História Jelena - Crazy In Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Personagens Originais
Tags Jelena
Exibições 115
Palavras 905
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heeyyy meus amoreeesscuuss e fãs de Jelena assim como euuu😍😍 estou postando minha primeira fic, eu shippooo muito esse casal e não aceito o rompimento deles 😞😞😞 e espero que possam compartilhar cada momento comigo dessa fic, espero que vocês gostem e me digam comentem vossas opiniões, seria muito importante pra mim, amo vocês loveee Justin ♥♥♥

#JelenaÉVida

Capítulo 1 - Vendida!


― meu deus dessa vez papai está demorando, o que será que aconteceu?

Caminho de um lado para o outro

― SELENA? SELENA? Grita Dinorá que sempre cuidou de mim como se fosse uma mãe e além de tudo é minha madrinha. Corro até a janela e a vejo

― oi dinda tem noticias do meu pai? Pergunto apreensiva, e dinda é o apelido que dei a ela

Ela baixa a cabeça olhando suas mãos ― estar no mesmo lugar de sempre, jogando com os amigos no cassino da esquina querida

― oh por deus, papai não toma jeito, eu tanto que disse pra ele parar. Obrigada dinda fico te devendo uma. Sorrio e entro novamente pra casa, sento no sofá e pego a foto de mamãe e me recordo dela, como ela faz falta.

POINT OF VIEW. JUSTIN GREY BIEBER

Mais uma noite saindo tarde dessa empresa, apesar das varias reuniões que tive, e dos estresses de assinar contratos por cima de contratos, não vou deixar que nada disso me abale. Saio da empresa e Taylor meu motorista já me espera, entro e seguimos pra minha casa.

Em questão de poucos minutos chegamos, eu fui direto tomar um banho bem demorado. Entro no Box e tomo meu banho mais do que merecido, e amanhã tenho uma seção de fotos para uma revista de empresários de sucesso e eu estarei na capa lógico.

Depois que termino meu banho, vou até meu closet e escolho, pego um paletó single-breasted um terno bem clássico mesmo, e pego uma gravata cinza que mais gosto. Não tenho muito vaidade com isso apenas minha gravata cinza que não pode faltar, afinal, nunca se sabe quando vou precisar dela. Hoje vou ao cassino jogar um pouco, na verdade é um dos lugares que mais gosto de ir quando estou de cabeça quente.

Depois que termino de me arrumar, desço as escadas e despenco Taylor por hoje, vou até a garagem e escolho um carro no qual quero sair, escolho o meu preferido que é o superesportivo R8 Spyder 5.2 TFSI quattro. Saio direto pro cassino.

[...]

Assim que cheguei, estacionei e entrei no cassino estava cheio de pessoas de todas as classes, comecei a jogar eu comecei bem, na primeira rodada já ganhei logo de cara. De repente chega um senhor perto de mim

― quer jogar? Ele me convida

― se quiser perder. Digo desinteressado

― aposto todo o dinheiro que ganhei hoje. Ele joga o mesmo em cima da mesa

Pra mim essa merreca não valia de nada, mais nunca fujo de um desafio.

Comecei apostando em uma cor, logo ganhei, quanto mais apostávamos mais eu via o desespero do coitado, ele suava e estava nervoso. Ganhei todo o seu dinheiro

― muito bem, acabamos aqui. Digo encerrando

― espera, podemos continuar

― não, se não há nada para apostar não tem jogo, não há nada de valioso em sua casa?

Ele pensou por alguns instantes ― bem tenho sim. Ele sorri ― minha jovem filha Selena e minha casa, mais não aposto nenhuma

Mordi o lábio superior ― que tal apostar sua filha?

Ele me olha espantado ― não minha filha não, eu não posso

― e se dessa vez apostássemos mais, muito mais. Eu jogo bastante dinheiro sobre a mesa, eu sei o que esse tipinho gosta, gosta do Money. Seus olhos brilhavam, sem duvida ele nunca viu tanto dinheiro assim na vida. ― vamos fazer o seguinte, se eu ganhar fico com sua filha, e...Te presenteio com uma parte dessa dinheiro, e se eu perder fica com o dinheiro todo e com sua filha, de qualquer forma sairá ganhando.

Ele coçou a cabeça, ele não queria perder ― eu, eu acho que não posso

― tudo bem, vou jogar continuar jogando. Quando saio o ouço me chamar

― espera, espera, eu acho que não tem problema não é? Afinal você me parece ser um homem bem na vida, e sem duvidas deve ser rico e tudo mais, pode oferecer algo a minha filha caso eu perda.

― assim que se fala. Voltamos a jogar, dessa vez apostei em outro numero de cor diferente.

[...]

O jogo estava ficando cada vez mais quente a roleta parou... Dei um enorme sorriso, parou no numero que eu havia escolhido. Ele passou a mão sobre os poucos cabelos que tinha.

― meu deus o que deu em mim? Ele começa a se desesperar ― moço, precisa esquecer essa maldita aposta, é minha filha eu abro mão do dinheiro

― não, quero o meu premio como foi prometido

― tenha piedade como eu explicarei pra ela isso?

― problema seu, pensasse isso antes de apostar a própria filha em um cassino. Não tente me passar pra trás todos aqui foram testemunha que você apostou sua filha, caso não cumpra a promessa, não hesitarei em denunciá-lo apostar pessoas é crime sabia não?

Ele me olha abatida. Essa garota vai ser meu brinquedinho pessoal. ― amanhã mandarei um contrato pra você assinar, e amanhã levarei sua filha comigo, lembre-se ou isso ou então a cadeia. Saio sem nenhum remorso

POINT OF VIEW. SELENA GOMEZ STEELE

Acordo com alguém chorando. Abro meus olhos assustada e vejo meu pai.

― pai? Pai o que aconteceu? Falo preocupada e pegando em seu braço

― filha, precisamos conversar. Seus olhos estavam umedecidos e eu estava mais que assustada, nunca vi meu pai chorar em toda minha vida...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...