a beijou carinhosamente, ela finalmente conseguiu coragem e o fez ficar em baixo e desabotoou sua calça calmamente, a medida que sua cueca box preta aparecia e estava visivelmente apertada pela ereção crescente, ela o provocava com pequenos toques e apertos até que jogou a calça no chão, ele a pós em baixo novamente e tirou seu sutiã e começou a acariciar seus seios, se aproximou de seu ouvido e sussurrou
- Aap itama garm kar rahe Kells (você é tão gostosa Kells )
Ela mesmo sem saber o que significava sentiu seu corpo reagir de imediato, sem aguentar mais aquela tortura , criou coragem e falou:

- Ren... ahh...por...por favor...- ele desceu as mãos para a região íntima dela e prescionou dois dedos sobre o tecido , esse ato a fez arquear as costas e gemer alto

- Por favor o que meu amor? Eu quero que você diga - sussurrou mordiscando o lóbulo da orelha dela

- Me...me faça sua - ela gemeu no ouvido dele

- Com todo o prazer - ele tirou a cueca e rasgou a calcinha dela ao mesmo tempo
Ela manteve os olhos fechados por vergonha de olhar, porém ele queria vê - la reagir junto com ele e para transmitir tranquilidade ele começou a acariciar suas bochechas com as costas das mãos, e por fim se aproximou da orelha dela e disse baixinho :

- Kells, abre esses lindos olhos pra mim, eu quero ver você, e não precisa ter vergonha de mim, porque agora somos marido e mulher

- Eu tenho vergonha...por favor... - ela disse se contorcendo debaixo dele

- Eu to pedindo por favor - mordiscando o pescoço dela

Ela abriu lentamente os olhos e os mesmos quase saltaram das órbitas quando olhou para baixo, ele percebeu a reação dela e disse baixinho :

- Eu vou ir devagar, me avisa se machucar

Ela sentiu quando ele começou a penetração, no início não sentiu nada , porém quando o hímen foi rompido ela arranhou as costas dele com as unhas, ele percebeu e ficou imovel dentro dela, depois de algum tempo ele iníciou movimentos de vai e vem, até que se aproximou e disse :

- Vou por tudo agora amor - ela mal teve tempo de assimilar e sentiu como ser rasgada ao meio de uma forma positiva, arranhou as costas dele e urrou de prazer

- Mais rápido... - ela pediu e ele começou a bombardear ela até que ambos chegaram ao ápice e caíram em cima do outro, se encaravam sorrindo e antes de dormir ouviram apenas

- Mujhe tumse pyarhai kelsey

- Mujhe tumse pyarhai Ren


Notas Finais


Obrigado por lerem , comentem e até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...