História Jeff the killer em amor ou ódio? - Capítulo 67


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jeff The Killer
Tags Diabolik Lovers, Jeff The Killer
Exibições 169
Palavras 569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal, finalmente acabou meus simulados e seminários, agora so vai ter o negócio da semana cultural, mas é so a dança e desfile e eu graças a deu não to participando kkkkk bom demorou um pouco mas, finalmente saiu o capítulo, uma pena que a produção ta ocupado demais e quase atrasamos os capítulos 😐 mas, acabo conseguindo ajeitar um tempo e escrevo sozinha enquanto ele não termina seus assuntos, bom espero que tenham uma boa leitura!

Capítulo 67 - Não vou deixar ninguém te machucar...


Fanfic / Fanfiction Jeff the killer em amor ou ódio? - Capítulo 67 - Não vou deixar ninguém te machucar...

( Jeff Narrando )

Patrícia dormia nos meus braços, seu cheiro me intrigava, era doce, suave como o de uma rosa, mesmo possuida por outro que não fosse eu, ela ainda mantia uma incrível fragrância inocente.

Adentrei a floresta negra e avistei a densa floresta, na visão de um ser humano descuidado, ele poderia se perder fácil nessa floresta e iria ser fácil demais mata-ló ou acha-ló.

Caminho com passos cautelosos, afinal qualquer passo errado e poderia ser facilmente capturado.

- Jeff - disse Patrícia me tirando dos meus pensamentos

- oi meu anjo - disse

- estou com medo! - disse Patrícia apertando mais suas mãozinhas pela minha blusa

- shhh ninguém ira te fazer mal enquanto eu estiver aqui meu doce - disse ajeitando a mesma em meus braços

Finalmente avistei a mansão e acelerei meus passos e até que em fim chegamos.

Adentro a mansão e vi Ben deitado no sofá com Sally, ambos estavam se pegando?!

- eu não mereço isso - resmungo para mim mesmo, cubro a cabeça de Patrícia com um pano para impedir a mesma de ver aquela cena - EI VÃO SE PEGAR EM OUTRO CANTO POR FAVOR!

- nessa casa não se pode nem mais ter privacidade - disse Ben levando Sally

- se querem privacidade vão pra um motel - disse rindo

- pra que motel se tem quartos o bastante para 50 creepys - disse Eyeless surgindo na sala e rindo - o que é isso no seu ombro?

- é algo que não é pra comer no sentindo canibal - disse

- mas, no outro sentido pode? - disse Eyeless rindo safado

Acabei rindo, mas senti meu sangue ferver um pouco por causa disso.

- não pode - disse seco - ela ja é minha!

- ui que medo - disse Eyeless rindo - o que ela tem de tão especial?

- eu não posso mostrar aqui - disse - venha!

Eyeless me seguiu para meu quarto, tirei o pano sobre a cabeça de Patrícia e a coloquei deitada em minha cama, a mesma se encontrava em um profundo sono.

- isso... - disse Eyeless pálido - isso não pode ser possível!

- eu também achei, mas ela é igual a ela, são idênticas nas fotos que te mostrei - disse - eu não sei se é possível, mas acho que finalmente a encontrei

- como? - disse Eyeless

- lembra daquela menina que brincavamos quando estávamos torturando William? - disse

- sim, eu me lembro, mas como isso pode ser possível? - disse Eyeless

- ela havia me dito que voltaria, mas nunca pensei que seria na vida de um verme como o William - disse

- ela deve ter sofrido bastante - disse Eyeless - espero que ele esteja sofrendo no inferno que o colocamos, mas mudando de assunto o que vai fazer com ela? Sabe que se outras creepys descobrirem podem querer mata-lá!

- eu sei disso, mas não posso correr o risco de deixá-la com outra pessoa então vou ficar com ela e arcar com as consequências - disse determinado - esperei muito para tê-la e não posso perde-lá agora!

- ok - disse Eyeless - mas tome cuidado para que ninguém a ache!

- eu nunca vou permitir que façam mal a ela - disse

E nunca permitirei que alguém a tome de mim, caso contrário o seguirei ao inferno por ela...


Notas Finais


Não se esqueçam de comentar sobre o que estão achando do livro e até a próxima bjos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...