História Jeff the killer em amor ou ódio? - Capítulo 105


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jeff The Killer
Tags Diabolik Lovers, Jeff The Killer
Exibições 70
Palavras 931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 105 - Que se foda tudo!


( Jeff Narrando )

- tirem meu filho daqui - disse o entregando para Nurse 

- Jeff o que vamos fazer? - disse Jack

- saíam daqui e me deixem! - gritei 

- mas é você?! - gritou Sally - você acha que é isso que Patrícia ia querer? 

- Patrícia se foi! - disse baixo - não tenho mais motivos para continuar vivo.... essa guerra não é de vocês e sim minha 

- para com isso - disse Eyeless me dando um soco - você tem o James e ele precisa de você! Ela pediu para você cuidar dele! 

- eu não sou surdo eu sei muito bem, mas eu não posso cuidar de algo que fez ela morrer - disse 

- ele não tem culpa de nada Jeff! - disse Lia - se fosse isso você seria culpado pela morte da sua mãe 

Lhe dei um tapa que fez a mesma cair no chão e tocar o local ferido, Eyeless iria me bater, mas foi segurado por Jack. 

- eu não me importo com o que façam ou deixam de fazer, mas eu não vou viver com isso - apontei para James que me observava confuso

- papai? - disse James 

- não me chame de papai verme! - disse indo em cima dele, mas fui contido por Jack 

Nurse pegou meu filho no colo e levou as garotas para longe de mim, tudo o que eu queria era ficar sozinho, não queria nenhum deles aqui! Eu queria ela! Mas, sempre ela é tirada de mim! Nunca a terei! 

- Jeff ela te amava, ela não.... não quer essa vida para você - disse Jack - porque não tenta recomeçar com o James? Ele só tem você! Se deixá-lo vai descomprir sua promessa

- eu não prometo mais nada - disse seco - que se foda tudo! 

( Eyeless Narrando )

Eu conseguia sentir seu coração escurecendo de vez, tinha que tirar James daqui, era arriscado para sua vida permanecer com o pai. 

- pra onde vamos? - disse Lia 

- temos que levar James para conhecer seus tão adorável avô - disse 

- isso é suicídio! Você sabe que ele o matará - disse Jack

- tem outra ideia melhor? - disse já perdendo a paciência - Slender não vai sossegar enquanto não for atrás de Jeff

- e o que o filho dele tem haver com isso? - disse Nurse - ele é só uma criança! Não merece conviver com esse mostro! 

- então o que vamos fazer? - disse 

- vamos deixa-lo para os antigos famílias de Patrícia - disse Lia - talvez ainda estejam vivos 

- ou poderiam da-lo para mim - disse um certo loiro que ja tinha visto na mansão 

- Liu... - sussurrei - como ainda está vivo? 

-  titio Liu! - disse James indo até o mesmo e o abraçando 

- olá pequeno - disse Liu o pegando no colo - ficou com saudades? 

- aham - disse James 

- onde está sua mãe? - disse Liu

- ela foi levada por Smile, acho que agora ela não passa de uma mera lembrança - disse 

Liu pareceu ficar triste por meu comentário, o mesmo a amava demais, tanto que desistiu para Jeff ficar com ela. 

- e Jeff? - disse ele ainda olhando para o chão 

- ele enlouqueceu - disse - ele quer matar o garoto e Slender está vindo

- eu sei - disse ele - me encontrei com ele no meio do caminho vindo para cá, sorte de vocês que ele não me viu 

- isso quer dizer que Smile estava certo, temos que ir embora - disse Jack - estamos perdendo tempo, vamos! 

Todos entraram nos carros e saímos da mansão o mais rápido, acho que nunca senti esse sentimento de traição, mas isso doía mais do que ser cortado. 

Trai meu melhor amigo para salvar algo que é tão amado por ela... 

Como a vida pode ser engraçada não? Olho pelo retrovisor e vejo Slender, o mesmo olhou para os carros a procura de Jeff, mas ele não encontra nada. 

O mesmo estava mais humano, mas não estou em posição de duvidar que está mais forte, me concentro na estrada e logo estamos longe da mansão. 

( Jeff Narrando )

Foram embora, isso todos foram e aqui estou eu... sozinho outra vez

A solidão sempre esteve ao meu lado, e obviamente sempre tomou tudo de mim e ainda continua tomando, exemplo disso é meu grande amor que está morta na escuridão de Smile, meu melhor amigo, meu... meu filho. 

Espero que James possa me perdoar um dia, mas eu nunca poderia conviver com ele, acho que não tenho capacidade de cuidar dele, não quando ele se parece muito com ela. 

Ele não herdou nada de mim, tudo é igual a ela, os olhos, boca, rosto, sentimentos, pureza e inocência. 

Escuto a porta se abrir, estava observando a janela, não me importo mais com nada, apenas queria que ela ficasse aqui comigo para sempre, mas nunca isso irá acontecer... 

Meu reflexo no espelho

Está tão vazio, como se não tivesse ninguém lá

Eu ando sozinho na rua, mas essa rua vazia parece tão vazia

Da ra dat dat dat dat dat

Baby, não se preocupe

Depois de acordar do sonho que era você

Essa manhã de realidade se parece tão vazia

Aconteça o que acontecer não vou esquecer em nenhum momento os seus doces sorrisos que foram agora para mais eterna escuridão junto com meu coração. 

- eu já disse que quero ficar sozinho! - disse não tirando meus olhos da janela

- que bom reve-lo também Jeff - disse aquela voz que eu bem conhecia 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...